[Resenha] Os Números do Amor - Helen Hoang

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de trazer a resenha de um livro que simplesmente amei e que vai ficar guardado no meu coração em um lugarzinho especial!

Os Números do Amor
Autora: Helen Hoang 
Páginas: 280
Editora: Paralela
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE: Um romance que prova que o amor muitas vezes supera a lógica.Já passou da hora de Stella se casar e constituir família ― pelo menos é isso que sua mãe acha. Mas se relacionar com o sexo oposto não é nada fácil para ela: talentosa e bem-sucedida, a econometrista é portadora de Asperger, um transtorno do espectro autista caracterizado por dificuldades nas relações sociais. Se para ela a análise de dados é uma tarefa simples, lidar com os embaraços que uma interação cara a cara podem trazer parece uma missão impossível. Diante desse impasse, Stella bola um plano bem inusitado: contratar um acompanhante para ensiná-la a ser uma boa namorada. Enfrentando uma pilha cada vez maior de contas, Michael Phan usa seu charme e sua aparência para conseguir um dinheiro extra. O acompanhante de luxo tem uma regra que segue à risca: nada de clientes reincidentes. Mas ele se rende à tentação de quebrá-la quando Stella entra em sua vida com uma proposta nada convencional.Quanto mais tempo passam juntos, mais Michael se encanta com a mente brilhante de Stella. E ela, pela primeira vez, vai se sentir impelida a sair de sua zona de conforto para descobrir a equação do amor.
Stella Lane é uma econometrista bem-sucedida, que conquistou tudo no meio profissional, mas o mesmo não acontece no pessoal. Stella é portadora da síndrome de Asperger, que é um transtorno do espectro do autismo que dificulta sua socialização com as demais pessoas. Ela é extremamente fechada e metódica com as suas tarefas e obrigações.

Com a pressão da sua mãe para que arrume um namorado e depois de escutar de seu colega de trabalho, Philip, que precisa praticar mais sexo, Stella toma uma decisão: vai contratar um acompanhante profissional para lhe ensinar a arte da paixão.
"Aquela era uma das maiores fraquezas de Stella, e uma das características definidoras de sua condição. Não sabia se interessar um pouco pelo que quer que fosse. Ou era indiferente ou... obcecada. E suas manias não eram passageiras. Elas a consumiam, se tornavam parte dela. Stella as nutria, as incorporava à sua vida. Como fazia com o trabalho"
O acompanhante contratado é Michael Larsen, um homem que entrou nessa vida por causas maiores e que trabalha apenas nas sextas-feiras. 
Em um primeiro momento, Michael não acredita que alguém como Stella está o contratando, são sempre senhoras que pedem seus serviços e não alguém como ela: jovem e bonita.

A primeira noite dos dois não sai como planejado, mas por incrível que pareça, Stella se sente à vontade com Michael e beija alguém com veracidade pela primeira vez.
Então ela propõe que eles se encontrem mais vezes para ela praticar. Michael não repete encontros desde que uma cliente ficou obssessiva por ele. Porém, Stella é diferente e Michael não pode deixar alguém tão ingênua cair em mãos erradas.

O que era para ser apenas "aprendizado" vai acabar saindo do controle. O amor seria uma equação capaz de mensurar?
Tinha certeza que iria amar esse livro desde que li a premissa e isto se confirmou completamente com a leitura.
A questão é que não imaginava que a história giraria em torno de Stella aprendendo a fazer sexo, pensei que ela tentaria descobrir como fazer alguém se apaixonar por ela. Mas, o enredo ir por esse lado foi totalmente prazeroso.

Como portadora de um espectro autista, Stella tem as suas "limitações" nas relações interpessoais e vai precisar se esforçar para deixar Michael fazer parte da sua vida aos poucos. Ela vai mostrar o quanto isto não a torna diferente em outras questões. Stella é extremamente inteligente e sua vida regrada e metódica corrobora para ser uma excelente profissional.
Durante a narrativa ela vai evoluir e compreender que o Asperger é parte de quem ela é.
"Ela tinha uma síndrome, mas a síndrome não era aquilo que a definia. Ela era Stella. Um indivíduo único"
Michael, por sua vez, é um personagem que vamos desvendando aos poucos. De início não sabemos os motivos que o levaram a ser um acompanhante profissional, mas tudo vai sendo destrinchado aos poucos. Só posso afirmar que Michael é um ser humano lindo!
Ele vive batalhas internas para não ser alguém que detestaria: seu pai. Michael ainda tem uma família com várias irmãs, uma mãe amorosa e uma avó que não se comunica muito.

A autora trouxe uma cultura bacana para a família de Michael, sua avó e mãe são vietnamistas. Então veremos algumas comidas desse povo, assim como alguns costumes. Adorei essa inserção de cultura,  pois me fez conhecer algo novo e ter o desejo de pesquisar mais a respeito.
O assunto abordado pela autora não foi realizado de forma invasiva ou com aquela sensação de "isso é um problema". Ela abordou de forma natural e focou em como Stella estava recebendo o novo em sua vida.
A Helen, inclusive, traz um texto ao final do livro falando como foi abordar a síndrome de Asperger e que no processo de conhecer mais sobre o assunto, acabou percebendo que também era uma portadora do espectro. Então, a Stella possui muitas características que a Helen fazia sem perceber.

Já que a Stella contratou o Michael para aprender a fazer sexo, é claro que teremos muitas cenas hot's. Mas, são bem escritas e não atrapalham em nada o enredo, apenas acrescentam a trama.
A narrativa é em terceira pessoa, e abarca ambos personagens. Algumas vezes senti falta de entrar completamente na mente da Stella, mas é uma opinião pessoal.

Quanto a edição, segue o padrão da Paralela. A diagramação é simples, mas muito bem feita. Não encontrei erros graves de revisão e a capa é uma bela representatividade da história e do casal.
É um livro capaz de passar muitas lições, te fazer refletir sobre alguns comportamentos e mostrar como estamos suscetíveis a mudar, mesmo quando tudo parece ir na maré contrária.

"Se a amasse, os rótulos não fariam diferença. Ela poderia contar tudo"
Os números do amor é um livro leve, envolvente e apaixonante. Não temos um foco nas limitações de Stella e sim em como ela está se abrindo para o mundo e se permitindo sentir coisas novas. Sua relação com Michael é linda de acompanhar, daquelas que torcemos do início ao fim por um "final feliz". Os dois crescem, amadurecem, buscam sonhos e não desistem de quem são.

Stella vai descobrir que nem tudo se resolve com matemática. A arte do amor pode ser mais complicada do que ela imagina, mas pode começar a ser explicada com cuecas... Quando o amor entra em jogo, talvez os números não sejam suficientes para explicá-lo.

Beijos da Lice

8 comentários

  1. oi!
    Eu adorei a dica :D não conhecia a autora, a historia é bem interessante....

    ResponderExcluir
  2. ler livros com resenhas 'e a melhor escolha que uma pessoa pode fazer. amei!

    ResponderExcluir
  3. Ah que fofo! Eu já tinha ouvido falar desse livro, mas ainda não li, adorei tua resenha, ficou sensacional!
    Eu não sabia que a personagem principal tinha Asperger, isso realmente despertou a minha vontade de ler ele, coloquei na listinha pro ano que vem! <3

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alice.
    Eu não conhecia o livro, mas a capa já chamou minha atenção. A história também me cativou muito.
    Nunca li um livro com essa temática, mas imagino que sejam histórias muito emocionantes.
    Fico feliz em saber que as limitações não impediram a protagonista de vencer na vida, acho que esse livro também é uma história de superação.
    Fiquei com vontade de acompanhar a história do casal. Espero que eu tenha oportunidade de conhecer essa história algum dia.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Amei a sua resenha! Ela esta tão detalhada que deu para eu sentir o quanto você gostou do livro e me deixou super curiosa para ler o livro.

    ResponderExcluir
  6. Sempre adoro suas resenhas. Não sei se lerei o livro mas valei vir aqui só pela resenha.

    ResponderExcluir
  7. Lindo livro segundo seu post, com certeza me despertou uma vontade imensa de le-lo com certeza!!!
    Simplesmente encantos!
    Bjs,
    https://keilycesporkeilaluciablog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Que amor de resenha! Confesso que ainda estou com um pé atras com esta história apos uma resenha bem negativa que li. Mas me empolguei com a forma que você falou sobre a história que parece ser tão envolvente. Então irei dar uma chance assim que possivel!

    ResponderExcluir