[Resenha] Ira - Juliana Bizatto

Olá bruxinhos, tudo bem?

Hoje é dia de trazer resenha de um livro INCRÍVEL, que vocês precisam conhecer. Ira é o terceiro volume da série Herança de Sombras e está em pré-venda no site da Editora Skull.
Aqui no blog já tem resenha dos volumes anteriores: Luxúria e Apocalipse. Vale salientar que esta resenha pode conter spoiler dos livros anteriores.

Ira
Série: Herança de Sombras, Livro 3
Autora: Juliana Bizatto
Páginas: 321
Editora: Skull
Onde Comprar: Editora Skull
Nota: 
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Samantha está mudada...
Restam apenas ecos fracos de sua vida antiga em meio a um oceano de conflitos.
No momento em que os caçadores foram embora, os ataques recomeçaram, cada vez mais desafiadores e letais.
Quando Samantha não pode mais contar com Hilária, seus amigos e sua família, ela faz novos aliados, vampiros, lobisomens e fadas, todos de índole duvidosa. E neste caminho descobre uma nova versão de si mesma, que apesar de não ser sua faceta mais simpática, talvez seja a única forma de sobreviver neste novo mundo que se abriu para ela.
Ou não.
Mônica se nega a acreditar que não há outro jeito para sua prima, e está disposta a qualquer coisa para que Sam não se distancie da sua família. E em uma guerra pela alma e a vida de Samantha, a única certeza é a Ira.
“Abrace sua face mais sombria”
Depois dos acontecimentos do livro passado, onde a Samantha teve que lidar com o descontrole de seus poderes e o fato de Benjamin deixá-la para trás por não poder lidar com esta realidade, tudo desmoronou.

Sam já não é a menina inocente dos livros anteriores. Ela está tentando desvendar as palavras do Livro de Sombras e tentando controlar todo o poder que guarda dentro de si.
A nova Sam passa as suas noites na boate Tea Party e neste lugar conheceu outros seres sobrenaturais: lobisomens, vampiros, duendes, fadas... E foi assim que ela criou uma espécie de "união" com a vampira Domitilla e o lobisomem Adônis. O fim das noites é quase sempre na cama do lobisomem.
"A magia era o que me separava do meu equilíbrio interno"
As suas primas e irmã passaram a chamá-la de Bad Sam e as brigas com a Vozinha são frequentes. A única que parece está preocupada com o rumo que a vida de Sam está tomando é Mônica, que sempre foi sua melhor amiga. 
Mô quer ajudar Sam, só não sabe como. E enquanto ela descobre alguma forma de ajudar a prima, vive se atracando com Rica, o namorado bruxo que junto com a mãe Hilária e o irmão Caio, estão na ilha das Hoffers.

Ser uma descendente de um dos clãs de bruxas mais forte do mundo, o Björin, não traz apenas a quantidade de poder exorbitante, traz também muitos inimigos. Quase toda a noite aparecem muitos bruxos querendo matar a Sam, e Domitilla e Adônis a ajudam a liquidá-los.
Mas, a quantidade de bruxos vindo atrás dela apenas crescem, as coisas estão saindo do controle.
"A Sam é minha alma gêmea, a gente se completa, se eu abandoná-la, abandono uma parte de mim também"
Enquanto Sam lida com os inimigos, as outras Hoffers estão entendiadas na mesmice do dia a dia enfurnadas na ilha. O que o futuro tem reservado para Sam?
Esse livro é um TIRO! Temos tanta reviravoltas no enredo, que o leitor consegue ficar apenas vidrado em cada página, sem saber o que pode esperar das próximas situações.
Dos três livros lançados, talvez esse seja meu preferido, exatamente pela quantidade de ação e segredos sendo revelados.

Sam está totalmente diferente. A garota tem um comportamento hostil, não se importando com a sua família e levando sua raiva para onde for. Muitas pessoas, provavelmente, não irão gostar dela neste volume, mas, consegui entendê-la e ter empatia. É inegável que esse lado mais corajoso e foda-se dela compõe o enredo magnificamente.
"Apenas quem vive um grande amor sabe a tristeza de perdê-lo"
Porém, o grande destaque desse volume, fica inteiramente para a Mô. Ela foi a única que se preocupava com esta nova fase da Sam e estava sempre defendendo a prima, querendo lhe ajudar. A duas possuem uma ligação única e a  Mô ainda pode nos surpreender bastante nos próximos volumes da série.

Sy foi uma personagem que me causou sentimentos dúbios. Em certo momento eu quis trucidar o pescoço dela, mas depois acabei entendendo-a. 
As outras Hoffers não possuem um papel expressivo, mas todas continuam com suas personalidades bem marcadas. 
"Ela é mais forte do que toda a minha família junta, mas acredito que ela não saiba disso"
Foram inseridos novos seres sobrenaturais e também novos bruxos, e eles foram essenciais. Todos os personagens que aparecem possuem importância para determinada parte do enredo e principalmente para o contexto da série.
A Ju vai dando aos leitores pistas em cada livros, então é preciso quebrar a cabeça e montar várias teorias, para quem sabe chegar perto do que se passa na mente da autora. Em Ira são revelados muitos segredos e as máscaras finalmente começam a cair. Aqui, você terá uma noção ampla de quem é do bem e quem está do lado do mal.

O desfecho do livro partiu meu coração, principalmente um evento específico que me levou as lágrimas. Certo personagem que não gostava, realmente mostrou que não vale nada, esse palpite eu acertei.
Em alguns momentos senti falta do Benjamin. Sim, o crush de muitas pessoas na série não aparece neste volume, e sinceramente, não teria o porquê aparecer.
"Eles temem um lobinho mau, mas mal eles sabem que a bruxa é a verdadeira vilã dessa história"
O foco é na Sam aprendendo a dominar seus poderes e na ligação que une as Björin. A narração dessa vez não foi feita apenas pela Sam, temos também a Mô narrando alguns capítulos, inclusive em flashbacks, o que nos permite ter uma visão mais ampla, tanto do presente, como do passado.
A relação amorosa mais destrinchada pela autora foi justamente a da Mô e do Rica, apresentando fragmentos de como tudo ocorreu.

A escrita da Ju evolui a cada volume e isto fica nítido. Ela está escrevendo uma série completa e com mínimos detalhes que vão se encaixando, e realmente gostaria que mais pessoas pudessem conhecer esses livros.
Ela utiliza as gírias do sul do Brasil e de um vocabulário mais rebuscado, mas isso já é uma marca das obras dela.
"O inimigo não era alguém distante e sem rosto, e não era apenas um, mas muitos, demais"
Ira tem um enredo permeado de ação, revelações e mistérios. A Sam está confusa e precisa lidar com todo o poder que possui. Ela vai fazer alianças para seu bem, mas será caçada por vários bruxos que possuem a mesma marca. Quem está caçando Sam? 
Em meio a um turbilhão de acontecimentos, mentiras e a sensação de traição, apenas os laços fortes permanecerão intactos. Um para sempre pode ser mais valioso do que você pode imaginar. A ira da Sam foi liberada, salve-se quem puder...

Beijos da Lice

14 comentários

  1. Como já disse adoro qualquer trabalho de incentivo à leitura.
    É dos mais gratificantes
    E deu vontade de ler
    :)

    ResponderExcluir
  2. Isso ta parecendo um errado de uma campanha que fiz de D&D kkkk
    Parece bastante fascinante esse livro, ultimamente estou mais focada em livros científicos

    Com carinho Renata Prado | LuArtico |

    ResponderExcluir
  3. Amo livros que contenham criaturas como bruxas, lobisomens e etc.
    Vou procurar saber mais dessa série. Adorei a dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveita que estamos em promoção! Luxuria e Apocalipse estão 45 reais + frete grátis, só procurar no site www.herancadesombras.com, vem com marcadores, poster e não perturbe. E Ira está em pré-venda no site www.lojaeditoraskull.com, frete gratis até dia 31/10, e quem comprar concorre a ganhar uma capinha de celular =)

      Excluir
  4. Sou apaixonada por livros de gênero sobrenatural. Não conhecia essa série, mas adorei e já quero.Parabens pelo blogue! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma passadinha no wattpad se tiver a oportunidade, tem o início de Luxuria ;)

      Excluir
  5. Oi!
    De fato o gênero fantasia sempre encanta a muitos. Esta série mistura vários estilos, e muitos seres diferentes. Acho que até hoje a únjca série de fantasia que me deixou encantada foi Harry Potter, porém, não me fechei às demais. Sempre podemos achar uma que nos arrebate novamente.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenta lá no wattpad, leia os primeiros capítulos, veja se gosta =)

      Excluir
  6. Lice, fico tão feliz que você gostou de Ira! Rolou uma dúvida cruel sobre como seria aceito Ira sem Ben, eu sei que ele faz falta, mas como você apontou, realmente não cabia Benjamin nesse momento da trama, e sobre a linguagem rebuscada, um dia você irá entender kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Nossa, essa resenha fala tanto de reviravltas que é inegável a vontade que dá de se jogar nessa série.
    Vou procurar por versão para kindle.

    ResponderExcluir
  8. Amo um bom livro com uma reviravolta, vou entrar na resenha do primeiro vol. pra conhecer essa série melhor

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Uau, parece um livro muito interessante , não conhecia a série, preciso dar uma olhadinha nas resenhas dos primeiros livros, mas já posso dizer que gostei muito da ambientação e da sociedade bruxa que você apresentou

    ResponderExcluir
  10. "abrace sua face mais sombria"
    ABAIXA QUE É TIRO BRASIL!
    tem muita gente falando desse livro, eu tô muito curiosa pra ler, parece ser muito bom, cheio de reviravoltas e tal, da série toda, esse é o livro que, eu particularmente, tô vendo uma repercussão maior. Parabéns pela resenha linda

    - Deixo aqui um questionamento: porque toda vez que eu venho aqui eu levo tapa na cara? Que blog lindo cara, amo muito aqui e nosso gosto é um pouco parecido, deveriamos ser amigas, só acho kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. amo contos que contem bruxas acho muito da hora de verdade ,parece me um livro muito bom de verdade ,eu amo literatura e amei a resenha.

    ResponderExcluir