[Resenha] O Código do Amor - Cinthia Basso

Olá jogadores, tudo bem?

A Cinthia Basso lançou mais um livro, o último volume da série Boston Globe. Li essa obra rapidamente e ao fim fiquei apaixonada, com o desejo de ter mais desses personagens.
Os livros podem ser lidos de forma separados, mas tem spoilers dos anteriores.

O Código do Amor
Autora: Cinthia Basso
Páginas: 380
Editora: Independente
Série: Boston Globe, 5
Onde Comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙 / Favoritado
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Tyler Currey é um cara da tecnologia, com pinta de playboy e um corpo de fazer salivar até as nerds mais puritanas. Sua inteligência é surpreendente, assim como a sua capacidade de ter qualquer mulher aos seus pés, com uma simples conversa. Sua ficha de conquista é maior do que muitas em Boston e ele não se importa com isso, afinal, por que não aproveitaria?
Mia Roberts é diferente e recatada, adora roupas do Star Wars, assim como revistas em quadrinhos e tudo o mais baseado em super-heróis. Por que Marvel ou DC Comics se ela pode gostar das duas? Seus óculos desajustados e sua falta de jeito com os homens poderiam caracterizá-la como sem graça para alguns, mas não para alguém com a mesma personalidade que ela.
Máquinas são mais fáceis de se compreender?
E se eles acabarem descobrindo que tem algo bem maior para entender do que simples linhas de programação?
Cada código tem suas particularidades, e o deles, é repleto delas.
Tyler Currey saiu dos Estados Unidos e foi para o Japão depois que Mia Roberts, a mulher pela qual estava apaixonado não quis nada com ele. Mia tinha acabado de descobrir uma gravidez do seu ex-noivo e decidiu voltar com ele, para dar uma família a seu filho, mas não contou isto a Tyler, por achar que ele não entenderia.

Após 5 anos, Tyler está de volta e trouxe consigo uma noiva, Angie. Sua família não conhecia a tal noiva, ele a manteve em segredo. No dia da sua volta, Tyler acaba encontrando quem menos queria: Mia. A jovem tinha se tornando grande amiga da sua mãe e toda a família criara um carinho especial por ela, assim como por seu filho. Com sua volta, Tyler vai descobrir que as coisas não estão tão perfeitas assim para Mia.
"Ela abriu um sorriso deslumbrante e eu soube naquele instante, no exato momento em que perdi o fôlego, que eu estava muito ferrado. Muito, muito, ferrado"
Mia não leva a vida que um dia pensou que teria em relação ao seu casamento. A jovem vive um relacionamento abusivo com seu marido, Kevin. O homem bate nela e chega a estrupá-la quando deseja sexo. Mia aguenta esta situação por causa do seu filho, John. 
Mas, com a ajuda dos Currey, principalmente de Beatriz, Mia decide sair de casa e denunciar Kevin. Assim, ela vai morar no apartamento de Lily, irmã de Ty.

Ao rever Mia, toda a bagunça e sentimentos que Tyler sente voltam à tona, mostrando que sempre estiveram ali e que aquele noivado jamais apagaria isto. Ao saber do que ela sofria em sua casa, Ty vai lhe dar todo apoio e tem o desejo de reconquistá-la, mesmo com a imagem dela mandando-o embora da primeira vez, bem viva.
"Quando se vivia em torno do amor, somente amor era absorvido"
Mia não tem emocional para viver um relacionamento neste momento. Tyler não quer voltar para o Japão e fugir pela segunda vez. Será que o destino lhes dará uma segunda chance?
Mais uma vez fui fisgada por um enredo criado pela Cinthia. A cada livro que leio da autora a minha admiração por sua escrita cresce e descubro um novo amor. 
Porém, dessa vez tenho certeza que o Ty foi escrito para ser MEU. O jovem fugiu do padrão de atletas da família e é um nerd, o que por si só já garantiria meu amor por ele.

Por ter dois personagens inseridos no universo nerd, o livro acaba tendo algumas referências. Adorei o fato da Mia ter conseguido montar a sua própria empresa, o que só ressalta que a mulher pode SIM chegar onde deseja.
"As marcas sendo tão profundas que os pesadelos durante a madrugada eram apenas uma extensão da realidade que eu vivia"
Mia e Ty são personagens que nos conquistam por suas peculiaridades. Mia, mesmo com a situação frágil a que foi submetida e a violência, ela sempre se manteve firme por seu filho. A força dela é invejável.
Tyler, por sua vez, fez a sua carreira no Japão, mas não pensará duas vezes em permanecer nos EUA por causa de Mia. Ele é dedicado e sabe amar.

Os personagens secundários também possuem importância e o fato de os conhecermos de outros livros, apenas faz o nosso amor aumentar. Beatriz continua sendo uma mãe porreta, daquelas que luta pelos seus. Collin e Lily continuam transbordando seu amor e passando por cima do preconceito.
Brooke, a filha de Collin e Lily, rouba a cena. A pequena consegue colocar todos os homens da família na mão, fazendo-os submeter-se aos seus desejos. John também nos conquista com a sua forme doce de ser.
"Um futuro novo estava sendo escrito, com um presente sendo refeito. E dessa vez, eu esperava ser finalmente feliz"
A Cinthia foi corajosa ao abordar um assunto tão delicado como a violência doméstica. E, apesar de achar que ela poderia ter ido mais afundo no tema e principalmente nos traumas, ela fez um bom trabalho. Levantar esta bandeira é sempre importante e necessário.
Sua escrita foi um ponto positivo, mais uma vez conduzindo o leitor para seu enredo, com consciência.

O livro tem muitas cenas de fazer perder o fôlego e muitas vezes nos pegamos torcendo para o impossível (mas, seria tão impossível assim?). 
Ao final da leitura, fiquei querendo mais. Poderia ter livro da Brooke e do John, hein Cinthia?! Assim como queria mais do August (filho do Silas) e da Elena (filha do Allan).
"Uma linha de comando era passível de correção. Um coração partido em milhares de pedaços, não"
Quando o amor resolve te dar uma segunda chance é preciso ler todos os códigos que ele traz. Mia e Tyler conseguirão viver os códigos do amor deles? Só lendo para saber!

Beijos da Lice

8 comentários

  1. Já li esse livro, puro amorzinho! Super admiro a Cinthia e acho ela uma pessoa super simpatica. Eu confesso que quando fui ler, eu nem dei muito credito pro coitado do livro, mas conforme a leitura foi indo eu fui me apegando e querendo sempre mais e mais até que fiquei maravilhada com o final, é isso.

    Linda resenha!

    ResponderExcluir
  2. Primeiramente, parabéns pela descrição, muito detalhada, como sempre. Apesar de não conhecer os outros volumes, essa estória pareceu um pouco repetida (um romance improvável etc), mas me chamou atenção o plano de fundo do enredo (techs). Obrigado por compartilhar.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro mais me fez lembrar de varias situações da nossa realidade ,onde muitas mulheres deixam de ser feliz em função das famílias,convivem em um relacionamento conturbado na ânsia de um amor verdadeiro.Realmente esse livro nos traz uma linda história que nos inspira a viver o amor.Sucesso
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alice! Pelo nome, achei que era uma autora brasileira. Sempre que isso ocorre, vou pesquisar quem é, e nesse caso achei curioso pois, apesar de ser uma autora brasileira, seu universo de escrita me pareceu estar sempre fora do país... Sobre a resenha, como sempre suas descrições são bem detalhadas. Acho que você dá a ver aquele que talvez seja um grande trunfo do livro: ambientar uma história de amor em meio a um universo tecnológico e meio nerd.
    Bjs
    teofilotostes.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da forma que a sua resenha foi escrita, parabéns você escreve muito bem. Admito que o tipo de enredo não me atrai muito, não é o que eu costumo ler. Mas independente disso, é muito importante abordar temas como a violência doméstica, algo que deve ser sempre falado e refletido. Enquanto lia a resenha me lembrei de uma amiga, e já vou mandar o link para ela porque tenho certeza que vai adorar a história.

    ResponderExcluir
  6. Me parece um livro bem fofo. E talvez eu esteja precisando desse tipo de leitura no momento. Vou dar uma procurada, pois gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oiii,
    não conhecia esse livro mas me parece ser um ótimo livro lendo a resenha eu gostei bastante dele, ele me deixou com a ideia de ser um livro bom com romance e td

    ResponderExcluir