[Resenha] Desejo Iminente - Francine Locks

Olá leitores,

Faz alguns dias que li o segundo livro da Série Iminente da Francine Locks. Mas só agora parei para escrever a resenha. Espero que vocês gostem de conhecer esse livro. E não deixem de conferir a resenha do primeiro livro: Amor Iminente.

Desejo Iminente
Série: Iminente, II
Autora: F. Locks
Páginas: 459 páginas
Editora: Independente
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Após o fim de um relacionamento perigoso e conturbado, Emmy decide ser uma nova mulher: centrada, independente e cuidadosa. Ao mudar de estado para cursar a faculdade dos seus sonhos, ela não só conhece o garoto problema Enzo Maciel, como divide o mesmo teto que ele.
Um legítimo bad boy: tatuado, confiante e mulherengo, Enzo nem sempre esteve quebrado. Quando seus olhos negros cruzam com a jovem do interior, Emmily Benetti, ele sente na hora que tem um grande problema, mas a química que rola entre os dois é palpável e mais forte do que qualquer indício de bom senso e sensatez. Embora ele saiba que deve manter distância se não quiser magoá-la, ele também está ciente de que ela é uma linha tênue entre sua redenção e destruição.
Enzo Maciel é o famoso cara que pega várias meninas e não está muito preocupado com a vida. Ele divide um apartamento com sua prima, Mia, e seu amigo, Alex. 
Depois de uma noite de bebedeira, ele foi para a faculdade de ressaca e de repente avistou uma garota diferente com Mia, que despertou a sua atenção.

Emmily Benetti é uma jovem que acabou de se mudar do interior para a cidade grande, com o propósito de cursar a faculdade dos seus sonhos. 
Após um primeiro dia de faculdade horrível, onde acabou chamando a atenção negativamente do professor, ela acabou conhecendo Mia, uma colega de disciplina.
"Preferia ser o enzo Maciel que era desprezado pelos amigos do que amparado pelos mesmos"
E ao sair pelos corredores com Mia, ela acabou esbarrando com um cara que possui um sorriso lindo, que zombou da sua calcinha rosa quando ela abaixou.
Foi assim que o caminho de Enzo e Emmily se cruzaram, mas engana-se quem pensa que entre eles existe apenas esse encontro casual.

Enzo não liga para nada a sua volta, ele teve uma perda recentemente, que acabou abalando toda a sua estrutura. Ele apenas dispersa de tudo com as suas corridas clandestinas de carro, que usa para se sustentar, e com a bebida e mulheres. Sua "foda casual" é Rebecca, que nutre um sentimento por ele a muito tempo.

Emmy, por sua vez, deixou na sua cidadezinha muitos traumas que não pretende reviver. A amizade com Mia vai lhe mostrar outras facetas da vida, como as noites em corridas.
Quando seu pai sofre uma perda em sua plantação e o dinheiro fica escasso, Emmy fica perto de voltar para casa, mas uma proposta de Mia muda tudo.
"Sou um convite para o inferno, Emmy. É melhor você ficar bem longe"
É assim que Emmy vai morar com Mia, Enzo e Alex. Ela sabe que não deve se envolver com Enzo, pois ele não presta, mas conhecer e viver perto dele a cada dia começará a lhe perturbar. 
Com um desejo intenso pairando entre eles, não há segurança. A destruição pode estar logo ali...
Desejo Iminente pode ser considerado um clichê, mas é um clichê muito bem escrito. E como fã do clichê, adorei esta história.
A Francine acrescentou alguns elementos para dar a obra uma pitada de drama e aquele suspense/ação. 

Emmy passou por uma situação bem traumática no passado e tudo está voltando para a sua vida. E ela precisará lidar com todo o drama novamente. Por causa disso, ela tomará algumas atitudes impulsionadas pelo medo e isto desencadeará muitas consequências para a trama.
Com Enzo, as coisas não são diferentes. Recentemente, ele perdeu seu irmão mais novo em um acidente em uma das corridas que participava. Ele se sente culpado por isso, e este fato o fez entrar de cabeça nas noitadas com bebidas e mulheres. De certa forma, Enzo está desistindo da vida aos poucos, querendo se afundar para aliviar as dores da alma.
"Ele ligou o botão foda-se e está vivendo a vida o piloto automático"
Os dois personagens principais possuem traumas, mas eles resolveram lidar com eles de maneira diferente. Emmy é mais fechada para o mundo, focada em suas leituras. Já Enzo quis viver intensamente, sem se preocupar com o amanhã.
E esta diferença entre os dois vai complicar ainda mais um possível relacionamento. Emmy vai ser alertada por Mia para não se envolver com seu primo, pois ela sabe como ele é. E Enzo também sabe que Emmy é preciosa demais para ser machucada por seus erros.

O mais bacana é que não temos apenas foco neles dois, também veremos de fundo o relacionamento de Mia e Alex. os dois são amigos a muito tempo e dentro da narrativa começarão a finalmente se envolver. Eu adorei ver eles de fundo, pois eles possuem uma sintonia maravilhosa.

A escrita da Francine é deliciosa, li a obra de uma vez, pois o enredo é fluído e consegue nos prender do início ao fim. 
Durante a narrativa, a autora vai empregar algumas situações que te causam raiva, momentos sentimentais e confusão.
"Meu bad boy estava quebrado e eu nunca conseguiria consertá-lo, porque não se conserta a dor de uma perda"
Enzo conseguiu me deixar com muita raiva em alguns momentos, assim como a Rebecca, que me causou um ranço enorme. Ele vai cometer alguns erros que estressam, mas que acabam sendo compreensíveis, diante das situações apresentadas.
Alguns temas importantes também vão entrar em pauta, mas não vou citá-los aqui, pois creio que o leitor deva se surpreender com os mesmos. 

Desejo Iminente é um livro sobre fantasmas internos. Emmy e Enzo estão passando por momentos de trevas e precisarão lidar com as adversidades da vida e um sentimento completamente novo. 
Ação, drama e romance preencherão essas páginas, com uma escrita fluida e um enredo coerente, onde o desejo é concreto.
Talvez, duas metades completem um inteiro. E talvez, duas partes repletas de trevas encontrem a luz...

Beijos da Lice 

11 comentários

  1. Acho bonito quando dois corações partidos conseguem superar seus traumas através do amor. Histórias bem escritas são sempre bem-vindas, mesmo sendo clichês.

    ResponderExcluir
  2. Os dois personagens têm muito em comum, além dos traumas, a vontade de fazer com que um amor dê certo, o livro está bem avaliado e trata de um tema que parece ter voltado a ficar em alta.
    A personagem parece ser bastante madura, em saber administrar a situação e entender bem o seu par.
    Emerson Lemes

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Então Alice, eu (Yvens) não conhecia esse livro, mas achei interessante demonstrar a superação de traumas por meio do amor. Essa parece ser uma história tocante e envolvente, gostei da sua resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Eu também curto certo clichês, mas acho que aquelas surpresas no decorrer da obra dão um certo tempero a narrativa. Eu particularmente gosto de romances que trabalham com ação, mais em filmes que em livros por que sou muito visual, no entanto, eu sou a louca apaixonada por livros e eles sempre serão meus preferidos quando se trata de histórias de amor. Obrigada pela dica amora!

    ResponderExcluir
  5. Olá, amei conhecer esse romance pela sua resenha. Os protagonistas parecem ter enfrentado situações bem difíceis até se encontrarem, fiquei curiosa para ler e conferir como será o relacionamento desses dois.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    A premissa é muito boa, confesso que tenho muito medo desses livros com personagens que tem traumas, pois acredito que deve ser muito complicado e delicado escreve-los sem acabar criando personagens egoístas. Mas este livro me chamou atenção, vou dar uma chance e espero gostar. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  7. Ola Alice,
    Gostei do Post, eu não conhecia o livro e nem a autor, mas parece se um livro bom, e que eu leria. Gostei dos quotes que você escolheu.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ola Alice,
    Gostei do Post, estava pesquisando sobre o livro para dar de presente, e acabei caindo aqui!
    Ótima resenha!
    Até

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Que bom que gostou do livro, sempre fico torcendo para que os autores nacionais sejam abraçados pelos fãs do gênero que eles se dispuseram a escrever. Não sou muito fã de romances e esses mais dramáticos e com personagens traumatizados acabam não me chamando muito a atenção.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Gostei da sua resenha. Não curto muito esse gênero, mas parece que você gostou bastante do livro. Esses clichês são sempre muito interessantes :)

    ResponderExcluir
  11. Oi, Alice! =)
    Como vai, lindona?

    Li a resenha toda e vou escrever uma parte da sinopse que vai traduzir muito do que porque não me interessei pelo livro e costumo não me interessar pelo gênero.

    "Um legítimo bad boy: tatuado, confiante e mulherengo..."

    Parece que vejo os livros se repetirem nisso, sempre o mesmo clichÊ (e olhe que gosto de clichÊ)... mas as vezes não dá. Amei a capa. Q olhar lindo desse boy!

    Acho que para quem curte o gênero é um prato cheio e nem duvido que seja muito bem escrito.

    Bjão,
    Diego França - www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir