[Série] Sex Education


Olá viciados em série, tudo bem?

Recentemente a Netflix lançou mais uma série original, Sex Education. Resolvi maratonar depois de ver alguns elogios e hoje venho trazer a minha opinião. 

Otis (Asa Butterfield) é um adolescente virgem, que não segue sequer se masturbar. Ele tem como melhor amigo Eric (Ncuti Gatwa), que é um gay assumido para o colégio. A mãe de Otis, Jean (Gillian Anderson), é uma terapeuta sexual que trabalha em casa, então ele tem um ambiente familiar que lembra sexo o tempo todo. Jean também não namora ninguém desde que se separou, mas sempre transa com uma de suas conquistas em casa, e Otis é "obrigado" a ouvir tudo.

O novo ano escolar começou e Eric, como sempre, está muito animado, querendo se aproximar dos populares.
A vida de Otis e Eric seguia o mesmo rumo, até que Otis acaba tendo o destino cruzado com Maeve Wiley (Emma Mackey). Ela é conhecida como a vadia do colégio e tem uma cara de mal que assusta qualquer um.

Quando Maeve presencia Otis dando conselhos sexuais a Adam Groff (Connor Swindells), ela sabe que pode tirar algum proveito disso.
Assim, Maeve propõe que ele se torne um terapeuta sexual dos adolescentes do colégio. Ela arruma os clientes, ele faz as consultas e ambos dividem os lucros.

Otis acaba topando, e assim tudo a sua volta começa a mudar... 

Na sequência: Adam, Jackson, Aimee, Eric, Maeve e Otis
Sex Education não é uma série que fala apenas sobre sexo entre adolescentes. Com um enredo denso, a série traz temas como homofobia, aborto na adolescência, bullying, descoberta da orientação sexual e problemas familiares. 

Otis é um garoto que de certa forma se sente incomodado pelo fato de não conseguir se masturbar. Como tem uma mãe que é terapeuta sexual, ela está sempre o observando e analisando-o, o que causa conflito na relação deles. É um garoto tímido e muitas vezes se retrai em suas atitudes.
A interpretação do Asa é sensacional. Ele consegue passar todo o sentimento que o Otis sente e passa aquela sensação de personagem "bobinho" que vai tendo uma crescente leve durante os episódios.

Maeve é o oposto de Otis. Ela tem um estilo punk e é conhecida como uma vadia. Tem a postura de quem não liga para o que falam dela, mas no fundo guarda outra personalidade. Ela é inteligente e tem uma família completamente quebrada, tendo que se virar sozinha no mundo.

Mas, o destaque mesmo fica para Eric. O melhor amigo de Otis não tenta esconder quem ele no colégio. Ele é sempre alegre, gosta de se vestir de forma extravagante e sempre está sonhando alto.  Eric é o responsável pelas partes de comédia da série e me fez gargalhar horrores, simplesmente amei ele. Uma cena que acontece com ele partiu meu coração e me fez derramar algumas lágrimas, mas é muito importante para a série.


O foco não é apenas nos "protagonistas", todos os personagens têm sua história sendo contada e seus dramas sendo apresentados. Cada episódio tem foco em um deles, mas todos acabam sempre envolvidos com Otis e Maeve, tentando ajudá-los.
Adam Groff, por exemplo, é filho do diretor da escola e sofre com essa pressão de "ser perfeito", de fazer tudo certo e de não decepcionar seu pai. Ele é um personagem que no início aparenta não ter grande importância, mas que depois mostra sua mensagem dentro do enredo.

A primeira temporada tem 8 episódios que possuem em torno de 55 minutos cada e achei um tempo justo, já que muitos temas são abordados e desta forma conseguem fazer esta abordagem com consciência e importância.
Cada episódio começa sendo narrado por um personagem diferente, o que é um ponto de destaque e volta naquela questão de todos terem seus dramas abordados.

A mãe de Otis também merece certo destaque. Como terapeuta sexual ela é bem livre, e não tenta limitar o filho de forma algum. Ela é uma daquelas mães bem pra frente e que nos conquistam por seu jeitinho de ser.

Otis e Jean, sua mãe
O desfecho da primeira temporada acontece em um momento que deixa o telespectador esperando por mais. 
Cheguei ao último episódio sem perceber que era o último e quando acabou fiquei com aquela sensação de "cadê o resto?". Espero sinceramente que tenha uma segunda temporada, pois preciso de mais dessa turminha.

Sex Education é precisa nos assuntos levantados e consegue mostrar todas as confusões que os adolescentes vivem e não apenas as sexuais. Tem comédia, drama familiar e adolescentes tentando ser "gente grande". O telespectador vai sorrir, vai chorar, vai tirar lições importantes e vai aprender principalmente que alguns assuntos precisam ser debatidos entre todos. 
Mais do que recomendado! Só assistam porque vale muito a pena!

Trailer da Série

Beijos da Lice

15 comentários

  1. Oie
    É o segundo post que vejo sobre esta série, gostei da trama e já quero assistir.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Eu adorei essa série e concordo com tudo o que você apontou aqui. Adoro ver que as pessoas realmente valorizam o Eric, e a cena que te partiu o coração foi TÃO difícil de assistir :( fico feliz que tudo tenha melhorado mais para o final e também preciso de uma continuação!!! O elenco é maravilhoso dentro e fora da série. Uma coisa que gostei muito também é o fato de o garoto mais popular e admirado ser negro, praticar natação e ter duas mães, sofrendo também com ansiedade por ser sempre perfeito e uma família mais rígida do que o esperado.
    Belo post!
    Beijos,
    https://ofantasmaliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu vi na netflix mas ainda nao vi. Gostei de sua explanação da série aqui.

    ResponderExcluir
  4. oi!
    Eu já ouvi falar de Sex Education, mas ainda não assisti nenhum EP. Mas acho que é bem legal ;)

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia a série mas gostei muito da indicação. Assim que puder assistirei Sex Education, a premissa é bastante interessante.

    ResponderExcluir
  6. Já ouvi muitos elogios a essa série, e já estava com vontade de assisti-la. Depois de ler a sua resenha, fiquei com mais vontade ainda. Acho que vou aproveitar o fim de semana para maratonar.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  7. Oi Lice, tudo bem? Tenho visto alguns elogios sobre a série mas confesso que num primeiro momento não me cativou. Talvez seja por causa do elenco. É como num livro as vezes não nos conectamos com os personagens aí não conquista. Achei interessante a série trazer tantos assuntos fortes, com certeza gera debate entre os fãs. Quem sabe dê uma chance. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  8. no facebook só ouço o pessoal falando dessa serie só que confesso que nao vi nada de interessante no começo mais na sua resenha vi que me pareceu ser muito boa a serie vou dar uma chance sim resenha como sempre muito boa

    ResponderExcluir
  9. Eu tava interessada em assistir essa série, porém fiquei com receio de ser algo pesado, mas agora vi que não, vou assistir, amo essas series com comédia adolescente que contam os dramas e problemas da vida jovem.

    ResponderExcluir
  10. Que boa indicação! Já faz tempo que eu não paro e relaxo assistindo uma série TV, mas a ideia não má. Vou me programar!

    ResponderExcluir
  11. Oi
    não sou muito de assistir série não meu dia é sempre corrido mais confesso que fiquei curiosa pra assistir parece ser ótima,obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  12. Achei bem diferente a proposta da série. Ela não tinha despertado meu interesse, mas confesso que fiquei curiosa pra assistir depois do seu post.

    Beeijoos.
    Mayara Drumond.

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem? Tenho ouvido falar bastante dessa série. Mas ainda não me decidi em assistir ou não. Mas seu post está super bem feito, então rola uma curiosidade. Se eu assistir, volto pra dizer se gostei.

    ResponderExcluir
  14. Otis (Asa Butterfield) é um adolescente virgem, que não segue sequer se masturbar. Ele tem como melhor amigo Eric (Ncuti Gatwa), que é um gay assumido para o colégio. A mãe de Otis, Jean (Gillian Anderson), é uma terapeuta sexual que trabalha em casa, então ele tem um ambiente familiar que lembra sexo o tempo todo. Jean também não namora ninguém desde que se separou, mas sempre transa com uma de suas conquistas em casa, e Otis é "obrigado" a ouvir tudo.
    Read more at do choi tinh duc top

    ResponderExcluir