[Resenha] Sinto Muito, Meu Amor - Alice Raposo

Hey amores, tudo bem?

Cá estou eu para conversar com vocês sobre uma obra que li em algumas horas e que foi uma boa experiência. Uma ótima dica para quem deseja ler algo curtinho nesse Carnaval!

Sinto Muito, Meu Amor
Autora: Alice Raposo
Páginas: 99
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
*E-book do acervo da blogueira

SINOPSE: “Sinto muito, meu amor” é um romance que retrata o sofrimento masculino pelo amor.
Conta a história de João, um jovem aventureiro, que queria conquistar o mundo, mas algo acontece e o separa dos seus propósitos. Ele é aprisionado e vê seus sonhos morrendo um a um. Seu grande amor, Mariazinha, o abandona levando as duas filhas.
Na prisão, com o abandono da esposa, ele se torna um homem deprimido. Quando liberto, conhece Heitor, proprietário de uma construtora, que tem o dom de ajudar homens caídos e muda a história de João. Heitor é casado com Victória. Victória é uma mulher forte que possui no passado da família um segredo sombrio.
João é um homem que se encontra na prisão. Ele cometeu um crime alguns anos atrás e com isso perdeu sua família. Sua mulher, Mariazinha, o abandonou, e junto com as duas filhas do casal, foi embora para outra cidade.
Depois de cumprir a sua pena, João é liberto, mas se encontra em vários dilemas, deprimido, não sabendo como será sua vida daqui para frente.

É quando um amigo que o conheceu na cadeia, Augusto, lhe apresenta Heitor, o dono de uma construtora que costuma empregar ex-presidiários. Heitor é um homem que conseguiu conquistar muitas coisas na vida e criou a construtora exatamente para poder ajudar pessoas necessitadas. Com a ajuda do homem, João vai finalmente ganhar ânimo para voltar a viver.
"Cada ser humano é um universo paralelo, não temos como entender as atitudes dos outros, pois as experiências são individuais."
Em paralelo, vamos conhecer um pouco da vida de Heitor e da sua mulher, Victória. Além deles, a história de Carlinhos e  Tancinha também será apresentada.
Com essas novas pessoas em sua vida, João acabará se deparando com seu passado e mais do que nunca ele almeja ter uma segunda chance na vida.

Será que ele conseguirá conquistar o que deseja?


Esse não é um livro fácil de falar sem soltar spoilers, já que as vidas de todos os personagens se cruzam em algum momento e tudo se entrelaça.
Gostei bastante do fato da Alice narrar várias histórias ao mesmo tempo e mesmo assim conseguir não deixar o enredo confuso.

O centro de tudo é o João e a Mariazinha, mas também vamos acabar nos apegando a todos os outros personagens. No início não sabemos o que levou João a cadeia e o fato só vai ser revelado quase no final da obra. É interessante ter uma ótica de um homem que ficou tantos anos presos e que se deprimiu por estar naquele ambiente, já que antes tinha uma família linda e amada. 
"Na vida, aprendemos que um herói de uma história pode ser o vilão de outra, e assim aprendemos a nunca esperar demais das pessoas."
A autora aborda algumas questões importantes. Adorei o fato de termos um personagem como o Heitor, que reinsere um ex-presidiário no mercado de trabalho, algo que é bem difícil hoje em dia.
Além disso, outros temas foram abordados como o racismo, pais podando os sonhos dos filhos por conta da cor da pele, o perdão, o arrependimento e a mentira.

Narrado por todos os personagens, a história possui capítulos em primeira e terceira pessoa, e aqui preciso parabenizar a Alice, pois ela soube fazer isso de forma incrível.
O enredo está muito bem fechado e todas as ligações começam a fazer sentido no decorrer da trama. A linguagem utilizada pela autora é simples e casual, o que acaba servindo para aproximar o leitor dos personagens, é como se eles se tornassem nossos amigos.
"O amor é um elo que pode apagar toda dor. Mesmo que demore; um dia, o amor prevalece."
Sinto Muito, Meu Amor traz homens arrependidos de suas ações, que só desejam ter suas mulheres de volta. João precisou passar pelo pior, para finalmente se reencontrar e viver todos os sonhos da sua vida. O homem que só queria cantar como um pássaro foi trancafiado, mas está disposto a viver sua segunda chance com unhas e dentes. Uma história que tem amor, dor, alegrias, tristezas e acima de tudo, seres humanos, que erram e acertam, mas que nunca desistem. Embarque nesses destinos entrelaçados...

Beijos da Lice

7 comentários

  1. Adoro esse tipo de leitura, ainda mais por que se trata do sofrimento de um homem, na maioria das leituras e filmes sempre é mulher que sofre rrs. Quero ler!

    ResponderExcluir
  2. acho que retratar o sofrimento pelo olhar de um personagem masculino é muito corajoso, geralmente é ao contrario né?! Acho que seria ainda mais interessante se um homem escrevesse sobre isso um dia kkkk
    Parece ser uma história bacana, vou até olhar aqui pra ler!

    ResponderExcluir
  3. Ola Alice tudo bem??
    Que história maravilhosa que ate parece real. Ao contraio que muitos pensam que o lado masculino nao se apaixona e enfim..
    Na verdade o homem quando se apaixona nao consegue se controlar. Gostei o ja vou conferir.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a dica e quero muito ler. É interessante ver o outro lado aqui, ja que as mulheres é que sempre são protagonistas dessas histórias. E homem tbm sofre por amor e muito.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Caramba, acho que me surpreendi um pouco com a história. Mesmo não gostando, à primeira vista, dos nomes de alguns personagens, com toda certeza é um livro que lerei. Acho importante quando um livro consegue trazer a tona esse tipo de discussão.
    Parabéns pela resenha, sempre arrasando ;)

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Nossa, eu achei a capa desse livro muito bonita! E embora não seja o meu gênero de leitura preferido, e que eu não conheça a autora, adorei conhecer um pouco dessa obra por seu ponto de vista. E parabéns por conseguir escrever sem nos apresentar spoilers. hehehehe
    Beijão

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  7. Sinto muito, meu amor,tem um romance com uma pegada diferente. Geralmente os autor retratam o sofrimento amoroso das mulheres e nesse livro a história se inverte , já quero ler.

    ResponderExcluir