[Resenha] Entre Mundos - Júlia de Andrade & Beatriz Nascimento

Olá amores,  tudo bem?

A primeira resenha do ano vai ser de um livro lido no final do ano passado. Espero que vocês gostem de conhecer essa história!

Entre Mundos
Autoras: Júlia de Andrade & Beatriz Nascimento
Páginas: 172
Editora: Xeque-Matte
Onde comprar: Editora Xeque-Matte
Nota: 
*Livro cedido em parceria com a editora
SINOPSE: Em uma realidade em que o oxigênio está cada vez mais escasso, a luta pela sobrevivência transforma-se no maior desafio global.
Diante deste cenário, os países ricos se unem e decidem eliminar os habitantes dos países subdesenvolvidos até que encontrem uma solução para o problema.
Com tal deliberação monstruosa, Dio, um dos integrantes da comissão pertencente às nações desenvolvidas decide compartilhar tal informação com os demais países.
Desse modo, esses países com menos recursos formam uma aliança para se defenderem e buscar a sua própria sobrevivência, sendo que nesse momento o mundo todo prepara-se para a maior e mais letal das guerras, mas o que ninguém esperava era que um terrível erro pudesse condenar toda a raça humana.
Com o oxigênio da Terra chegando ao fim, os governantes dos países mais desenvolvidos se juntaram para aniquilar as demais nações. Só que uma pessoa não concordava com tal ação e decidiu informar aos outros países.
Dessa forma, uma Grande Guerra começou. Com o propósito de salvar seus filhos, os cinco maiores governantes sedaram-os e os colocaram em túneis subterrâneos, só que cada um não sabia da existência dos outros.
"Quando algumas pessoas saem de nossas vidas, novas chegam. Mas isso não quer dizer que você tenha que esquecer as antigas."
Arthur acordou tonto e com a garganta seca, não sabendo o que estava fazendo em um túnel e nem onde estava a sua família. Morgan não lembrava seu nome, e só encontrou uma foto onde estava com outro garoto. Zoey sabia que a Terceira Guerra Mundial tinha acontecido, já que estava naquele lugar. Dilan, por sua vez, não se conformava em estar em um túnel, preferia estar passando pela Terceira Guerra Mundial em uma praia paradisíaca. Já Chuck se sentia em uma partida de videogame desde que acordara no túnel.
"Esperança é algo que não tenho há muito tempo."
Todos esses jovens são bem diferentes dos outros e irão acabar se encontrando em determinado momento. Só que sobreviver ao túnel não era a única missão deles. Ao saírem de lá, eles se depararão com um mundo mais cruel, cheio de zumbis, vampiros, sereias, centauros e outros seres perigosos. 
Será que eles descobrirão mais do porquê de estarem ali e o que aqueles seres representam?


Quando li a premissa dessa obra, pensei se tratar apenas de uma distopia após uma Terceira Guerra Mundial, mas enquanto lia acabei surpresa com o conteúdo que encontrei.
A obra tem uma grande quantidade de fantasia, já que vamos nos deparar com seres mitológicos e fantásticos.

Gostei dessa mistura que as autoras trouxeram, principalmente do fato desses seres não conhecerem os humanos e terem suas próprias características, como os vampiros se alimentarem do sangue de outros animais. Só que isso não tira a crueldade e maldade desses seres, que conseguem trazer apreensão em algumas cenas, principalmente as finais.
"É difícil pegar no sono quando sua mente não fica em silêncio."
Os adolescentes da trama também possuem suas próprias particularidades e personalidades bem marcadas. Alguns são medrosos, outros gostam de liderar e são destemidos, mas todos estão dispostos a lutar por sua sobrevivência. 
Apesar de curtir os elementos inseridos pelas autoras, senti falta de mais informações, que pudessem complementar a narrativa, mas talvez isso seja destrinchado em futuros livros, já que o final termina em aberto.

Apesar de serem novas, as autoras apresentaram uma narrativa criativa dentro do tema proposto e envolvente.
O trabalho da editora está muito bom. Eu amei essa capa desde a primeira vez que vi, e o trabalho gráfico é bem positivo.
"Nenhuma dor é grande ou pequena, todas são iguais só que de formas diferentes."
Com uma narrativa ágil e jovial, Entre Mundos traz adolescentes que estão tentando sobreviver a um mundo novo e com criaturas sobrenaturais. O que eles imaginavam ser apenas ficção se tornou realidade e a missão deles é sobreviverem ao novo, criando laços no meio de toda a ação e tensão. O que realmente aconteceu com a Terra? Em que Mundo eles estão agora? 

Beijos da Lice

9 comentários

  1. Ah, ele é exatamente no estilo de livro que gosto de ler.
    Quando comecei a ler sua resenha, me veio a mente a saga Divergent kkk por causa dessa coisa de adolescentes tentando sobreviver. Fiquei bem curiosa para saber o final.

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice, tudo bem? Mais uma vez, uma descrição precisa e detalhada mas sem revelar os pontos mais instigantes, o que motiva a leitura.

    Achei um tema muito interessante e com um espaço amplo para exploração. As perspectivas socioeconômica, psicológica, geográfica, histórica, artística, cultural e até mesmo biológica (com os seres mitológicos) podem ser combinadas aqui, e talvez tenha sido o caso, pois como você coloca, "... pensei se tratar apenas de uma distopia após uma Terceira Guerra Mundial, mas enquanto lia acabei surpresa com o conteúdo que encontrei...".

    Outro aspecto diferente é que a obra foi escrita por duas pessoas. Não parece ser prática comum. Parabéns a elas pela ousadia e a você, mais uma vez, pela resenha.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Eu amei a trama, principalmente por conta dessa mistura de seres sobrenaturais. Fiquei curiosa para saber como esses seres foram parar ali depois que a guerra aconteceu, se as autoras explicaram bem essa parte, já ganhou um ponto comigo.
    Irei anotar a dica para realizar a leitura do livro futuramente, parece ser uma história super fluída.

    www.pactoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiê!
    Comecei a ler a resenha e já me senti sufocada rs essa coisa de escassez de oxigênio mexe comigo RS
    O livro em si parece bem interessante, fiquei curiosa sobre como acontece o desenrolar dos fatos. Essa coisa de distopia e fantasia quase nunca me despertam interesse, mas tua resenha me deixou intrigada! Gostei!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Que resenha incrível, confesso que não conhecia a obra, mas por amar livros mais puxados pra ficção eu fiquei bem interessado na leitura desse livro em específico!

    ResponderExcluir
  6. Olá Alice,
    A história parece ser interessante, embora tenha tantas mistura de espécie. E deve ser um aprendizado,ainda mais para os jovens que estão acostumados com uma realidade diferente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. esse é uns dos meu gêneros favoritos, não conhecia a autora e nem o livro, mas já coloquei na minha leitura desse ano.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Eu não conhecia o livro, mas achei super interessante a premissa. Eu gostei da sua resenha Alice, ficou muito boa e também achei super positivo o livro ter apenas 172 páginas, pois estou evitando calhamaços! hehheeheh
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi,tudo bem ?

    Não conhecia a obra, mas gostei bastante da proposta assim como das frases ressaltadas. Você fez uma resenha completa e soube bem apresentar o livro aos leitores, com toda certeza é uma ótima indicação.

    ResponderExcluir