[Resenha] Intenso & Misterioso - Mary Oliveira

Olá leitores, tudo bem?

Acabei de terminar esta leitura e precisava colocar em palavras tudo que senti, e claro, enaltecer esse livrão. Uma obra que me envolveu e que finalizei em algumas horas, merecendo meu total respeito.

Intenso & Misterioso
Autora: Mary Oliveira
Páginas: 428
Editora: Coerência
Onde Comprar: Coerência / Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙 / Favoritado
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE: Tudo que Dolores Dias queria era ter um relacionamento casual e descomplicado. Após ceder aos seus desejos, ela se vê em meio a um fogo cruzado... O que era para ser algo simples, havia se tornado perigoso. Aaron é um homem misterioso e ela pretende desvendar cada mistério que o envolve, por esse motivo não cede quando o passado ressurge para perturbá-lo. Ciente de que deveria manter-se longe, Dolores decide ignorar a razão, resolve ficar e ajudá-lo — mesmo que o motivo para tal decisão seja uma incógnita.
Em meio às descobertas, percebe que sua vida estava ligada ao passado de Aaron antes mesmo de conhecê-lo, e seu futuro, por mais que não saiba, será afetado por seu envolvimento com ele.
Dolores Dias, ou simplesmente Lola, é uma jovem que trabalha em uma revista, na parte administrativa. A jovem perdeu o pai quando tinha apenas 5 anos e desde então sua mãe não foi uma mãe. Lola foi criada pelo seu avô paterno, João, que deu todo amor que ela necessitava. Sua mãe aparecia raramente e sempre ia embora, deixando-a com o coração partido.

Lola não tem um relacionamento há 2 anos, desde que seu "amigo de foda" André foi embora e deixou-a sofrendo. Agora, as coisas estão mudando. Ela começou a trocar mensagens no aplicativo da empresa com Aaron, um profissional da área de TI, que tem algo capaz de perturbá-la.
"Depois do fim de um quase relacionamento, eu decidi focar apenas na minha faculdade e, posteriormente, em meu trabalho. Estava bem sem um homem, sem desejar ter sexo com alguém. Até Aaron aparecer"
Pela primeira vez, Lola está querendo sexo casual e Aaron parece ser uma boa opção. Ele é um completo mistério para a jovem e mesmo com as mensagens trocadas, ela não sabe nada a seu respeito. E quando resolve descobrir algo mais, descobre que ele é noivo. Mas nada é realmente como ela pensava, e posteriormente, lhe é revelado que ele foi noivo há 8 meses atrás, não o sendo mais.

Aaron é sinônimo de confusão e Lola vai entrar em muitas por causa dele. Ela Foi ser acusada de vender informações da empresa, foi sequestrada pelo irmão gêmeo dele, com o qual Aaron trava uma batalha.
Mas, Lola já tem os próprios problemas para lidar. Sua casa foi hipotecada por seu pai e ela precisa pagar o banco, seu avô está em uma casa de repouso, seu financiamento estudantil está se vencendo.
"Duas pessoas que não querem envolvimentos sérios e conseguem lidar com o que outro está disposto a oferecer"
Lola sabe que não deveria se permitir se aproximar de Aaron, mas isso parece impossível e ela resolve jogar-se e permanecer ao lado dele, mesmo sem um relacionamento.

O que isso acarretará para a vida de Lola? Ela descobrirá todos os segredos que Aaron guarda?
QUE LIVRO É ESSE MINHA GENTE? UM TIRO!
Comecei a ler essa obra sem muitas expectativas, mas por ser um gênero que gosto, sabia que tinha tudo para amar, só não esperava ser arrebatada, como fui. Me surpreendi com uma narrativa coesa e pontos bem explorados.

Lola, nossa protagonista, é uma mulher forte. Independente, ela sabe que não precisa de um homem em sua vida, ela sabe se cuidar. Sabe aquela personagem que nos conquista? Então, ela faz isso facilmente por ser apenas quem ela é, com sua ousadia, determinação e  língua afiada.
Aaron é um personagem difícil. Fechado, dono de si, misterioso, ele tenta manter Lola fora da sua vida, mas aos poucos permite que ela descubra o que precisa. Ele quer protegê-la a todo custo.
"Se você se machuca com algo uma vez, será cauteloso em evitá-lo no futuro"
Outros personagens tornam-se importantes para a construção da narrativa, como o avô de Lara, João, e a amiga dele da casa de repouso, Mabel. Ela sofre de Alzheimer, esquecendo facilmente as pessoas, o único que fica em sua memória é João, que a conhece a muito tempo e seu filho, Ricardo.
Rodrigo, o irmão gêmeo de Aaron será uma peça crucial no desenrolar do livro, assim como Natasha, irmã deles. As amigas de Lola também possuem algumas cenas, são elas Brenda e Elise.
A narração é feita pela Lola em primeira pessoa, assim temos apenas a visão dela de toda a história, o que contribui para ficarmos no escuro em relação a Aaron. E isto, foi mais do que um ponto positivo. Não saber o que se passa com ele, torna a experiência de ir descobrindo com a Lola muito mais intensa.

Em certo momento, Lola vai descobrir que tem mais coisas ligando-a a Aaron do possa imaginar e que ela já não pode sair do fogo cruzado. Tudo que acontece tem um motivo e a autora soube amarrar cada um deles, não tornando a história massante ou fugindo do foco inicial.
A escrita da Mary foi um dos pontos altos, muitas vezes durante a leitura fiquei receosa dela se perder, o que não aconteceu. O livro envolve o leitor rapidamente.
"Aaron é reservado demais, fechado demais. Ninguém pode se permitir confiar no que não conhece de verdade"
A construção da "não-relação" de Lola e Aaron é natural. Os dois são apenas pessoas que transam, mas que por um capricho da vida (ou nem tanto assim), acabaram entrando na vida do outro e tendo pessoas que gostam e desejam proteger. 
O foco não é apenas em Lola e Aaron, mas em tudo que está ao redor deles, o que achei sensacional. Claro que teremos muitas cenas dos dois, inclusive cenas mais calientes (que amei), mas a relação familiar e de proteção é um destaque, como um todo.

O final de "Intenso & Misterioso" é de perder o fôlego. As últimas cenas são desenroladas de uma forma surpreendente e sofremos junto com a Lola. Nas últimas páginas quis entrar dentro da obra e bater na cara do Aaron. Ele é um babaca e me deixou com muita raiva. Porém, compreendo os motivos para ele agir assim, mas isto não diminui minha raiva, só para constar.

Como uma Duologia, este livro tem uma continuação e já estou aqui morrendo de curiosidade para lê-la, pois tenho certeza que será ainda melhor. Pelo Prólogo do segundo livro, fica perceptível que a narração irá ser do Aaron, então acho que vamos conhecê-lo mais afundo.
"Eu não queria parecer ainda mais fraca do que já aparentando para ele. Odiava isso e mantê-lo longe enquanto eu me reconstruía por dentro era melhor a se fazer por enquanto"
Esta edição merece ser aplaudida. Apesar de simples, está muito bem feita. A capa combina perfeitamente com o Aaron. Cada início de capítulo se inicia com um trecho de música, que praticamente estavam descrevendo minha playlist da vida, só tem música boa. E a ortografia está "ok".

Lola e Aaron são polos que vão se atrair. Cada um guarda suas dores e problemas embaixo do tapete do seu coração e não querem varrê-los para fora. Eles escondem para proteger os que amam. 
A vida, no entanto, está cobrando o aluguel do tapete e eles precisarão colocar para fora. E nessa briga de tapetes que guardam segredos, sentimentos vão sendo construídos. E quando alguém duvida do que o outro guarda, talvez as coisas não voltem a ser como era. Talvez o tapete não consiga esconder mais nada ou talvez eles só retirem do tapete o que desejam que seja verdade. Com Lola e Aaron é tudo intenso e misterioso...

Beijos da Lice

15 comentários

  1. Achei confusa a história, talvez lendo entenda melhor, fiquei na dúvida Aaron é vilão ou não? E o final como será? Era engraçado ficarem os dois juntos apaixonados e finalmente terem os seus problemas resolvidos.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice, tudo bem com você? Até então eu não conhecia a autora do livro e nunca tinha ouvido falar da obra, mas depois de ler a sua resenha eu fiquei com um maior interesse de conhecer essa história, ainda mais que esse livro é do gênero que eu amo ler! Vou colocar esse livro na minha wishlist agora mesmo :)
    Bjs e sucesso com o blog!
    http://escritorawhovian.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Será que tem mistério mesmo. O emaranhado da trama apresenta uma aparente desorientação da autora. Muitas linhas abertas, pelo que senti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, bom dia!
      Eu sou a autora do livro, tudo bem?
      Então, acredito que a aparente "desorientação da autora" que você ressaltou após a leitura apenas da resenha seja facilmente explicada se o livro for lido. A Lice não colocou na ordem de acontecimentos da história, tampouco explicou como e porquê cada um deles aconteceu (e nem deveria, afinal, que graça teria ler o livro se tivesse colocado?). Contudo, no livro fiz questão de deixar tudo bem explicado. E sinceramente até hoje não tive reclamações de pontas soltas. Ou quaisquer linhas abertas que não sejam devidamente fechadas no livro dois, porque, sendo uma duologia há necessidade de algo do livro um que precise ser explicado no dois.
      Enfim, é uma pena não ter despertado seu interesse. De qualquer forma, achei melhor explicar isso.

      Boa sorte no seu blog ;)

      Att,

      Excluir
  4. Pelo que parece essa trama pode trilhar diversos caminhos (no sentido do passado do Aaron), por isso acho que o título caiu como uma luva. Interessante a condução ser da Lola, realmente fica mais instigante o leitor ir descobrindo os segredos do Aaron à medida que ela descobre.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro tem sensura de idade? Nunca ouvir falar dele, mas parece ser bem legal! Adorei o post 😊💗

    ResponderExcluir
  6. Oi, Alice! Tudo bem? Ainda não conhecia o livro e nunca li uma história da Mary Oliveira, mas adorei a capa e geralmente gosto dos títulos que a Coerência publica, então acho que vai ser uma boa dica de leitura para colocar na minha lista de desejados do skoob ahaha Adorei sua resenha e sua empolgação com o livro me contagiou!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alice! =)
    Quando comecei a ler a sinopse esse finalzinho me despertou curiosidade. No entanto, enquanto lia sua resenha, posso dizer que pego carona em dois comentários que vi aqui e resumiram meu sentimento também: me parece meio confusa a proposta da narrativa. Não me despertou tanto quando outros livros que você já apresentou, então acho que deixo passar dessa vez.

    Bjão,
    Di ~ Vida & Letras
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Diego, bom dia!
      Eu sou a autora do livro, tudo bem?
      Então, acredito que o "confuso" que você e outras pessoas acharam da história apenas pela leitura da resenha seja facilmente explicado quando o livro for lido. A Lice não colocou na ordem de acontecimentos, tampouco explicou como e porquê cada um deles aconteceu (e nem deveria, afinal, que graça teria ler o livro se tivesse colocado?). Contudo, no livro fiz questão de deixar tudo bem explicado. E sinceramente até hoje não tive reclamações de pontas soltas.
      É uma pena não ter despertado seu interesse. De qualquer forma, achei melhor explicar isso.

      Bos sorte no seu blog ;)

      Att,

      Excluir
  8. Tô aqui há um tempinho tentando descobrir o que vou escrever em agradecimento a essa resenha incrível. Estou emocionada, encantada, ainda sem palavras pra descrever como estou contente com essas impressões, em saber o que achou da história e como Aaron e Lola conseguiram te conquistar com o jeitinho deles <3
    Obrigada de coração, Lice <3
    Que o Livro II te conquiste tanto quanto o I <3
    Beijooooos *-------------*

    ResponderExcluir
  9. Olá Alice, tudo bem?
    É tão gostoso quando pegamos um livro e temos a certeza que vamos amar a leitura haha.. esse sem duvidas foi um livro que te deixou bem empolgada e dá pra ver isso na resenha!
    Mesmo não sendo um gênero que eu goste, indicaria facilmente pras amigas (gente a Alice disse que é super mara esse livro, leiam! haha) Gostei muito das fotos que vc tirou do livro, ficaram lindas <3

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Uau parece mesmo um livro super intenso, não gosto muito do gênero, mas você conseguiu me deixar extremamente curiosa com a trama

    ResponderExcluir
  11. Que resenha ótima! As palavras deixam ver o quanto o livro te impactou. É sempre bom escrever quando isso ocorre, quando o livro dialoga com a gente a esse ponto. Quando nos identificamos tanto assim com as personagens, e o enredo nos prendem desse modo...
    teofilotostes.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Achei bem interessante a história, e meio complicada de entender também, mas isso só faz meu interesse aumentar, pois aqueles contos que nas primeiras páginas já sabemos oq vai acontecer no final é um tédio

    ResponderExcluir
  13. Que pena que não despertou muito seu interesse, eu achei o livro excelente

    ResponderExcluir