[Resenha] Confissões de uma terapeuta - Renata Lustosa

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia da resenha de um livro que adorei. Me diverti, refleti e me envolvi com esses personagens. Leiam Confissões de uma terapeuta, não vão se arrepender.

Confissões de uma terapeuta
Autora: Renata Lustosa
Páginas: 306
Editora: Lura
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Melissa Belinque é uma garota planejada. Muito planejada. Apaixonada por seu melhor amigo e formada em Psicologia, ela é uma terapeuta especializada em relacionamentos, mas que nunca esteve em um.
O que fazer quando, numa reviravolta do destino, Melissa descobre que uma de suas pacientes está apaixonada justo pelo mesmo homem que ela?
Ela terá que correr atrás do prejuízo e impedir que o grande amor de sua vida e seus planos para o futuro sejam mandados para as cucuias.
Um chick lit divertido sobre uma protagonista com problemas de ansiedade, um pouquinho acima do peso, lutando contra as armadilhas da própria mente.
Melissa Belinque é uma psicóloga especializada em relacionamentos que tem TOC e sua vida toda planejada. Ela é apaixonada por um dos seus melhores amigos, Rafael. Ela sonha com o dia em que Rafa perceba que eles nasceram um para o outro.
Além de Rafa, os únicos amigos que Mel tem são Pati e Leo, e os quatro estão sempre juntos para quase tudo.

Por ter começado a carreira recentemente, Mel possui apenas duas clientes, e apenas uma delas focada em sua especialização, Alana.
Alana se atrasa toda segunda-feira para as consultas com Melissa, mas Mel não pode reclamar, já que a mulher pagou adiantado por um ano de terapia e foi isso que permitiu que Melissa mobiliasse seu recente consultório.
"Quanto maior a ansiedade, mas chances eu tenho de me comportar compulsivamente."
Na última consulta, Alana jogou uma notícia bombástica em Melissa: estava noiva. Como Alana tem tendência a abandonar tudo e é extremamente mimada e desagradável, Mel está disposta a fazê-la ponderar se aquilo não era muito cedo, já que conhecia o noivo a poucos meses.

E tudo piora quando Mel descobre que o tal noivo de Alana é justamente Rafa, o cara por quem é apaixonada.
A partir desta descoberta, Mel vai se colocar em muitas confusões, tentando provar para Alana que ela não está pronta para casar. Só que isso também acabará lhe abrindo os olhos para os seus próprios dilemas.

Melissa conseguirá ficar com o homem que ama?


Esta é uma daquelas leituras que nos prende desde o primeiro capítulo. Melissa é uma personagem única e que destoa dos clichês, já que é uma psicóloga acima do peso e que tem deixado de tratar do seu TOC e ansiedade, que durante a narrativa apenas vão se agravando.
Foi interessante ver uma protagonista tendo crises de ansiedade, pois as mesmas foram descritas com veracidade, passando a sensação de sufoco para o leitor. Eu consegui me enxergar na Mel e creio que isso irá acontecer com muitas outras pessoas.

Enquanto Mel consegue agradar desde o início, Alana ganha sua antipatia. A jovem é rica, mesquinha e faz questão de mostrar que é superior, mas aos poucos vamos percebendo que isso são características da sua personalidade, que podem ser melhoradas, mas não mudadas.
"A pior coisa é perceber que o TOC está começando a me atingir novamente. É como se eu fosse completamente inútil. E sozinha. Por que não consigo desempenhar minhas atividades como qualquer outra pessoa? Por quê? Por que não consigo sair por aquela porta, e que se danem as revistas? Por quê? Por quê? Por quê?"
Rafa é tão metódico quanto Melissa, com uma vida planejada, então foi por isso que a notícia de um casamento tão rápido assustou seus amigos.
Leo, o outro melhor amigo de Mel, me conquistou desde o primeiro momento. Ele é visto por todos como um mulherengo, mas é ele quem está ao lado de Mel sempre que ela tem uma crise, ele é o contato de emergência dela.
Já Pati é uma amiga incrível, que dá forças para a Mel, ao mesmo tempo que dá péssimas ideias também, faz parte haha

O que mais gostei nessa história é o fato da Melissa ir percebendo que precisa voltar a cuidar de si, voltar a fazer terapia. Ela vai passar por uma jornada de autodescoberta, de finalmente se encontrar em meio as fantasias que criou nos últimos anos em sua cabeça. Isso é importante porque mostra que precisamos olhar mais para nós mesmos.

Narrado pela Melissa, vamos acompanhar todas as enrascadas que a personagem vai se meter e é uma melhor que a outra. O crescimento dela fica nítido ao final do livro.
O romance, por sua vez, foi construído na dose certa e sinceramente não tinha como ter outro desfecho além do que o apresentado.
"Na maioria das vezes as coisas não vão sair como o planejado na sua vida. E você tem que arriscar."
Confissões de uma terapeuta é um chick lit bem escrito com personagens bem construídos. Trazendo a ansiedade e o TOC como pano de fundo, vamos acompanhar uma jornada de autodescoberta e de libertação de um ideal de vida criado por conta de uma reprimenda. Melissa vai finalmente se confessar para si mesma e descobrir que o que sempre desejou estava ao seu lado, ela só precisava enxergar com outros olhos.

Beijos da Lice

12 comentários

  1. A capa é bem fofa, o livro tem uma história leve, agradável bem gostosa de ler, fiquei encantada pelos personagens, a história faz a gente refletir que precisamos olhar pra nós mesmos, bjs.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Confesso que a Mel já me conquistou! Heheh Conforme você foi descrevendo a história fui imaginando as enrascadas que ela poderia se meter... Gosto de leituras assim. E esta me parece bem divertida embora trate de um tema que atualmente precise de muita atenção!


    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom quando a história nos envolve , a temática e sempre bem vinda , precisa ser lida e relida mais a forma abordada parece ser bem divertida. Já quero esse livro.

    ResponderExcluir
  4. oi!
    Eu adorei a dica :D e gostei da forma como ele aborda essa questão de que psicólogos precisam fazer sua análise..

    ResponderExcluir
  5. Eu ja adorei a sua resenha. Ja fiquei curiosa para ler esse livro

    ResponderExcluir
  6. Que confusão a vida da Mel.. Psicologo, tem toc e ainda é apaixonada pelo namorado da paciente dela? Oi produção, que drama hahahahaha
    Vou confessar que quero muito ler esse, adoro rolos do tipo.

    ResponderExcluir
  7. Oi,tudo bem ?

    Confesso que o título já me chamou a atenção e gostei da proposta, além dos quotes ressaltados. Não conhecia a obra , mas seu ponto de vista deixou claro que o livro é uma ótima indicação. Então abri a página da Amazon e o produto já está comprado :) .

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Que dica boa de leitura, gosto muito de histórias desse tipo, leve, tranquila.
    Amei conhecer o livro e a autora
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Gostei bastante da resenha e fiquei curioso pra ler o livro. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Achei um livro tão bom de ler. Muito me atraiu. Amei essa capa e me parece ser um livro que acrescenta muito em nossas vidas!

    ResponderExcluir
  11. Adorei! A história é divertida atrai a atenção. Parece ser daqueles livros que a gente lê em menos de dois dias de tão fácil que a leitura flui.

    Beijos,
    Isa Gomes

    ResponderExcluir
  12. Oi Alice! Olha, o livro já teria me ganhado só na capa, que é mt linda e fofaaaa! Mas achei a premissa da história mt legal, gostei de ver que a mocinha não é padrão. E bom, eu sou amante de chick lit, só posso me jogar! Amei real, parabéns pela resenha. Beijos
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir