[Resenha] Can I Be Him - Andreia Nascimento

Olá amores, tudo bem?

Hoje, Can I Be Him da Andreia Nascimento está sendo lançado e eu precisava trazer a resenha para vocês conhecerem esse bebê. Arturzinho merece ser lido, pois ele não é nada menos do que espetacular.

Can I Be Him
Autora: Andreia Nascimento
Páginas: 300
Onde comprar: Amazon
Nota:  
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Quando Elis se mudou para o prédio cinco anos atrás, não esperava que em menos de cinco minutos teria mais quatro amigos para dividir aquele andar. Da forma mais aleatória, deparou-se com seu ex-namorado Ian e seu amigo Artur.
Quando Artur decidiu sair da casa do seu pai, estava tentando provar para si que era capaz de encarar o mundo sem as paredes de concreto que o cercou por toda sua vida. Seu pai havia seguido em frente da morte de sua mãe, construindo uma nova família. Assim, ele se deparou com o novo.
Cinco adultos com muito em comum, principalmente, a novidade de começar uma nova vida. Aos poucos eles se tornaram suas próprias famílias. Até que Artur tornou-se melhor amigo de Elis.
Até ser impossível ser apenas amigos.
Há cinco anos atrás, Elis e Artur se conheceram, quando ela estava se mudando para o prédio em que ele já morava. As tatuagens de Elis foram uma das primeiras coisas que chamaram a atenção de Artur, mas ao descobrir que ela era a ex-namorada de seu amigo e vizinho, Ian, ele precisou aquietar qualquer pensamento sobre a jovem.

Assim, cinco anos se passaram, e Elis, Artur, Ian, Catarina (que divide o apartamento com Elis) e Natalia (a moradora de um dos apartamentos do lado) compõem um grupo de amigos esquisitos. Eles fazem tudo praticamente juntos, tendo uma conexão absurda. E Natalia é a primeira do grupo a romper a barreira do casamento.
"Pessoas precisam entender, não somos malditas peças de quebra-cabeças. Cada vez que se desmonta um ser humano, ele fica desconfigurado."
Artur vive um relacionamento de idas e vindas com Pamela, que sempre o deixa destruído após um  novo término. Elis é a pessoa que sempre junta os seus cacos e conserta-o.
Na verdade, Elis sempre esteve para Artur em todos os momentos nos últimos anos, ela foi a única com quem ele compartilhou algumas de suas dores. E isso os fez se transformarem em melhores amigos.

Ian acredita que essa barreira de melhores amigos um dia irá romper e não está muito errado quanto a isso. Quando as coisas começam a ficarem complicadas para Elis no quesito familiar, Artur sente que chegou a sua vez de ouvi-la. 
Uma aproximação estranha vai ocorrer entre eles e quando veem estão se envolvendo de uma maneira que nunca imaginaram, pelo menos não abertamente.
"É um incêndio. Acabamos de queimar nossas almas aqui dentro."
Ser melhores amigos se tornou impossível e agora Artur e Elis precisarão lidar com as confusões de sentimentos que o cercam, com um ex-relacionamento dele fracassado, precisando priorizar a importância do outro em sua vida e tentando consertar os problemas familiares. O que fazer quando se percebe que Ele é seu melhor amigo?


Que comédia romântica maravilhosa! Toda a construção da obra ocorre de forma espetacular, conseguindo nos prender em cada linha. A jogada da autora em nos apresentar personagens com feridas que conseguem ser carismáticos por si só é incrível e reconfortante.
"Algumas pessoas realmente não precisam existir em sua vida para sempre para lhe modificar. Algumas têm a capacidade de fazer isso em um espaço tão curto de tempo que é inacreditável que é apenas um ser humano comum."
Artur teve uma grande perda na vida: sua mãe. Ele a perdeu para um acidente de carro e com isso perdeu também a relação com seu pai. Quando seu pai encontrou outra esposa e teve outro filho, tudo foi pelo ralo. Artur saiu de casa depois de ouvir sua madrasta falando que já era crescidinho para morar com eles. A morte de sua mãe é uma dor que ele não consegue lidar.
Uma das únicas coisas que consegue "libertar" Artur é a música. Ele ama tocar e junto com Elis sempre falam verdades através das letras das músicas. 

Elis, por sua vez, precisa lidar com a condição de seu pai. Ele sofreu um acidente alguns anos atrás, que o acabou impossibilitando de trabalhar e desde então tem sido difícil para todos, principalmente pelo fato dele lidar com indícios de depressão. 
Durante a narrativa, o pai de Elis vai sofrer um AVC, o que a faz viajar para sua cidade no interior e lidar com todo um terremoto de emoções novamente.
"Porque não somos perfeitos, mas somos as melhores versões de nós mesmos quando estamos juntos. E por isso acredito em nós dois. Que conseguimos superar o apocalipse se for o que queremos."
Todos os personagens são bem construídos e possuem características marcantes. Além de Artur e Elis, temos Ian, que além de tudo é um defensor dos sentimentos de Elis. Catarina é a louca do grupo, que não mede suas palavras e deixa sempre claro que pegaria Elis. Natalia é a mãe do grupo, aquela que consegue sentir tudo que acontece entre os seus amigos. 
São personagens tão diferentes, mas que se completam de uma forma espetacular e que proporcionam várias gargalhadas e momentos ímpares.


A relação de Artur e Elis é suprema. Os dois estão permeados no início da leitura por uma tensão sexual de cinco anos e aos poucos vão cometendo o que consideram ser uma loucura. 
Amo como eles vivem um "isso não pode mais acontecer", mas quando veem já aconteceu. O jeito deles lidarem com os fatos é o que os torna únicos. 

Artur é o típico menino da cidade que por Elis irá passar um tempo no interior e de certa forma irá se descobrir, acima de tudo. O tempo que irá ficar off da cidade, o fará se permitir uma desintoxicação de Pam. Elis não quer ser um ponto a mais na complicação do ex-relacionamento do seu melhor amigo.
"Minha vontade de você cresce a cada segundo, mas não quero que cometa o erro de ser influenciada por nossa convivência, quero que saia e note que quer ficar comigo, não somente pelo fato que consigo enlouquecê-la quando estou dentro de você e sim, porque você me quer fora também."
As cenas de Artur e Elis no interior são as melhores, sem sombra de dúvidas. O auge é quando Artur canta para as vacas. Isso mesmo, ELE CANTA PARA AS VACAS. Além disso, ele também vai tentar consertar uma cerca com o primo de Elis. É, o menino da cidade está se jogando de cabeça no interior.

Um dos temas principais da narrativa são os problemas familiares, seja pela má relação de Artur com seu pai, ou pelo fato de Elis ser a provedora da sua família e ter que lidar com os problemas de saúde seu pai.
O que mais me agradou nessa questão é que a Andreia permite que os personagens consertem seus problemas, dando o espaço e tempo necessários.

A escrita da Andreia é um dos pontos altos. Ela, claramente, nasceu para escrever clichês envolventes. Ela consegue fazer o leitor embarcar com Elis e Artur em seus sentimentos, vivendo toda a oscilidade existente.
Ela acrescentar os detalhes das tatuagens de ambos foi algo que adorei, pois tanto os apaixonado por tatuagens vão amar, como os demais vão perceber a importância delas para os personagens.
"Artur, sabe que amo você? Mas agora, eu o odeio. Porque está fazendo me apaixonar por você e eu não tenho estrutura para amar a mesma pessoa de todas as formas possíveis."
Can I Be Him é um clichê bem escrito, atraente e divertido. Artur e Elis eram melhores amigos, até que foi impossível conter a tensão sexual. Entre as lavadas de calcinha de Elis, Artur vai sentindo algo mais inconscientemente. Um romance gostoso de se ler, que te leva a conhecer pessoas marcadas por feridas internas. Artur e Elis vão literalmente jogar um Carpe The Fuck Diem para o mundo e esperar que ele faça a sua mágica... A parte deles já começaram a fazer!

Beijos da Lice

18 comentários

  1. Uau... Que trama! Que trama!!! Fui abduzido... Ainda mais pela forma como você coloca na sua resenha... Se não me engano, essa foi uma das melhores resennhas suas que já li!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha sido uma das minhas melhores resenhas, essa história merece demais!

      Excluir
  2. Hey! A resenha ficou maravilhosa, acredite! Obrigada pelas ajudas, né. Ficou perfeita!

    ResponderExcluir
  3. Oiiiii,
    parabéns pela resenha ficou ótima! agora sobre o livro, acho que de certa forma do jeito que você fez a resenha me despertou tanto uma curiosidade pelo livro quanto de ler e eu amo cliches então eu acho que iria amar esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta de clichês, com certeza vai amar essa história! Espero que possa conhecer! Beijos!

      Excluir
  4. Meu Deus! O livro é ótimo imagina um filme baseado nele como seria! ❤ Eu amei. Sério! Adorei demais, já vou adicioná-lo no meu carrinho da Amazon! 😂 Adorei sua resenha! ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um filme seria perfeito! Não vejo a hora da Netflix descobrir as histórias da Andreia haha

      Excluir
  5. Que resenha INCRÍVEL. Fiquei apaixonada pelos detalhamentos e já na curiosidade pra conferir a obra. Adorei a complexidade dos personagens. Lindezura!

    semquases.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que possa conferir o livro em breve! Beijos!

      Excluir
  6. Eu não loendro onde que eu vi alguém falando desse livro, mas eu gosto dessa temática de "agora vai mas não vai" sabe?! Acho bem legal isso e faz com que eu fique shippando vários casais kkkk
    Adorei sua resenha! E suas fotos ficaram maravilhosas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaaa! Leia o quanto antes, pois é maravilhoso!

      Excluir
  7. Eu amei ler sua resenha, mas o que me convenceu de que eu tenho que ler esse livro é o fato de o Artur cantar para as vacas. Amei a ideia e tenho que saber como isso aconteceu.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Artur cantando para as vacas é a melhor cena! É icônica em todos os sentidos!

      Excluir
  8. Oi, tudo bem? Achei bem legal o título do livro. Antes de ler a resenha não tinha ideia qual seria o enredo. É sempre bom encontrar protagonistas que têm química entre si e torna a história mais gostosa de ler. Quando é romance traz um quentinho ao coração. Não conhecia a autora mas fiquei curiosa para saber mais sobre. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você precisa conhecer a autora, pois ela arrasa em todas as suas histórias. Espero que possa ler!

      Excluir
  9. Sabe que amo suas resenhas, né....melhor site de resenhas literárias da vida. Gostei do romance e acredito que lerei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sua linda! Obrigada! Leia e me conte depois o que achou!

      Excluir