12 de junho de 2018

[Resenha] A Vila dos Pecados - Soraya Abuchaim

Olá amores, tudo bem?

Hoje venho trazer resenha de um livro que fazia um tempão que queria ler e que apesar de não me surpreender, foi uma boa leitura.

A Vila dos Pecados
Autora: Soraya Abuchaim
Páginas: 452
Editora: Coerência
Onde Comprar: Coerência / Amazon
Nota: 💙💙💙💙
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE: 
Final do século XIX. Enquanto o mundo passa por transformações importantes, existe uma vila inóspita, que vive à margem da civilização e que tem as suas próprias e estranhas leis.Lendas escuras a rondam e histórias macabras sobre Ponta Poente povoam o imaginário popular.
Quando o padre Alfonso Anes, um exemplo vivo de amor e resignação, chega à vila para substituir o seu antecessor, depara-se com segredos que o farão duvidar da própria sanidade, e uma onda de mortes trará o caos para aquele lugar ermo.
Quem estará a salvo? Serão estes segredos o fim de quem os esconde? O que esse universo tenebroso revelará para o mundo?
Um suspense sinistro, que envolverá completamente o leitor e o levará a compartilhar dos segredos da Vila dos Pecados.
Bento foi pároco de Ponta Poente por quase meio século. Chegou ainda jovem no local, logo depois do sacerdócio. Quando chegou a vila, Bento trouxe muitos segredos consigo, inclusive uma paixão avassaladora por um dos seus colegas do sacerdócio. E assim, ele também acabou descobrindo e participando de muitos segredos da vila, onde a maioria das pessoas não são o que aparentam.

Com a morte de padre Bento, um novo pároco vai chegar ao lugar e o designado é o padre Alfonso. O jovem sempre seguiu corretamente os preceitos da religião, mas ao ser vítima de uma mentira, acabou perdendo todo o prestígio que teria como padre e por isso foi mandado para Ponta Poente. 
Alfonso é um jovem muito bonito, mas que desde cedo sabia o que queria seguir. Ele leva em seu coração o amor por seu irmão, Jonas, que morreu prematuramente.
"Percebo que um coração dilacerado não deve procurar recompor-se, apenas vivenciar aquela dor lancinante"
Os moradores de Ponta Poente não sabem o que esperar do novo padre. Aqueles que vivem imersos nos pecados esperam que o novo líder religioso seja condescendente com seus pecados. Já a outra parte correta da vila, almeja que o padre coloque o local nos eixos. Uma dessas pessoas é Marta, que não ia com a cara do ex-padre. Ela é mãe do jovem Gustavo, um garoto que ajudava padre Bento e tinha grande respeito pelo religioso.
Dr. Pina, o prefeito de Ponta Poente, está receoso em relação a forma como padre Alfonso vai comandar a vila, pois muitos dos seus "negócios" podem ser afetados. 

A primeira impressão de Alfonso do lugar não é tão boa. Primeiramente, ele não entende porque a casa paroquial é um local suntuoso e grande, algo que não é necessário. Quando descobre que o antigo padre tinha uma mulher que lhe ajudava com as afazeres, acha isto desnecessário, e despensa, por ora, Gertrudes. 
"Expectativas são sempre pessoais, e o ser humano procura, em qualquer tempo, alguém que as satisfaça por completo; é muita responsabilidade ser aquele que as satisfaça por completo; é muita responsabilidade ser aquele que precisa suprir o que o outro espera"
Em pouco tempo, Alfonso já vai conhecendo mais da vila e seus moradores, e não gosta do que ver. Ponta Poente tem prostitutas, casos de adultério, um prefeito que não zela pelo local como deveria. O único que ele parece confiar é Gustavo, o jovem cheio de vida e disposição que começa a lhe ajudar.
Quando uma morte ocorre no local as dúvidas começam a surgir. O que aquele lugar traz consigo? Quem é o assassino da pacata vila?
É inegável que a Soraya trabalhou a obra com maestria. O ponto alto do livro são as descrições feitas pela autora que conseguem imergir o leitor para a vila de Ponta Poente. Ela aborda de forma expansiva todos os personagens e seus próprios conflitos, o que faz o leitor sentir-se próximo a todos eles.

Você acaba a leitura sabendo como era a vida de cada habitante de Ponta Poente e quais os segredos e pecados que eles trazem consigo. Isto faz com que tenhamos personagens bem construídos.
Com esta imersão na vida dos personagens, uma parte do livro é dedicada para este tópico, mas, por incrível que pareça, tal fato não tornou a leitura cansativa, longe disso.
"Quando conhecemos uma única verdade, ela se torna absoluta absoluta para nós"
A autora também situa bem o leitor no século em que a obra está inserida, o final do século XIX. Desde o início fica claro que nesta época, o clero tinha uma grande importância para a sociedade, que em grande parte seguia o que era designado por eles. Em Ponta Poente, o padre era tão importante quanto o prefeito.

O único ponto que não me fez curtir a obra por um todo e que acabou me desagradando foi o "criminoso". Logo no primeiro crime cometido, fica claro quem ele é e qual a sua motivação. Continuei a leitura esperando está enganada, mas o final apenas comprovou as minhas certezas. 
Como um livro de suspense, esperava ser surpreendida. E é aquela coisa, quanto mais expectativas, mas difícil fica você superá-las.
"Alfonso, você aprenderá em seu ofício de padre que, embora não concordemos com  as atitudes alheias, as pessoas nem sempre tomarão as decisões mais acertadas, e nós temos que perdoá-las, porque apenas Deus pode julgar com severidade"
Meu personagem preferido da obra foi o padre Alfonso. O jovem é lindo, incontestavelmente, mas não deixa esse fator influenciar sua vida. Ele vai passar por algumas provações, inclusive, sua ida para Ponta Poente acaba sendo uma dessas provações. O passado dele é algo doloroso, principalmente quando relacionado ao seu irmão. Mesmo com tudo contrariando as ações dele, Alfonso vai se mostrar uma pessoa de caráter. 

Por fim, recomendo a obra para quem deseja sair da sua zona de conforto e quer conhecer uma escrita bem trabalhada. 

Beijos da Lice

11 comentários

  1. Não conhecia esse título e nem a autora, mas adorei a resenha, quero ler!

    ResponderExcluir
  2. Eis um título que não me chamou a atenção pela capa.. Mas curti a resenha, está na minha lista, obrigado!

    ResponderExcluir
  3. O enredo do livro é instigante, fiquei imaginando quantos segredos cada morador dessa vila deve carregar. Realmente vale a pena experimentar novas leituras e sair da zona de conforto de vez em quando. Vou guardar sua sugestão para uma futura leitura :)

    ResponderExcluir
  4. Não li nada desse autor,quantos segredos cada morador dessa vila deve carregar. Fiquei curiosa e vou tentar encontrar o livro.

    ResponderExcluir
  5. Confesso que essa talvez seja uma leitura um pouco mais intensa e complexa do que o que estou procurando no momento, mesmo achando interessante a história de como o clero era importante na época e como todos parecem ter um segredo na vila. Vou anotar a dica.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia esse título, e mesmo sendo uma história instigante, cheia de segredos, eu não me senti atraída, ando buscando livros leves, esse parece ser bem denso. Mas sua resenha está ótima, muito bem escrita!

    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ai queria ter coragem de ler livros assim, meio assustadores rs, mas ainda não consegui. Adoro suspenses e romances policiais, mas aqueles bem levinhos...Confesso que essa capa me deu medo rs
    Achei bem interessante e cara...que foto sensacional!!! Adorei!
    É realmente uma pena quando a gente descobre as coisas logo no início dos suspenses, acaba que o "intuito" do livro não é atingido.
    Parabéns pela resenha, você escreve muito bem!

    Grande beijo,
    Além de 50 Tons
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sua forma de escrita. ótima resenha. O enredo me deixou curioso e intrigado a história parece ser boa, mas se ela deixa a trama tão evidente talvez não seja tão agradável de ler, uma vez que esse é o ponto chave para um bom suspense, manter o mistério até o fim da obra e surpreender o leitor...

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Puxa, gostei muito da resenha. O clima sombrio do livro me pareceu um terreno promissor para os mistérios que se desenvolvem. E gostei de descobrir uma autora brasileira nesse gênero! :)
    Beijos
    teofilotostes.wordpress.com

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha, adoro esse tipo de leitura, com segredos e mistérios envolvido, me instigou a ler, um abraço!

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo