[Resenha] Todos os beijos que roubei: Parte I - Raíza Varella

Olá diamantes, tudo bem com vocês?

Hoje é um daqueles dias que sento em frente ao computador, mas não faço ideia de como colocarei em palavras os meus sentimentos por esta leitura. Todos os beijos que roubei me deixou em caquinhos, literalmente...

Todos os beijos que roubei: Parte I
Príncipes do Diamante, Livro II
Autora: Raíza Varella
Páginas: 924
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*E-book do acervo da blogueira
SINOPSE: 
Ela
Ela o chamou de “Fodedor de Secretárias”.
Nós ainda não nos conhecemos, mas por causa de uma conversa que escutei no ônibus, sei tudo a respeito dele e de sua mania de brincar com os sentimentos das a quem contrata. Ele acabou de despedir a última.
E eu? Eu preciso muito, muito de um emprego.
Não me orgulho do que fiz, mas acreditei que aquele encontro inesperado havia sido um presente dos deuses e me aproveitando do que escutei consegui uma entrevista para ocupar o cargo dela.
Naquela manhã entrei na joalheria da sua família com apenas uma certeza em mente. Eu jamais cairia no jogo dele.
Ele
Ela me escutou falando ao telefone e presumiu que eu fosse um estrangeiro italiano.
Ela ficou presa dentro de um elevador escuro comigo e me pediu um beijo acreditando que eu não entendia o que dizia. Eu a beijei.
Foi o melhor beijo da minha vida.
Eu ainda não sabia para qual vaga a ragazza seria entrevistada, mas quando descobri e a escutei afirmando com tanto afinco que não cairia no “meu jogo” sem saber que já era tarde demais para isso eu aceitei o desafio. Eu a quis.
Mas foi por pouco tempo.
No instante em que as luzes acenderam e eu finalmente pude ver seu rosto a única coisa que quis verdadeiramente foi nunca tê-la beijado.
Saí daquele elevador determinado a não contratar Isabela Sayori Sato.
Eu só não contava com um pequeno detalhe... chegar a minha sala e descobrir que eu não tinha voz naquela entrevista.
Bem-vindos à sede da Joalheria Benite’s, meu nome é Romeo, e essa é a história triste que certa ragazza encontrou atrás da porta que arrombou para fugir da própria vida.
É a minha história.
É a nossa história.
Tudo nela é triste.
Romeo Benite passou um tempo de castigo na Itália por ter fodido a última secretária do seu pai. Ele voltou apenas para ajudar Átila com Roberta e sabe que deve se manter longe das secretárias, mas isso é algo que ele simplesmente não consegue.
Romeo carrega consigo um passado doloroso, que lhe faz beber todas as noites para conseguir dormir. Porém, Romeo nunca extrapola o limite da bebida no dia a dia, isso acontece apenas nos seus aniversários, quando se permite ficar bêbado.

Quando seu pai, Joaquim Benite, descobre que Romeo está fodendo com sua secretária, ele sabe que precisa tomar alguma atitude.
Para o Joalheiro, Romeo precisa finalmente encontrar o par do seu anel para aquietar o rabo.

"Se tem algo que eu aprendi nesses últimos meses é que a única maneira de fazer a saudade parar de machucar um coração pe cessando completamente os batimentos dele."

Isabela Sayori Sato é uma jovem japonesa de 19 anos. Quando está em um ônibus, ela acaba escutando uma conversa de uma moça que foi demitida pelo chefe com quem estava saindo. Isabela sabe que não pode deixar a oportunidade passar, pois parece que tudo colaborou para que ela tivesse a oportunidade de arrumar um emprego. Para isso, ela só precisa convencer o "fodedor de secretárias" a contratá-la.

No dia de sua entrevista, Isabela acaba ficando presa no elevador sem luz da Joalheria Benite's com Romeo, uma armação do nosso papai favorito. Romeo estava falando ao celular em italiano antes de entrar no elevador, por isso a jovem acredita que ele é italiano e não entende nada de português. Sendo assim, ela começa a tagarelar sobre o que está fazendo ali, além de falar um monte de safadezas. O clima entre eles esquenta e Isabela e Romeo acabam se pegando dentro do local, o que acaba acarretando no melhor beijo da vida de ambos.

Romeo mantém a farça de não compreender o que Isabela fala e já está convencido a contratá-la para o cargo de sua secretária. Porém, quando o elevador volta a funcionar e as luzes se acendem, o rosto de Isabela lhe causa verdadeira dor.
A partir deste momento, Romeo sabe que a jovem jamais poderá trabalhar com ele, pois seria um martírio ver seu rosto todos os dias.
Só que a escolha de decisão não estava nas mãos dele e seu pai acaba contratando Isabela. 

"Eu sou uma farsa. Uma farsa bonita aos olhos. Quem me vê por fora não enxerga a ruína que eu sou por dentro. É lá que está o que tem de errado em mim."

Quando Romeo descobre que Isabela irá ser sua nova secretária, ele decide fazer da vida da jovem um inferno, com o propósito de fazê-la pedir demissão.
O que ele não sabe é que Isabela precisa desse emprego. O passado da jovem tem segredos obscuros e o emprego na Joalheria Benites's é tudo que ela precisa.

Duas pessoas com passados tristes poderiam ser capazes de viver algo feliz? Romeo Benite vai finalmente encontrar alguém que o faça se apaixonar? Isabela vai conseguir se abrir sobre seu passado?


Antes de tudo, não achem que narrei muito da história, pois esses são apenas os acontecimentos iniciais.
Essa foi uma leitura que quando terminei estava completamente destruída, em posição fetal e implorando ardentemente pela Parte II. Se eu já tinha amado Te Juro Amor em Silêncio, esse livro não ficou atrás.

O livro já começa com um capítulo que nos destrói, sendo assim, já derramei lágrimas em menos de 1% de leitura. Esse é o poder da Raíza Varella em nossas vidas.

Romeo não é o tipo de homem que nunca quis se apaixonar. Na verdade, ele sempre tentou se apaixonar, mas as mulheres sempre acabavam "errando" em suas atitudes, o que fazia o príncipe do diamente perder o interesse nelas. Além de trabalhar na Joalheria Benite's, Romeo também é dono do bar Josephine's, onde sempre faz um segundo turno de trabalho todas as noites. 
O problema de Romeo com Isabela é pelo fato dela ser japonesa, pois outra japonesa lhe causou dor no passado.

"Como é possível que parte de mim deseje algo que tanto me machuca?"

Isabela Sato é uma garota forte, que está aprendendo a lidar com a vida de forma valente, ela nunca chora por seus problemas, para chorar ela gosta de ouvir histórias tristes. Is segue os preceitos japoneses com afinco e tem uma devoção enorme por seus pais. 
O emprego na Joalheria Benite's é uma oportunidade que ela não pode dispensar e para isso está disposta a mentir sobre alguns aspectos de sua vida. Assim, só vamos descobrir a sua história aos poucos, o que me fez ficar roendo os dedos em vários momentos.
Ela ainda é uma artista talentosa, que teve que abandonar a faculdade de desenho industrial para ajudar a família.

Uma das coisas que adorei é que Romeo apelida ela de cabrita por causa de algo específico e vamos ter vários momentos da Isabela soltando uns "béeeeeh". Juro que gargalhava alto quando isso acontecia. Essa cabrita não tem limites!
Ah, preciso citar o medo de Romeo de baratas. Isabela vai virar sua matadora de baratas oficial.

"Feio é uma mulher, independentemente da idade, julgar outra mulher por algo que não merece o julgamento de ninguém."

Os demais personagens continuam roubando a cena. É impossível não amar os príncipes do diamante, cada um nos conquista a sua maneira e confesso que Leonardo é o que sempre faz meu coração acelerar um tiquinho mais forte. Sei que não estarei preparada para a história dele.
Bruna continua me conquistando também. A noiva de Gael é simplesmente sensacional, gargalho muito com ela. Já Roberta é a pessoa mais fofa do mundo, sempre quero colocá-la em um potinho.
Sobre o papai nem preciso falar, certo?! Continuo amando ele e a forma como cuida dos seus bambinos. Também preciso destacar a babá, a senhora que cuidou de Romeo quando estava de castigo na Itália. Ela é uma graça de pessoa, que compreende o coração dele como ninguém.


Mais uma vez a Raíza nos presenteou com uma história cheia de reviravoltas. Os plot twists desse livro me fizeram surtar horrores, em alguns momentos eu estava gargalhando, em outros chorando e em outros querendo enterrar alguns personagens com minhas próprias mãos. Eu cavaria a cova para eles.

Os segredos da Isabela são revelados no decorrer da narrativa. Eu tinha criado mil teorias, mas pelo menos acertei uma.
Já o passado do Romeo só nos foi revelado em partes, então ainda tem muita coisa para sabermos a respeito dele na Parte II. Preciso urgentemente de todas as respostas, pois só assim o irei compreender por completo e quem sabe perdoar algumas atitudes dele. Desculpa Romeo, mas aqui meu coração é da cabrita.

"É impressionante como consegue me livrar da dor. Não de toda a dor, pois só isso a morte poderia fazer por mim. Mas ao menos do bastante para que eu queira viver. Por ela. Viver dela."

A forma como a relação de Is e Romeo foi conduzida me agradou bastante. Apesar de ser um carrasco no início, Romeo vai acabar percebendo que Is é muito mais do que uma jovem inexperiente. Ela sabe lutar as batalhas pelas quais acha que vale a pena. 
E outra coisa, Isabela não é nenhuma santa, então se preparem para as cenas de sexo. Inclusive, são cenas muito bem escritas, como todas feitas pela Raíza.

O desfecho desse livro me deixou em prantos e completamente destruída. A Raíza encerrou essa Parte I em um momento crítico e juro que só quero fazer picadinho do Romeo.
Não aguento ver minha cabrita sofrendo e sei que o pior ainda está por vim. O medo do que o futuro aguarda para esses personagens me deixa em polvorosa, pois não sei se irei aguentar mais sofrimento.

"É aqui que eu desgraço, um por um, todos os corações que cometeram o erro de me amar."

Todos os beijos que roubei é uma leitura profunda e dolorosa. Nessas páginas você irá encontrar histórias tristes, capazes de deixar o seu coração apertadinho. Romeo tem um passado que lhe rasga ao meio, já Isabela vivenciou dores difíceis nos últimos anos. Com cada um tentando lidar com suas marcas, esses dois podem ser a salvação ou a destruição do outro. Romeo e Isabela possuem o encaixe perfeito de um beijo, gostam de tagarelar, mas aquilo que guardam pode ser a ruína de ambos. Romeo não vai desistir dos seus propósitos e Isabela terá que lidar com essa realidade... Nem todos os beijos roubados seriam capaz de aplacar a minha dor com esse livro!

Beijos da Lice

13 comentários

  1. Oi, Lice
    Eu gosto muito da escrita da autora e também devorei o primeiro livro, que eu amei. Meu único problema e ressalva é a quantidade de páginas, que é desgastante para você ler. Mas imaginando esses quatro filhos, imagino que a história renderá muito. Ele já está no meu kindle!
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha o livro tem uma história que de uma forma envolve os personagens, e também o leitor, realmente a história deixa a gente com o coração apertadinho pelo casal bjs.

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha,não conhecia a autora mas parece ser uma historia envolvente,dessas que não conseguimos parar de ler.bjus.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o clima da história, pelo que parece tem doses de romance, drama e uma certa melancolia que ronda o passado dos personagens. O talento da autora em conseguir juntar todos esses elementos em uma trama que prende a atenção faz toda a diferença!

    ResponderExcluir
  5. Nossa que resenha maravilhosa! Menina... Acabei de ler e estou arrepiada, sério! Fiquei apaixonada pelo livro através da sua visão. Fiquei muito curiosa também sobre os segredos da personagem e como se dará as coisas entre esse casal. 💙💙💙💙

    Bjus!😘
    Paloma Viricio 🍃

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser tdo de bom e do jeito que gosto, bem romantico e aquele homem bem cafajeste, amo .. adorei a resenha vou ver se compro o livro agora.. bjs e sucesso!

    ResponderExcluir
  7. Vc sempre arrasando nas resenhas e indicações de leituras. Esse livro parece ser bem bacana!

    ResponderExcluir
  8. Querida, não conhecia a autora e pelo que li sua resenha já quero ler, me parece muito bom, parabéns pela resenha que sempre é bem explicada, beijinhosssss

    ResponderExcluir
  9. Olá Alice,
    Que resenha instigante, estou muito curiosa para descobrir os segredos da Isabela e saber mais sobre o Romeo. Como é bom fazer uma leitura envolvente, que deixa um gostinho de quero mais!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Aiiiiiin garota! Não faz isso comigo, confesso que é meu fraco esses livros com caras canalhas e mocinhas. Me lembrei de O cretino irresistível, é um dos meus favoritos. Já sei que vou ler esse. Amei a resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Alice, tudo bem? Já imagino o quanto foi difícil iniciar essa resenha. Algumas leituras têm esse poder. Começamos como uma leitura qualquer e quando menos percebemos ela nos arrebata. Nos aprofundar na vida dos personagens é um caminho sem volta ainda mais quando tiveram um passado tão triste e desolador. O interessante é vê-los crescendo e amadurecendo ao longo da narrativa. Ainda não li nada da autora mas fiquei bem curiosa. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  12. Acabei de ler todos os beijos que roubei e estou com meu coração arrebentado. Sou Romeo desde o momento inicial e me desespero ver no que deu o final. Credo! Preciso compreender. Não acredito naquele final. Não ele. Eu vou matar essa autora. Cadê a parte dois? Tô aqui arrancado os cabelos. Dio mio!!!!!

    ResponderExcluir