[Resenha] O Assassino do Zodíaco - Sam Wilson

Olá leitores, tudo bem?

Iniciei essa leitura com muitas expectativas, pois desde o lançamento estava louca para ler este livro. O devorei em algumas horas e foi uma boa experiência. Espero que gostem de conhecer!

O Assassino do Zodíaco
Autor: Sam Wilson
Páginas: 464
Editora: Jangada
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido pela editora
SINOPSE: Uma série de assassinatos de brutalidade incomum tem por vítimas pessoas de classes sociais muito diferentes. Numa sociedade corrupta e violenta, dividida pelos signos do Zodíaco, essas desigualdades vêm do berço e continuam por toda a vida. Alguns minutos de diferença, no momento do nascimento, podem significar uma vida de luxo, como a de Capricórnio, ou de pobreza e sofrimento, como a de Áries. Além de significar vida... ou morte.
Os crimes aparentemente aleatórios que assolam a cidade de San Celeste seriam uma rebelião contra o sistema ou obra de um serial killer? Para encontrar uma resposta, todos os olhos se voltam para o detetive Jerome Burton, encarregado de investigar os crimes, e Lindi Childs, astróloga forense especializada em perfis criminais. Juntos eles percorrem uma trajetória sombria para tentar desvendar uma história tenebrosa de traição, amores perdidos, promessas quebradas e uma verdade devastadora capaz de abalar o mundo em que vivem...
Em uma sociedade dividida pelos signos do zodíaco, um crime foi cometido e tudo começou a ruir aos poucos...
O chefe de polícia Peter Williams foi assassinado em sua própria casa e seu corpo foi jogado em uma vala no seu quintal. E no local do crime, o símbolo do seu signo, Touro, foi feito com terra no chão.
A única testemunha foi Rachel, uma jovem faxineira, que acabou sendo sequestrada pelo assassino de Williams.

Para tentar desvendar esse crime, é designado o detetive Jerome Burton, que assim como quase todos os policiais, é do signo de Touro.
Só que como o crime parece relacionado a Astrologia, Lindi Childs, uma astróloga forense especializada em perfis criminais vai se tornar consultora no caso. Lindi é uma Aquariana e completamente diferente de Burton.
"Nem todas as pessoas querem passar a vida tomando remédios contra depressão e morrendo de ataque cardíaco no assoalho da Bolsa de Valores. A maioria só deseja ser feliz do jeito que escolheu."
O crime de Williams foi o primeiro, e Burton e Lindi precisam descobrir quem está por trás da sequência de assassinatos que parecem seguir um padrão astrológico.
Tudo leva a crer que o assassino é um Ariano, já que o signo de Áries é o mais pobre da sociedade e esse grupo tem representado uma ameaça para San Celeste.

Em paralelo a investigação de Burton e Lindi, vamos conhecer Daniel Lapton. O Capricorniano é de uma família rica, assim como quase todos do seu signo. Ele acabou de descobrir que foi enganado pelo seu pai durante muitos anos, e de que teve uma filha com uma ex-namorada, que foi escondida por seu pai por ser Pisciana. Daniel começará então a procurar sua filha. 
"Nos chamam de violentos. Como poderíamos não ser, se essa é a única maneira de nos ouvirem? Como poderíamos não ser, se violência é o que encontramos todos os dias? Paz é silêncio, e não podemos mais permanecer em silência. Temos de ser ouvidos."
Quem é o assassino do zodíaco? Onde está a filha de Daniel? Burton e Lindi descobrirão todos os segredos por trás dos crimes?


Este livro não está focado na distopia presente, mas nos assassinatos em si e em suas motivações. Apesar disso, o autor explicou qual o papel de cada signo dentro da sociedade, deixado claro como os Arianos são os que vivem em piores condições na cidade.
Os casais nesta sociedade devem ser composto por pessoas do mesmo signo, que devem ter filhos também com o mesmo signo, para prosseguirem com uma linhagem pura. 

O que prende nesta leitura é a construção do enredo, pois ao mesmo tempo que estamos no presente acompanhando o detetive Burton e a Lindi tentando desvendar os assassinatos, também vamos acompanhando a história do Daniel, que ocorre durante alguns saltos de anos.
Dá para matar quem é o assassino bem antes do fim, mas isso não atrapalha a leitura. O fato de ir entrelaçando as informações é que mantém o leitor envolvido na história. 
"Morrer era fácil quando a pessoa não se preocupava."
Adorei como os pontos foram sendo interligados, principalmente pela Astrologia. Como uma fã deste universo, gostei bastante da criatividade de um enredo com uma sociedade dividida por signos.
O desfecho do livro se tornou um pouco corrido, fiquei com a sensação que as últimas cenas não foram desenvolvidas com todo o potencial que poderiam. Mas, o contexto em si me agradou bastante.

Os personagens conseguiram manter meu interesse por eles. A mulher de Burton está grávida e o casal terá que adiantar o parto dela para o filho nascer do signo de Touro. Gostei do fato de Burton passar por várias complicações durante o enredo, pois mostra como ele lida com as situações.
Lindi, por sua vez, me conquistou desde a primeira cena. Como uma boa Aquariana, fiquei feliz de vê-la representando tão bem meu signo. Lindi é inteligente e totalmente desprendida de algumas imposições da sociedade.
Daniel tem uma crescente interessante, o homem vai começar a enxergar a sociedade de uma forma diferente depois da sua filha.

A história traz algumas críticas importantes, levantando a questão do preconceito e do racismo. Até em uma sociedade dividida por signos, as pessoas são racistas e julgam as demais apenas por um detalhe ínfimo, como o signo.
O mais interessante é que os assassinos, na verdade, são mais vítimas do que as pessoas que foram assassinadas. E isto traz conflitos internos em alguns momentos.
"Era um psicopata. Agradável, encantador... e sem nenhuma humanidade."
O Assassino do Zodíaco é um thriller policial envolvente. Durante a busca por um assassino, vamos conhecendo os preconceitos de uma sociedade, onde alguns se acham melhores que outros apenas por causa de seu signo.
Ao conhecermos os criminosos, também começamos a sentir empatia e me vi desejando um final completamente diferente. Um livro original, sem sombra de dúvidas.

Beijos da Lice

10 comentários

  1. Olá, Alice!
    Nunca tinha ouvido falar do título e, ultimamente como ando muito na onda dos policias e thrillers, pareceu-me um bom livro e, diferente também :)
    Tenho de o pesquisar melhor :)
    Um beijinho

    http://tudosoblinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o títuloo,k porém adoro esse tipo de leitura, super intrigante rsrs eEstou nessa vibe ultimamente.

    ResponderExcluir
  3. Esse é um clássico! A história é muito boa e nós ficamos tensos durante toda a leitura do livro.

    ResponderExcluir
  4. Já li o livro e vi o filme. Gostei muito, particularmente do livro, que merece ser o clássico que é. Ótimo post!

    ResponderExcluir
  5. Achei bem interessante, me lembrou a cultura da ìndia em que existem as castas. Pelo menos no que eu vi em uma novela da Globo, não sei se na vida real é dessa forma.

    Fiquei pensando em como é doido isso de ter que ter filhos no mesmo signo que você sendo que o signo é algo relacionado a data de nascimento. Ou nessa sociedade o signo é definido por outros fatores?

    Obrigado pela dica ;)

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    Eu achei esse livro bem legal, lembro que recebi quando o Grupo Editoral Pensamento publicou. A capa é muito bonita também, mas eu já doei o livro. Parabéns pela resenha, ficou bem legal!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    O que mais me chama a atenção nesse livro é o fato da sociedade ser dividida entre signos.
    Distopia misturado com suspense policial? Bate a curiosidade de conferir como irá sair essa história. Mas pelo que vejo, o livro é muito bem recomendado!

    ResponderExcluir
  8. Gosto de astrologia no qie diz respeito a explicacao psicológica de cada signo. Acho super interessante... Sobre o livro, eu nao conhecia, mas curti a mistura de suspense com distopia, talvez assim eu consiga ler algo deste segundo estilo. Parabéns pela resenha! Vou guardar tua dica!

    ResponderExcluir
  9. Gostei da premissa desse livro e fiquei interessado em ler o mesmo, pois parece ser uma leitura muito agradável e com um enredo extraordinário. Anotada a dica.

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Não sou chegada a distopias, mas confesso que esse livro me deixou bem interessada. Amo zodíaco e tudo que tem relação ao mundo dos signos rs.
    O fato de a história focar mais nas investigações que na distopia em si, me deixou mais tranquila quanto à história e ainda mais a fim de ler.

    Grande beijo,
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir