[Resenha] Mistério em Chalk Hill - Susanne Goga

Olá amores, tudo bem?

Recebi Mistério em Chalk Hill em parceria com a editora e estava louca para ler por conta da premissa. Só posso dizer que a história me prendeu e adorei!

Mistério em Chalk Hill
Autora: Susanne Goga
Páginas: 424
Editora: Jangada
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido pela editora 
SINOPSE: Em 1890, depois de um escândalo que afetou sua reputação, Charlotte Pauly deixa Berlim e vai lecionar para a pequena Emily, em Chalk Hill, uma mansão vitoriana nos arredores de Londres. Charlotte logo percebe uma estranha atmosfera na antiga casa. A menina de 8 anos é sempre atormentada por pesadelos e visões fantasmagóricas da mãe, que se afogou no rio da propriedade em circunstâncias misteriosas. Quando Charlotte tenta saber a respeito da morte de Lady Ellen, o pai de Emily, Sir Andrew, reage com hostilidade. Com tudo envolto em um grande mistério, somente com a ajuda de Tom Ashdown, um jornalista londrino designado para investigar o caso, é que Charlotte poderá desvendar o que há por trás dos fenômenos sobrenaturais que assolam a mansão e descobrir uma trágica verdade escondida nas paredes de Chalk Hill...
Charlotte Pauly é uma alemã que deixa seu país para trás, por causa de um escândalo, e parte para Chalk Hill, uma mansão que fica nos arredores de Londes, onde vai lecionar para Emily Clayworth, uma garotinha de 8 anos. Emily teve recorrentes problemas de saúde durante anos e perdeu a mãe recentemente. 

A jovem Charlotte só deseja paz em seu novo emprego, porém, logo na sua chegada, irá perceber uma aura estranha em torno da mansão. O seu patrão e deputado, Sir Andrew Clayworth, proibe todos os empregados de falarem a respeito de sua falecida esposa, Lady Ellen.

"Não é nenhum crime não saber uma coisa, mas é tolo se acomodar na ignorância."

Com Emily sendo atormentada por pesadelos constantemente, a preceptora decide investigar o que ocorreu naquela casa. É assim que Charlotte acaba descobrindo que Lady Ellen morreu afogada no rio Mole e que provavelmente se suicidou.

Ao passo que os acontecimentos com Emily pioram e a menina afirma ver a mãe morta, Sir Andrew convoca a Society of Psychical Research, uma sociedade que se dedica a pesquisar fenômenos sobrenaturais, para descobrir o que ela tem. É assim que Tom Ashdown vai chegar a Chalk Hill e junto com Charlotte desvendar o que acontece com Emily.

A menina estaria ficando louca? O que Chalk Hill esconde?


A história se passa em 1890, então vamos entrar de cabeça nos costumes da época. Charlotte Pauly é uma jovem destemida, que não vai sossegar enquanto não desvendar tudo que ronda Chalk Hill.
Sir Andrew se fechou completamente no luto e sua falecida esposa virou um tabu em sua vida. Sendo assim, a pequena Emily mal pode falar da mãe, e o único laço afetivo que possui é com sua babá, Nora. 

O livro possui uma grande quantidade de personagens, mas isso não atrapalha a leitura em momento algum. Conhecemos bem Charlotte, Emily, Sir Andrew, Tom Ashdown e os empregados de Chalk Hill, mas também vamos nos inteirar sobre algumas pessoas de Dorking, a cidade onde a mansão está localizada. Além desses, pessoas ligadas a Tom em Londres, também irão aparecer, já que a narração se divide entre os dois locais.

"Não se cura uma dor ao reprimi-la."

Adorei a pequena Emily. Mesmo com a perda da mãe e com o fato de ter passado muito tempo doente, ela é encantadora e inteligente. Charlotte vai se mostrar uma excelente preceptora e foi bom ver como a relação entre elas se desenrolou.

Me vi completamente fisgada por esssa narrativa, inclusive criei várias teorias que foram sendo derrubadas a cada página. Uma parte do mistério consegui desvendar, mas suas motivações só foram reveladas ao final, o que gostei bastante, pois adoro ser surpreendida.
A forma como tudo é conduzido é deliciosa, o que só nos deixa mais animados com o enredo. O livro, inclusive, traz várias indicações de clássicos literários, o que amei.

A obra traz um viés em relação a fantasmas e espiristimo bem interessante, principalmente para a época. Uma das coisas que gostei é do fato de que em nenhum momento algo é afirmado ou desacreditado, o que só reforça que cada um deve possuir suas próprias crenças.
Além desse tema, a autora também abordou outros bem relevantes, como o suicídio e doenças mentais, e até algo que me causou estranheza e revolta, mas que não posso comentar a respeito.

"Sir Andrew era um homem que se escondia atrás dos muros do silêncio e da cortesia."

Finalizei essa leitura querendo mais algumas páginas, pois ficamos com o gostinho de um romance que não teve tempo para acontecer, mas compreendo que não era o propósito da narrativa.

Mistério em Chalk Hill é uma leitura impossível de largar. Narrada em 1890, somos tragados para todo o mistério que envolve a mansão. Um lugar cheio de segredos que serão desvendados aos poucos e com pequenas informações que nos faz criar teorias. Qual será a verdade por trás das visões de Emily? Por que Lady Ellen se suicidou? O que acontecia dentro da mansão? Só lendo para desvendar todos os segredos de Chalk Hill...

Beijos da Lice

8 comentários

  1. oi!
    eu gostei da capa e a historia parece ser bem interessante :) não conhecia o trabalho da Susanne..

    ResponderExcluir
  2. Opa que livrao!! Esse é o estilo de livro que curto bastante❤😍😍😍
    Gostei da proposta do livro e fiquei feliz ao saber que o final surpreende, mesmo você tendo desvendado algumas partes.
    Quero ler!!❤❤
    Bjus!!

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Gostei da resenha a historia parece ser cheia de misterio e espiritualidade... bjs e sucesso!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha querida, uma história bem interessante, não conhecia, obrigada pela indicação, beijinhosssssss

    ResponderExcluir
  5. Intriga e emoção se juntam em uma história romântica e misteriosa, um drama totalmente envolvente. A atmosfera da casa assombrada, onde ruídos misteriosos são ouvidos à noite ... Estou curiosa para saber mais sobre o mistério que se esconde dentro das paredes da mansão.

    ResponderExcluir
  6. Oi Alice, tudo bem? Desde que li a sinopse fiquei bem curiosa. O que dizer dessa edição? Ela já nos deixa na expectativa de uma história que irá nos prender. Imagina sair do seu país para um lugar que não conhece e ainda precisar lidar com fantasmas, coisas estranhas e desvendar todo esse mistério? Concordo com você eu também ia querer algumas páginas a mais. Desde que vi você falando sobre ele no instagram coloquei na minha listinha. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  7. Que bacana sua resenha! Uma curiosidade, quanto tempo vc levou para ler o livro?
    Mas voltando a resenha, um livro de época e bem instigante.Bom saber que muitos personagens não atrapalham a leitura e que crenças não são impostas. ótima indicação de livro.

    ResponderExcluir
  8. O tópico tem sido super convidativamente inteligente desde o início de sua análise; até o fim, um tema que eu gosto, que suponho que me atraia, pelo fato de conter fenômenos sobrenaturais, mistério e suspense, uma ótima indicação...

    ResponderExcluir