[Resenha] Hey, Lorelys - Lorena Eltz

Olá gnomos, tudo bem?

Hoje a resenha é de uma autobiografia de uma jovem youtuber que acabou me surpreendendo, pois sua história realmente dá um livro e dos bons!

Hey, Lorelys
Autora: Lorena Eltz
Páginas: 120 páginas
Editora: Coerência
Onde Comprar: Coerência / Amazon / Saraiva
Nota: 💙💙💙💙
*Livro cedido pela Editora
SINOPSE: Como seria possível criar um biografia com uma menina que recém completará seus 18 anos? Lorena Eltz desde criança teve uma vida tumultuada de acontecimentos, ensinamentos e muito aprendizado. Neste livro convidamos o leitor a conhecer melhor esta garotinha que compartilha seus interesses, como maquiagens, estudos e longas conversas no vem cá com fé tudo pelo seu canal no YouTube. Lorena começou a criar vídeos para a internet apenas para se divertir e perder a timidez, hoje após 3 anos conquistou muitas pessoas com sua visão da vida e tem o objetivo de compartilhar mais amor e brilho para todo mundo. Sente-se e aproveite este livro, a cada capítulo conheça um pouco mais da vida da Lory e aproveite para pensar na sua vida também. Pega seu café e sinta-se a vontade.
Neste livro, Lorena vai contar sua vida, que foi bem intensa, nesses seus quase 18 anos. A jovem vai narrar pontos específicos e ao mesmo tempo procura interagir com os leitores, mostrando seus gostos e aquelas coisas que odeia.

Lory irá nos contar um pouco sobre a sua doença, a doença de Crohn, que é autoimune e ataca os órgão digestivos dela, em outras palavras, seu corpo trava uma luta contra ele mesmo. 
Desde os 5 anos de idade, a Lorena frequenta os hospitais. Ela já passou por várias internações e algumas cirurgias.
"Você quer somete viver. É algo inexplicável esses dias que vivi. Me fez valorizar cada coisa que eu faço, por menor que ela seja, já é muito"
Apesar dos quase 18 anos, Lory tem a aparência de uma jovem de 12 anos e isto se deve ao foto de ter usado Prednisona, um tipo de coticoide que quando usado em grandes doses e por um longo tempo acaba afetando o crescimento e desenvolvimento de um corpo.

A garota ainda conta um pouco sobre como foi ficar sem cabelos e como foi a sua aceitação nesta fase. A perca de cabelo ocorreu por causa da quimioterapia, uma forma de tentar combater sua doença.
"Entre idas e vindas, aprendi muito a dar valor a vida, a aproveitar cada momento com saúde como se fosse o último e a nunca reclamar do que acontece com a gente"
Com tantas dificuldades, Lory não se deixou abater. A menina continuou vivendo e levando a sua alegria, se mostrando para o mundo. E em 2015 quando começou a gravar seus vídeos para o Youtube, ela alcançou algo inimaginável. Hoje, Lorena tem sonhos, como qualquer jovem e quer apenas viver, coisa que ela tem feito com maestria.
Confesso que não esperava tanto desse livro quando comecei a ler, tinha uma espécie de receio. Eu não conhecia a Lorena, não sabia a sua história, então a leitura da obra foi uma grata surpresa, visto que ela realmente tem muito o que contar.

Ela narra com grandes detalhes como a doença de Crohn age em seu corpo e quais as suas consequências. Narra como foi sua fase mais turbulenta em hospitais, o tempo que ficou em internação, como era a sua ida e vinda para São Paulo, como foram suas batalhas travadas a cada dia.

A parte interativa do livro é sensacional, pois realmente nos aproxima da Lory, é um momento que conhecemos a adolescente cheia de sonhos. Pela primeira vez tive vontade de rabiscar um livro (e farei isso), pois quero colocar no papel os desafios que ela me propôs.
"Eu sempre gostei da ideia de ser diferente, mas comecei a entender que ser diferente na verdade era ser individual, que cada um seria uma pessoa no mundo"
Lorena é muito determinada, essa palavra representa ela. Mesmo no processo mais difícil de sua doença, Lory não deixava de lado sua vaidade, colorindo seus cabelos sempre e aprendendo a se maquiar. Ela passou por um processo de aceitação e mesmo sendo uma fase dolorosa, soube aceitar quem ela é, o corpo que tem. Sinceramente, não sei se teria a mesma força que ela.

Um ponto que merece destaque é a Lory falar sobre a sua sexualidade. Ela descreve como foi descobrir quem ela era, o que sentia e por quem sentia. Ela se intitula "bissexual", ela ama pessoas, não sexo. 
Queria que mais pessoas fossem assim, que enxergassem as pessoas, as almas e parecem de distribuir ódio gratuito.

A escrita do livro me surpreendeu grandemente, pois consegue envolver o leitor, tanto é que acabei o livro em 1 hora e fiquei querendo ler mais.
Já a edição é um espetáculo. A Coerência simplesmente arrasou na edição, transformando o livro em algo divertido. A diagramação está linda e não encontrei muitos erros de revisão. O livro também tem playlists para serem acessadas, o que achei fantástico.
"Os famosos podem parecer ter tudo, mas muitas vezes é tendo tudo que a gente não tem nada, então porque não fazer do teu nada uma riqueza?"
Lory nos inspira. Ela mostra que às vezes temos problemas tão pequenos, mas a mania de tentar aumentá-los nos cega, nos faz achar que eles são grandes, quando na verdade, não são nada. Ela nos dá um aula de força. Uma garota de 18 anos tem muito o que nos ensinar, então se permita ler...

Super indico a obra, principalmente para o público adolescente/jovem. Podem ter certeza que tirarão lições valiosas!

Beijos da Lice

16 comentários

  1. Parece ser um lindo livro, adoro histórias de superação!

    https://bomdiacaradecotia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem? Já tinha ouvido falar da Lorena e acho bacana que ela esteja compartilhando um pouco da sua história conosco.
    Vou procurar o livro. Obrigada pela dica.

    Beijos.

    www.alempaginas.com
    IG: @alempaginas

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Eu não conheço o trabalho dela, mas a história dela é um grande exemplo de superação.
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Gostei de conhecer um pouco do livro.
    Parece ser bem interessante, e que capa mais linda.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muito bom conhecer a história de Lorena, a biografia dela é incrível, gosto muito de livros assim quando as pessoas fala de sua vida, das suas experiências, a história dela é de superação, gostei muito de conhecer a Lorena bjs.

    ResponderExcluir
  6. Que bacana esse livro. Realmnete a Lory tem muitas coisas boas para compartilhar nele. Gostei de saber!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Alice. Primeira vez no teu blog, e preciso ressaltar como foi uma surpresa me deparar com essa postagem, ainda mais com um livro desse gênero. E foi uma surpresa muito boa.

    Com toda certeza irei colocá-lo na lista. E foi o marco inicial parar ler outras publicações.

    Parabéns pelo blog.
    Um xêro.

    www.johanymedeirosutopia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Quando vi o lançamento desse livro, me perguntei o que uma garota teria a dizer em una biografia. Confesso que me surpreendi vendo sua resenha e me vi com vontade de conhecer essa jovem guerreira.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. A Lory é uma guerreira, com certeza tem muito a nos dizer. Apesar da pouca idade já passou por muita coisa, sua história de vida envolve superação diária. É uma leitura inspiradora, que pode ensinar a darmos valor ao que temos, e perceber que nossos problemas são pequenos.

    ResponderExcluir
  10. Conheço o canal da Lorena, acho ela um amor de pessoa. Não sabia que ela tinha feito livro. Com certeza ela deve ter muito para ensinar. O livro deve ser fantástico!

    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  11. eu não conhecia a história dela, me parece ser um bom livro mesmo serve de exemplo de superação pra muita gente!! beijokas

    ResponderExcluir
  12. Porra, fiquei tão interessada em ler! Sabe que eu vi a capa e quando li na resenha que ela tinha quase 18 anos, pensei logo "não parece mesmo nada!", mas depois entendi... Assim que li sobre a doença e sobre todos os processos nos quais ela submeteu. Deve ser realmente inspirador ler um testemunho assim! Não a conhecia, mas considero-a uma guerreira por contar a sua história!

    ResponderExcluir
  13. Oi Alice, tudo bem? Gente que livro mais lindo e quantos ensinamentos. Como alguém assim tão novinha pode ter tanto conhecimento, tanta vivência e tanta palavra amiga para compartilhar? É muito difícil para uma pessoa quando está doente continuar sendo feliz e desejar coisas boas. Muitas ficam amarguradas e acreditam que não podem realizar mais nada. Pelo contrário, quando desejamos e fazemos coisas boas mais elas veem em nossa direção não é mesmo? Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia essa menina ainda.
    Achei maravilhosa a história de superação, vou procurar os vídeos dela.

    ResponderExcluir
  15. Oi
    que demais esse livro,não conhecia mais fiquei com curiosidade para saber mais sobre o livro,ainda com história assim de superação,adorei a resenha bjs.

    ResponderExcluir
  16. Ela superou e supera muita coisa, conheci o canal dela há algumas semanas
    realmente que Deus continue dando força e sucesso a ela bjss

    https://katiellycorreiamakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir