[Resenha] Craig - Cinthia Basso

Olá leitores, tudo bem?

Hoje venho conversar com vocês sobre um livro que AMEI e que ganhou um lugar especial na minha vida. Craig é o terceiro livro da Trilogia Implacáveis, mas não é preciso ler na sequência. Então, apenas se joguem, pois vai valer a pena cada hora de leitura! Os livros anteriores são Kalel e Aidan, confiram as resenhas!
Aviso: Pode conter spoilers dos livros anteriores.

Craig
Trilogia Implacáveis, Livro 3
Autora: Cinthia Basso
Páginas: 902
Editora: Independente
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Craig Monroe é o último cara no mundo com o qual Madison O’Connell gostaria de trabalhar. Entretanto, lá estava ela, na porta de um dos maiores jogadores de futebol americano de todos os tempos. O confiante quarterback do Miami Green Dolphins.
Se ela pudesse escolher, se as contas não viessem para lembrá-la todo fim de mês, ela de fato, optaria por não lidar com um homem egocêntrico, que não se importava com nada além dos seus próprios problemas.
Madison previa uma catástrofe, mas não desistiria.
Craig só queria continuar com a sua vida de regalias e... se livrar dela.
A determinação de Madison.
O humor insuportável de Craig.
Uma combinação explosiva e que pode causar estragos.
No desfecho da trilogia Implacáveis, você irá perceber que o pior... fica sempre para o final.
Craig Monroe é um jogador de futebol americano que gosta de curtir a vida com noitadas bem quentes.
Depois que mudou de time e de cidade, e se afastou de seus melhores amigos, Kalel e Aidan, ele não anda concentrado no campo. Por isso, o seu time, o Miami Green Dolphins, contratou uma assistente para colocá-lo nos trilhos.

A assistente contratada é Madison O'Connell. Madison saiu de um casamento conturbado a pouco tempo e se mudou de cidade com a sua irmã, Betsy, para Miami.
Madison só aceitou o emprego de assistente de Craig porque precisa pagar suas contas, mas ela não gostaria de vivenciar os dias de um dos maiores jogadores da liga.
"Madison era praticamente uma força da natureza. Não se tratava de um elogio da minha parte, mas eu era esperto o bastante para saber que não queria ficar no seu caminho."
No primeiro dia de Madison, Craig não acredita que o time a contratou e já pensa em fazer de tudo para ela desistir do emprego. Só que nada parece abalar Madison, nem mesmo quando ele fica pelado em sua frente, o que acontece constantemente.
Madison parece não se sentir afetada por Craig e isto é novo para ele, já que sempre teve todas as mulheres aos seus pés.

Aos poucos, Craig vai percebendo que ela é diferente e não apenas por ser uma tirana. A relação de Craig e Madison começa a ganhar mais intimidade, ele a apelida de Cerca e algo vai nascendo. Entre tardes assistindo séries turcas, bolos de chocolate (que é o favorito dela) e jogos do Super Bowl, o passado vai bater na porta dos dois.

Entre a determinação dela de ser manter longe e o humor sarcástico dele para afastá-la, teria chance de algo sólido ser construído?


QUE LIVRO MEUS AMIGOS! Sem sombra de dúvidas este é o melhor livro da série e me arriscaria dizer que o melhor escrito pela autora.
O Craig já havia me conquistado lá no primeiro livro e aqui só tive a confirmação que ele é meu crush eterno. Vem ni mim cachorrão!

Craig sempre usou o humor em todos os momentos de sua vida, tendo a pose de cara que não se importava com nada. Mas, isso era uma forma dele não se mostrar por completo, de mostrar apenas uma casca que ele criou em volta de si para se proteger e proteger as pessoas "contra ele". O passado do Craig é cruel e algumas coisas apenas foram compartilhadas com seus melhores amigos, mas nem tudo.
Neste livro vamos desvendando o real Craig, e ele é um homem tão incrível quando não está fazendo merda. Uma das pessoas que mais merecia o seu final feliz. Craig precisava, no fundo, se achar merecedor da felicidade.
"Nunca, jamais, mude o seu jeito. As pessoas que tem que se adaptar a ele, não o contrário."
Madison é uma mulher dura na queda. Ela levava um casamento onde era anulada e passou por uma separação que a destruiu. O processo de cura dela foi aos poucos e ela contou com a ajuda da sua irmã que sempre tentou trazê-la de volta.
Ela é uma mulher que sofreu e está se reconstruindo, e não está nos planos dela se envolver tão cedo, principalmente com um mulherengo assumido e atrevido.
Maddie é forte, se impõe e me conquistou por ser quem é. Ela merece ser exaltada em cada parte deste livro.

É claro que teremos os nossos outros casais preferidos em alguns momentos. O bacana é perceber a visão de Craig e Madison sobre eles. O cuidado de Kalel com Lindsay grávida é nítidos para todos, assim como a conexão existente entre Aidan e Gwen.
Foi bom rever eles, pois acabo lembrando o quanto eles são especiais para mim, mas não superam meu casalzão, vulgo Cachorrão e Cerca.
"Ansiava por levá-la para a cama, na mesma proporção em que odiava a ideia de machucá-la. Que caralho. Eu estava fodido."
Preciso citar que o Pharrell continua maravilhoso com a sua coluna Tudo sobre astros. Dei cada berro quando ele me representava falando do Craig, com certeza eu escreveria aquilo tudo. 


A construção da relação de Craig e Madison é de forma lenta, apesar de acontecer em poucos dias. Eles vão compartilhar várias horas por dia, então vão se conhecendo e aprendendo a ver mais do que as aparências no outro.
Ela é durona, então vai afastá-lo muitas vezes. Já ele permanece tentando com os flertes mais descarados do mundo.

O mais bacana desse livro é que temos personagens humanos. O Craig é o homem mais burro do universo e eu quis bater na cara dele, ao mesmo tempo que queria colocar o infeliz no meu colo e cuidar de cada ferida interna. Sim, é este sentimento dúbio que domina a leitura nos momentos que ele erra.
Gostei muito da forma como a Madison age quando o Craig faz a maior burrada da história, pois mostra que ela realmente começou a entender que merece o máximo de qualquer homem e não deve aceitar menos que isso.
"Nós dois éramos um caos juntos, mas a vontade que eu tinha era de deixar a anarquia me dominar e manter o tumulto para sempre na minha vida."
A Cinthia conseguiu colocar temas pesados e importantes dentro do enredo de forma leve. Temos o relacionamento abusivo, sendo retratado com um homem tentando diminuir a mulher, uma forma de violência que ainda precisa ser mais discutida. Ela também trouxe o vício à tona e como ele pode surgir como uma válvula de escape e depois destruir tudo. E tudo isto ela conseguiu inserir na dose certa.
Além disso, ela também consegue colocar o futebol americano de forma natural e mesmo quem não entende muita coisa sobre o esporte acaba se sentindo inserido.

Narrado pelo Craig e pela Madison, podemos ver como a convivência de ambos era sentida por cada um deles. Também vamos sentir as dores do passado de cada um com flashbacks que me levaram as lágrimas em vários momentos.
Compreender pelo o que eles passaram, nos faz entender as pessoas que eles se tornaram e o porquê de certas atitudes.

A escrita da Cinthia se superou nesse livro. Mesmo tendo uma grande quantidade de páginas, o leitor se ver preso na fluidez da narrativa e não consegue largar até chegar ao final, principalmente depois da metade, que é onde acontecem várias coisas que nos deixam com o coração apertadinho.
Quanto a edição, segue o mesmo padrão dos livros anteriores. Cada capítulo traz uma imagem do futebol americano, e a revisão é ok.
"Às vezes, perder a luz é pior do que nunca a ter visto. A escuridão quando se é conhecida não assusta."
Craig é um livro envolvente e arrebatador. Com este enredo você vai gargalhar, chorar, sentir raiva e acima de tudo torcer por esses personagens. Craig merece o título de melhor livro da trilogia, e ele e Madison são o casal mais apaixonante da história, seja pelo humor sem vergonha dele ou a força dela. Eles são diferentes e juntos vão ser uma verdadeira explosão. 
Craig tomou um touchdown da vida e precisará derrubar todas as barreiras construídas em seu interior para chegou ao Super Bown que é Madison. Se ele conseguirá? Só lendo para descobrir...

Beijos da Lice

19 comentários

  1. Olá Alice,
    Confesso que, não conheço o livro. Simplesmente não leio livros digitais, prefiro sempre os livros físicos.
    Contudo, pela história que conta parece comovente e que agarra o público. Madison é sem dúvida uma Mulher que não se deixa levar com o pouco… E que toda a pressão psicológica que levou e ainda mais com um casamento na ruptura, decide levar a vida com determinação e garra! Muito Bem!
    Beijinhos

    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Madison é uma personagem que só conseguimos amar pela força que passa, ela é maravilhosa demais!
      O livro está em pré-venda com a autora, e ainda vai autografado. Vale muito a pena!

      Excluir
  2. Oi Alice,
    não conhecia a trilogia, apesar de não ser uma sequência, acho que deve ser interessante ler os três livros até para poder fazer, inevitavelmente, uma comparação entre os personagens. Boa dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, seria interessante ler os três livros, mas é sempre bom ressalatar que eles podem ser lidos individualmente e não irão interferir na concepção da história!

      Excluir
  3. Desconhecia o livro, mas parece ser legal, algo que leria sem pensar duas vezes
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! É um livro muito bom e até por isso super recomendo, vale muito a pena!

      Excluir
  4. Oi, ainda não conhecia o livro, mas já me apaixonei,essa sim é uma história que gostaria de conhecer! Já estou gostando da autora antes mesmo de ler suas obras
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher, então corre e se joga. Esse livro é incrível e todas as horas que o passei lendo valeram muito a pena. E conheça a escrita da Cinthia, ela lacra!

      Excluir
  5. Oi Alice
    Não conhecia a trilogia e, consequentemente, o livro, mas pela sua resenha a história já me cativou! Craig e Madison são protagonistas muito intensos, acredito que o passado tenha deixado marcas difíceis em suas almas, mas o amor que os uniu vai também ajudar a fazê-los superar juntos todos os traumas que por ventura tenham.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, são personagens muito intensos, com um passado complicado e que estão tentando seguir em frente. É um livro maravilhoso!

      Excluir
  6. Olá, parece bastante envolvente pela sua resenha. Bela escrita, aliás.

    ResponderExcluir
  7. Ola Alice,
    Não conheço essa trilogia, mas adorei sua resenha e ja quero conhecer. Gostei de saber que não é preciso ler os livros na sequencia isso facilita bastante ne

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza facilita e é uma das coisas mais bacanas!

      Excluir
  8. Que legal!

    Eu adoro comédias românticas, sou cafona kkk. Não sei se é o livro é desse gênero, mas é que você disse que tem um toque de humor vindo do Craig.

    Só penso o quanto é doido se apaixonar, traz angustia e prazer ao mesmo tempo. Você não sabe se a pessoa quer estar com você do mesmo jeito que você quer estar e isso dói, mas ao mesmo tempo as sensações são tão gostosas. Craig certamente não estava acostumado em lidar com uma mulher que não fosse tão fácil assim. Talvez isso que tenha o encantado? Não sei, acho que vou ler kkk

    ______
    Sobre mim:
    Jovem estudante entusiasta de Psicologia que sofre com Transtorno Afetivo Bipolar (TAB). No meu blog você vai encontrar desde artigos técnicos informativos de Psicologia, Psicanálise e Saúde Mental, a também reflexões, desenhos e poemas de minha autoria.

    ______
    🌐 Relatos de um Garoto de Outro Planeta
    👍 Facebook: Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é exatamente uma comédia romântica, mas você vai gargalhar em muitos momentos. Quanto ao Craig, ele realmente não estava acostumado a lidar com uma mulher tão forte.
      Leia e depois me diga o que achou, vou adorar saber!

      Excluir
  9. Fiquei bem curioso com a história e com sua empolgação ao escrever essa resenha. Essa obra parece ter um enredo de primeira, com muita ação, intensidade e surpresas. Anotei a dica, pois estou muito interessado em saber da trama na íntegra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é uma história fantástica e que terminei a leitura totalmente surtada. Indico muito!

      Excluir
  10. Suas resenhas são sempre incríveis, sempre pego indicações bem diferentes por aqui e sempre fico muito curiosa com as obras. Continue escrevendo, amo suas resenhas e amo o fato de apoiar os autores nacionais.

    ResponderExcluir