[Resenha] O Pedido de Desculpas - Eve Ensler

Olá amores, tudo bem?

Hoje vou resenhar um livro que a leitura foi extremamente difícil para mim, pois ele traz uma realidade dolorosa e viceral. O Pedido de Desculpas é o tipo de relato que todos precisamos ler!

O Pedido de Desculpas
Autora: Eve Ensler
Páginas: 128
Editora: Cultrix
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE: Assim como milhões de mulheres pelo mundo afora, Eve Ensler esperou durante muito tempo por um pedido de desculpas que nunca veio. Tendo sofrido abuso físico e sexual por seu pai, Eve lutou a vida inteira contra essa traição do amor paterno, desejando um acerto de contas verdadeiro com um homem que está morto há muito tempo. Depois de anos de trabalho como ativista antiviolência contra as mulheres, ela decidiu que não esperaria mais; esse pedido de desculpas poderia ser imaginado e escrito por ela e para ela. Escrito por Eve, do ponto de vista de seu pai, ela tenta transformar o abuso que sofreu com compaixão, veracidade inabalável e uma visão mais ampla sobre o que viveu. O Pedido de Desculpas traz às leitoras um olhar transformador de como podemos começar a ressurgir e nos curar. Trata-se de uma obra revolucionária, que nos conclama a trazer à luz tudo o que há de melhor em cada um de nós: coragem, honestidade e perdão.
Eve Ensler sofreu abuso sexual e físico pelo pai na infância, e enquanto ele estava vivo não recebeu um pedido de desculpas. Cansada de esperar, ela resolveu escrever seu próprio pedido de desculpas, como se fosse seu pai.

Começamos essa carta com uma breve inserção sobre como foi a infância de Arthur Ensler, mostrando o quanto ele era adorado por sua mãe e irmãs. Arthur seguiu uma vida bem-sucedida nos negócios e não pensava em casar ou ter filhos. Por isso o casamento veio quase aos 50 anos e com uma mulher 20 anos mais nova. 
"Eu a estuprei, Evie. Estrupei-a como um papai médico e a estupro agora. Estuprei-a com minha cura sedutora e com meus dedos brutais. Penetrei-a vezes sem conta."
Eve sempre foi o xodó do pai e nesse relato vamos presenciar cenas que partem nosso coração, pois mostra um homem com mais de 50 anos "encantado" por um bebê. A primeira violência sexual aconteceu quando Eve tinha apenas 5 anos, o que fez a menina se retrair e toda a vivacidade que existia nela sumir.

Depois dos primeiros abusos, Eve começou tentar a se esconder, sendo "rebelde" e indo contra as suas características de personalidade anterior. O pai tentou colocar todos da família contra ela, como uma forma de desmerecê-la e mantê-la calada, já que tinha perdido sua "filhinha boazinha".


Essa foi uma leitura extremamente delicada para mim por motivos pessoais. É impossível não derramar lágrimas em vários momentos e cheguei a vomitar com cenas em particulares, onde mostravam a crueldade desse ser desprezível.

Além dos abusos sexuais que Arthur cometeu, ele também cometeu abusos físicos. Eve apanhava várias vezes por simplesmente não se submeter ao que o pai desejava. É interessante ver a evolução dela e perceber como ela entendeu que era seu desespero que alimentava a violência dele.
"Eu queria vê-la morta, Eve. Tentei, em várias ocasiões, matá-la. Precisava matar quem já destruíra. Tinha de eliminar as provas."
Como a Eve escreveu a carta como se fosse seu pai, a visão que temos dela em alguns momentos é deturpada, mas "ele" não tenta se justificar sobre os abusos que cometeu, algo positivo diante de todo o cenário.
A Eve passou por momentos muito difíceis, mas ela sempre tentou mostrar para a sua família que conseguiu "vencer", mesmo quando parecia que estava no fundo do posso. 

O Pedido de Desculpas é um livro delicado que sem dúvidas vai mudar a vida de toda mulher que o ler. Contendo palavras e cenas difíceis, vamos conhecer uma mulher que transformou toda a sua dor em uma carta que sempre desejou receber. Essa leitura é uma espécie de confissão que acaba trazendo acalento para algumas mulheres que sofreram abusos em suas vidas. E deixo aqui meu alerta: SEMPRE DENUNCIEM ABUSOS. NÃO SE CALEM! Eve se tornou um exemplo de força e superação para mim!

Beijos da Lice

11 comentários

  1. O tema do livro é forte e realmente é dificil ler sem ser tocada pelo sofrimento da personagem.Mas concordo que todas deveríamos ler e refletir.Sua resenha é bem esclarecedora.bjus.

    ResponderExcluir
  2. Ao ler, é bem provável que eu tenha as mesmas reações que você. Um livro forte, mas pelo que linda resenha necessário. Principat pra que práticas como está sejam combatidas.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. O livro tem uma história que choca quem ler, pois o abuso ainda é forte principalmente quando o pai é o abusador, concordo com você o abuso precisa ser denunciado, essa história emociona muito, bjs.

    ResponderExcluir
  4. Uh... É de abalar Bangu! Parece ser muito bom o livro. E julgo que às vezes temáticas fortes sejam necessárias para trazer um pouco mais de consciência ao leitor. Adorei a sua resenha detalhista e cheia de opiniões pessoais, é bom saber como o livro bate nos demais.

    ResponderExcluir
  5. oi!
    Eu não conhecia o trabalho da autora, a historia é bem pesada.Sua resenha ficou otima.

    ResponderExcluir
  6. Querida não conhecia o livro, é bem chocante, parabéns pela sua resenha, estou com você sempre denuncie qualquer abuso, nunca se cale!!!! beijinhosssssss

    ResponderExcluir
  7. Já fiquei muito curiosa por essa leitura. Parece um livro bem chocante, quero ler.

    ResponderExcluir
  8. Nossa, sem palavras para essa resenha, não sei se vou ter coragem de ler, dois trechos que colocou ja me deixaram bem emocionada. Mas, fiquei encantada pela proposta do livro. Esse processo de perdão, e cura é de extrema importancia na vida das pessoa.

    ResponderExcluir
  9. Oiee Alice! Com certeza esse deve ser um livro bem dificil de ler. Tema forte, mas que precisa ser discutido para encorajar vítimas pelo mundo.
    Fico feliz que a protagonista tenha vencido no final.
    Bjus🍓❤

    ResponderExcluir
  10. Infelizmente vivemos com esta realidade ,não da nem para chamar de pai um ser tão desprezível,um livro dificílimo de ler,gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  11. Leituras assim, com temas pesados, relatando situações que infelizmente acontecem muito mais do que podemos imaginar, é realmente difícil de digerir. A experiência da autora, com tantas cicatrizes e até mesmo feridas que não conseguiram se curar, serve de exemplo para que outras pessoas que sofrem ou percebem abusos façam denúncias. Ótima resenha.

    ResponderExcluir