01/08/2022

[Resenha] A Pena Mágica de Gwendy - Richard Chizmar




Olá amores, tudo bem?

Logo depois de ler A Pequena Caixa de Gwendy, é claro que fui conferir a sua continuação. Então não poderia deixar de trazer minha opinião para vocês!

A Pena Mágica de Gwendy
Autor: Richard Chizmar
Páginas: 352
Editora: Suma
Onde comprar: Amazon
Nota:  
Livro lido em parceria pelo NetGalley
Pode conter spoiler do livro anterior
SINOPSE: 
Algo maligno invadiu a pequena cidade de Castle Rock, no Maine, durante a última tempestade de inverno. Agora, o xerife Norris Ridgewick e sua equipe estão em uma busca incansável por duas garotas desaparecidas.
Aos trinta e sete anos e morando em Washington, DC, Gwendy Peterson não se assemelha nem um pouco à adolescente insegura que costumava ser quando passou o verão se exercitando na Escadaria Suicida de Castle Rock. Naquele verão, ela foi incumbida ― há quem diga amaldiçoada ― de cuidar de uma caixa de botões bastante peculiar, entregue a ela por um desconhecido de terno preto.
Gwendy nunca falou para ninguém sobre a caixa ― nem mesmo para o marido ―, até que, um dia, ela ressurge. Motivada pela inusitada reaparição do objeto e pelos desaparecimentos preocupantes em sua cidade natal, Gwendy retorna a Castle Rock, onde tentará resgatar as garotas desaparecidas antes que algo horrível aconteça com elas.
Com uma prosa lírica de tirar o fôlego, o livro nos leva a pensar: nossas vidas são controladas pelo destino ou pelas escolhas que fazemos?

Após os acontecimentos finais de A Pequena Caixa de Gwendy, vamos ter um salto de quinze anos. Gwendy Peterson seguiu sua vida após devolver a caixa de botões. Ela acabou obtendo sucesso em sua área e há mais de um ano atrás decidiu virar congressista. Gwendy conseguiu os votos necessários e desde então está morando na capital dos Estados Unidos, Washington.

Porém, em um dia comum de trabalho, Gwendy acaba surpreendendo-se com a caixa de botões em cima de sua mesa. Assustada, ela decide guardar o objeto e levá-lo para sua casa posteriormente.
Em contrapartida, assassinatos de garotas estão sendo pauta na cidade natal de Gwendy, Castle Rock, e a polícia ainda não conseguiu encontrar o culpado.

Com a chegada do fim do ano, Gwendy decide voltar a Castle Rock, para comemorar a data com os pais e esperar que seu marido chegue a tempo, já que ele é fotógrafo e está fazendo a cobertura de uma guerra.

Além de lidar com a repentina volta da caixa de botões, que não pode cair em mãos erradas, Gwendy ainda terá que se preocupar com os assassinatos de garotas em sua cidade e com a saúde da sua mãe, que travou uma batalha contra o câncer.




Diferente do primeiro livro, esse não foi escrito por Stephen King, então talvez você sinta falta de um toque a mais na obra. Porém, isso não irá interferir, porque diferente do primeiro, este é um livro bem mais trabalhado e bem mais adulto, o que achei ótimo, por sinal.

A vida da Gwendy mudou muito ao longo dos anos. Ela tornou-se uma autora de sucesso, teve seus livros adaptados para o cinema, porém, depois de uma tragédia com um amigo, decidiu focar na vida de congressista, como uma forma de ajudar o próximo. 
Ela também casou-se, mas como o marido dela encontra-se em uma viagem de trabalho, vamos conhecer muito pouco dele.

"A verdadeira paixão quase sempre vem acompanhada de sacrifício."

Voltar a Castle Rock com a caixa de botões vai acabar despertando emoções variadas em Gwendy. Muitas vezes ela se verá em pânico, por conta da responsabilidade que está por trás de ter a caixa em mãos e pelo fato da mesma não poder cair em mãos erradas.

Os assassinatos também vão movimentar a trama, já que Gwendy tentará ajudar o povo da sua cidade, o que poderá acabar sendo perigoso. 
Já a doença da mãe dela a fará tomar algumas decisões delicadas, principalmente em momentos difíceis.

"Ignorar a tentação dos botões é uma tarefa difícil durante o melhor dos tempos. Não são muitos que conseguem resistir."

Com esta obra podemos refletir bastante a respeito de nossas escolhas e como elas podem modificar o curso das coisas. Apresentando um toque de mistério, suspense e até mesmo drama, A Pena Mágica de Gwendy é uma leitura rápida, que devoramos facilmente e que nos proporciona bons momentos. Para quem leu o livro anterior, esse é obrigatório!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Alice Martins

Oiie! Sou a Alice, tenho 26 anos e sou Mestra em Engenharia de Produção. Leio todos os gêneros literários, mas tenho um apego pelo romance e pelo suspense. Sou viciada em música, série e açaí. Atualmente, trabalho com revisão literária e tenho um podcast com uma amiga. Me acompanhem nas redes e venham compartilhar amor comigo!




Facebook


Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Mais lidos

Arquivos

Editoras parceiras