[Resenha] 4 homens em 44 capítulos - BB Easton

Olá amores, tudo bem?

Recentemente lançou na Netflix a série Sex/Life, que é baseada no livro 4 homens em 44 capítulos da BB Easton. Então, antes de assistir a série, fui conferir a obra. Em breve também vai sair um post falando sobre o que achei de Sex/Life.

4 homens em 44 capítulos
Autora: BB Easton
Páginas: 264
Editora: Paralela
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido em parceria com a editora
CONTEÚDO ADULTO
SINOPSE: 
Depois de anos tentando apimentar minha vida sexual, resolvi me contentar com um diário sobre aventuras do passado. Talvez meu marido, um nerd lindo e frio, só não fosse capaz de sentir a paixão que eu esperava, já que era totalmente diferente dos meus ex-namorados supertatuados e tarados. Bom, se eu não podia ter o amor que desejava na vida real, pelo menos podia escrever sobre ele no diário. Seria meu segredinho.
Mas adivinha? Meu marido leu tudo. E sabe o que mais? Depois disso, ele foi tomado pela paixão, se é que você me entende.
A partir daí, resolvi seguir o conselho da minha melhor amiga e usar o diário para manipular o comportamento dele. Eu só queria convencê-lo a: me dar um apelido fofo; me elogiar mais; fazer sexo selvagem e apaixonado; e fazer uma tatuagem completamente amadora do meu nome e/ou rosto em uma parte do corpo bem visível!
Não é pedir demais, é? O que poderia dar errado?

A BB, além de autora, é a protagonista de nossa história. Ela irá começar esse livro mostrando que é casada há dez anos, tem dois filhos e seu relacionamento com Ken está completamente morno. 

Quando ela tem a ideia de começar a escrever um diário contando histórias (a maioria sexual) com seus ex-namorados, que eram bad boys selvagens, as coisas mudam completamente. 
Ken acaba lendo os registros de BB, mas o que poderia ter dado muito errado para a relação deles, culmina em um Ken voraz na cama.

"Os moleques tatuados do passado podiam ser amantes fervorosos, mas não conseguiriam manter o pau dentro da calça, a bunda fora da cadeia ou um saldo positivo na conta nem que sua vida dependesse disso. Ken, por outro lado, era tão... seguro e responsável, tão simples."

É assim, que junto com sua melhor amiga, Sara, BB tem a ideia de começar a escrever um diário falso, inventando fatos sobre seus relacionamentos passados, tudo com o objetivo de fazer Ken tomar quatro atitudes: lhe dar uma apelido fofo, lhe elogiar, fazer sexo selvagem e fazer uma tatuagem em sua homenagem.

Só que ao passo que vamos conhecendo suas histórias falsas, também vamos lendo as verdadeiras e acompanhando a relação atual da BB e do Ken. 


Quando iniciei essa leitura não sabia muito o que esperar, mas foi uma obra que devorei e que me proporcionou bons momentos.
A BB é completamente fora da caixinha. Ela sempre foi muito livre e aproveitou tudo que a vida tinha pra dar. BB foge do papel de "mocinha indefesa".
Ken é o oposto dela, sendo um nerd certinho. Enquanto a BB desejava um "calor" no casamento, Ken se contentava com o morno, quase frio.

"Ken está em um coma emocional há dez anos, mas o que eu escrevi o despertou."

Os ex-namorados da BB são tudo que alguém deseja em um primeiro momento, até os conhecermos profundamente. Problemáticos e traidores, carregam consigo todo tipo de situações ruins que possam imaginar. A BB teve relações bem conturbadas com eles, e o Ken surgiu como um alívio para a sua alma. Eu adorei saber como ela e Ken se conheceram e em que momento isso ocorreu.

No decorrer da história vamos conhecendo ambos e vendo que nem tudo é como a BB pensava. Através das histórias inventadas, ela vai conseguir ter o que desejava de Ken, mesmo que não seja tudo e mesmo que não seja da forma como ela queria.
É interessante ver como ela própria vai se descobrindo e percebendo pontos interessantes da sua vida e do seu casamento.

"Eu sabia por experiência própria que o tipo de amor que estava buscando em Ken — do tipo que faz poemas de amor bobos — era enganoso e inconstante. Magoava, traía e, no fundo, era insustentável."

O livro tem muitos momentos cômicos, porque a BB é a rainha de se meter em furada, mas também tem muitas cenas hot.
Algumas histórias criadas pela BB são bem irreais, mas creio que esse era o propósito dela mesmo, soar exagerada. É possível algumas pessoas acharem o casamento dela estranho, mas para mim foi tudo muito natural. Ler sobre a experiência dela com o marido e o diário, foi sensacional. Pelo fato dela ser psicóloga, creio que fique tudo mais interessante.

"Eu passara tanto tempo me concentrado nos objetivos que ainda não havia alcançado que não conseguia apreciar por completo a magnitude da transformação do meu marido."

Como é um livro autobiográfico, bateu a curiosidade de conhecer as pessoas citadas, principalmente o Ken. 
4 homens em 44 capítulos é uma leitura rápida, fácil e envolvente. Se embrenhar nos escritos da BB é garantir muitas risadas e uma reflexão ao final.

Beijos da Lice

3 comentários

  1. Lendo a sua resenha, achei o livro muito bom, a história agrada muito, fiquei curiosa pelo livro e pela série bjs.

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Eu já ouvi falar desta série,mas ainda não assisti e não sabia que era baseada em um livro. Adorei a sugestão 🙂

    ResponderExcluir
  3. Uma boa mistura de tema quente, com romantismo, realidade e humor. O livro parece ótimo, fiquei curiosa de verdade...

    ResponderExcluir