[Resenha] A Maldição de Arthur: Imortal - Graci Rocha

Olá leitores, tudo bem?

Hoje venho trazer a resenha de um livro que é simplesmente maravilhoso, do tipo que te prender e contêm um enredo bem amarrado.

A Maldição de Arthur
Série: Imortal, Livro I
Autora: Graci Rocha
Páginas: 300 páginas
Editora: Pendragon
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
*Livro cedido pela autora
SINOPSE: Cass é filha do diabo e não pode fazer nada a esse respeito, a não ser entrar em uma pequena guerrinha pessoal e tentar atrapalhar todos os planos dele de dominar o mundo.
Pelo menos é isso que ela acredita que está fazendo ao despachar as criaturas fedorentas que tentam invadir o plano mortal.
Depois de enfrentar uma poderosa invocadora Cass e seu fiel escudeiro, Luke, o americano metido a cowboy e melhor amigo/quase par romântico, recebem um recado de uma viajante do astral. Cass precisa encontrar o amuleto de sangue e partir para o continente perdido, para salvar um povo que está sendo assolado por um demônio terrível.
Cass quer tudo menos entrar nessa aventura.
Mas a viajante é muito convincente e faz com que a imortal viaje para a Escócia, em busca do poderoso medalhão da família Pendragon. O problema é que o dono do medalhão está morto e seu irmão gêmeo, Lancelot é um imortal que não pode ver um rabo de saia.
Um portal, um rei lagarto e uma noiva roubada. Essa é a missão que os levará a comprovar que imortais também podem morrer. Do jeito certo, é claro.
Cass é filha do diabo e junto com Luke vive derrotando seres sobrenaturais que tentam destruir o equilíbrio terrestre, que em grande parte são enviados por seu querido pai.
Ao contrário de Cass, que tem poderes extraordinários, Luke é apenas um humano, que no passado foi salvo por ela. Enquanto Cass é racional, Luke é o lado emocional. Ele, inclusive, é apaixonado por ela.

Quando estão expulsando a demônia Della de uma cidade, tudo sai do controle de Cass. Em troca da expulsão de Della, um guardião do meio (purgatório) oferece a Cass uma mensagem de uma viajante, que lhe informa que aquele que a ensinou magia precisa de sua ajuda. Ela precisa encontrar o medalhão de sangue e levá-lo para o continente perdido.
"Ela tinha a própria vida, as próprias cicatrizes e amarguras. A imortalidade era uma delas"
Cass sabe que a pessoa que precisa de sua ajuda é Gael, mas não sabe como ele ainda está vivo, pois ele deveria está morto a séculos.
Reticente em reviver momentos do seu passado, Cass se nega a voltar, mas é convencida pela tal viajante.

No passado de Cass estão Lancelot e Rei Arthur, da Távola Redonda, e ela precisará voltar ao castelo que um dia foi seu lar. Reencontrar o mulherengo Lancelot é um teste para seu autocontrole, pois ela possui assuntos do passado mal resolvidos com o Bretão, que ela acredita ter matado Arthur.

Ela não consegue encontrar o que procura no quarto que fora de Arthur e acaba discutindo com Lancelot. Luke apenas acompanha tudo, incomodado pela beleza do Bretão. Porém, Lancelot lhe dar um endereço onde podem encontrar respostas.
E qual não é a surpresa de Cass ao descobrir que Arthur está vivo. O homem com quem ela foi casada no passado e amou fortemente estava vivo este tempo todo e não procurou-a.
"Desde o momento em que vira Cass e sua magia milenar, tivera a certeza de que nunca mais poderia fazer outra coisa senão combater o mal, de preferência ao lado dela"
Com Arthur, Lancelot e Luke, Cass precisará descobrir onde o medalhão de encontra e como pode ajudar Gael. Em meio a isto, ela ainda precisa resolver assuntos do passado que envolvem seu coração.
A filha do diabo encontrará suas respostas?
Que enredo MARAVILHOSO! Ler esta obra foi uma experiência deliciosa e única. O que mais gostei é o fato da autora não apresentar apenas uma fantasia, mas trazer personagens já conhecidos, como o rei Arthur e Lancelot. Para quem já tem um pouco de conhecimento deste universo, vai entrar de cabeça no enredo. Confesso que meu entendimento era limitado, mas as informações são completas e através das dúvidas de Luke vamos criando nosso conhecimento.

Cass não é apenas a filha do diabo, ela é muito mais do que isso. Primeiramente, o diabo aqui é mal como o conhecemos e ela luta para combater os aliados dele, ou seja, ela renegou completamente o posto de filha do diabo. Ela está mais para bruxa (que ela não me veja chamando-a assim), e não sabe a origem de todos os seus poderes.
Na verdade, Cass sobre muito pouco de sua origem, não sabendo quem é a sua mãe. As últimas lembranças que ela tem, foi de quando encontrou Lancelot e Arthur, a mais de mil anos. 
"Quando a morte bate à nossa porta ou a aceitamos ou aprendemos a sobreviver"
O bacana é que além dos fatos que estão ocorrendo no presente, vamos descobrindo o que aconteceu no passado entre Cass e os irmãos Pendragon. De início temos as informações básicas de que ela foi casada com Arthur e que eles se amavam, o que diverge da história conhecida pela maioria, onde supostamente ela amava Lancelot e casou-se com Arthur. Lancelot foi alguém que machucou Cass e ela sente raiva dele. 

Apesar de serem gêmeos, Arthur e Lancelot são completamente distintos em suas personalidades. Arthur nasceu para ser um comandante, já Lancelot é conhecido por suas conquistas e seu jeito sarcástico.
No meio disso, ainda temos Luke, que tem ótimas tiradas e faz bem o papel de ficar confuso com toda a história de Cass. Ele é apaixonado pela imortal, mas tem consciência de que talvez nunca seja olhado com outros olhos por ela.
Como uma série, esse primeiro livro já mostra sua grandiosidade. A Graci fez muito bem o trabalho de nos inserir na trama, despertando nossa curiosidade, desvendando alguns segredos importantes para o enredo e empregando elementos essenciais.

Os três imortais e o humano vão viver uma grande aventura no continente perdido para tentarem ajudar Gael. Este continente tem muitas peculiaridades e eles terão que lutar batalhas que não são suas, e no meio disso precisam sobreviver.

A narração ocorre em terceira pessoa, assim podemos presenciar a percepção de vários personagens e como cada um se sente em relação aos demais. Isto também serve para criarmos empatia por todos eles.
O desfecho não poderia ter sido mais sensacional, acontecem algumas reviravoltas que nos deixam com aquele gostinho de quero mais. 
"Em seu amor não havia mais o egoísmo de antes, nem a ira contida dos rejeitados. Se era Arthur - e ele também amava o irmão, embora raramente se entendessem, - que ela queria, então que fossem felizes"
Além da ação presente durante boa parte do livro, com lutas de tirar o fôlego e a Cass tentando entender melhor quem de fato ela é, veremos também o romance.
Cass tem claramente três opções ao seu dispor e não se sentir confuso é impossível. Arthur foi seu grande amor do passado. Lancelot pode ser um conquistador barato, mas no fundo tem seus sentimentos, e Luke é um humano repleto de amor por ela.
É claro que tenho minha preferência e contrariando as expectativas, meu coração bateu mais forte pelo Lancelot. Mas, não acho que essa seja a escolha dela. Estou ansiosa pelo próximo para saber tudo que vai acontecer.

A Maldição de Arthur é um livro sobre nossas batalhas internas e guerras com o passado. Cass viveu os últimos séculos fugindo das lembranças dolorosas e saber que se enganou todo esse tempo lhe tratá muitas dúvidas. 
Entre erros e acertos, ela cresceu e vai continuar crescendo neste enredo. Não espere um livro monótono, pois este passa longe de ser. Ação e romance permeiam essas páginas, e não se envolver com o enredo é impossível. 
Prepare-se para lidar com uma maldição. Prepare-se para lidar com corações sendo quebrados e conquistados. Prepare-se para lidar com a vida e com a morte. Nem todos podem ser imortais para sempre...
"Vamos salvar o mundo e dar um chute na bunda do diabo"
Beijos da Lice

15 comentários

  1. Adorei o post! Segui o teu blog, podes seguir o meu? :)

    www.aflormaria.blogspot.pt

    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Nossa parece ser um livro. Ainda não li nenhum dessa autora, mas a construção das histórias dela parecem maravilhosas. Irei comprar para ler.

    ResponderExcluir
  3. Uau! É uma história bem diferente do que tenho lido até hoje, possui uma premissa bastante original e forte e nos passa uma mensagem ainda mais intrigante: ninguém escapa da morte, por isso devemos viver da melhor forma.
    Abraços! 😊

    ResponderExcluir
  4. Gente, que mistura louca kkk. Filha do diabo, seres sobrenaturais, depois vão para avalon, Lancelot é um mulherengo na história haha...Achei bem interessante essa resenha, deve ser uma história bem legal de se ler.

    ResponderExcluir
  5. O livro em si já revela ser uma história meio que sombria.
    Achei linda a capa.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Eu gostei da capa 😀 a história é bem interessante. Ja coloquei na lista de leitura..

    ResponderExcluir
  7. Uma ótima indicaCão literária que faz um mix de fantasia mas agrega personagens conhecidos né? bacana isso.

    ResponderExcluir
  8. Olá, como vai?
    Já pela capa eu fiquei curiosa com o livro e lendo a sua resenha eu fiquei ainda mais. Parece ser uma leitura que me agradaria bastante e gostei muito de ter conhecido a obra através da tura resenha. Espero ter a oportunidade de realizar a leitura em breve. Obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Não conhecia a obra mas a Pendragon é uma editora que amo. Além das histórias maravilhosas o visual dos livros nos enche de alegria. A filha do diabo tentando atrapalhar a vida do pai r ainda rodeada pelo rei Arthur e sua trupe me pareceu um enredo e tanto. Não foi atoa que você deu 5 estrelas. Esse certamente vai para a minha lista de leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu amo tudo que tem a ver com o rei Arthur e com certeza quero ler essa versão.
    Parabéns pela resenha. Bjs e obrigada!

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, mas fiquei extremamente curiosa.
    A capa é linda, e a história parece ser fascinante.
    Li um livro com um enredo parecido e se tornou um dos meus favoritos, esse é mais um motivo para eu colocar esse livro na lista de desejados.
    Espero ler em breve e não me decepcionar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Que história linda!
    Eu já tinha visto esse livro e ele me chamou a atenção pela capa que é maravilhosa. Adorei saber que vale a pena a leitura, ótima resenha! Já adicionei na listinha para comprar.

    ResponderExcluir
  13. Muito interessante esse livro. Gostei também da resenha, muito boa e instigante. Abraços e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  14. Fantasia, História e Romance de uma tacada só? Foi essa a impressão que a tua resenha, diga-se de passagem muito bem escrita, me passou.
    Eu não conhecia o livro e nem a autora, mas já me interessei bastante!! Vou procurar por aqui!

    ResponderExcluir
  15. Que história mais interessante, a resenha está ótima, despertou bastante meu interesse.

    ResponderExcluir