[Resenha] Javier - Francine Locks

Olá leitores, tudo bem?

Mais uma vez li uma obra da Francine e mais uma vez fui gratamente surpreendida com a qualidade do texto e os temas tratados de forma delicada.

Javier
Autora: F. Locks
Páginas: 442
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Quando Javier, o menino novo da turma, entrou pela porta, Milena se viu encantada pelo garoto extraordinário, envergonhado, perdido e falando outro idioma. Em um par de dias, os dois se tornaram melhores amigos e conforme cresciam, o sentimento o fazia ao mesmo passo.
Drogas, álcool e uma família abusiva. Javier presenciava tudo isso dentro de sua própria casa desde sua infância, até que aos quinze anos, ele precisou assumir todas as responsabilidades e cuidar de sua mãe viciada. Tudo o que ele conhecia sobre o amor era feio e deturpado.
Até que finalmente ele se entregou ao que sentia por Milena, mas a maior tragédia que poderia ter acontecido, aconteceu. E, de repente, Javier era o culpado. Seis anos depois, ele estava de volta, livre, mas sua vida estava estagnada no mesmo ponto antes da tragédia; enquanto Milena havia seguido em frente e escondia dele um segredo que podia destruí-lo ou reerguê-lo de vez.
Javier tinha apenas 7 anos quando teve que deixar a Espanha para vir morar no Brasil com sua mãe, Alma, e com seu padrasto, Miguel.
O garotinho sentia muito a falta de seu pai e não gostava de Miguel, que impunha a Alma os seus desejos em um relacionamento abusivo. Depois que começou a se relacionar com ele, Alma tinha mudado com o filho.

No primeiro dia de aula de Javier no Brasil, ele conheceu Milena, e ali iniciou-se uma amizade. A garota, filha de pais ricos, começou a ensinar a Javi o português, e conforme os anos foram passando, os dois estavam cada vez mais juntos, se tornando inseparáveis.
Em casa, a vida de Javier era complicada. Miguel vendia drogas e sua mãe estava viciada em álcool.
"Você só consegue ter noção de uma realidade quando você vive ela."
A cada dia Javier tinha que sobreviver com a negligência da sua mãe, as surras do seu padrasto e as drogas destruindo todos a sua volta. A única parte boa da vida de Javi era Milena, que não se importava com o fato dele viver praticamente na miséria.

Aos 15 anos, com a morte de Miguel, Javier precisou começar a trabalhar para manter ele e sua mãe vivos. Só que o vício dela, que agora incluía as drogas, estava destruindo-a aos poucos.
E assim Javier seguiu por anos, tendo que trazer o sustento dos dois e fazer coisas que não estavam em seus planos para permanecer vivo.
"Não há um futuro me aguardando, há apenas a sobrevivência."
Uma tragédia grande vai permear a vida de Javier e Milena, ele vai ser considerado o culpado e isto vai mudar o rumo de suas vidas por seis anos.
Depois da volta de Javier, a vida de Milena, que ficou estagnada durante todo esse tempo, vai virar de ponta cabeça. Ela, inclusive, vai ter que revelar um segredo importante para ele. 

Depois de tantas desgraças, o que mais poderia acontecer com Javier?


Essa obra me surpreendeu completamente. A Francine abordou muitos temas importantes, como relacionamento abusivo, vício em drogas e álcool, depressão, ansiedade e deficiência.
Alguns temas foram destrinchados com mais afinco, já outros aparecem de forma leve, mas possuem sua grande importância.

Javier tem uma vida extremamente fodida. As perdas que o garoto teve acabaram mudando a sua personalidade. Ele teve que aprender a lidar com a destruição logo cedo e isso é doloroso. É tanta merda que acontece ao Javi seguidamente, que ficamos nos questionando quando ele finalmente vai viver os dias de glória. 
"O amor é redundante, porque no mesmo instante que ele parece sutil, também pode se tornar enlouquecedor."
Milena é uma jovem encantadora. Depois que conheceu Javier, ela sempre esteve ao lado dele e não conseguia se imaginar de outra diferente. Ela não possui uma boa relação com seus pais, principalmente com sua mãe, que deseja que ela tenha um relacionamento com Madison, filho de uma família importante. Além de Javier, o único que a entende e sempre está ao seu lado é Gus, seu irmão.

Os dramas familiares vivenciados tanto por Javier como por Milena são palpáveis. Enquanto a família dela está apenas preocupada com dinheiro, a do Javier vive em uma situação de miséria, tentando sobreviver a cada dia.
Ambos ambientes familiares são conturbados e Milena e Javier se sentem perdidos, a ganância fala mais alto para aqueles que deveriam protegê-los.
"Muito mais fácil julgar uma pessoa por ser errada do que assumir seus próprios erros."
A escrita da Francine passeia entre mostrar uma realidade cruel e conseguir trazer delicadeza, tudo muito bem equilibrado. Amei como ela conseguiu pontuar muito bem as personalidades de todos os personagens, inclusive dos secundários, que se tornam peças importantes. E o fato dela trazer muito do espanhol, já que Javi não domina bem o português, foi algo bem positivo. 

Os últimos capítulos são uma mistura de emoção e incredulidade. Um personagem me surpreendeu positivamente, enquanto outros dois só conquistaram minha raiva.
O desfecho da obra aconteceu em um momento que me deixou de queixo caído. E apesar de estar bem amarrado, também nos dá margem para pensar em mais histórias para esses personagens. Inclusive, já quero!
"Eu o amava por inteiro. E me odiava pelo mesmo motivo."
Javier é um livro sobre o quanto a vida pode ser cruel. Trazendo à tona questões importantes, a Francine nos mostrou o pior lado da vida vivenciado por Javier. Ele vai lidar com dores, desconfianças, perdas e acima de tudo isso precisa lidar com seu coração. Com tantas coisas contras e uma mentira que os separou, Javier e Milena teriam a chance de viver o sentimento que os ronda?

Beijos da Lice

5 comentários

  1. Eu sou apaixonada por livros reais sabe.. esses que trazem histórias que qualquer pessoa pode passar em algum momento da vida.
    Eu ainda não conhecia esse, mas já fiquei curiosa para ler só pela sua resenha.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sinopse e já fiquei curiosa pra ler. Estilo que gosto e que prende.

    ResponderExcluir
  3. oi!
    Eu adorei a dica :D o livro parece ser bem interessante...

    ResponderExcluir
  4. Coitado dele, vida difícil em. Mas me parece bem interessante esse livro. Acho que gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nada da Francine, gosto quando somos surpreendido com a leitura , super dica.

    ResponderExcluir