[Resenha] Poderosa Liberdade - J. Marquesi

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de conversar com vocês sobre o livro Poderosa Liberdade. Ele é o segundo volume da série Poderoso Destino, mas pode ser lido independente.

Poderosa Liberdade
Série Poderoso Destino, Livro II
Autora: J. Marquesi
Páginas: 304
Editora: Astral Cultural
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*Livro cedido em parceria pela editora
  Pode ser lido independente

SINOPSE: 
O PRIMEIRO AMOR SEMPRE DEIXA LEMBRANÇAS boas e ruins. No caso de Marieta da Silveira, seu primeiro amor havia lhe deixado um gosto amargo de decepção e mentira. Imaginara que ele era diferente, que a via além de todo o estigma que seu povo sofria, que ela mesma carregava, mas não. Joaquim Ávila era como todos os outros que já tinha conhecido. Agora era uma mulher livre, de corpo e alma, e havia jurado que nunca mais ninguém teria poder de lhe prender novamente. Tinha chegado a hora de seu recomeço, desta vez em Londres, e nem mesmo o reencontro com aquele que fora seu grande amor no passado iria tirar dela a vontade de ser finalmente dona de si mesma. No entanto, não será uma tarefa fácil: Marieta terá que manter a cabeça erguida para continuar em busca de seus sonhos sob o julgamento de uma sociedade racista para, enfim, livrar-se das amarras que sempre foram impostas a ela.
Marieta da Silveira era uma escravizada que morava na fazenda Santa Helena, onde cresceu depois de chegar ainda bebê. Diferente dos outros escravizados, Marieta teve uma chance de estudar com Helena, filha do Barão, e isso aconteceu até a menina ter sido mandada para estudar na Europa.
A jovem Marieta nunca imaginou viver um amor, mas foi com Joaquim Ávila, um português que visitava a fazenda, que ela viveu um tórrido romance, que ficou apenas na promessa de algo concreto, já que ele foi embora e nunca voltou.

"Ninguém deve ter o poder de possuir outra pessoa. Somos todos iguais."

Anos depois da decepção amorosa, Marieta está viúva e foi morar na Inglaterra com Helena, que tinha lhe dado liberdade e estava casada com um primo de Joaquim. 
Vivendo na sociedade londrina, Marieta vai ter que lidar com o racismo e com o fato de Joaquim fazer parte da sua vida novamente. O que essa mulher que exala força ainda irá ter que enfrentar?


Que livro maravilhoso! Apesar de ser o segundo de uma série, é uma obra que pode ser lida independente, tanto que não li o primeiro, mas isso não afetou em nada minha compreensão da história.
A narrativa se passa durante o período escravagista no Brasil e temos capítulos narrados entre o presente e o passado, o que nos permite conhecer como Marieta vivia quando era escravizada e como se desenrolou sua relação com Joaquim; e como ela está vivendo atualmente, quais são seus objetivos e anseios.

A relação do passado entre Marieta e Joaquim vai sendo destrinchada durante as páginas, então temos as elucidações de alguns fatos apenas no decorrer da leitura, o que gostei, pois nos deixa curiosos para saber o que levou ao fracasso da relação, e o porquê dele nunca ter voltado para Marieta, como havia prometido. Em algum momento senti raiva de Joaquim, mas tudo isso passou quando todos os fatos foram explicados.

"Eu sou livre, mas continuo não me encaixando em lugar nenhum."

Marieta é uma mulher que exala força e determinação. Ela vai morar na Inglaterra com Helena, para ser dama de companhia da mulher, com o propósito de arrecadar dinheiro para libertar os seus, que continuam sendo escravizados no Brasil. Ela vai sofrer racismo, mas não vai se deixar abalar, levantando sempre a cabeça e se impondo quando necessário.
A autora soube trabalhar muito bem a força das mulheres desse livro. A maioria são pulso firme e não vejo a hora de ver os livros de duas em especiais: Lily e Catherine.

O reencontro de Marieta e Joaquim na Inglaterra vai ser pautado por remorso e mágoa. No entanto, o amor permanece dentro dos dois. Amei a construção do romance depois desse reencontro. Teve diálogos e dúvidas que eram pertinentes para ambos, o que só traz mais veracidade para a história.
Os vínculos que Marieta desenvolve com outros personagens na Inglaterra são firmes e mostram a importância das amizades.

"Julgar e condenar uma pessoa apenas pelo que ela é, além de ser raso, é desumano."

Poderosa Liberdade apresenta um enredo repleto de críticas. Críticas a um período da história que escravizou humanos, críticas ao machismo de uma sociedade que não deixava mulheres trabalharem e serem reconhecidas, críticas ao racismo e a homofobia, críticas às pessoas que até hoje continuam com pensamentos retrógrados. Uma leitura emocionante em muitas passagens. Marieta é sinônimo de luta. Ela é a representação de muitas outras mulheres que precisaram e precisam batalhar para conquistar algo a cada dia! Recomendo demais para todos!

Beijos da Lice

5 comentários

  1. Muito bom, não conhecia esse livro, mas achei muito interessante e diferente o fato da história se passar no período escravagista, pois hoje em dia quase não vemos obras que remetem a essa época e nos ajudam a entender um pouco mais da nossa história...
    Acho que é um livro lindo, me deu muita vontade de ler!! ^.^
    Amei seu blog, beijos!! <3
    https://bel-somostaojovens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Eu adorei a sugestão de livro a capa é linda 🙂 já quero ler

    ResponderExcluir
  3. Tá aí um livro que com toda certeza eu teria um caso de amor e ódio ao ler, pois são temas importantes que são falados, mas que me deixam estressada (e com dor de cabeça).

    ResponderExcluir
  4. Que banaca, fiquei curiosa para saber pq Joaquim e Marieta não deram certo. Esse reencontro com certeza vai ser esclarecedor.

    ResponderExcluir
  5. Olá adoro dicas de leituras com resenhas especificas que nos passa real historia da leitura. adorei e to curiosa pra ler tudo...

    ResponderExcluir