[Resenha] Super Clichê - Mari Scotti

Olá amores, tudo bem?

Recentemente li Super Clichê da Mari Scotti e simplesmente amei. Foi uma leitura que me prendeu do início ao fim e me garantiu bons momentos. 

Super Clichê
Autora: Mari Scotti
Páginas: 298
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*E-book cedido em parceria pela autora
SINOPSE: 
DANIELA TINHA SEU FUTURO TRAÇADO:
Se casar com seu namoradinho de infância, na igreja, aos bons olhos dos costumes e regras da pequena e peculiar cidade de Riacho Doce.
No entanto, vestida de noiva e diante de toda a congregação, seu futuro ex-noivo, declara não ter a menor centelha de desejo por ela, já que passaram os últimos doze anos em um namoro casto e religioso.
Um convite inesperado a faz repensar todas as suas convicções e pedir ajuda ao homem que mais odeia na cidade.
Um namoro de mentira (com alguém totalmente improvável) poderá mudar sua atual situação?

Daniela mora na pequena Riacho Doce, uma cidade com costumes arcaicos. A jovem namorou por doze anos com Renato, com quem tinha um futuro todo planejado. O namoro dos dois não envolvia nada além de beijos castos, já que ela queria seguir todas as regras da cidade e da igreja.
Só que no dia que deveria ser o mais feliz de sua vida, Dani acaba sendo deixada por Renato no meio do casamento. Ele esperou o sonhado dia para revelar que não sentia desejo por ela.

"Ninguém notara que eu estava arrasado. Ninguém sabia as merdas que aconteciam comigo."

A partir daí a vida de Daniela muda completamente e ela vai acabar se aproximando de Eduardo, o filho de seu padrasto, e com quem nunca teve uma boa relação. Os dois viverão um namoro falso para ajudar Dani a passar pela situação do abandono no altar.

Só que o que Dani não sabe é que Eduardo é apaixonado por ela a muito tempo. O jovem sempre manteve seus sentimentos escondidos, mas sofreu com o namoro e o noivado de Dani com outro homem. Mesmo tendo prometido não interferir na decisão da moça e se manter afastado, Eduardo vai ver no casamento desfeito uma oportunidade de finalmente poder ficar ao lado do seu grande amor, mas nem tudo pode sair como planejado...

"Eu odiava essa maldita cidade e todos nela. Era como ter um espelho diante dos meus olhos, o tempo todo, refletindo cada passo, cada decisão, cada coisa que eu fazia ou tinha que fazer, durante toda a minha vida."

Esses "quase irmãos" teriam alguma chance de dar certo?


Essa foi uma leitura que me vi animada desde o início, porque se tem algo que gosto é um clichê, principalmente quando temos um casamento dando errado, um amor de muitos anos e uma relação de gato e rato.

Daniela é uma jovem muito inocente, que passou os últimos doze anos sonhando com algo que não vai se realizar. Por morar em uma cidade pequena, ela sofreu muito quando os pais se separaram e formaram novas famílias, então sempre desejou se casar nos preceitos da igreja, se guardando para a lua de mel. Só que Renato não pensava da mesma forma...

"Era exaustivo tentar superar as más expectativas que tinham de nós."

Eduardo é um amor de homem. Ele sempre foi apaixonado por Dani, mas nunca revelou seus sentimentos por respeito a ela e seu relacionamento, além de ter feito uma promessa ao pai de se manter afastado da jovem. O Eduardo é o homem que toda mulher gostaria de ter ao seu lado: educado, empenhado, fofo e apaixonado.

Daniela e Eduardo sempre tiveram uma relação pautada por alfinetadas, porque essa foi a forma que ele encontrou de se manter longe dela.
Só que com a cerimônia de casamento fracassada, eles vão se aproximar e Dani vai conhecer um Eduardo que não fazia ideia que existia. Eles vão se aproximando de forma natural e deliciosa e é incrível ver como a relação deles flui. 

"Ele tem seus defeitos, são muitos. A gente briga o tempo todo, mas eu não preciso me lembrar do motivo de estar com ele."

No enredo temos como pano de fundo uma cidade retrógrada, que acaba limitando bastante seus moradores, que se deixam embrenhar pelas regras do local. De certa forma, a autora trouxe uma crítica às cidades assim, mostrando a importância de você viver de acordo com o que deseja e não se limitar, principalmente quando se trata da sua felicidade.

Sou a louca dos romances clichês e esse junta tudo de melhor que você pode esperar em um. Adorei o fato de Dani e Du viverem uma relação de gato e rato, principalmente porque existe um motivo por trás disso.
Outro ponto que gostei bastante na narrativa é que temos uma inversão de papéis. Normalmente são as mulheres que possuem paixões secretas e guardam seus sentimentos, mas aqui temos um homem extremamente romântico e encantador.

"Porque é fácil me recordar do que amo nele."

Super Clichê tem uma narrativa envolvente e um casal maravilhoso. Eduardo entrou para os tops de crushs literários e amei acompanhar o seu romance com Daniela. Com dramas, altos e baixos, um toque de humor e muitas descobertas, os dois vão viver todas as situações que um romance pode proporcionar. Recomendo demais para quem curte uma leitura leve e um bom clichê, é claro.

Beijos da Lice

9 comentários

  1. Dani acaba sendo deixada por Renato. Amei sua resenha e adorei a história, um livro com uma história que é na verdade muitos clichês. Renato destruiu o sonho da Dani, ela foi abandonada, mas quando não há mais desejos, é melhor ir embora ... Um livro de leitura para devorar do começo ao fim, nos deixa em êxtase que prende o leitor.

    ResponderExcluir
  2. É muito bom quando lemos um livro e a história nos prende até o fim, um bom clichê é muito bom né, gostei muito dos personagens, torçendo para o casal que são bem fofos, bjs

    ResponderExcluir
  3. Parece uma história leve e que porende porque acabamos tendo afinidade e nos apaixonado pelos personagens,gostei da indicação.bjus.

    ResponderExcluir
  4. Ao ler a resenha fiquei com raiva do Renato, ele esperou 12 anos para dizer a Daniela que não sentia desejo por ela? Bom, pelo menos ela se livrou de uma união infeliz. Sou fã de clichês e quero acompanhar o romance do Eduardo e da Daniela. Obrigada pela indicação!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Que história maravilhosa! Nem preciso dizer que estou mega curiosa com o final e shipando demais esse casal! Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Adoro um clichê, então se for romântico melhor ainda! ?Achei interessante o livro, já quero ler!

    ResponderExcluir
  7. Oiee Alice. No momento estou optando por outros tipos de livros que não sejam tão clichês. Mas esse parece ter uma história divertida e bem leve.
    Gostei da crítica que a autora traz e fiquei com do da personagem, mas acredito que ela vá amadurecer muito com o ocorrido.
    Beijos,
    Paloma Viricio

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro um clichê, não importa se é em filme ou livro eu to sempre lá haha
    Amei sua resenha, vou adicionar a lista de leituras (que tá ficando grande)

    ResponderExcluir
  9. Nunca tinha parado pra ler uma resenha desse livro, até agora é cara. Me encantei pela história, só lendo a sua resenha. Já quero saber desse babado de romance, amor guardado por anos, desse swuade irmãos. Acho que não li nenhum romance com essa temática de amor entre quase irmãos, seria uma experiência muito bacana, principalmente porque amo romances clichês num nível hard😍

    ResponderExcluir