[Resenha] Nós: O felizes para sempre de Ryan e James - Elle Kennedy & Sarina Bowen

Olá amores,

Hoje venho conversar com vocês sobre um livro que conquistou meu coração. Eu já amava esses personagens e essa leitura só aumentou esse amor!

Nós: O felizes para sempre de Ryan e James
Autoras: Elle Kennedy & Sarina Bowen
Páginas: 240
Editora: Paralela
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro do acervo da blogueira
CONTEÚDO ADULTO
SINOPSE:  Ryan Wesley (Wes) e James (Jamie) Canning se conheceram num acampamento de hóquei quando crianças. A amizade entre os dois cresceu pouco a pouco até que um acontecimento inesperado os afastou. Quando eles se reencontram na faculdade, ambos já adultos, se apaixonam e iniciam uma nova relação, agora de amor. Por motivos profissionais, Wes não quer que seu relacionamento se torne público, mas um de seus colegas de time se muda para o mesmo prédio onde ele está morando com Jamie, e a vida secreta que os dois construíram cuidadosamente corre o risco de ruir.
Com o mundo externo pronto para testá-los, Jamie e Wes precisam descobrir do que são capazes em nome do amor que têm um pelo outro.
Wes e Jamie estão em um relacionamento depois que se reencontraram e viveram um amor arrebatador em Ele: Quando Ryan conheceu James
Os dois se mudaram para o Canadá, e enquanto Wes é um jogador de hóquei profissional, Jamie é técnico assistente de um time de adolescentes. 

O relacionamento dos dois se mantém escondido, já que Wes quer esperar passar a primeira temporada como profissional para falar sobre sua orientação sexual, pois se isso acontecer antes pode trazer empecilhos para a sua carreira. Então, para os conhecidos, eles são apenas colegas de apartamento.
"Ele é minha cara-metade. Completamos um ao outro de mais maneiras do que posso explicar."
Só que a rotina calma que eles mantinham em casa acaba quando um colega de time de Wes se muda para o prédio deles. Blake é o tipo de cara expansivo, que muitas vezes é inconveniente e vai passar a visitar o apartamento dos dois mais do que o necessário, apesar da boa intenção. Com isso, eles precisam tomar mais cuidado e algumas dificuldades começarão a aparecer no relacionamento.

Jamie e Wes estariam preparados para as pedras no caminho do casal?


Wes e Jamie já frequentavam a minha lista de melhores casais desde o primeiro livro e nesse apenas me apaixonei mais pelos dois. 
No início da obra vamos ver como anda o relacionamentos deles e como eles lidam com a distância, já que Wes acaba viajando bastante por conta dos jogos.
"Não costumo ficar lamentando as injustiças. Entendo o mundo em que vivemos. Sei que ser gay ainda é um estigma. Não importa quantos avanços sejam feitos, sempre vai ter gente lá fora que não aceita que eu gosto de pau, gente que vai me julgar, destilar seu veneno e tentar tornar minha vida miserável."
Durante o enredo, alguns temas importantes são abordados, como o fato do Wes precisar esconder sua orientação sexual por não querer ser taxado como apenas o "primeiro jogador gay assumido". É bem compreensível as razões dele, já que está fazendo a melhor temporada de um novato na história e sua sexualidade poderia tirar o foco dos seus méritos. Isso abre discussões e indagações de quantos jogadores não temos nessa mesma situação, que acabam se "anulando" por conta de como serão recebidos no meio.

Já o Jamie precisa lidar com o fato de ser tratado apenas como amigo do seu namorado, além de um estado depressivo pelo qual vai passar. É interessante ver como ao longo do livro, o Jamie vai começar a se questionar se o Wes um dia vai se assumir e coloca várias questões em sua cabeça, tudo por conta do desânimo que se encontra. Através do Jamie vamos enxergar alguns sintomas que condizem com a depressão.
"Acabei de descobrir que há um lado sombrio em se apaixonar. Quando se está bravo com o amor da sua vida, é impossível sentir qualquer alegria."
Um destaque que preciso colocar aqui é o Blake. Como um bom inconviniente, o Blake nos proporciona várias gargalhadas durante a leitura e ele ganhou um lugar especial em meu coração, inclusive adoraria um livro só dele.
Além dele, todo o time do Wes acaba aparecendo bastante e nos conquistando por serem pessoas incríveis, que darão todo o apoio quando necessário.

As relações familiares continuam sendo um ponto importante na narrativa. Wes vai mostrar histórias do seu passado e sua péssima relação com seus pais; enquanto a família de Jamie apenas nos enche de amor quando aparecem. Sério, queria ser uma Canning!
"Parece até que esqueci como é estar animado com algo."
Narrado por Jamie e Wes, Nós chega para ganhar ainda mais os corações dos fãs. Tratando temas importantes com seriedade e acima de tudo mostrando o amor e o companheirismo desse casal, é impossível não gargalhar, se emocionar e querer guardar os dois em um potinho. Wes e Jamie vão passar pelas dificuldades de qualquer casal e aprenderão que sexo não resolve tudo. Um livro lindo e apaixonante!

Beijos da Lice

8 comentários

  1. Oi,tudo bem?

    Nossa, dei um pulo quando vi sua nota e avaliação. Faz um tempo que sigo esse blog e amo as dicas...então, amei a proposta desse e conhecer ele pelo seu ponto de vista. Abri até uma página da Amazon para procurar ele.

    ResponderExcluir
  2. Eu já livro e gostei bastante,não sei se daria uma nota máxima porém é um livro incrível.

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha, a história é bem interessante e apesar de ler pouco sobre o tema,aprecio histórias que falam sobre relações humanas e suas dificuldades.Pois as vezes esquecemos que a vida à dois, não é um conto de fadas e sim, desafios e conquistas.bjus.

    ResponderExcluir
  4. Nunca li e nunca ouvi falar, porém gostei bastante da sinopse!! 😍

    ResponderExcluir
  5. oi!
    Adorei a sugestão de livro :0 a historia é maravilhosa, já esta na minha lista de leitura..

    ResponderExcluir
  6. Nao conhecia esse livro nao, mas adorei a sua resenha

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem? Já li muitos elogios sobre a Elle Kennedy, inclusive tenho dois livros dela mas ainda não consegui lê-los. Acho incrível quando dois ou mais autores se reúnem para escrever um livro. Fico imaginando a troca de ideias, o consenso, até chegar numa história que será bem aceita pelos leitores. Gostei muito do enredo. Fiquei pensando... deve ser muito difícil criar uma vida a dois e de repente precisar ficar com receio de que alguém venha e estrague tudo. É preciso muito amor. Em alguns casos o relacionamento termina, o que é uma pena. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  8. Eu acabei de ler Ele e estou ansioso para ler nós depois dessa crítica ♥️

    ResponderExcluir