Diário de uma depressiva e ansiosa #1


Hello, tudo bem?

Hoje a postagem é bem diferente de todos as outras que já fiz aqui, pois estou vindo iniciar uma série de posts, onde irei compartilhar um pouco de como é lidar com um diagnóstico de depressão e ansiedade e, principalmente, lidar com ambas no dia a dia.

Não sei como funciona para a maioria das pessoas, mas eu sempre soube que tinha algum problema psicológico, e sempre aceitei isso. O preconceito vinha mesmo da minha família, que queria esconder "para debaixo do tapete", fingir que nada existia ou que eu era apenas uma "garota rebelde" querendo atenção.
Então, eu não era! Sorry, família, aceitem!

[Resenha] Pequena coreografia do adeus - Aline Bei

Olá amores, tudo bem?

Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da Aline, e foi uma grata surpresa. Uma leitura que me prendeu e que devorei em algumas horas.

Pequena coreografia do adeus
Autora: Aline Bei
Páginas: 271
Editora: Companhia das Letras
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido em parceria pelo NetGalley
SINOPSE: 
Julia é filha de pais separados: sua mãe não suporta a ideia de ter sido abandonada pelo marido, enquanto seu pai não suporta a ideia de ter sido casado. Sufocada por uma atmosfera de brigas constantes e falta de afeto, a jovem escritora tenta reconhecer sua individualidade e dar sentido à sua história, tentando se desvencilhar dos traumas familiares.
Entre lembranças da infância e da adolescência, e sonhos para o futuro, Julia encontra personagens essenciais para enfrentar a solidão ao mesmo tempo que ensaia sua própria coreografia, numa sequência de movimentos de aproximação e afastamento de seus pais que lhe traz marcas indeléveis.

Quem matou Sara? - O que achei da série


Hello, tudo bem?

Recentemente chegou ao catálogo da Netflix a série Quem matou Sara?, e a mesma já possui duas temporadas. Assisti ambas e vim contar minha experiência com a produção mexicana.

Em Quem matou Sara? vamos acompanhar Álex Guzmán, que passou 18 anos na prisão, acusado de ser o responsável pela morte da sua irmã, Sara.
Ao sair da prisão, Álex só deseja uma coisa: vingança contra a família Lazcano, que foi a encarregada pela sua condenação. 

[Resenha] Sucesso não é sorte - Alon Ulman

Olá amores, tudo bem?

Quando vi que esse lançamento da Astral Cultural, fiquei com muita vontade de ler, então é claro que não perdi tempo e solicitei o livro para resenha.

Sucesso não é sorte
Autor: Alon Ulman
Páginas: 336
Editora: Astral Cultural
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido em parceria pela editora
SINOPSE: 
Você já se perguntou qual é a diferença entre os vencedores e as demais pessoas? Não se trata de acaso ou golpe de sorte. Para o coach Alon Ulman, o sucesso é fruto de apenas seis passos simples e que podem ser aprendidos por qualquer um que o deseje. Em SUCESSO NÃO É SORTE, o autor ensina como obter o controle imediato de sua vida, conseguir ir além dos próprios limites e transformar seus sonhos profissionais e pessoais em realidade. Para ele, as pessoas, em sua maioria, não desfrutam da vida que poderiam ter, mas, usando seu método acessível e prático, elas podem se tornar uma versão melhor de si mesmas. Afinal, embora nem todo mundo possa ser CEO de uma empresa, todos podem ser duas, quatro, dezessete vezes mais do que são hoje. Usando a sua própria história como inspiração, Alon garante que ter uma vida incrível e conquistar sucesso com intensidade e rapidez é uma questão de escolha. Agora cabe a você escolher qual caminho quer seguir.

[Resenha] Um deus que não passeia sobre as águas - Israel Pinheiro

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de conversar com vocês sobre o livro de um autor pernambucano que tive o  prazer de ler. Fico muito feliz quando encontro autores da minha terrinha, então foi sensacional poder embarcar na obra do Israel.

Um deus que não passeia sobre as águas
Autor: Israel Pinheiro
Páginas: 176
Editora: Autografia
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido pelo autor
SINOPSE: 
Essa é uma história feita de muitas histórias. Histórias que têm como pano de fundo Recife e suas belezas de mares infinitos. Mas também de um Recife construído pelas bordas, por pessoas postas à margem. Essa é uma obra polifônica. Composta por múltiplas vozes e olhares que ora se afastam, ora se convergem, formando uma costura surpreendente. Olhares tão pesadamente humanos que nos fazem suspeitar da realidade que habitamos. Olhares que nos interrogam e nos convidam a trilhar um ousado caminho: o da crítica. Crítica ao real, crítica a representação do real, crítica aos velhos modos de pensar, sentir e olhar. Crítica capaz de nos trazer um renovo e de nos mostrar caminhos ousadamente inéditos.

[Resenha] A Bela e o Bilionário - Lauren Landish

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de conversar com vocês sobre o primeiro volume de Um Conto de Fadas Sujo, que acabou sendo uma leitura bem delicinha. E usando meu cupom P10GNOMALEITORA, você ganha 10% de desconto no livro físico, que já está com 40% off!

A Bela e o Bilionário
Um conto de fadas sujo, Livro I
Autora: Lauren Landish
Páginas: 304
Editora: Allbook Editora
Onde comprar: Amazon / Livro Físico
Nota: 
*Livro físico cedido pela editora
SINOPSE: 
Bastardo implacável. Cavaleiro branco.
Mas eu apenas o chamo de "chefe".
Thomas Goldstone.
É um homem de negócios de bilhões de dólares que veste ternos sob medida e exige mais do que o seu melhor.
Ele é assustador. Direto. Assombrado por demônios internos que o levaram à beira do abismo.
Mas sob a fachada arrogante e controladora, encontra-se um coração de ouro.
Isso me faz querer ser cada vez mais uma parte na sua vida bagunçada.
Ser a única que vê a verdade nesse homem.
Mas eu... eu...
Sou uma nerd de cabelos cor-de-rosa, apaixonada por anime e que trabalha processando dados em um porão no escritório da sede da Goldstone.
Minhas chances com o chefão? Estatisticamente insignificantes.
Seu olhar ardente e mandíbula cerrada dizem o contrário. Me dão esperança e acendem uma chama tão quente, que meus óculos embaçam.
Não devo misturar negócios com prazer.
Não deveria tentar a fera lá em cima.
Não deveria ficar pensando:
Os contos de fadas realmente se tornam realidade?

[Resenha] Eleanor e Park - Rainbow Rowell

Olá amores, tudo bem?

Finalmente me rendi à escrita da Rainbow e embarquei na leitura de Eleanor e Park, que acabou sendo uma delícia de livro!

Eleanor e Park
Autora: Rainbow Rowell
Páginas: 398
Editora: Seguinte
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*Livro cedido em parceria pelo NetGalley
SINOPSE: 
Eleanor é nova na cidade. Com roupas inusitadas, cachos ruivos indomáveis e uma família problemática, ela sente que nunca vai conseguir se encaixar.
Park senta sozinho no ônibus da escola. Sempre de camiseta preta, fones de ouvido e a cabeça enfiada num livro, acha que consegue passar despercebido.
Mas não para Eleanor.
Aos poucos, entre fitas cassetes gravadas, pilhas de histórias em quadrinhos e conversas até tarde da noite, Eleanor e Park se apaixonam.
Narrada durante o ano letivo de 1986, essa é a história de dois jovens de dezesseis anos que, mesmo sabendo que o primeiro amor quase nunca é para sempre, têm coragem e esperança suficientes para tentar.

[Resenha] Apague a luz se for chorar - Fabiane Guimarães

Olá amores, tudo bem?

Esta foi uma das minhas primeiras leituras desse mês e estou aqui para trazer a resenha para vocês. Espero que gostem de conhecer!

Apague a luz se for chorar
Autora: Fabiane Guimarães
Páginas: 176
Editora: Alfaguara
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*Livro cedido em parceria pelo NetGalley
SINOPSE: 
Cecília não sabe muito bem o que fazer com a própria vida. Depois de mudar de Brasília para o Rio de Janeiro, a jovem ainda não conseguiu encontrar um emprego nem organizar seu futuro.
João, pai solteiro de uma criança com paralisia cerebral, tenta levar a vida em Brasília como pode. Trabalha como veterinário na capital federal durante o dia e procura formas de ganhar mais dinheiro à noite ― o objetivo é juntar quantia suficiente para bancar um tratamento experimental para o filho.
Quando os pais de Cecília morrem, ela é forçada a voltar para a pequena cidade de sua infância, onde eles ainda moravam. Mas uma dúvida começa a atormentá-la: a possibilidade de que eles foram assassinados. E João, desesperado por mais recursos, começa a se aventurar por trabalhos pouco recomendáveis.
Ao cruzar suas histórias, Fabiane Guimarães cria um suspense impactante sobre o que significa ser parte de uma família, e os limites que estamos dispostos a ultrapassar para mantê-la.