[Resenha] Reaprendendo a amar - Carol Cappia

Olá amores,

Algum tempo atrás apresentei a nova Editora parceira do blog e agora venho trazer a primeira resenha de um livro deles. Foi uma grata surpresa e espero que gostem de conhecer!

Reaprendendo a amar
Autora: Carol Cappia
Páginas: 205
Editora: Cappia
Onde Comprar: Editora Cappia / Amazon
Nota: 
*E-book cedido pela Editora
SINOPSE: Após perder a mulher e a filha em um trágico acidente, Rule Jackson não vê mais sentido na vida. Nem sua profissão de bombeiro, que ele tanta ama, consegue curar a dor e o vazio em seu peito. Mesmo 10 anos depois do acidente, ele ainda revive aquela fatídica noite.
Rule se torna um homem frio, depressivo e rude. Tudo o que ele jamais foi. Ele se entrega ao álcool todas as noites, com a intenção de esquecer sua vida, suas dores, seus amores.
Mas o destino se encarrega de colocar em sua vida um novo sentido, o que pode ser um recomeço. Será Rule capaz de apagar as marcas do passado, enterrar seus traumas e ser feliz novamente?
Rule Jackson é um bombeiro que tinha uma vida perfeita. Era casado com Camila e tinha uma filha de 5 anos, Joly.
Com o trabalho puxado de Rule, a família não tinha muito tempo para aproveitar os momentos juntos. E com o propósito de mudar tal situação, ele decide levar a família para viajar. Mas, nem tudo sai como o planejado... No meio do caminho, um animal entra na frente do carro e um acidente acontece. A mulher e a filha de Rule morrem, e ele se despedaça...

Dez anos depois do acidente, Rule não vive, apenas existe. A rotina do bombeiro é dividida entre momentos no trabalho e a bebedeira excedente.
Scoth, um senhor que tem Rule como um filho tenta ajudá-lo voltar a vida, mas Rule não pretende fazer isto. É por Scoth que ele acaba descobrindo que será afastado da corporação por causa do alcoolismo.
"Como alguém tão pequeno pode causar sentimentos tão grandes?"
Na mesma noite que descobre o que pode acontecer com seu futuro, Rule decide dar uma volta para espairecer. E assim acaba presenciando um acidente. Um carro desgovernado bate em uma árvore.
No carro estão uma mulher e uma menininha, que fica assustada com tudo que está acontecendo. A garotinha se apresenta como Melissa.

Mel é reticente com as pessoas ao seu redor, mas parece não se fechar com Rule. A menina revela que tem 4 anos e que sua mãe se chama Lori. Um laço é criado instantaneamente entre os dois e Rule fica com ela no hospital.
A mãe de Mel está em coma induzido e como não acharam documentos que mostrem a identidade da mãe ou da filha, a garota irá para um abrigo até a mãe acordar.

Rule não pode deixar Mel ir para um abrigo e decide ir atrás do seu ex-cunhado que é juiz e obter o direito de ficar com a menina enquanto a mãe dela está no hospital. E com Mel em sua vida, tudo vai mudar. Finalmente Rule vai começar a viver novamente. Ele irá perceber que mãe e filha talvez não tenham tido uma vida fácil até aquele momento.
"A interação entre os dois é algo incrível. É como se fossem pai e filha e não duas pessoas que se conhecem há tão pouco tempo."
Quem são Lori e Mel? Por que elas não carregavam documentos? Rule vai sair do fundo do poço?
Livros como esse são o meu fraco. Sou apaixonada por histórias que envolvam crianças e principalmente que mostram o recomeço.
Rule era um homem quebrado. Depois da sua perda, ele se transformou em alguém frio, que buscava no álcool a cura para a sua dor interna.

Com a chegada de Mel, a vida dele vai mudar completamente. Ele vai perceber o quanto se afundou nos últimos 10 anos e como afastou as pessoas que se importavam com ele. Scoth e sua esposa Nancy, sempre tentaram "resgatá-lo", mas Rule não estava disposto.

Mel é uma pequena adorável. Com apenas 4 anos ela é articulada e consegue demonstrar através de suas ações o medo do que aconteceu no seu passado.
Tudo indica que ela e a mãe estavam fugindo. De quem e por quê? Só Lori acordando para explicar.
"Ela, com seu jeitinho, conseguiu quebrar todas as minhas barreiras e me trazer de volta à vida. Mel é meu anjo, minha luz no fim do túnel"
A narração gira em torno de Rule e Mel, e vamos percebendo o quanto essa interação entre eles acaba beneficiando os dois. Um amor genuíno vai nascer desta relação, cativando nosso coração.
É claro que teremos mais um pouco de drama nessa história, que foi muito bem empregado, diga-se de passagem.

Em alguns momentos achei a narração corrida, mas não é algo que vá atrapalhar sua experiência de leitura, visto que a escrita da Carol é totalmente fluída e me levou a finalizar a obra de uma vez. A Carol emprega elementos um tanto quanto clichês, mas sua condução do enredo e da proposta foram bem feitos, você começa a ler e se envolve com os personagens.

Os temas abordados são de extrema importância. Quando perdemos alguém do nosso convívio, é inevitável que uma parte nossa não se perca. Mas, saber recomeçar é a parte complicada. Se entregar a tristeza aparentemente é fácil, mas as consequências e quem você se torna é o difícil. 
"Em meio a toda essa bagunça, meu sentimento por você é a única certeza que tenho nesse momento"
Como li a edição em e-book não tenho como analisar a diagramação do livro físico, mas adoro a ideia da capa, representa bem o contexto do livro. Quanto a revisão, achei alguns erros ortográficos, mas nada muito grave.
O trabalho da Editora foi bem feito e estou curiosa para ler outros livros deles, pois a chance de gostar é alta.

Rule, Mel e Lori vão precisar recomeçar. Cada um carrega suas próprias dores internas e traumas, e a garotinha de 4 anos vai ser a alegria em meio a um mar de destruição. 
Com a dor, renegar o amor se torna fácil. Em meio a traumas, é preciso reaprender a amar...

Beijos da Lice

10 comentários

  1. Gente, que amor esse livro, passa uma mensagem linda. Me interessei muito em ler.. ainda não conhecia a autora, parece maravilhosa.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que sinopse marcante. Parece muito com um livro que li no início do ano. Gostei muito da resenha, quero adquirir o livro e ficar ainda mais por dentro sobre a história de Rule. Obrigada pela dica, ah! não conhecia a editora, amei conhecer

    ResponderExcluir
  3. oi!
    Eu adorei o livro a mensagem é muito boa, não conhecia a autora. Vou colocar na lista de leitura ;)

    ResponderExcluir
  4. Caramba! A leitura te empolgou muito nota-se! rs
    Gostei da sinopse e a resenha tá de parabéns, só não sei se estou no momento de ler, estou meia brigada com o amor romântico embora parece que o tema pode ser bem o que preciso. rs
    Vou guardar, quem sabe?
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Recomeçar após um trauma grande desses não deve ser fácil. Com certeza um livro emocionante e com superação!

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro e nem a autora, mas fiquei super curiosa para ler. O enredo é um tanto clichê, mas amo livros que trazem superação e pessoas redescobrindo um sentido na vida. Além disso, gosto muito de enredos que envolvem crianças e dramas familiares. Ou seja, acho que tem tudo para eu gostar desse.
    Adorei a sua resenha e já anotei a dica para ler futuramente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Eu já li esse livro e amei tanto!!! O amor que surge entre Ruli e a Mel é tão lindo, gosto demais de livros com pais e filhas! A mel é um doce de criança! Vale muito a pena a leitura! Adorei ver a indicação de um livro que tanto adoro! Beijos

    ResponderExcluir
  8. achei a historia tao bonita e envolvedora que nos apresenta um enredo que nos prende do começo ao fim pelo que deu para perceber adorei conhecer o livro e a autora tambem

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem? Ah, que resenha mais legal. Achei a proposta bem interessante. Faz pouco tempo que conheci a editora e gostei muito dos lançamentos, espero ler algo deles em breve. Com relação ao enredo me fez lembrar um pouco o filme Um laço de amor. Crianças sempre mudam a vida das pessoas. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    AMO histórias de superações e essa parece ser incrível, adorei a sinopse e o modo de como você escrever a resenha, parabéns!

    Abraços, Leonardo do Porão Literário
    http://oporaoliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir