[Resenha] Se não fosse o seu amor - Larissa Pessoa

Olá leitores, tudo bem?

Hoje venho trazer a resenha de uma obra repleta de reflexões, que me fez transbordar de sentimentos e me sentir mais conectada com Deus. Não, não é um livro religioso, mas é tocante!

Se não fosse o seu amor
Autora: Larissa Pessoa
Páginas: 160
Editora: Coerência
Onde comprar: Editora Coerência
Nota: 
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE: Isabel é uma estudante que, após ter enfrentado diversas dificuldades em sua vida, prepara-se para superar mais um obstáculo: encontrar sua vocação e decidir qual carreira seguir.
Conforme ela vai avançando nas fases de sua vida, a jovem começa a associar seus momentos de felicidade e angústia com a forma com que se relaciona com Deus, percebendo a importância de sua fé para alcançar uma vida plena.
Em “Se Não Fosse o Seu Amor”, Larissa Pessoa busca conscientizar o leitor de que ele não está sozinho em nenhum momento, mostrando que, embora Deus chame a todos para seguir ao Seu lado, depende de cada um aceitar o que Ele reservou para sua trajetória, seguindo, assim, pelo caminho que o guiará para uma vida incrível.
Embarque nesta jornada e emocione-se com esta história transformada por Deus.
Isabel foi criada por Dona Josefa, uma mulher que tinha uma pequena barraca de produtos artesanais no Mercado Municipal.
A jovem, no entanto, é filha de outra mulher. A mãe de Isabel quando a teve era uma adolescente, que escondeu de todos a sua gravidez, pois não seria aceita por seus pais. Ela acabou parindo em um banheiro público com a ajuda de Dona Josefa, que depois a levou para sua casa.

A mãe de Isabel a deixou com Dona Josefa e só apareceu um tempo depois, entregando de vez a garota aos cuidados da mulher e entregando-lhe uma carta que deveria ser dada a Isabel quando ela completasse 15 anos.
"É muito fácil seguir Deus quando está tudo indo bem. É nos momentos mais difíceis que somos testados em nossa fé."
Os anos para Isabel foram de muitas dificuldades. Apesar do trabalho simples de Dona Josefa, elas sempre conseguiram se virar, mas quando o câncer tomou a mulher, Isabel que tinha apenas 8 anos, precisou começar a se virar sozinha. 
Foi nesse momento que a conexão entre Deus e a menina se estreitou e a Bíblia se tornou seu caminho.

O tempo foi passando e levou consigo a fé de Isabel em Deus e assim as coisas começaram a decair novamente. O que o destino reservou para essa jovem?


Em uma leitura rápida, acompanhamos a trajetória de Isabel durante as fases da vida. A jovem passou por muitas coisas durante a sua caminhada e a cada novo acontecimento traumático, eu sentia  a sua angústia e torcia para que tudo se resolvesse.
Isabel vai passar por vários momentos que a farão perder a fé em Deus e são nesses momentos que tudo irá desandar, e ela apenas irá se afundar.

A autora abordou alguns temas interessantes durante a narrativa, como o relacionamento abusivo e os motivos das vítimas não denunciarem seus parceiros. Essa situação é mais comum do que imaginamos e apesar de acharmos que denunciaríamos se estivéssemos do outro lado, é impossível afirmar com certeza.

Outros assuntos tratados são a gravidez na adolescência, o aborto e a depressão. Os temas são vistos de forma rápida, mas suficiente para nos fazer refletir sobre eles.
O único ponto que me "incomodou" durante a leitura foi a parte que aborda a depressão, por uma frase em particular.
"Se Deus não lhe deu um milagre, você é um milagre para a salvação de outras pessoas."
A mensagem do livro é clara desde o início: precisamos de Deus guiando às nossas vidas. Através da Isabel, a autora exemplificou como o afastamento dEle acaba corroborando em uma vida de tristeza e solidão.
É impossível você ler essas páginas e não sentir a presença de Deus. Em dois capítulos seguidos chorei sem parar, pois sentia que estava sendo transbordada da presença dEle. 

Esta leitura se tornou uma experiência incrível. Você sentir essa conexão com Deus nas linhas e sentir que de fato você não está sozinho é renovador.
Toda a construção da história é simples, mas se torna significativa pelas reflexões que contêm em suas entrelinhas.

O desfecho me deixou com aquele gostinho de quero mais, porém é dele que podemos tirar mais uma bela lição: a de que a vida é para ser vivida e que Deus se encarrega de cruzar todos os caminhos.
"Muitas vezes somos falsos cristãos; em alguns dias estamos do lado dEle, em outros dias nos afastamos, e vamos levando a vida assim."
Se não fosse o seu amor é um livro tocante e único. Com uma escrita simples, a Larissa consegue nos tocar com suas palavras e nos fazer sentir Deus em cada linha.
Com a Isabel aprendemos que nos afastar dos caminhos dEle só nos levará para baixo. São nos momentos críticos que precisamos confiar no seu agir.

Beijos da Lice

3 comentários

  1. oi!
    Eu adorei a dica :D gostei da capa, eu busco ler sempre livros que nos fazem refletir e este é um deles. ;)

    ResponderExcluir
  2. É um livro que eu gostaria muito de ler pois amo livros com temáticas assim. Muito agrega na nossa fé, de sentir a dor do outro e refletirmos. Gostei demais da resenha!

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem? Que capa mais bonita passa uma paz tão grande. Estou gostando muito dos lançamentos da Coerência. Estou no meu segundo título e gostando dos autores e das histórias. O enredo desse é bem interessante e nunca li algo assim. Acredito que tudo o que acontece em nossas vidas nos faz amadurecer e ser pessoas melhores. E isso se reflete nas decisões que tomamos. Fiquei curiosa para ler. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir