[Resenha] O Diário dos 30 e poucos anos - Joyce Xavier

Olá amores, tudo bem?

Hoje resolvi trazer a resenha de um livro que realizei a leitura rapidinho e que simplesmente amei. O livro é sensacional, e mais uma vez a Joyce arrasou. Ainda não conhece a Malu? Leia a resenha do primeiro livro AQUI.

Adicionar legenda
O Diário dos 30 e poucos anos
Autora: Joyce Xavier
Páginas: 98
Onde Comprar: Em breve
Nota: 💙💙💙💙
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Malu está de volta, após deixar muitas risadas em “O Diário dos trinta anos”. Uma eterna apaixonada melancólica retorna em “O Diário dos trinta e poucos anos”, mais divertida, desbocada e indecisa.
Com o sumiço de Rodrigo, sua briga com Diana e suas aventuras com PH, Malu redescobre o seu amor-próprio. Mesmo a procura de um novo amor, ou recomeço de um, ela se conscientiza que não precisa de um homem para ser feliz. A mulher pode ser feliz sozinha.
Em sua nova fase pessoal, ela mergulha de cabeça em ajudar mulheres que sofreram violência doméstica, já que também é psicóloga, e conta detalhadamente o abuso sexual que sofreu.
Entre farras e bebedeiras, ela descobre que a sua vida irá mudar radicalmente com a descoberta de uma gravidez.
É um livro com a verdade nua e crua de muitas mulheres. A autora relata, que a personagem principal, é ela mesma.
Depois de vermos as loucuras de Malu no primeiro livro e seu dedo podre para homem, vamos continuar acompanhando-a em sua jornada.

A Malu aposentou a Ginger, seu antigo diário e agora está com outro, o Baby, que foi presenteado por Rodrigo, o cara com quem ela terminou o primeiro volume. 
É ano novo e a Malu já começou o ano daquele jeitinho dela. Ela não lembra nada do que aconteceu na virada do ano, só sabe que acordou dentro de um banheiro, toda fedida a cachaça e quando acordou sua amiga/sócia Diana estava rindo dela e fotografando.
"Sumir é uma escolha dele, explicar é uma opção minha"
As duas acabaram brigando, pois Malu achou que precisava de uma amiga naquele momento, de alguém para lhe contar o que tinha acontecido e não rir da sua cara.
O pior de tudo, foi que Rodrigo não estava lá, não atendia as suas ligações e ela não sabia o que poderia ter acontecido para ele não ter ficado ao seu lado.

Dona Dalva que trabalhava na empresa de Malu, acabou lhe contando o que sabia que ocorreu no réveillon.  A mulher contou-lhe que Malu estava completamente bêbada e de top pela sala, e que depois de ir para o quarto com ela, Rodrigo tinha saído furioso pela porta.
"Sinto uma dor enorme. Um tormento que não tem fim, uma voz que não se cala, um silêncio entristecedor"
As atitudes do réveillon, ainda continuam reverberando na vida de Malu e aos poucos vai abalando e desestruturando todos os seus planos. E mais do que nunca, Malu verá quem realmente está ao seu lado.
Pessoas do passado voltarão e ela precisa lidar com elas? O que aconteceu de tão horrível no réveillon para Rodrigo não voltar? Qual a explicação?
Eu li o primeiro livro da Malu e fiquei completamente apaixonada, querendo mais dela. Nessa continuação não fui decepcionada, mas também não me surpreendi. Algumas vezes achei que os assuntos foram tratados rapidamente e algumas coisas ficaram sem muitas explicações, depois de atitudes "drásticas".

A Malu é uma personagem divertida, que consegue conquistar o leitor e se assemelhar a muitas mulheres por aí. Ela teve o dedo podre durante toda a sua vida (neste volume não é diferente), teve dificuldades com a aceitação do seu corpo, mas aqui vemos uma Malu mais madura, que sabe quem ela é, o que ela merece e para onde tem que ir.
"O que há de errado comigo? O que eu tenho? Eu nasci para ser encalhada, bêbada e depressiva? Qual é o problema que Deus vê em mim?"
Confesso que fui surpreendida por umas coisas que aconteceram neste volume. No volume passado pensei que finalmente a vida da Malu tinha tomado um rumo e aqui, percebemos que ela não tem sorte mesmo. Acontece uma coisa que me deixou abismada e desejando o próximo volume ardentemente.
Uma cena em particular me fez derramar lágrimas, pois levanta uma bandeira muito importante e trata um tema que precisa ser mais discutido na literatura, com mais afinco.

A escrita da Joyce continua maravilhosa, ela sabe usar todos os elementos e trabalhar lindamente com a Malu e com os outros personagens que compõem o núcleo do livro. O Brit continua sendo um arraso, adoro ele. A Amanda me conquistou por sua amizade. A Antunieta se mostra incrível e a Diana caiu no meu conceito.
"Hoje estou cansada da merda de vida que eu tenho. Hoje acordei querendo mudar e foi assim que aconteceu"
Quando parece que as coisas finalmente estão se encaixando, tudo decai. Malu pensou que tinha vivido sua pior fase, mas estava enganada. Agora, com seus trinta e poucos anos ela vai precisar recomeçar, vai ter surpresas que não foram planejadas, vai precisar se reinventar. Para Malu, se o mundo lhe dar um limão, ela faz uma limonada e aqui ela fará um excelente refresco. Ela cairá em tentação, encontrará trastes, mas precisará amadurecer. Malu vai viver, com tudo que tem direito... E você? Está disposta a ter a força da Malu?

Beijos da Lice

10 comentários

  1. Nossa, adooorei, quero muito essa coleção já, adoro este tipo de história, acho bem parecida com a coleção do "Fala sério" não se se você conhece, é muito boa também.
    Muito Sucesso pra Você!! 😘

    Blog Amanda Passos

    ResponderExcluir
  2. Olá fiquei bastante curiosa para ler esse livro assim como o primeiro mesmo eles não sendo livros que eu costume ler. Pelo gênero ser chic lit. Mais dica anotada

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Com certeza esse é o tipo de livro que amo ler, do tipo que me diverte e que cura minhas ressacas literárias. Ótima dica.
    beijos, Joyce

    ResponderExcluir
  4. Não costumo muito ler chick-lits, mas esse é tão curtinho que vou procurá-lo lá na Amazon, mas o que me fez prestar atenção nele mesmo foi sua semelhança com O diário de Bridget Jones, como adorei essa leitura, talvez goste também de O Diário dos 30 e poucos anos.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela resenha, adorei!

    ResponderExcluir
  6. Gostei da ideia desse livro e a personagem parece ser bem interessante, mesmo com esse azar todo.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  7. Olá, é tão b9m quando os livros nos fazem subir m9ntanhas de sentimentos, nos fazem rir e chorar.. Achei que esse livro seria uma leitura bem divertida mas ainda sim não leria.. Sinto que eu ficaria frustrada pela protagonista nao tomar jeito haha mas achei uma otima dica de livro!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  8. I think this book should be awesome dear thanks for sharing..

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  9. Vendo a capa do livro, não pensava que o enredo poderia ser tão bom! Ele parece mais um daqueles livrinhos leves que precisamos ler para suavizar a vida.
    Com toda certeza vai para a minha lista.

    Beijos
    www.johanymedeirosutopia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ameei saber desse livro, tudo bem que não estou nessa idade, mas todo livro é um bom livro. E sempre me interessa seu enredo .

    ResponderExcluir