Olá gnomos, tudo bem?

Sabe quando você acaba uma leitura no meio da noite e simplesmente não sabe o que fazer, você apenas sente que deve colocar para fora o que está sentindo? Então, estou assim nesse momento (sexta-feira, 23:50hrs).
A resenha de hoje é do livro Apocalipse da Juliana Bizatto. O livro faz parte da série Herança de Sombras e tem resenha do primeiro livro, Luxúria aqui no blog! Ah, hoje o primeiro livro está gratuito na Amazon, vão baixar!!!
Vou tentar deixar a resenha clara para quem não leu o livro anterior, mas é inevitável não alertar que terá spoiler do livro 1. Mas, garanto que são bem pequenos...

Apocalipse
Autora: Juliana Bizatto
Série: Herança de Sombras
Páginas: 313
Onde Comprar: Amazon / Site da Autora
Nota: 💙💙💙💙💙 Favoritado
*E-book cedido pela autora
SINOPSE:“As vezes a verdade é mais do que podemos suportar...”
Samantha sempre teve a impressão de que Benjamin era perigoso, Benjamin sempre teve certeza que seria perigoso... Para ela.
Samantha está prestes a descobrir a verdade sobre a sua família! E ainda que Samantha desconfie que algo sobrenatural a ronde, jamais pensaria que poderia ser ela mesma.
Algo que Benjamin sempre soube desde que chegou a Tormento. Enviado pela Ordem de Caçadores de Bruxas, ele tinha um único propósito: encontrar quem seria o responsável pelas mortes e acidentes misteriosos na cidade. Porém, ele que não poderia imaginar que fosse se apaixonar à primeira vista pela principal suspeita.
Benjamin está convicto de que Samantha é a culpada, e mesmo que custe seu coração, agora ele e os outros caçadores estão prontos para invadir a Ilha Hoffer.
Um acordo secular capaz tanto de proteger quanto destruir, uma vingança que ainda não tem permissão de ser cumprida, e uma nova vida repleta de obstáculos que vão desafiar sua própria noção de realidade aguardam Samantha e sua família em Apocalipse – Segundo livro da Série Herança de Sombras.
As nuvens em Tormento estão se alinhando para uma nova tempestade. Se Samantha precisa morrer, a caçada vai começar.
No livro anterior, Samantha e todas as Hoffers tiveram suas vidas viradas de cabeça para baixo de um instante para outro. A Sam estava lidando com um sentimento verdadeiro pela primeira vez e a ilha na qual moram pela primeira vez mostrava algo a mais.

Benjamin, acabou de se revelar um caçador de bruxas. Ele estava em Tormento apenas para uma ação: aniquilar a bruxa poderosa das redondezas, mas especificamente a Sam. O problema é que o caçador se apaixonou pela presa, e ao conviver com ela, ele foi percebendo que ela não fazia noção dos poderes que tinha. Mesmo assim, ele tinha que tomar algumas atitudes e entre elas estava a mais difícil: matar a Sam.
"Era uma baita ironia um caçador de bruxas se apaixonar justamente por uma"
Com isso, ele e sua "família", composta por outros caçadores: Marcus (seu pai), Tami (sua irmã) e Marília (sua avó), partem para a ilha com o propósito de aniquilar de uma vez por todas com a bruxa. No entanto, quando chega lá, eles são recebidos pela Vozinha, a matriarca das Hoffers e de início pensam ser uma armadilha. Mas, logo depois, todas as outras garotas descem atordoadas e Samantha não entende nada do que está ocorrendo.
Aos poucos, a ficha da garota vai caindo e ela percebe que seu namorado está ali para lhe matar. Porém, a Vozinha é taxativa e revela que os caçadores não podem matá-las, pois elas são descendentes de uma das bruxas mais poderosas, Valerka Björin, e que a antepassada tem um contrato assinado de sangue com os caçadores.

Neste contato entre bruxas e caçadores muitas peças são encaixadas e muitas outras explicadas. Fica claro que não é Sam a responsável pelas mortes que andam ocorrendo e que existe alguém atrás da bruxa, que a deseja tanto quanto os caçadores.
De repente, Sam tem muito o que processar, a começar pelo fato de ser a única bruxa da família que desenvolveu poderes, vistos que sua antepassada tinha tirado qualquer resquícios deles dos seus parentes. Em um instante, o mundo da garota ruiu. Ser uma bruxa com poderes descontrolados, ter um ex-namorado caçador de bruxas e ter mais alguém querendo sua cabeça. Parece que o castelo cor de rosa das Hoffers não é mais o mesmo. E tudo está apenas começando...
"No momento em que eu decidi que eu a entregaria, eu aceitei o que isso significaria para mim. Nunca houve ninguém antes de Sam, e com toda a minha prática, e os meus anos contados, duvido que haveria"
Para ajudar a neta controlar os poderes, a Vozinha decide levá-la até Santa Catarina, para conhecer uma bruxa que mora por lá e que pode eventualmente ajudá-la. Mas, como a ilha das Hoffers possuem magia e nenhuma das moradoras podem se afastar por mais de 3 dias, logo elas precisam estar de volta.
Ben e Tami resolvem escoltar as bruxas até o encontro da outra, pois ele sabe o risco que Sam corre.
Ao chegarem ao tal local, eles são recebidos por dois garotos altos, fortes e lindos, que se apresentam como filhos da bruxa que vieram ver, Hilária. Os garotos, Caio e Rica, são bruxos também e Sam fica encantada com a forma como conseguem controlar os seus poderes e usá-los para tarefas normais, como levitar objetos. Ela, no entanto, o máximo que conseguiu foi colocar fogo em uma cada inconscientemente e quebrar alguns vidros.

A Vozinha pede a ajuda de Hilária e a mesma se predispõe a ir para Tormento com eles, junto com seus filhos. Agora, Sam terá ajuda para controlar seus poderes, mas isso não é tão fácil quando Ben está no caminho, ele desperta sua fúria e seu descontrole. A jovem precisa trazer paz para a sua vida, mas lidar com a sua confusão interna é difícil demais. Ben sabe que errou, mas também sabe que deseja proteger Sam mais do que tudo. O que fazer quando você descobre ser uma bruxa poderosa? O que fazer quando o cara que você ama é um caçador de bruxas? O que fazer quando parece que qualquer ação sua lhe coloca em perigo? Como sair de um Apocalipse iniciado sem a sua percepção?
Sam é uma personagem que já tinha me conquistado no livro anterior. Ela é diferente das demais garotas da sua família, e isto sempre foi perceptível. Ela é desastrada e possui um sonho frequente que sempre lhe causou dores muitos reais. Com a descoberta que era uma bruxa ela ficou ainda mais confusa com tudo que estava acontecendo. Ela queria odiar o Ben, mas não pode mandar no coração, esse é um terreno no qual a luta é perdida facilmente. Durante a obra ela foi crescendo e deixando os resquícios de menininha assustada para trás. Ela é uma grande bruxa, e ela pode mostrar muito mais do que a aparência.

Ben é o meu crush supremo. É fato que quando ele partiu para matar a Sam, minha vontade foi entrar no livro e matá-lo por ser tão idiota. Sério isso Ben??????
Mesmo assim, ele é um cara digno e honesto com os seus preceitos. O que me admira nele é o fato dele colocar o que acha "certo" na frente dos seus próprios sentimentos. Ele sabia que não conseguiria viver sem a Samantha, mas estava disposto a deixar uma parte de si ir embora para o bem maior. O Ben é sarcástico, é um herói nato, é o garoto que toda menina gostaria de ter. Ou seja, é um crush supremo.
"Ele era uma ferida aberta que não conseguia parar de sangrar"
Agora chegou a hora de relembrar das garotas que compõe a família Hoffer. Vou começar pela Mô, melhor amiga da Sam. Ela decide ir com a prima na busca de Hilária, ela é o tipo de garota que sempre estará lá para ajudar a prima. 
Seguindo temos a Luci, irmã da Mô. As descobertas sobre os poderes da Sam afetaram muito ela, pois ela sabe as implicações que isto terá na vida de todas, elas nunca poderão sair da ilha.

Sy e Regi são gêmeas e primas de Sam. Enquanto Sy é totalmente desinibida e aparenta não ter um afeto em seu coração. Regi é mais pragmática. As duas são duas antíteses, que parecem que nunca irão combinar.
Babi, é a irmã mais nova de Sam e também a prima mais nova. Por isso, é a mais bobinhas das 6. Ela, junto com a Mô foi as que ficaram mais felizes com os poderes da Samantha.
"Eu dei meu coração para um traste que ps colecionava, e agora o meu próprio estava irrecuperável"
Tami é uma personagem que sempre gostei. Mesmo sendo uma caçadora, ela se afeiçoou muito as bruxas e sempre defendeu-as. Já Marcus é mais experiente, mas mesmo assim é um personagem bom. Não posso dizer o mesmo de Marília, que é simplesmente insuportável.

Hilária por sua vez, foi uma personagem que não consigo definir. Sua boa ação, para mim, carrega muito mais do que ela revela. Mas, no geral, se mostrou muito disposta a ajudar.
Seus filhos são opostos entre si. Enquanto o Caio vive dando em cima da Sam, com seu jeito despojado e direto demais; Rica é um cara mais sossegado.
A Vozinha é uma personagem para se amar, apenas. Ela deseja mais do que nunca proteger as suas meninas, mas ela ainda guarda muitos segredos.
"Apocalipse" me causou um turbilhão de sentimentos, não sei conseguirei colocá-los todos nesta resenha, pois é uma tarefa bem complicada. Primeiro de tudo, a relação de Sam e Ben se assemelha a qualquer relação que vivemos nessa fase adolescente/jovem. Ela está magoada por ele querer matá-la, então a confiança nele está no ralo, ela não consegue mais restabelecer com ele o que tinha. Os dois são teimosos e meio idiotas, então minha vontade foi esfregar a cara de um no outro.

Todos os fatos decorrentes da descoberta de que as Hoffers são bruxas foram muito bem construídos e ficaram bem completos na obra. A única coisa que fica meio em aberto é o fato dos poderes terem apenas aflorados na Sam, pois vamos combinar que ela nunca transpareceu uma garota apta para isso, ela se considerava a mais sem sal entre suas primas e irmã.
"Apesar de eu ser uma bruxa, e ele um caçador, eu jamais conseguiria matá-lo. Eu tinha uma certeza avassaladora que a morte dele me deixaria em cacos. O que me unia a ele era mais do que qualquer coisa que eu já havia sentido..."
O livro tem muitas cenas de luta, que te colocam dentro da obra e te deixam totalmente vidrada no que está ocorrendo. Como uma boa amadora de sangue e de descrição de lutas, adorei essas partes. No entanto, o livro não deixa de ter suas cenas românticas e fofas, e elas não são poucas. Na verdade, alguns casais vão sendo formados durante o livro, mas como a narração ocorre em primeira pessoa pela Sam, temos esses fatos apenas em segundo plano, até porque ela não está muito amistosa para ver casais se pegando.

Algumas reviravoltas ocorrem durante o enredo, que em momento algum é linear, longe disto. Sempre tem algo novo ocorrendo e a Sam gosta de se meter em uma confusão, o que causa reviravolta e rebuliços nos personagens. 
A escrita da Juliana cresceu muito de um livro para outro, isto é nítido para quem teve contato com sua obra anterior. Ela foi mais decisiva aqui e narrou as cenas com maestria. Emoção é o que não falta nas páginas, na verdade, tem até de sobra.
"Nada nunca volta ao normal depois de uma vez quebrado"
Como a obra está ambientada no Rio Grande do Sul, muitas das gírias gaúchas estão presentes, o que torna a leitura ainda mais agradável, para uma amante desta cultura como eu. Por esse motivo também, a escrita é um pouco mais rebuscada, mas não sei se seria algo intencional. Acho que pode ser apenas costume da autora, que também é gaúcha.

O final não poderia ser mais angustiante, daqueles que te deixam totalmente curiosa pela continuação. Já confabulei tantas teorias que não sei explicar. Uma coisa que posso dizer é que acabei o livro com o coração quebrado em mil pedacinhos. Pelas minhas estrelinhas, Ira não pode demorar muito, ou um certo tubarão vai permear meus sonhos e devorar o resto do meu coração.
"Eu preferia morrer de tristeza do que por arrependimentos"
A vida é feita de escolhas. Escolher sua próxima ação não é algo fácil, pois mexe com muitas pessoas a sua volta. Ben escolheu matar a bruxa por quem estava apaixonado, mesmo não tendo certeza de tudo que estava ocorrendo. Sam, por sua vez, não sabia que era uma bruxa e nem que tão pouco tinha poderes tão fortes. Se dependesse dela, ela escolheria não ter poderes, mas isso é algo que não está no seu controle.
Cada um faz escolhas que mudam seu destino, que podem te aproximar ou te afastar de pessoas importantes. Mesmo quando você deve ficar longe, você quer ficar perto, o coração é um campo minado, que não segue o que sua cabeça sinaliza como certo. As borboletas são impossíveis de controlar, e elas adoram saltitar no estômago dos apaixonados, elas sempre querem se alimentar de esperança. Porém, a vida não é fácil, lidar com sentimentos e o sobrenatural menos ainda. Um apocalipse está perto de explodir, só não sabemos se ele acabará com o mundo ou com corações apaixonados...

Beijos da Lice

35 Comentários

  1. Lice, que resenha apaixonada! Conversamos bastante,então eu já sabia dos seus surtos kkkkkk. Relamente acabo tento uma narraiva mais formal, mas como tudo em Herança há um motivo para isso.
    Pelas minhas estrelinhas, preciso trabalhar em Ira pra ontem!
    Muito obrigado pela parceira, pelo carinho e por ser uma leitora tão voraz! Acho que vc vai se dar super bem nas brincadeiras do lançamento, está com os livros na ponta da língua kkkkkk 😘😘😘😘😘😘

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice, tudo bem com você?
    Parabéns pela resenha, ela ficou muito bem explicada e me deu vontade de ver o livro (gosto bastante de histórias que envolvam bruxas, feiticeiros, vampiros... criaturas sobrenaturais num geral)!
    E uma sugestão, você não acha que poderia ser melhor aumentar o tamanho das fotos? Elas ficaram bonitas e seria interessante se elas chamassem um pouco mais de atenção.
    Bjs e sucesso com o blog!
    https://escritorawhovian.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nunca sentir tanta vontade de ler um livro como estou sentindo de ler esse , sua resenha está super completa e me despertou tamanho curiosidade .. vou procurar urgentemente esse livro

    ResponderExcluir
  4. A vida é feita de escolhas e para cada escolha uma consequência, sendo ela boa ou não. Gostei demais da sua resenha e já quero ler esse livro.
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  5. ola ,tdo bem? Ainda não li nada da serie herança de sombras , apenas sua resenha do Luxuria.
    a historia do Apocalipse me parece muito emocionante onde o caçador se apaixona pela presa.
    sua resenha esta super explicativa e a historia me infeitiço ... Precizo descobrir oque vai acontecer no APOCALIPSE, então vou ler. bjsss

    ResponderExcluir
  6. Que linda resenha! Ficou tão explicadinho.
    Deu até vontade de ler, agora esse livro vai para a lista dos livros que eu quero comprar

    ResponderExcluir
  7. Ual que resenha !!! Eu não conheço esses livros, mas me parece viciante rs é maravilhoso quando um livro deixa a gente formulando teorias, adoro kk
    Ah eu estou amando essa qualidade literária nacional, nossos autores estão de parabéns.
    Eu não esquecerei dessa resenha e quem sabe um dia me aventuro nessa leitura tbm. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esses livros nem o autor.
    Gostei da tua resenha mas não é um género de livro que goste de ler. :)

    ResponderExcluir
  9. Uau, que resenha bem feita!!!
    Amei a historia e a forma como você a contou.... fiquei aqui tensa imaginando a descoberta da Sam e a dificuldade em lidar com o crush. Acho lindo sotaque do sul e deve ser gostoso de ler uma historia assim! Amei! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Faz algum tempo que fiz a leitura de uma resenha do primeiro volume e fiquei morta de curiosidade para fazer a leitura. Não sabia que já havia sido lançado o segundo volume e menina quanta coisa boa ele tem a nos oferecer que fiquei até sem fôlego ao ler sua resenha.
    Estou bem curiosa para acompanhar Sam em suas aventuras e descobertas... saber como tudo acontece e, claro, como ela lida com seus sentimentos.
    Mega curiosa também para conferir a ambientação que a obra apresenta.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Nao conhecia esta obra, nem a autora eu conhecia. Estou ansioso para saber como é que Sam se vai comportar nas suas aventuras!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá! Adoro romances desenvolvidos nessa temática mais dark, cheia de suspense. Não curto muito livro com narrativa formal, prefiro aqueles que vão conversando com o leitor. Mas mesmo assim, amei a indicação!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Nossa, sua resenha é incrivel e o livro é bem profundo. Adorei as frases destacadas do livro, condiz com nossa vida.
    amei mesmo.

    ResponderExcluir
  14. "Ele era uma ferida aberta que não conseguia parar de sangrar" essa frase me ganhou o livro me ganhou inteira agora preciso ler ele tambem parabens pela resenha

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Sua resenha foi incrível, admito que nunca tinha ouvido falar dos livros e não conhecia nem mesmo a autora, no início tive medo de spoiler, mas resolvi arriscar, ainda bem, que isso me deixou com bastante vontade de ler, já baixei o primeiro no site da Amazon, vou ver se leio logo...
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    suas resenhas sempre muito bem explicadinhas!
    A série parece bem bacana mesmo, é bem bacana essa coisa de caçador se apaixonar pela caça, da um clima de total aventura ao livro, a capa e os marcadores eu achei sensacional, lembra de fato antigos livro das sombras (livros particulares de praticantes de bruxaria), eu só espero mesmo que o livro traga um pouquinho de bruxaria real para deixar a série ainda mais empolgante

    ResponderExcluir
  17. Olá! Ótima resenha! Adoro histórias com bruxas, rs, achei bem interessante, ainda mais por ser brasileiro. Acho que pode ser um pouco estranho as gírias regionais gaúchas, mas é um toque bem diferenciado na obra.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oiii! Que resenha mais gostosa de ler! Você disse que não sabia se conseguiria colocar seus sentimentos, mas te garanto, senti todos eles. O texto me fez sentir como se estivesse ao seu lado, enquanto você acompanhava essas aventuras.
    Confesso que vi o primeiro grátis, mas acabei não baixando, o que já me arrependi. Vou procurar os dois, depois que ler os ebooks das parcerias do meu blog. Adoro essa temática de bruxas, ainda mais descobrindo seus poderes.
    Parabéns mesmo, e ah, as fotos estão lindas. Beijos.

    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  19. Oláa! Que resenha! Ameiii! Não conhecia os livros. Irei ver para ler eles, pois adorei.
    Faz tempo que não leio nada nesse tema de bruxas rs. Estou curiosa para ler. Irei procurar a outra resenha pera conferir também.
    Beijos! Parabéns pela resenha <3

    ResponderExcluir
  20. Olá! tudo bom?
    Nossa que capa maravilhosa é essa, logo de cara já amamos o livro, além do título que me instigou mesmo antes de ler sua resenha. Parece um muito bom.
    Parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Olá Alice!
    Agora fizeste-me lembrar das quantas vezes varei a noite dentro, a ler, por não conseguir largar a leitura e então era até terminar o livro!:D Depois ficava sem conseguir adormecer devido à intensidade da história e aos mil pensamentos! Hoje em dia, as noites em que não consigo dormir não é tanto pelo que outros escrevem, mas sim pela minha imaginação. Quantos livros já escrevi mentalmente! Mas dá-me preguiça para levantar e escrever e no dia seguinte, já não é a mesma coisa... É no silêncio da noite que a minha mente mais costuma estar activa! ;)

    Beijinhos e boas leituras

    ResponderExcluir
  22. Adorei o livro , muito legal amei essa capa muito top beijos sucesso

    ResponderExcluir
  23. Ahhh que demais, adorei a capa desse livro, ficou linda!
    Essa é a primeira vez que acesso o blog e vou confessar que amei a estrutura da sua resenha, expondo tanto sua opinião, como também seu olhar crítico em cima da obra!
    Adorei a história, beijos!

    ResponderExcluir
  24. Que livro com história interessante envolvendo bruxas e caçadores de bruxas :o fiquei super encantada com a Sam lendo sua resenha. Adoro coisas que saem do comum e nunca li um livro com essa temática, o que já fez eu ficar intrigada com a história umas 100x mais! Ben é, pela descrição, um herói nato mesmo. Suas convicções do correto ultrapassam qualquer coisa que o coração diga. Amei que tem cenas de luta, que leitura recheada! RS ainda, local que sou amante. Vou ler sem sombra de duvidas! Já adorei a premissa

    ResponderExcluir
  25. Gostei muito da resenha, é muito bem feita e você mostra bem sua opinião, apesar de não ser um livro pelo qual geralmente me interesso, fiquei curiosa.
    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Bom dia flor. Como vai? Ante de tudo quero te parabenizar pela maravilhosa resenha, lois você fez um post super completo. Ainda não conhecia esse livro. Mas gora que vi a sua resenha com todos esses detalhes fica ate impossível de não colocar ele ns minha lista de livros. Beijos

    ResponderExcluir
  27. Ja quero ler o primeiro livro e esse também nossa amei a resenha, adoro livros assim nessa tematica, adorei o titulo do livro. Sucesso

    ResponderExcluir
  28. A talentosa escritora Juliana Bizatto, Sobrevive ao Destino. Mas todos os segredos ele um dia poderão ser revelado. Adorei a resenha.O Apocalipse está prestes a chegar!Bjs.

    ResponderExcluir
  29. Estou in love com essa sua resenha que coisa mais linda se esse livro fosse uma pessoa casava com ele, seu trabalho esta muito lindo e sem duvidas deixou todo mundo louco pra ler ou super curioso ! Parabéns a matéria ta incrível ❤

    ResponderExcluir
  30. Olá,
    Nossa fiquei super vidrada nessa resenha, já quero ler os livros para saber mais o que vai acontecer na história, gostei bastante das personagens, principalmente do crush supremo muito amor, adorei bjs!

    http://fabiisanto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oieee, achei bem legal a ideia do livro, gosto muito de historias com bruxas, e pelo que vi em sua resenha o lindo trás muitas emoções, e romance! obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  32. Esse é um dos gêneros de livros que me atraem muito, e depois de ler a tua resenha fico eu aqui ansiosa para ter essa obra em mãos e começar a ler, adorei a dica!
    Bjs (•‿•)

    ResponderExcluir
  33. Nossa, que interessante um livro com temática de fantasia, com bruxas e caçadores de bruxas, ambientado no sul do Brasil. Não é o tipo de livro que costumo ler, mas sua resenha (muito boa e detalhada) consegue despertar a curiosidade pela leitura. Ah! Adorei seu comentário lá no meu blog! Vou respondê-lo depois, por lá! Beijos :)

    https://teofilotostes.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  34. Nunca li nada da autora gostei bastante da capa é da resenha. NO e o gênero que gosto de ler mais o contexto parece ser legal
    Amei o blog

    ResponderExcluir
  35. Olá! Adorei sua resenha, me deixou tão curiosa para saber mais do livro que ja to aqui querendo o meu exemplar! Eu não conhecia a saga nem a autora mas amei mesmo! Vou por nos meus desejados!

    ResponderExcluir