[Resenha] A Nuvem - Neal Shusterman

Olá leitores, tudo bem?

Hoje é um daqueles dias que sento em frente ao computador e não tenho noção de como irei externalizar tudo que senti durante a leitura de "A Nuvem", segundo livro da série Scythe. Sobre esta obra, só posso dizer uma coisa: Melhor Leitura da Minha Vida, nada menos que isso.

A Nuvem
Série: Scythe, Vol. 2
Autor: Neal Shusterman
Páginas: 496
Editora: Seguinte
Onde Comprar: Amazon / Saraiva
Nota: 
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE:No segundo volume da série Scythe, a Ceifa está mais corrompida do que nunca, e cabe a Citra e Rowan descobrir como impedir que os ceifadores que não seguem os mandamentos da instituição acabem com o futuro da humanidade. Em um mundo perfeito em que a humanidade venceu a morte, tudo é regulado pela incorruptível Nimbo Cúmulo, uma evolução da nuvem de dados. Mas a perfeição não se aplica aos ceifadores, os humanos responsáveis por controlar o crescimento populacional. Quem é morto por eles não pode ser revivido, e seus critérios para matar parecem cada vez mais imorais. Até a chegada do ceifador Lúcifer, que promete eliminar todos os que não seguem os mandamentos da Ceifa. E como a Nimbo Cúmulo não pode interferir nas questões dos ceifadores, resta a ela observar. Enquanto isso, Citra e Rowan também estão preocupados com o destino da Ceifa. Um ano depois de terem sido escolhidos como aprendizes, os dois acreditam que podem melhorar a instituição de maneiras diferentes. Citra pretende inspirar jovens ceifadores ao matar com compaixão e piedade, enquanto Rowan assume uma nova identidade e passa a investigar ceifadores corruptos. Mas talvez as mudanças da Ceifa dependam mais da Nimbo Cúmulo do que deles. Será que a nuvem irá quebrar suas regras e intervir, ou apenas verá seu mundo perfeito desmoronar?
"A Nuvem" continuará a narrar os acontecimentos logo depois do final de "O Ceifador", onde Citra Terranova e Rowan Damisch eram aprendizes para entrar na Ceifa. Depois de ser o causador do incêndio que matou vários ceifadores, inclusive seu mentor, Goddard, que foi decapitado e posteriormente queimado, Rowan teve a pena de ser coletado, o que daria fim a sua existência. Porém, Citra que acabou tornando-se a Ceifadora Anastássia, acabou dando "sem querer" imunidade a Rowan por um ano e ele acabou fugindo.

Os dois aprendizes tiveram destinos bem distintos depois desse acontecimento...
Rowan cansado de ver os corruptíveis dentro da Ceifa, que não seguem os mandamentos da instituição, resolve se tornar o Ceifador Lúcifer, aquele que coleta esses ceifadores.
Citra, por sua vez, mora com a Ceifadora Curie, que foi sua mentora. Porém, a jovem não está sendo vista com bons olhos por alguns dos ceifadores, pois seu método de coletar causa incômodo. Diferente dos demais, Citra dá um aviso prévio de um mês para seus coletados, o que permite que eles encerrem seus compromissos. Ela ainda os deixa escolher a forma como desejam ser coletados.
"Se Faraday lhe ensinara algo, tinha sido a viver segundo as convicções de seu coração, independente das consequências. E, se Goddard lhe ensinara algo, tinha sido a não ter um coração, tirar uma vida sem qualquer remorso. As duas filosofias viviam em conflito na cabeça de Rowan, dividindo-o"
O Alto Punhal da MidMérica, Xenócrates está atrás de Rowan, pois ele vem causando muita confusão quando encarna o Ceifador Lúcifer, e até chega a ir atrás da Nimbo-Cúmulo, a inteligência artificial que comanda o mundo. Porém, a Nimbo-Cúmulo não pode se envolver em assuntos que desrespeitam a Ceifa, assim como a Ceifa não pode se envolver com problemas da Nimbo-Cúmulo.

Enquanto observa os seres humanos, a Nimbo-Cúmulo sabe que em breve as coisas serão diferentes, que  algo grande e poderoso pode acabar com tudo, e só três pessoas podem impedir tal acontecimento: Citra, Rowan e Greyson Tolliver.

Greyson cresceu tendo a Nimbo-Cúmulo como a sua "mãe". Era ela que conversava com ele e lhe dava carinho, coisa que sua família não era capaz. Seus pais já tinham cansado dos filhos e ido embora para uma viagem pelo mundo. 
Toda a proximidade com a Nimbo-Cúmulo fez com que Greyson desejasse trabalhar para a Interface da Autoridade, como um agente nimbo, que basicamente são os seres humanos que tomam algumas atitudes para a Nimbo-Cúmulo.
"A morte deve existir para que a vida tenha sentido"
Quando Greyson descobre indiretamente que duas ceifadoras irão sofrer um atentado, ele sabe que precisa ajudar, não pode deixar isto acontecer. Mas, ele também sabe que se fizer algo será expulso da Academia Nimbo e terá seu sonho encerrado.
Greyson é bom demais para não fazer nada, e a Nimbo-Cúmulo sabe disso, por isso ele foi o escolhido. Quem ele vai salvar? A Ceifadora Anastássia e a Ceifadora Curie.

Um atentado estava armado no meio da estrada perto da casa das duas, o que provocaria uma explosão que não deixaria resto dos corpos delas para serem revividos. Para salvá-las, Greyson se joga na frente do carro em que elas estavam.
A Ceifadora Anastássia e a Ceifadora Curie agora sabem que existe alguém querendo matá-las. Mas, por quê? Qual seria a motivação?
Antes de tudo, preciso salientar que esta resenha jamais chegará a transmitir 10% de tudo que senti com a leitura e toda a grandiosidade da obra.
Finalizei este livro com apenas uma sensação: É o melhor livro da minha vida.

Neste volume, não temos as páginas dos diários dos ceifadores, no lugar disto, temos pensamentos da Nimbo-Cúmulo, aquela que tudo ver.
Enxergar a Nimbo-Cúmulo foi a maior jogada do autor, pois nos permite ter outra visão dela, das pessoas e do que o mundo se transformou. A todo instante, a Nimbo-Cúmulo relata como os seres humanos podem se destruir e como cada ação tomada por ela, possui o objetivo de satisfazê-los e evitar que a vida saia do seu controle.

Citra como ceifadora não decepciona. A jovem realmente segue todos os mandamentos da Ceifa e consegue ter influência nos jovens ceifadores, o que acaba despertando a ira dos que desejam ver a Ceifa com outras intenções. 
Ela continua se impondo, sendo forte e decisiva. Mas, a sua não-relação com Rowan, também é algo que lhe perturba.
"Os humanos que fossem os salvadores e silenciadores. Que fossem os heróis. Que fossem os monstros"
Rowan por sua vez, decidiu ser o Ceifador Lúcifer para erradicar da Ceifa "as maçãs podres". Porém, coletar uma parte dos ceifadores corruptos resolveria a situação? Pouco provável.
Em sua sede por vingança, Rowan vai acabar se perdendo em suas ações, o que o colocará em maus lençóis. 

A Ceifadora Curie continua com toda a sua sagacidade de "Dama da Morte". Ela vai se tornar uma espécie de segunda mãe para Citra, a protegendo e aconselhando-a.
O Ceifador Faraday, por sua vez, se manterá ausente, deixando que todos pensem que se auto-coletou. Mas, ele estará atrás de uma possível salvação para a Ceifa.

Greyson foi um personagem que adorei. O jovem tem o coração bondoso e puro, e acabará tendo grande destaque, pois suas ações são "influenciadas" pela Nimbo-Cúmulo indiretamente.
Ele vai passar por grandes mudanças dentro do enredo e fui surpreendida por ele, simplesmente me ganhou.
"Toda vez que testemunho um ato cruel de um ceifador corrupto, semeio nuvens em alguma parte do mundo e lamento em forma de chuva. É o mais próximo que consigo chegar de lágrimas"
Tyger Salazar que era o melhor amigo de Rowan, que vivia se jogando de prédios e sendo revificado, também terá um papel importante neste volume.
Quando o jovem recebe um convite para um trabalho de acompanhante, se deparará com a Ceifadora Rand, que começa a treiná-lo. A Ceifadora Rand era um dos ceifadores que estavam no incêndio iniciado por Rowan. Como ela sobreviveu?
Esse livro pode ser resumido em uma palavra: plot twist. Nunca li uma obra que tivesse tantas reviravoltas no enredo e que me deixasse completamente louca, em polvorosa. Tanto é que finalizei a obra em duas madrugadas.
A cada acontecimento que me surpreendia, eu só conseguia ficar com a boca escancarada diante da genialidade do autor.

Com a narração em terceira pessoa, o enredo passeia entre todos os personagens, mostrando várias facetas e nos proporcionando sentimentos de surpresa e êxtase. 
Eu queria muito escrever uma resenha com spoilers, pois precisava colocar para fora tudo que li, mas isso não seria justo com vocês leitores. Vocês precisam ler este livro sem saber o que de fato irá acontecer, pois isso é o que torna a leitura esplêndida. 
"Se formos julgados pelos nossos maiores arrependimentos, nenhum ser humano será merecedor nem de varrer o chão."
Neste volume conseguimos enxergar melhor o que de fato aconteceu com o mundo, que levou as mudanças que ocorreram. A escolha da Ceifa foi uma ideia da Nimbo-Cúmulo, que não queria ser vista como aquela que tira vidas, o que poderia assustar os seres humanos. A separação dos assuntos da Ceifa com a Nimbo-Cúmulo também foi uma opção dela.
E muitas vezes, as leis criadas por ela mesma, impedem que ela possa tomar atitudes que mudariam todos os acontecimentos.

Alguns acontecimentos dentro da Ceifa vão desencadear uma série de outros acontecimentos que reverberão por toda a humanidade.
A escrita do Neal é maravilhosa. Essa série foi o meu primeiro contato com ele e já quero ler todas as suas outras obras, pois provavelmente irei adorar.
O desfecho desse livro não poderia ser mais espetacular, intenso e destruidor. Mais do que nunca eu preciso da continuação, não saber o que vai acontecer é angustiante.

A edição da Seguinte é incrível. Além de manter essa capa original, que é linda e super representativa, a diagramação também está excelente. Apesar de simples, as letras são confortáveis e não possui erros ortográficos.
"Sou a protetora e a pacificadora, a autoridade e a companheira. Sou a soma de todo o conhecimento, sabedoria experiência, triunfo, derrota, esperança e história da humanidade"
"A Nuvem" não é apenas uma continuação, é um tiro de livro. Com personagens mais firmes e bem trabalhados, o Neal imprimiu um ritmo frenético na narrativa, surpreendendo com as diversas reviravoltas.
Scythe é uma distopia que representa bem a humanidade. E neste volume perceberemos como a busca pelo poder, o desejo de vingança e a maldade podem existir mesmo em um mundo aparentemente "perfeito". Para alguns ceifadores, matar é um prazer, mesmo quando deveria ser apenas uma obrigação árdua.
Talvez, a Nimbo-Cúmulo tenha mais sentimentos que alguns humanos. Ela deseja salvar a humanidade, mas quando a podridão vem da Ceifa, ela não pode fazer muito e se torna apenas uma telespectadora da destruição iminente. 
Muito mais do que um livro e uma ficção, esse volume fala com a sua alma, suas expectativas e desejos. A Nuvem está por aí, observando tudo e talvez seu tempo de ser "boazinha" já tenha apagado!

Beijos da Lice

19 comentários

  1. Olá Lice, achei muito bacana a sua resenha. Recentemente li um livro que o Ceifador era um dos protagonistas, e vou ser bem honesta... Apesar de amar o livro, senti um cadinho de medo! (Sou medrosa mesmo).

    Essa não é uma leitura que vou querer conhecer, mas com certeza vou recomendar! Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse não dá medo algum, é uma distopia maravilhosa. Vale muito a pena!

      Excluir
  2. Tô doida pra ler esses livros, dizem que é realmente maravilhoso, quero muito! Adorei a resenha, já quero ler!
    Adorei, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os dois livros são sensacionais, daqueles que não queremos parar de ler. Vale muito a pena! Obrigada <3

      Excluir
  3. Olá
    Nossa parece uma aventura e tanto, já tinha me interessado pelo primeiro e esse parece ainda melhor,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza esse é ainda melhor, a história consegue nos fisgar por completo e tem muita reviravolta!

      Excluir
  4. Olá!! :)

    Eu confesso que não conhecia este livro. mas a coleção sim. Acho ótimo que tenhas gostado de fazer a leitura!

    Que bom que e uma ótima distopia e com um ritmo frenético e , acima de tudo, personagens bem trabalhados!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele tem tudo de melhor, nos fazendo realizar uma leitura prazerosa. Boas leituras para você também :3

      Excluir
  5. Oi Lice!!
    Eu nunca tinha lido resenha nenhuma sobre esse livro e me vi encantada pela história. Adoro a forma que você apresenta os livros e sempre me deixa querendo e algumas vezes, como está, acabo incluindo o livro na minha lista de leitura. Amei essa última foto <3
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá! Confesso que passe meio que correndo pela resenha pra evitar pegar spoiler do primeiro volume, que está na minha lista de desejados faz tempo. Apesar de eu não ser muito chegada em distopias, eu gostei muito da premissa dessa história, achei diferente e bem original. Fiquei impressionada com essa ideia dos ceifadores e de como eles são encarregados de escolher e acabar com as poucas vidas que parecem precisar ter um fim. Fico feliz que a sequência tenha sido tão satisfatória assim, porque me deixa ainda mais animada pela leitura! Obrigada!

    Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Tenho visto comentários muito bons a respeito desses livros, os que leram, gostaram muito.
    É bacana saber que foi o melhor livro que você leu, e saber que é cheio de reviravoltas e aventuras só fazem a minha curiosidade aumentar em relação a leitura.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Amei conferir suas considerações sobre esse livro. Eu recebi A nuvem da editora mas ainda não li o primeiro, agora preciso correr para ler logo O ceifador e finalmente poder ler também esse segundo que pela sua resenha me parece ser uma daquelas leituras sensacionais que nos deixam grudados na leitura.

    ResponderExcluir
  9. Ola, tudo bem?
    Confesso que tenho o pessimo habito de julgar um livro pela capa e se pensarmos assim os dois livros me ganham. Não conhecia a historia, pois apesar de amar as capas nunca me vi atraida por esse livro. Acredito que nunca tenha parado para realmente prestar atenção nessa leitura. Sua dica me deixou curiosa e eu amei a sua resenha e as belas fotos. Vou aproveitar o book friday e dar uma olhada nessas belezinhas. Quem sabe né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    o primeiro livro da série está na minha lista de desejados a um bom tempinho rs' mas nunca que consigo compra-lo. Fico tão animada com resenhas, me deixam muito animada para conhecer esse mundo. Parece ser uma história maravilhosa que prende o leitor desde o começo com essas reviravoltas. Espero poder ler em breve!

    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Eu já conheço a escrita do Neal Shusterman e gosto muito dos seus livros, mas ainda não li os livros da série Scythe, pretendo ler o quanto antes. Essa série parece ser super envolvente. Dica anotada!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Alice!
    Vou começar reforçando uma coisa que você diz na sua consideração final da resenha: é um livro que realmente representa muito bem nossa humanidade. Eu não li o(s) livro(s) ainda, mas com a sua resenha, entre outras que li, pude já pude ter esse olhar.
    Quero muito ler esses livros, eu realmente não me interessei quando a editora anunciou a publicação, mas depois que li sobre ele e percebi melhor a sinopse fiquei com muita vontade.

    Bjão,

    Diego França | Blog Vida & Letras
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Tinha lido uma resenha super positiva do primeiro livro, e agora li sua resenha, que inclusive me ajudou a entender um pouco melhor a história, com seus elogios e todos os pontos positivos da narrativa fiquei bem curiosa para conferir a história!

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Lice,
    Que resenha empolgada.Nada melhor que pegar um livro e sentir que o tempo gasta lendo foi bem investido. Ainda não tinha lido nada desta série apesar de capa do primeiro ter ficado bem marcada na minha memória. Adoro quando mantém o mesmo estilo em toda a série. Depois da sua resenha quem sabe até me animo a dar uma chance a ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Apesar da série me interessar, ainda não tive oportunidade de ler. Mas é muito bom saber que a sequência continua mantendo atenção do leitor.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir