[Resenha] Pecado Irresístivel - A. C. Nunes

Olá amores, tudo bem?

Hoje trago a resenha de mais um livro da A. C. Nunes. No blog já tem algumas resenhas de livros dela e nesse trabalho a autora mostra mais uma vez como é certeira no que se propõe a fazer.

Pecado Irresistível
Amores em Paris, Livro 1
Autora: A. C. Nunes
Páginas: 594
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*E-book cedido pela autora
SINOPSE:Ann-Marie Leclerc é uma esposa dedicada, vivendo há anos em um casamento abusivo e sem amor. Mulher de fé, é católica praticante, temente a Deus e fiel à igreja. É em sua crença que ela se agarra para permanecer no matrimônio, seguindo à risca as Sagradas Escrituras.
Ela só não imaginava que ao conhecer o charmoso e galanteador Bernardo Dousseau toda a sua fé e fidelidade a Deus, à Igreja e ao marido fossem abaladas. Embora tente resistir e se afastar daquele que insiste em despertar seus desejos e anseios mais profundos, transgredir as leis de Deus é inevitável. E delicioso.
Dia após dia sua fé será testada. Se será castigada ou absolvida, Ann-Marie não sabe dizer. A única coisa que ela tem certeza é de que é impossível resistir a Bernardo - seu maior pecado.
Seu pecado irresistível.
HISTÓRIA ÚNICA. Os demais livros da série não se tratam de continuações, e sim de tramas independentes.
Ann-Marie Leclerc é uma mulher religiosa, que segue à risca os preceitos da igreja católica. Ela é casada com Antony Leclerc, um homem que nunca deixou Ann-Marie ir atrás dos seus sonhos e que lhe coloca para baixo constantemente.
A mulher vai ter sua vida abalada quando conhecer Bernardo Dousseau, um homem capaz de modificar seus preceitos.

Bernardo Dousseau é um brasileiro que mora em Paris a mais de 30 anos. Junto com seu sócio, Alfredo, ele possui uma cafeteria na cidade. Bernardo é conhecido por ser um mulherengo nato, fato que não nega a ninguém.
Ele tem um caso sem compromisso sério com Marie, uma jornalista francesa que é figurinha carimbada em sua cama e em sua casa.
"Amo as mulheres. Todas elas. Amo tanto que não quero ter apenas uma, nem me prender a elas. Isso é, querendo ou não, uma forma de amar."
Em uma festa da alta sociedade de Paris, Bernardo vai acabar conhecendo Ann-Marie e se encantando pela mulher. A atração entre os dois é instantânea, mas Bernardo tem consciência de que não tem chances com ela, pelo fato dela ser casada e temente a Deus.

Só que aos poucos Bernardo vai conseguindo mostrar a Ann-Marie que ela vive em um relacionamento abusivo, onde seu marido a anula e lhe humilha com frequência.
Ann-Marie finalmente vai começar a questionar várias ações de Antony e sua fé vai ser colocada em cheque quando seu desejo por outro homem lhe tira o prumo.
"Eu a quero, com toda sua religiosidade, sua postura meio tímida e recatada. E se houvesse uma chance de seduzi-la, de levá-la para minha cama, eu o faria, com toda certeza. Sem nem pensar duas vezes."
O que fazer quando o pecado está tão próximo? Ann-Marie vai continuar em um relacionamento abusivo apenas para não ir contra à igreja?


Este é o tipo leitura que levanta vários questionamentos e que possui muitas críticas embutidas em suas páginas.
Com uma escrita suave, a Amanda consegue levar o leitor a refletir sobre questões importantes, ressaltando a necessidade de você comandar às rédeas da sua vida.

Ann-Marie não conseguia enxergar que vivia em um relacionamento tóxico. Antony era abusivo em pequenas ações, estando sempre humilhando a mulher em relação ao seu corpo e não deixando-a trabalhar como designer de moda, sua grande paixão. 
A transformação da personagem é um dos grandes trunfos da narrativa. Ela vai perceber que a religião muitas vezes fez com que ela ficasse "cega" para as atitudes do seu marido, já que para ela, ir contra ele era algo impensável.
"Quantas mulheres não são surradas diariamente, traída, humilhadas e enganadas, mas permanecem casadas por conta de suas religiões? [...] Você não deixará de ser menos católica nem fiel a Deus se der um pé na bunda em um homem babaca como seu marido!"
Essa questão da religião foi abordada com muita consciência pela autora. Ela não busca fazer com que as pessoas parem de seguir os seus preceitos, o intuito dela é abrir os olhos para quem deixa ser cegado pela sua religião.
Se formos analisar, é mais comum do que imaginamos o número de mulheres que permanecem presas em relacionamentos abusivos por conta da sua religião, que impõe que o que Deus uniu, ninguém separa. Assim como a Ann-Marie, muitas mulheres acham que os "momentos difíceis" são provações, quando na verdade são apenas relacionamentos abusivos.

O Bernardo é um personagem que consegue conquistar facilmente. Apesar de ser um mulherengo, ele está disposto a tentar algo para valer com Ann-Marie, o que ainda não tinha cogitado em seus 40 anos. É fato que Bernardo a deseja, porém ele está mais preocupado em fazê-la enxergar o quanto Antony faz mal a ela. Inclusive, Bernardo vai lidar bem com algumas situações e entender que em certo momento ele estava "perseguindo" a Ann-Marie. A noção do personagem sobre seus atos foi algo que me agradou.

Com capítulos narrados por Ann-Marie e Bernardo, o livro permite que o leitor conheça bem ambos os personagens. A narrativa é repleta de ação, nos mostrando uma história com os pontos bem amarrados e explorando todo o núcleo disponível.
Em alguns momentos achei algumas descrições desnecessárias, mas não é algo que chega a atrapalhar a experiência com a leitura.
"Se Deus existe, Ele não faz coisas ruins apenas para saber quem será fiel ou não. Então pare de dizer que é uma provação divina, porque não é."
Pecado Irresistível é uma leitura repleta de amor, desejo e lições. Ann-Marie vai finalmente perceber que viveu em uma bolha nos últimos anos e se permitir sentir. Já Bernardo está disposto a viver um relacionamento e a proteger Ann-Marie. Com temas importantes sendo discutidos, a Amanda criou um enredo envolvente e necessário. Para Ann-Marie o pecado acabou sendo a sua salvação de um relacionamento abusivo. O irresistível pode ser o começo de uma mudança...

Beijos da Lice

21 comentários

  1. Oi Alice,

    Esse livro parece ter uma história incrível e com muitos ensinamentos.
    Só o fato de mostrar a trajetória de uma protagonista que está despertando de um relacionamento abusivo, já é algo que, pra mim, precisa ser lido.
    Com certeza, muitas mulheres podem ser ajudadas ao conhecer a história de Ann-Marie.
    Bernardo parece ser a cereja do bolo rs. Já estou um tantinho apaixonada por ele.
    Vou em busca de ler esse livro, com certeza!

    Grande beijo,
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma obra que realmente nos faz refletir e que traz muitos ensinamentos necessários e importantes. Espero que possa ler e gostar.

      Excluir
  2. Oi,
    Tudo bem?

    Me identifiquei demais, pois passei por um relacionamento abusivo recentemente.
    Vou ler esse livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia se estiver bem para entrar nesse assunto depois de ter passado por algo neste nível recentemente.

      Excluir
  3. Lice muito obrigada pela sua resenha. Eu adorei e estou muito feliz que tenha compreendido a intenção de Pecado Irresistível. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada você por nos presentear com uma história como essa!

      Excluir
  4. Eu conheço a autora, mas não pelos livros hot dela, conheço mais pelos livros de terror que, alias, eu tô doida pra ler!
    Achei bem interessante a proposta do livro, é bem importante falar sobre relacionamento abusivo, eu já li um livro que romantizava esse tipo de coisa e desde então tô à procura de livros que não façam isso hahahahah
    amei a resenha Lice! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Eu amo os livros de terror dela, para mim são obras imbatíveis. Leia tanto os de terror, como esses, pois são todos bem escritos.

      Excluir
  5. Adoro livros assim! Já quero ler,adicionei aqui na minha listinha e já quero saber como termina essa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que possa ler e gostar, pois é uma história muito boa.

      Excluir
  6. Achei bem interessante o que você disse sobre a maneira como o livro aborda o fato de às vezes a religião cegar as pessoas para o fato de que vivem um relacionamento abusivo. Fiquei curiosa para ver o assunto ser abordado.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse assunto foi abordado com muita delicadeza pela autora, o que torna a obra ainda mais incrível.

      Excluir
  7. Relacioanamentos abusivos são tóxicos, precisamos falar muito sobre, esse livro parece ser bem interessante e ja entrou na minha lista♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falarmos sobre esse tema nos dias atuais é imprescindível, principalmente por termos muitas pessoas passando por isso.

      Excluir
  8. Oi,tudo bem ?

    Diva parece que você adivinhou que eu queria uma boa indicação de livro...eu amo o gênero e gostei da proposta tratada, além de ter assuntos que devem ser mais abordados.Gostei bastante dos trechinhos ressaltados e já abri a página da amazon para dar aquela conferida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se queria uma boa indicação, este é o livro, pois trama de assuntos muito pertinentes.

      Excluir
  9. Que interessante a premissa desse livro. Acredito que todo mundo que cresceu em um lar religioso já sentiu na pele o quanto a fé em exagero pode se tornar tóxica. No caso desse livro vemos uma mulher se sujeitando a um casamento infeliz porque acredita ser a vontade de Deus.

    Espero que ela se entregue a essa nova paixão e siga enfrente sabendo que é possível viver, ter fé, mas sem desconsiderar seus desejos.

    Amei! Confesso que pela capa eu não compraria porque me lembra uma história de romance clichê, mas a sinopse e a sua resenha me deixaram muito curioso e surpreso! É uma coisa positiva já que esse não é meu tipo de leitura.

    Valeu pela dica ;)

    🌗 Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a capa nos leva a crer que a história se trata de outra coisa, mas é uma obra com muitos temas relevantes e necessários. Essa questão religiosa foi bem abordada.

      Excluir
  10. Essa leitura é um prato cheio para quem curte o estilo dessa história. Parece ser uma narrativa intensa e repleta de surpresas. Excelente dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem sombra de dúvidas é uma leitura bem intensa, por tudo que trata.

      Excluir
  11. Gostei bastante da resenha, e acho que, apesar do livro abordar várias coisas religiosas (que eu particularmente, não me sinto muito a vontade de ler) achei legal o enredo. Acho que o tema, mesmo complicado, é útil para reflexão! Muito interessante a escritora desenvolver uma história assim.

    ResponderExcluir