[Resenha] As Consequências de Orbitar um Buraco Negro - Stephanne Says

Olá estrelinhas, tudo bem?

Chegou o momento de compartilhar com vocês o que achei desse segundo livro da Stephanne. Se o primeiro foi tiro, porrada e bomba, já garanto que o segundo não ficou atrás.

As Consequências de Orbitar um Buraco Negro
Livro II
Autora: Stephanne Says
Páginas: 406
Editora: Coerência
Onde comprar: Editora Coerência
Nota: 
*Livro cedido pela autora

SINOPSE:
Um relacionamento incerto.
Uma grande conspiração envolvendo a Terra.
Um poder capaz de transformá-la naquilo que jurou nunca ser.
Estará Luna à altura de seu destino?



Após os acontecimentos finais em A Reação Adversa do Caos, vamos acompanhar como anda a vida de Luna fora da Terra.

"Um vilão nunca se enxerga como vilão."

A jovem conseguiu se estabelecer na Capital do Sistema Gamma Aurellius e vive um relacionamento estável. Porém, o desejo dela de viajar à Terra, para rever a melhor amiga e visitar alguns países, pode não culminar em uma coisa boa para ela.

"Não pode continuar fazendo as mesmas coisas e esperar resultados diferentes!"

É assim que o relacionamento dela vai ruir e Luna irá se ver em meio a uma grande conspiração, tendo que resolver mistérios e encontrar soluções. Diante disso tudo, ela ainda se deparará com mais informações sobre suas origens, o que bagunçará suas estruturas.


Li essa obra algumas semanas atrás, mas desde então estava pensando em como colocar em linhas tudo que senti com essa leitura. Só posso dizer que a Stephanne arrasou mais uma vez e conseguiu me prender como ninguém! Um LIVRÃO!

"A pior coisa que você pode fazer é ignorar a maldade em alguém só porque você a ama."

Diferente do primeiro volume, onde a Luna estava lidando com muitas descobertas e logo no início já tinha muita ação, esse livro começa mais lento, porém isso não é um problema, pois os acontecimentos vão sendo destrinchados no decorrer das páginas.
Nessa resenha vou evitar falar muito do enredo em si, pois não quero dar spoiler para vocês.

Como a Luna irá passar por um término de relacionamento, essa questão foi explorada dentro da narrativa. Ela vai precisar se levantar e não se deixar abater, mas isso em alguns momentos vai ser complicado. Luna contará com a ajuda de alguns amigos, o que será primordial. 
É bem delicada toda essa questão do relacionamento, mas Luna vai ter um insight de que precisa mudar drasticamente algumas atitudes dela, amadurecendo muito no finalzinho do livro.

"O poder que ele exercia sobre ela era mais forte do que a própria gravidade. Luna não passava de uma mera luz sendo sugada por um buraco negro, sem ter como escapar."

Klaaoz, mesmo me deixando com raiva em alguns momentos, por conta de suas atitudes (eita homem pra fazer merda), continuou ganhando meu coração. Impossível não me render ao sorriso de 0,5 cm. 
Em contrapartida, o Bok é um fofo, mas tenho minhas ressalvas. Em alguns momentos estava rendida por ele, em outros com um pé atrás.
Novos personagens irão surgir, assim como iremos rever alguns queridinhos. Confesso que gargalhei com alguns, que são bem cômicos (Rys aqui), já outros quis dar uns belos tabefes.

"Muitos idiotas eram eleitos democraticamente."

Os temas apresentados pela Stephanne são mais uma vez necessários. A autora trouxe a questão da xenofobia, mostrando como dentro dos planetas do Sistema Gamma Aurellius o preconceito também está presente, como as pessoas são descriminalizadas só porque são de um determinado lugar ou pelo seu jeito de falar, ser ou agir.
A questão da alienação, da fake news, do cancelamento extremo e de falsos líderes religiosos também entraram em pauta. É possível fazer as ligações dos fatos que estão ocorrendo no enredo com alguns do nosso dia a dia. A questão do cancelamento foi abordada dentro de um reality show, o que nos traz à tona o que acontece todo ano com o BBB, por exemplo.
Além disso, os transtornos mentais também tiveram seu espaço dentro do livro, o que é de suma importância; assim como a busca pelo corpo perfeito e como ela afeta o psicológico.

"As pessoas não devem ficar umas com as outras porque precisam, e sim porque querem! Precisa ser uma escolha, não uma necessidade."

Revelações impactantes ocorrem no decorrer dos capítulos, o que permite ao leitor criar algumas teorias. Mandei bem em algumas, já outras passei longe, como sempre.
As últimas páginas do livro são bem eletrizantes e o final me deixou com um frio na barriga, com medo do que possa acontecer no terceiro volume e me fez derramar umas lágrimas. Não sei se estou pronta para algumas situações, então isso me deixa ansiosa. Só espero que a Stephanne não resolva partir meu coração, pois não aguentarei, já basta ele ter sido rachado.

"Nem o maior amor do mundo era suficiente para salvar alguém que não queria ser salvo. E agora escolhia salvar a si mesma."

Com uma escrita mais madura, a Stephanne nos presenteia com um livro cheio de referências à cultura pop e aborda temas diversos.
Em As Consequências de Orbitar um Buraco Negro, Luna terá que vivenciar mais situações que a deixarão no limiar, mas continuará crescendo, tomará atitudes e terá que recomeçar. O buraco negro está ao redor de Luna, e seu objetivo será não ser sugada para a bagunça que ele pode causar em sua vida...

Beijos da Lice

7 comentários

  1. Pela resenha é um livro que vai deixar o leitor grudado na história, que maravilha que o livro aborda vários temas, acho isso importante num livro, gostei muito de conhecer o livro da autora bjs.

    ResponderExcluir
  2. Parece interessante esse livro, gosto de livros de ficção, e os temas abordados me chamaram a atenção, anotado aqui para futuras leituras! Valeu pela indicação!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro parece ser muito bom, mistura ficção, romance, aventura ... um prato cheio!
    Vou adicionar a minha lista da Amazon <3

    ResponderExcluir
  4. Essa miatura de romance com a ebtira e ficção me deixa super interessada na leitura! Já gostei e vou adicionar na minha lista! Suas resenhas são maravilhosas. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Só de lê sua resenha fiquei vidrada na história, quero ler o outro livro também. Adoro esse estilo de leitura

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Eu adorei a resenha :) gosto muito do trabalho da autora é maravilhoso. Já quero ler

    ResponderExcluir
  7. Oi Alice, tudo bem? Não conhecia o livro e não lembro de ter visto a divulgação do primeiro mas dá para perceber o quanto você gostou e aproveitou a leitura. Interessante pensar que as vezes o autor escreve o primeiro volume mais devagar e deixa a aventura para depois, já outros fazem o contrário. Contam grande parte da aventura no início e depois a leitura se torna mais tranquila. Já Divergente ou Jogos Vorazes creio que ambos seguiram quase num mesmo ritmo. Ah, gostei demais dessa edição está lindíssima. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir