25 de maio de 2018

[Resenha] Cair para Voar - F. S. Galindo

Oi amores, tudo bem?

Hoje é dia de resenha de um livro muito especial para mim. Um livro que me tocou e me fez refleti muito sobre a vida. Espero que vocês gostem da resenha!

Cair para Voar
Autor: F. S. Galindo
Páginas: 102
Editora: Coerência
Onde Comprar: Coerência / Com o autor / Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙
*Livro cedido pelo autor
SINOPSE: O tempo passa e tomamos nossas decisões. Mas e se, por um momento, ele pudesse voltar? O que você faria se pudesse reviver sua maior história de amor? O que você faria para mudar? Largaria todas as suas decisões passadas?
Com essas questões conhecemos Rodrigo parado em frente ao abismo. Uma nova chance é apresentada. E uma escolha irá mudar tudo. Um amor que nem mesmo o tempo pode ir contra.
Rodrigo e Jéssica se conheceram na faculdade e logo depois formaram um casal. Com o tempo, veio o casamento. No início, os dois sempre iam a pubs de música rock no centro de São Paulo e estavam sempre fazendo planos para o futuro, para quando tivessem filhos.
No entanto, aos poucos, o trabalho foi consumindo Rodrigo e ele já não era o mesmo do início da relação, mal tinha tempo para a esposa.
"O tempo, meu amigo, o tempo passa, mas o que você faz enquanto tem ele a seu favor é o que importa"
Com isso, uma tragédia aconteceu. Jéssica acabou sendo atropelada e perdeu a sua vida.
Rodrigo começou a se afundar depois do acontecimento, vivia em bares bêbado e sua descrença em Deus e seus planos era enorme. 
Porém, tudo mudou quando um homem surgiu em sua vida. E depois da conversa, quando acordou, Rodrigo estava em sua cama junto com Jéssica, alguns dias atrás do dia fatídico.
"Quando se tem tudo o que mais almeja na vida, você se sente livre. Sente-se como se estivesse voando"
Ele estava tendo uma segunda chance de viver ao lado de sua mulher. Será que ele aproveitaria essa chance? O desfecho seria diferente?
"Cair para voar" é um livro que não podemos falar muito a respeito, pois caso contrário podemos soltar spoilers. E como uma estória curtinha, nada melhor do que vocês irem desvendando as cenas sozinhos, sem interferência de terceiros.

Uma cena em particular me tocou, e ela ocorre logo nas 20 primeiras páginas do livro. A cena é quando Rodrigo vai em uma Igreja proclamar toda sua raiva por Deus, querendo que Ele lhe leve também, lhe mate. 
É uma cena que faz o leitor refletir. Por que procurar alguém para culpar? Compreendo que em uma situação destas, o mais fácil é culpar alguém, especificamente Deus, mas não deveria ser assim. Somos nós que não aproveitamos os momentos que são nos ofertados.
"Você não a deixou viver e não me deixa morrer, mas eu já estou morto por dentro há mais tempo do que imagina"
Rodrigo vai receber uma segunda chance, um passe para mudar o futuro. E confesso que fiquei feliz com essa nova chance. Rodrigo vai tentar e será um homem diferente, ele verá o que perdeu e saberá como será afetado, então ele coloca sua vida na Jéssica.

Nesta segunda chance, surge outro questionamento: O que você faria se pudesse voltar ao passado e mudar algo? Isso seria o maior desejo da grande maioria, mas não ter esse poder é o que faz a vida ser engraçada, maravilhosa e encantadora.
O final deste livro me levou as lágrimas, pois a lição é linda, assim como a reflexão. Como todos os seres humanos somos falhos e temos essa mania de dar valor apenas quando perdemos, quando já não temos mais ao lado. Que tal começar a aproveitar as pessoas neste momento? A cuidar, a amar e a respeitar? Não iremos ter a segunda chance do Rodrigo, então aproveitar sua única chance é fundamental.

A obra também nos faz refletir sobre a nossa fé. Mesmo quando não imaginamos, Deus está agindo em nossas vidas, Ele realmente tem os melhores planos e sabe nos guiar por todos eles. O livro não tem foco em religião, longe disso, apenas consegui absorver esta visão das palavras do Flávio e do que ocorre na vida do Rodrigo. Está nas entrelinhas!
"Porque você pode ter quantas mulheres quiser, mas o amor de uma só, fazer apenas uma feliz e satisfazê-la sempre, é raro"
Através do Rodrigo fica a lição de que vale a pena nos sacrificar por terceiros, principalmente quando estes terceiros estão dentro de seu coração.
Os personagens foram bem estruturados, mesmo não conhecendo-os profundamente, acabamos nos afeiçoando a cada um deles. Além da Jéssica e do Rodrigo, também vamos conhecer Bruna, melhor amiga de Jéssica e que foi a responsável por apresentar o casal, e Paulo, um personagem importante na história deles.

Com uma narração simples, fluida e repleta de sentimentos, o Flávio chega nos corações dos leitores. Não imaginava que fosse ser tão absorvida pela obra e fiquei extremante satisfeita ao ver isto acontecer. 
A escrita do Flávio nos faz questionar se o que o Rodrigo está vivendo é a realidade ou se ele apenas está divagando.
"Eu acredito que o amor faz a gente voar. Podemos cair, desacreditar e, muitas vezes, nos enganar, mas o amor, quando é verdadeiro, faz a gente voar sem medo de cair"
A edição é um espetáculo a parte. A Coerência simplesmente arrasou na diagramação, que está bem feita, mas sem perder a delicadeza que a obra precisa ter. A numeração das páginas está envolta por asas e cada início de capítulo possui uma imagem delicada compondo as páginas. A revisão foi bem feita e encontrei apenas um erro, mas é quase imperceptível.

A vida é um emaranhado de surpresas. Alguns dias estamos na sarjeta, em outros vemos a chance de mudar os acontecimentos surgir. Sem sabermos, somos levados pelos caminhos certos. É inevitável errar, mas é necessário aprender. Lembre-se: É preciso cair para depois voar. Voar para seus sonhos, voar para as realizações...
"O sofrimento é a causa de toda amargura do mundo"
Beijos da Lice

12 comentários

  1. É um livro para ser lido de coração aberto e refletir sobre o quanto é importante valorizarmos as pessoas que amamos. Achei curiosa a parte que diz que tudo pode ser uma divagação do protagonista. O sentimento de culpa pode gerar realidades ilusórias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, exatamente, o sentimento de culpa pode nos consumir. Mas, talvez, não seja o caso nesse livro. Só lendo para você saber haha

      Excluir
  2. Acho que muita gente queria uma oportunidade como essa do Rodrigo, poder resolver problemas futuros que surgiram no passado. Se a gente pudesse fazer isso, ainda assim continuaríamos nos perdendo no meio caminho. Lembrei da série Flash, Barry Allen sempre que voltava no tempo para resolver algo, mexia em coisas que em parte pioravam o futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa lembrança, mas no geral, não acontece o mesmo que ocorreu com o Barry. É um livro para ler e refletir!

      Excluir
  3. Oi Oi
    Caramba, esse livro me faz lembrar tantas coisas. O livro Um Dia, um filme que o cara tem uma segunda chance também... até A Cabana e só tenho que falar que amei e chorei em todas essas histórias. Com esse não seria diferente
    Vai pra lista com toda certeza, que resenha maravilhosa ♡

    Psicologia de Boteco||♡
    www.johanymedeirosutopia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que possa ler e amar, pois a história é realmente muito boa. Também chorei muito com "Um Dia".

      Excluir
  4. Que livro legal, seria um que gostaria que virasse filme viu gostei demais desta fase que vc destacou "Você não a deixou viver e não me deixa morrer, mas eu já estou morto por dentro há mais tempo do que imagina"e bem marcante. Sem contar as perguntas da sinopse ja chama bastante a atenção do leitor. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim, se virasse um filme seria incrível, pois o livro é maravilhoso <3

      Excluir
  5. Olá!
    Não conhecia esse livro e amei essa premissa, nós vivemos em constante correria, acabamos deixando pessoas e momentos em segundo plano e quando nos damos conta, o tempo passa e perdemos essas pessoas. vou colocar na lista de leituras e espero poder conferir em breve!

    beijos!
    https://blogminhaestanteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, deixamos a vida passar rapidamente sem dar o devido valor. É um livro para refletir!

      Excluir
  6. Oi, tudo bem ?

    Amei a resenha, a sinopse e a proposta da obra estão bastante atrativas , a capa está linda assim como os quotes e com toda certeza parece uma ótima dica de leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Está tudo incrível mesmo, espero que possa ler.

      Excluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo