[Resenha] À Beira da Loucura - B. A. Paris

Olá leitores, tudo bem?

Ganhei esse thriller em um amigo secreto no fim do ano passado e desde então estava bem curiosa para conhecer a obra. E quando li, fiquei completamente apaixonada! Essa foi mais uma leitura do #AbadaLiterario.

À Beira da Loucura 
Autora: B. A. Paris
Páginas: 350
Editora: Galera Record
Onde comprar: Amazon
Nota: 
*Livro do acervo da blogueira
SINOPSE: Em quem mais confiar quando não se pode confiar em si mesmo? Cass está sendo consumida pela culpa desde a noite em que viu uma mulher dentro de um carro parado na estrada perto de sua casa, durante uma terrível tempestade, e tomou a decisão de não sair para ajudá-la. No dia seguinte, aquela mesma mulher foi encontrada morta naquele exato lugar. Cass tenta se convencer de que não havia nada que pudesse ter feito. E, talvez, se tivesse ido ajudá-la, poderia ela mesma estar morta agora. Mas nada disso é o suficiente para aplacar a angústia que sente, principalmente considerando o fato de que o assassinato aconteceu ali do lado, bem perto de sua casa isolada ― e que o assassino ainda está à solta. Então, depois da tragédia, Cass começa a ter lapsos de memória: não consegue se lembrar de ter encomendado um alarme para casa, não sabe onde deixou o carro, muito menos por que teria comprado um carrinho de bebê quando nem filhos tem. A única coisa que ela não consegue esquecer é Jane, a mulher que poderia ter salvado, e a culpa terrível que a corrói por dentro. Tampouco consegue esquecer as ligações silenciosas que vem recebendo, nem a sensação de que está sendo observada. Seria possível que o assassino a tivesse visto, parada no acostamento, enquanto decidia se ajudaria a mulher ou não? Será que ele está tentando assustá-la para que ela não conte nada à polícia? Mas como alguém poderia acreditar em seus temores quando nem mesmo ela é capaz de saber o que é verdade e o que é mentira? E como Cass pode acreditar em si mesma quando tudo ao seu redor parece provar que está ficando louca?
Cass é uma professora e quando está voltando de um jantar de fim de ano letivo, decide pegar um atalho pelo bosque, mesmo quando seu marido, Matthew, a pede para não fazer isto.
É uma noite chuvosa e ao chegar no fim da estrada do bosque, ela se depara com um carro parado com uma mulher ao volante. Como está tudo embaçado pela chuva, ela não consegue distinguir a face da mulher. Em um primeiro momento, ela pensa que o carro enguiçou, mas como a mulher não faz sinal de ajuda, Cass vai para casa.

No outro dia, uma notícia atormenta Cass: uma mulher foi encontrada assassinada no acostamento do bosque. No mesmo instante a imagem da mulher que Cass viu no dia anterior volta a sua mente, mas ele decide não comentar o fato com ninguém.
"A possibilidade de ter demência me fez perder toda a confiança em mim mesma."
Em meio a culpa de ter deixado a "mulher para morrer", Cass também terá que lidar com os seus frequentes lapsos de memória. Tudo começa a ficar mais sério quando sua amiga, Rachel, pergunta sobre o presente de Susie que ela deveria ter comprado. 
Cass está preocupada com isso porque sua mãe foi diagnosticada com demência e logo depois faleceu. Aconteceria o mesmo com ela?

Quando descobre que a mulher morta era Jane, uma amiga que fez na semana passada, o pânico se instaura em Cass. A cada dia os lapsos parecem piorar e coisas estranhas começam a acontecer, tem alguém atrás dela. Será o assassino? 

Cass não pode confiar em si mesma. Sua memória estaria lhe pregando uma peça? Ela estaria ficando louca? Ou tudo era real?


Que thriller incrível! Comecei essa leitura sem saber o que esperar e fui arrematada pelo enredo.
Narrado pela Cass, somos capaz de sentir o pânico dela a todo momento e isto é a grande sacada da narrativa. Ela começa a esquecer as coisas que faz durante o dia e isso só vai piorando durante o enredo.

Como ela tem receio de ser diagnosticada com demência, as coisas que começam a acontecer com ela apenas a deixam com medo.
Quando a Cass começa a achar que está sendo perseguida pelo assassino de Jane, tudo desanda de uma vez. O casamento dela que parecia tão perfeito, vai criando rachaduras, e a mente dela entra em pane.
"Continuo lúcida o suficiente para compreender que, apesar de ser minha salvação, o remédio também será minha morte, de uma forma ou de outra."
Os personagens dessa história são muito bem construídos. Cass é uma jovem que perdeu os pais cedo, mas herdou uma boa grana. Ela conhece Rachel, sua melhor amiga, desde sempre e elas possuem uma relação de irmãs. Já o marido, Matthew, ela conhece a relativamente pouco tempo e foi um relacionamento que se desenvolveu rapidamente.

Sério, eu queria muito falar mais sobre esta obra, mas não o posso fazer, infelizmente. O que posso afirmar é que a B. A. Paris vai amarrando todas as pontas da sua história ao longo do enredo e que ela me surpreendeu completamente com o final. Levei um belo tapa na cara quando tudo foi revelado e acredite, tem muita coisa por trás da vida da Cass. Eu só queria gritar lendo as páginas finais!

A escrita é um dos grandes trunfos do livro, já que a autora consegue nos conduzir pela mente da Cass e instaurar todos os medos, dúvidas e certezas da personagem. 
O plot twist foi maravilhoso, eu tinha criado algumas teorias ao longo da leitura, mas não consegui chegar perto da que de fato se confirmou verdadeira.
"A culpa e o medo podaram minha confiança."
À Beira da Loucura é um thriller psicológico que vai mexer com o leitor. Junto com a Cass vamos questionar nossa sanidade e não sabemos se podemos confiar na mente dela. Um jogo psicológico foi feito, mas seria por alguém ou pela própria Cass? Quando sua mente falha, no que você pode confiar? A loucura está abraçando a Cass e parece que só resta a ela se jogar do precipício...

Beijos da Lice

20 comentários

  1. Como sempre, inicialmente, parabéns pela escrita. Conseguiu transmitir o enredo sem "dar spoiler". Ainda, a trama pareceu ser muito interessante, principalmente o mote dos lapsos de memória. Excelente sacada que dá margem para muitos desdobramentos. A descricão da sua reacão quando lendo as páginas finais sugere que o autor aproveitou essa margem. Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os lapsos de memória são um ponto crucial no enredo e que consegue nos envolver por completo. A autora conseguiu me fisgar completamente.

      Excluir
  2. oi!
    A história bem amarrada,e um dos finais menos surpreendentes e mais frustrantes que ja li...trata de um suspense razoável...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que não tenha sido uma boa experiência para você. Eu realmente gostei do final e ele me surpreendeu no que se trata ao desenrolamento e a junção dos fatos!

      Excluir
  3. Nossa! Me lembrou American Horror Story: Hotel kkkk

    Já bolei a teoria de que Cass é assassina, mas ela desassocia e não se lembra dos crimes que comete. Será?



    ______
    Sobre mim:
    Jovem estudante entusiasta de Psicologia que sofre com Transtorno Afetivo Bipolar (TAB). No meu blog você vai encontrar desde artigos técnicos informativos de Psicologia, Psicanálise e Saúde Mental, a também reflexões, desenhos e poemas de minha autoria.

    ______
    🌐 Relatos de um Garoto de Outro Planeta
    👍 Facebook: Relatos de um Garoto de Outro Planeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha é um bom palpite, mas não sei se é isso mesmo.

      Excluir
  4. Já li, mas achei bem mais ou menos... Um final mal construído, por sinal... Ao contrário da sua rezenha que até valoriza um pouco a obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena que não tenha gostado. Realmente foi uma leitura que me fisgou e que gostei muito do final, pois quebrou todas as minhas teorias. Mas, cada um com a sua opinião...

      Excluir
  5. Nossa mano, eu amei! Alguém me dá esse livro? 😂 Adorei sua resenha e já quero esse livro! ❤

    ResponderExcluir
  6. Nossa, esse livro acabou de entrar na minha lista de desejados e espero logo estar lendo-o. Essa história deve ser fabulosa, que enredo surpreendente e intenso ele possui. A capa também é sinistra, mas bela ao mesmo tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho essa capa linda. Quanto ao enredo, conseguiu me fisgar e adorei. Se ler, depois me conta o que achou!

      Excluir
  7. Oi, tudo bem? Que resenha mais incrível. E que thriller! Gosto muito de enredos que prendem nossa atenção e nos deixam com falta de ar em alguns momentos. Tinha visto essa capa pela internet e fiquei bem interessada na leitura. Esse é um dos meus gêneros favoritos. Pela capa já percebemos que a história promete. Mais um pra minha listinha. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que possa ler e tirar suas próprias conclusões. Para mim foi uma leitura que valeu muito a pena!

      Excluir
  8. Olá
    Uau adoro protagonistas com lapsos de memória, isso dá um tchan a mais no mistério,pois nos faz duvidar do personagem deixando tudo muito mais interessante, estou com uma lista de Thrillers para ler, agora tenho mais um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto quando a memória entra em jogo, pois passamos a questionar tudo!

      Excluir
  9. Oi,tudo bem ?

    Não conhecia o livro, mas fiquei encantada após conhecer o seu ponto de vista da obra e achei a proposta bastante atrativa assim como os trechos ressaltados. Sua nota para a leitura só confirmou seus pontos forte e o quanto o livro é uma boa indicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, foi um livro que realmente me agradou, me prendeu e me deu uma boa finalização. Espero que possa ler e tirar suas conclusões!

      Excluir
  10. Oi Alice,

    CHO CA DA estou com essa história!!!!!! Confesso que não leio thrilers por motivos de: medo até da minha sombra, mas eu fiquei completamente fascinada pela premissa desse livro.
    Saber que a escrita da autora faz com que a gente entre na mente da personagem e sofra das mesmas dúvidas que ela, me deixou arrepiada. Quero ler esse livro pra ontem, socorro!

    Grande beijo,
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Adoro livros de suspense, mas esse eu ainda não comprei, pois li críticas bem divididas. Muita gente amou e muita gente detestou. Quero eu mesma ler e tirar conclusão, mas já fiquei mais animada ao ler sua resenha e a nota que você atribuiu a ele. Assim que eu terminar o livro que estou lendo, vou comprar este.

    Beijos,
    https://blogmetamorfoses.com

    ResponderExcluir