[Resenha] Beijando o Chão - Cinthia Basso

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de resenhar um livro que chegou arrebatando meu coração e já se tornou um dos meus queridinhos. Li Beijando o Chão em 1 dia e no final só queria reler e passar mais um tempo com esses personagens arretados. 

Beijando o Chão
Autora: Cinthia Basso
Páginas: 474
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*E-book cedido pela autora
SINOPSE:  Bruta, rústica, sistemática e perigosa. Muito, muito perigosa. Marcela Delgado não é o tipo de mulher com a qual um homem brincaria. Ela é determinada e sabe bem o que quer, mas, tudo está prestes a mudar quando percebe quem é o recém-chegado em Ventura.
Pedro Alcântara. Um caubói quente como o inferno, com um único objetivo em mente: conquistar Marcela. Para alcançar essa façanha ele está disposto a beijar o chão e mostrar que voltou para ficar, deixando claro que mulher alguma além dela terá o seu coração.
Ela insiste em fugir dele.
Ele teima em correr atrás dela.
Uma mulher bem resolvida.
Um homem decidido.
Quando finalmente se entregarem ao amor, a confusão será colossal e irresistível.
Marcela Delgado cresceu em um lar cheio de amor, com seu pai, Marcelo, e sua avó, Dona Moça, já que sua mãe os havia abandonado. A menina sempre foi livre e amava cavalgar pela fazenda e arredores, ganhando a fama de bruta na cidade e na escola.

Ela sempre se manteve longe de todos, mas quando Pedro Alcântara chegou em sua vida, tudo mudou. O garoto, que era um ano mais velho, ficou intrigado pela postura de Marcela, e quando a ajudou em um episódio desconfortável para ela, acabou nascendo uma amizade entre eles.
Mesmo com a mãe de Pedro o mandado ficar longe de Marcela, já que as famílias não se davam bem, ele permaneceu andando com a Delgado.
"Coitado de mim, mal sabia eu, que aquela mulher seria o demônio na minha vida por ainda um bom tempo."
A amizade dos dois apenas cresceu com os anos e junto com ela, também nasceu e floresceu um sentimento em ambos, mas eles nunca tiveram coragem de verbalizar.
E depois de uma sequência de acontecimentos, um mal entendido e um trauma na vida de Marcela, os dois acabaram se afastando.

Anos depois, Marcela ainda é o tipo de mulher que coloca medo em qualquer caubói. A engenheira bem-sucedida vive na pequena Ventura, longe de sua família e de seu passado, até que ele volta a bater à sua porta. 
Pedro reaparece depois de muitos anos e dessa vez está disposto a fisgar Marcela, mas ela é teimosa como um touro e não vai se deixar laçar. Só que ele é determinado e não vai desistir.
"Eu nunca crio expectativas e por isso não me decepciono. Sempre espero o pior das pessoas e confio, desconfiando, como você mesmo me disse uma vez."
Será que eles conseguirão resolver os assuntos pendentes do passado? 


A primeira coisa que preciso ressaltar nessa resenha é que Marcela é um ícone de mulher. Eu amo encontrar personagens determinadas e Marcela é uma das mais fortes que já encontrei. Mesmo tendo que lidar com um passado doloroso, com um trauma marcante, ela mantém a pose, fala o que pensa e não abaixa a cabeça para homem nenhum, usando-os apenas para lhe satisfazer sexualmente. É delicioso ver os marmanjos com medo da Marcela.

Pedro não fica atrás, pois o caubói consegue nos conquistar com a sua forma de ser. Ele sempre foi louco pela Marcela, mas nunca teve coragem de falar sobre seus sentimentos e por causa disso acabou fazendo algumas burradas na vida. Porém, agora que está de volta e descobriu algumas coisas sobre seu passado com Marcela, ele apenas deseja esclarecer as coisas e tê-la em seus braços.
"Não gosto muito dessa ideia de amar alguém. Só confio na minha bota e na minha calculadora."
A construção dos dois foi sensacional. Já conhecia os personagens por aparecerem em Raio de Sol e Laçando a Lua, mas aqui veremos ambos sob uma ótica totalmente diferente, os conhecendo realmente. Vale ressaltar que mesmo aparecendo em outras obras da autora, esse é um livro único, então podem se jogar sem medo.

Os personagens secundários são essenciais para essa narrativa. A Cinthia consegue nos fazer sentir amor por muitos deles, como a Dona Moça, e ranço por outros, como a mãe de Pedro. Sério, eu jogaria essa mulher no chiqueiro dos porcos!
"Pedro deixava um rastro de catástrofe no meu peito e eu me esforçava para arrumar tudo quando ele ia embora."
Como Marcela e Pedro já se conhecem e possuem um passado juntos, o relacionamento deles foi moldado de outra forma. Aqui teremos pessoas descobrindo verdades que foram ocultas e precisando deixar o passado de lado para finalmente viverem o presente. 
É compreensível a recusa da Marcela em "se abrir" para o Pedro, pois ela viveu coisas que machucaram seu coração, a fazendo se fechar para o amor.

A Cinthia nos traz uma ambientação perfeita, utilizando expressões interioranas e nos permitindo vivenciar o ambiente "caipira". Porém, além disso, a autora também trouxe temáticas importantes, como o fato da mulher ser sempre a julgada em cidades pequenas, e como isso pode influenciar na vida de quem é atacado. 
Trazer a Marcela em uma posição de chefe dentro de sua área também foi importante, já que é difícil encontrarmos engenheiras nas obras, infelizmente. Isso reafirma o propósito da autora em mostrar que mulheres podem e devem estar onde desejam.
"Homens não valiam a pena. Era mesmo uma merda que eu gostasse do que eles tinham no meio das pernas."
Beijando o Chão é uma delícia de livro. Com diálogos e cenas marcantes, vamos embarcar na história desses personagens e nos apaixonar por eles. Em um enredo formado por desencontros e verdades não ditas, é impossível não torcer para que os dois se entreguem ao sentimento que guardaram por tanto tempo. Um caubói sexy e uma bruta destemida não poderia resultar em uma combinação mais perfeita, e quando estiverem juntos, eles vão colocar fogo no mundo e na cama. Marcela e Pedro vão fazer o leitor desejar mais capítulos para uma história tão linda e verdadeira! Conheça esse caubói disposto a beijar o chão da bruta!

Beijos da Lice

16 comentários

  1. Olá!
    Gostei da sua resenha, deu até vontade de conhecer essa história. Uma leitura leve para curtir e alternar com outros gêneros.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Uauuuuuuuuu já estou gostando do livro! que história linda, parabéns querida pela resenha, com certeza vou comprar, obrigada, beijinhoss

    ResponderExcluir
  3. Ola Alice..
    Pela resenha nos parece uma boa pedida. Tem pessoas que pensam que nunca será conquistada por um simples capricho ou algo semelhante... deu até vontade de conhecer o desenrolar da história...

    ResponderExcluir
  4. Gosto da pegada que o livro tem ,os desencontros da vida e uma mulher forte e determinada como Marcela , com certeza vou me jogar nessa leitura.

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente maravilhoso,eu gostei muito da leitura,a história é incrível.

    ResponderExcluir
  6. Quero comprar esse livro. Adoro esse estilo de leitura, marcante e apaixonante.

    ResponderExcluir
  7. Eu não conhecia o livro. Acho ótimo quando já conhecemos as personagens de outros enredos. Nossa, ler todas essas páginas em um dia não é para qualquer um!

    ResponderExcluir
  8. Você leu 474 páginas num dia, uau!!! Achei interessante os personagens já serem conhecidos de outras obras da autora. Estou imaginando como é a mãe do Pedro para você querer jogá-la no chiqueiro com os porcos. Tenho que ler para descobrir. Dica anotada, Alice, obrigada!

    ResponderExcluir
  9. Livro e premissa super interessantes, adorei. Não conhecia a obra e a autora, mas sua resenha me instigou a conhecê-los. E amei a ideia de os personagens já estarem em outras obras dela. Parabéns pelas ótimas resenhas sempre. Bjss ❤

    ResponderExcluir
  10. Amei a estrutura da sua resenha me deu ate vontade de começar a ler também, vou colocar na minha lista de leituras

    ResponderExcluir
  11. Ótima resenha, mas não curto muito o gênero, não curto muito esse tipo de protagonista.

    ResponderExcluir
  12. Esses livros que nos fazem ler em um dia são que brutos. Bom confesso que esse não é o tipo de livro que vai me fazer beijar o chão. Acho esses romances um tanto clichê. Mas prometo que vou dar uma oportunidade a ele

    ResponderExcluir
  13. Oi, Alice. Preciso dizer que amo as tuas resenhas! Nunca me arrependo depois de ler as coisas que tu escreve, parabéns.
    A história em si não me cativou muito, mas fiquei curiosa pra conhecer a personalidade da Marcela e saber se ela é tão forte como tu diz (a maioria dos livros que li, mostra o contrário por isso fiquei intrigada).
    Enfim... adorei a resenha

    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Alice.
    Adoro ler as suas resenhas e sempre fico com vontade de ler os livros que você resenha muito bem!
    https://www.ladomilla.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá Alice!
    Que resenha maravilhosa! Mesmo não sendo muito o meu estilo de leitura fiquei muito curioso pra ler esse livro da Cinthia! Parabéns

    ResponderExcluir
  16. Oi Alice! Há quanto tempo não apareço por aqui! Olha, confesso que eu amo suas resenhas. Inclusive, comecei a ler os livros da Cinthia por SUA indicação. Ou seja, é CLARO que já quero ler esse. Eu adoro a ideia de uma história com eles descobrindo as verdades do passado - até acabei de ler um assim - e no universo mais country. To curiosa real! Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir