08/01/2022

[Resenha] Amor e Ódio no Purgatório - Roberto Albuquerque dos Santos

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de conversar com vocês sobre esse livro que li em dezembro e que foi uma grata surpresa. Espero que gostem de conhecer!

Amor e Ódio no Purgatório
Autor: Roberto Albuquerque dos Santos
Páginas: 280
Editora: Skull Editora
Onde comprar: Amazon
Nota:   
*Livro cedido em parceria pelo autor
SINOPSE:
Heyra tem consigo traumas desde os doze anos, quando seu pai Telbhus, envolvido no tráfego ilegal de condenados à fogueira da inquisição para o Novo Mundo, penhorou a pureza da própria filha na compra de um galeão, separando-a de Liv, sua irmã e de Mayla, sua mãe. Levada à uma vila de foragidos do Santo Ofício, encontra Mazhyra, uma cigana que cuidará dela até que seu pai vá buscá-la, ou não. Após algum tempo depois, Heyra é negociada e condenada por bruxaria e sentenciada ao desterro no Novo Mundo. Lá se vê às voltas com selvagens antropófagos e por pessoas condenadas por heresias que junto com ela, sobreviveram a um terrível naufrágio. Esse panorama a colocará diante de si mesma, do amor e do ódio, da fé e da descrença, da esperança e do desespero, da alegria e da dor, sentimentos tão comuns aos destinados ao purgatório dos condenados. Mas é nesse lugar de infortúnios onde seu coração se abrirá para quem mais lhe parecia selvagem: Cuatl um Mexica canibal, que tentará fazê-la novamente sentir vontade de viver.
A vida de Heyra era normal na medida do possível. Enquanto ficava em casa com sua mãe e sua irmã, Liv, seu pai vivia em viagens para trazer o sustento da família.
Porém, aos doze anos, Heyra teve sua vida revirada. A garota acordou certo dia e estava sozinha. Para piorar, ela foi levada para uma vila de malfeitores, como uma mercadoria.

"Por que ainda estou vivo? A morte me seria uma recompensa maior que a vida que tenho."

A jovem garota não entendia o que estava acontecendo, não sabia da triste realidade em que se encontrava, que envolvia o pai, Telbhus, ter dado ela e sua irmã como pagamento de uma dívida.
Desta forma, Heyra cresceu longe da família e durante os anos só pôde contar com a ajuda de Mazhyra, uma cigana.

"O inferno deve ser um paraíso diante do lugar para onde vossas almas estão reservadas."

Já adulta, Heyra foi estuprada, logo em seguida negociada e depois condenada por bruxaria, sendo sentenciada ao Novo Mundo, onde as pessoas eram enviadas para terem suas almas purificadas de seus pecados. Só que um naufrágio vai mudar mais ainda a vida dessa mulher.
Em meio a outras pessoas condenadas por heresia, ela terá que lidar com descobertas alarmantes, com canibais e com um sentimento que não imaginou sentir.



Mais uma vez uma obra do Roberto conseguiu me surpreender. O autor possui uma escrita maravilhosa, sabendo contar com louvor uma boa história. 
A narrativa se passa no período da Inquisição, então é claro que teremos muitos inocentes perdendo a vida, assim como muitos homens maus querendo se impor.

"Eu não temo a morte, eu temo é a vida" 

Uma das coisas que mais gosto nos livros do autor, é o fato dele não focar apenas em um personagem. Em paralelo à vida de Heyra, vamos nos deparar com outras histórias sendo contadas, como a de Liv, sua irmã.
São várias vidas que foram impactadas pelo mesmo homem, que destruiu inocências e famílias, e que ao longo do enredo serão ligadas pelo destino. Tudo foi bem interligado e conectado, o que é um ponto bem positivo.

É impossível não sentir os mais diversos sentimentos durante a leitura, como asco, revolta e tristeza. A vida de Heyra, assim como a de outros personagens, foi extremamente dolorosa, incluindo abusos físicos e psicológicos. 

"Aqui não há nada a não ser agarrar-se à esperança e à fé, pois quando não se está no purgatório, pode-se estar no céu ou no inferno, e certamente onde estamos não é o céu!"

Narrado entre presente e passado, o que nos permite conhecer a caminhada dos personagens, o autor faz críticas necessárias em sua obra. Ele trata a questão da intolerância religiosa, mostrando como as pessoas eram condenadas por simplesmente não seguirem o cristianismo. 
A única coisa que chegou a me incomodar na narrativa foram os capítulos longos, que não permitem que você deslanche com facilidade na leitura.

Amor e Ódio no Purgatório é um livro histórico bem escrito, cheio de reviravoltas e revelações, que se passa em uma época difícil. Nesta obra iremos conhecer personagens quebrados, que estão passando por dificuldades e que passarão por muitas outras. Essa é uma história com sangue, mortes e que nos mostra como o amor e o ódio andam sempre juntos...

Beijos da Lice

9 comentários:

  1. oi!
    Eu adorei a resenha :) a historia parece ser bem interessante, não conhecia o trabalho do autor....

    ResponderExcluir
  2. A personagem Heyra sofreu muito, é uma história comove muito ao ler, gostei muito de conhecer o livro bjs.

    ResponderExcluir
  3. Olá minha linda, adorei a sua sinopse, como sempre a sua resenha é rica em detalhes, com certeza vale a pena ler o livro Amor e Ódio no Purgatório. Abraços 🤗

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus quanto sofrimento essa menina passou,quantaangustia e crueldade. Já estoucuriosa pra ler a historia completa. Parabéns pela resenha rica em detalhes e realidade.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do livro, vou deixar anotado aqui para numa próxima comprar ter ele aqui para eu ler! Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  6. Oi Alice, tudo bem? Não lembro de já ter lido algum livro dessa editora mas fiquei admirada com essa edição. Quanto a história que vida conturbada teve a protagonista hein... Desde criança enfrentando tantos desafios. Mas acredito que tudo isso a tornou mais forte. Interessante também o autor não focar apenas num personagem e dar atenção aos demais. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  7. Olá, Alice! Tudo bem?
    Eu nunca li os livros da editora Skull e estou meio por fora do catálogo dela, mas acredito que invista muito em literatura nacional. Eu ainda não conhecia o autor (Roberto) e o livro, mas já gostei dessa capa, ficou bem legal. Heyra tem uma história pesada hein? Já quero conhecer a história completa. Parabéns pela resenha!!

    ResponderExcluir
  8. Que livro heim, nussss ela passa por muita coisa, cria em nos a expectativa de ler para enteder melhor a personagem. Não sei se conseguiria ler ate o final fico muito emotiva com algumas situações.

    ResponderExcluir
  9. Oi Alice, tudo bem?
    Adorei essa capa! E nossa, esse enredo parece ser bem forte. Essa foi uma época marcada por atrocidades. Já fiquei aqui com o coração na mão pelas situações vividas pela protagonista. Vou anotar a dica. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Alice Martins

Oiie! Sou a Alice, tenho 26 anos e sou Mestra em Engenharia de Produção. Leio todos os gêneros literários, mas tenho um apego pelo romance e pelo suspense. Sou viciada em música, série e açaí. Atualmente, trabalho com revisão literária e tenho um podcast com uma amiga. Me acompanhem nas redes e venham compartilhar amor comigo!




Facebook


Seguidores

Tecnologia do Blogger.

Mais lidos

Arquivos

Editoras parceiras