[Resenha] Casei com uma doida - Jack A. F.

Hey amores, tudo bem?

Esses dias estava procurando uma leitura leve no Kindle e me deparei com Casei com uma doida, que acabou me surpreendendo. Um conto leve e delicioso.

Casei com uma doida
Autora: Jack A. F.
Páginas: 75
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*E-book do acervo da blogueira
SINOPSE: Um homem cercado por ensinamentos machistas por toda a vida, tendo como espelho os ensinamentos do pai, sendo ele um homem rude, preconceituoso e que nem de longe, saberia como tratar uma mulher. Sérgio, que sempre levou uma vida desregrada e sem sentimentos em relação às mulheres, se vê de uma hora para outra em uma corda bamba quando é avisado, isso mesmo, avisado de seu próprio casamento com Rebeca.
Um casamento arranjado pelos pais de ambos com a única finalidade de produzirem herdeiros e tornar ainda mais forte o vínculo com o negócio de ambas as famílias.
Sérgio foi criado em meio a pensamentos machistas por seu pai e desde cedo se fechou para sentimentos e relacionamentos. 
Aos trinta anos recebeu a notícia de que se casaria com Rebeca, filha de um dos amigos do seu pai. A jovem foi apresentada como recatada e submissa, e Sérgio aceitou o casamento sem reclamar.

Nos encontros que teve com a jovem, Sérgio realmente pensou que Rebeca fosse uma mulher sem graça, já que suas roupas e maquiagens eram apáticas.
Só que depois do "sim" no altar, as coisas mudaram completamente...
"Mulher boa é mulher burra. Ela não vai ter argumentos para usar contra você e será facilmente convencida das suas vontades."
Rebeca foi criada por sua mãe para ser uma dama. A mãe dela a prendia dentro de casa, não lhe deixava se alimentar corretamente e escolhia suas roupas e maquiagens. Ela era maltratada pela mulher que deveria cuidar de si.
O casamento para Rebeca era a sua libertação, finalmente ela poderia se livrar da sua mãe.

Então, Rebeca se portou da melhor forma possível até o "sim" no altar e depois disso estava disposta a viver a vida que nunca pôde. Será que esse casamento arranjado vai se transformar em um "felizes para sempre" para Sérgio e Rebeca?


Devorei esse conto em alguns minutos e adorei o que encontrei. A autora trouxe algumas questões interessantes, como o fato da Rebeca não ter tido voz durante toda a sua vida, sendo presa em um relacionamento abusivo por sua mãe. Já Sérgio também nunca se portou ou fez algo que desejava, sendo sempre comandado por seu pai.
O bacana é que ambos os personagens vão se livrar de suas amarras e assim começar a se impor e viver.
"Sérgio será deliciosamente um meio para um fim. E eu... bem... irei usar bastante desse meio."
Sérgio imaginava que seu casamento seria por conveniência e que não existiria sentimentos envolvidos, mas não poderia estar mais enganado.
Rebeca chegou para virar seu mundo de cabeça para baixo. Ela é cheia de vida, espontânea, livre de amarras sociais e divertida.

O contraste entre os dois personagens é algo que conquista. Mesmo sendo criada presa, Rebeca já leu muitos romances e inclusive está escrevendo o seu próprio livro. Então suas experiências com Sérgio vão servir para dar mais veracidade a sua história.
A escrita da autora foi uma surpresa, me diverti com a forma com a qual ela colocou as cenas.
"Beca me ensinou a ser livre, a amar, ser feliz e ser eu mesmo."
Casei com uma doida é uma leitura leve e divertida. A autora construiu personagens cativantes que nos deixam encantados e nos fazem devorar as páginas. Rebeca e Sérgio vão descobrir sentimentos pela primeira vez e os vivenciar com toda a intensidade permitida. Ele vai quebrar alguns de seus conceitos e ela viverá o que sempre sonhou. Casar com uma doida foi a melhor coisa que ele poderia ter feito...

Beijos da Lice

14 comentários

  1. Se pararmos para refletir, ainda existe homens assim: Um homem cercado por ensinamentos machistas por toda a vida, tendo como espelho os ensinamentos do pai e muitas vezes da própria família. Mas gostei muito na parte que ele diz: "Beca me ensinou a ser livre, a amar, ser feliz e ser eu mesmo."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homens que são criados assim é mais comum do que podemos imaginar, infelizmente.

      Excluir
  2. Gostei da dica, vou dar uma olhada. Adoro romances leves com comédia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que possa curtir, pois é uma leitura bem gostosa.

      Excluir
  3. Eu também fiquei bem interessada nesse livro, fiquei com vontade de ler tanto pela história em si quanto pela forma com a qual apresentou ele pra nós. Ótima dica! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha se interessado, espero que possa ler em breve. Beijos!

      Excluir
  4. Acho incrível livros como esse que fizeram Sérgio quebrar os conceitos dele e ela vai viver os sonhos dela. Fiquei super curiosa para ler depois da sua resenha. Achei a capa incrível demais.

    ResponderExcluir
  5. Achei o título além de diferente, muito divertido e isso já me cativou. Eu adoro leituras mais leves e que tenham uma história fluida... acho que irei ler.
    Adorei a sua resenha, muito bom!

    ResponderExcluir
  6. Parece um livro bem interessante. Estou com um certo acúmulo de leituras no momento e não estou conseguindo desempacar, mas vou tentar mais adiante verificar um pouco mais a possibilidade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Que gracinha de história, através de um casamento arranjado os protagonistas conquistaram a tão sonhada liberdade e descobriram o amor. Gosto muito de tramas leves, românticas, esse conto já entrou na minha lista de futuras leituras, adorei a sugestão ❤

    ResponderExcluir
  8. Nossa que interessante. Certeza q eu iria adorar ler esse livro. Adoro essas leituras mais divertidas.

    ResponderExcluir
  9. Curti muito lembra os Doramas da vida que eu assisto, isso é um app né? Vou tentar baixar pra ler uns livros la, obrigado pela indicação vou começar com esse hahaha, bjinhos

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Eu adorei a dica 😊 não conhecia o livro, a história é bem interessante

    ResponderExcluir
  11. Nossa que legal esse conto! Fiquei muito interessada na leitura, eu gosto desse tipo de assunto. Saber como era o comportamento das pessoas de antigamente, regras, costumes, crenças.Era triste como a mulher era tratada naquela época, embora hoje ainda exista casos na qual a mulher ainda é tratada como "nada".
    Obrigada por compartilhar

    ResponderExcluir