[Resenha] Quando o amor acontece - Eliana Portella

Olá amores, tudo bem?

Hoje venho trazer mais uma resenha de um livro da Editora Coerência, nossa parceira no primeiro semestre de 2018. E a resenha da vez é de "Quando o amor acontece". Então, vamos lá!!!

Quando o amor acontece
Autora: Eliana Portella
Páginas: 281
Editora: Coerência
Nota: 💙💙💙💙
*E-book cedido pela Editora
SINOPSE: “O universo de Sophia era guiado por duas verdades: em toda sua vida só haveria uma pessoa com a qual ela poderia contar – ela mesma -, a segunda falava sobre o amor; o sentimento que levara ao suicídio os amantes de Verona, a chama que fez arder pela eternidade os corações de Tristão e Isolda, e a paixão insanamente inconsequente que arrebatou Helena e Páris, tudo isso simplesmente não passava de fantasias.
Sophia via o casamento como uma alternativa falha que as pessoas elegiam para não envelhecerem sós, na ilusão de que a paixão perduraria após a união selada. Não que considerasse um erro, julgar as escolhas das outras pessoas não condizia com suas atitudes, mas ver-se ligada a alguém pelo resto da vida apenas para não estar só, ou provar que era capaz de conquistar um pretendente, ia contra tudo o que acreditava ser essencial para a felicidade.
Aos olhos de Sophia, ser feliz era deitar a cabeça no travesseiro com a consciência tranquila, saber que poderia contribuir para um mundo melhor. Receber um ‘muito obrigado’ sincero soava tão agradável como ouvir um ‘eu te amo’.”
“Mas o destino a fez rever todos os seus conceitos, despertando-lhe um novo sentimento ao colocar Lucas em seu caminho.”
Sophia é uma mulher prática e firme em suas decisões. Ela foi criada para ser livre, sabendo que não precisa de homem para dominá-la ou para dizer onde ela deve chegar. Ela nunca acreditou em "amor" ou qualquer coisa do gênero, só que o destino tinha outros planos para Sophia. 
Quando ela conheceu Lucas, tudo mudou. Pela primeira vez ela sentiu algo diferente, seu coração estava pulsando por um sentimento desconhecido.

Lucas é rico, muito rico e de origem árabe. Por isso mesmo, ele possui uma personalidade forte e consegue ser muito ciumento, tentando controlar Sophia.
Como a jovem se divide entre três trabalhos, ultimamente não tem tido tempo para ficar com Lucas e ele está lhe cobrando mais atenção.

Sophia resolveu cursar jornalismo, pois era a sua maior paixão, mesmo seu pai querendo que a jovem fosse para a área de administração, para comandar a empresa da família, a De Lucca Gráfica, na qual ela frequentava  a administração desde a adolescência, pois seus irmãos não eram ligados no negócio da família. Mesmo tendo cursado jornalismo, ela comanda a gráfica da família, além de trabalhar em um jornal e na TV. Porém, com a pressão de Lucas, acabará abandonando esse emprego e deixando seus pais 'revoltados'.
"Sophia rejeitava a ideia do casamento. Sentia que no momento em que se entregasse por completo, estaria assumindo uma posição submissa"
Lucas também acaba convencendo Sophia a sair da casa de seus pais e ir para um apartamento alugado por ele, enquanto o que ela comprou não é entregue. Com isso, os dois passam a se ver mais frequentemente e a relação parece finalmente estar caminhando bem.
Entre viagens, noites calientes, jantares de negócio e compras, o casal vai se encontrando e o amor parece está com a chama acesa.

Porém, quando Sophia decide começar uma investigação contra o desmatamento de uma cidade no interior do país, que irá afetar os maiores fazendeiros da região, as coisas saem de controlo.
Ela acaba 'sumindo' nesta viagem e Lucas só descobre depois, pois eles estavam brigados, visto que ele não queria que ela fosse para essa investigação jornalística.

O que será que o futuro aguarda para Sophia e Lucas? O amor dos dois vai superar todas as diferenças que parecem existir?
Preciso começar dizendo que este livro foi uma grata surpresa. A autora consegue surpreender o leitor a cada página e os acontecimentos vão proporcionando belas reviravoltas de deixar o queixo caído, literalmente. Mas, antes de adentrar mais a fundo na história e sua escrita, vamos conhecer mais dos personagens.

Basicamente, temos dois personagens que aparecem na maioria do livro, Sophia e Lucas.
Sophia é uma mulher firme, que se acha bem "normal", sem grandes atrativos físicos. Ela não acreditava no amor e sempre se achou no controle de sua vida. Durante o livro, é perceptível que ela vai acabar mudando e se adaptando ao que Lucas deseja. De certa forma, o amor fala mais alto e ela quer viver esse amor intensamente.
"Sophia é comprometida com seus ideais de contribuir para um mundo melhor"
Lucas é milionário e veio de uma família com muito dinheiro. Ele sempre teve todas as mulheres que desejou, podendo ter mais de uma até, visto que é árabe. Porém, ao encontrar Sophia, o mundo de Lucas foi mudado. Ele desejou ela desde o primeiro instante e queria fazer dela sua mulher.
Ele é extremamente ciumento e controlador, e esses fatores me fizeram ter certa ressalva do personagem.

Valentina e Leonardo são os pais de Lucas. Apesar de ter nomes ocidentais, os dois são árabes. Pessoas centradas, sempre buscaram o melhor para seu filho. Leonardo, percebendo o talento de Lucas para o negócio logo deu-lhe metade das ações de suas empresas, e depois o filho abriu a própria sede. Eles eram receosos em relação a Lucas e relacionamentos, não queriam que o filho ficasse com uma mulher interesseira ou acabasse solteiro.
"Sentia-se insegura, nunca tivera um namorado de verdade. Também nunca fizera muito sucesso entre os colegas do sexo oposto, o que nunca a incomodou"
Francesca e Marco Antônio são os pais de Sophia, e não são muito diferentes dos pais de Lucas. Assim que perceberam que a filha era boa na administração de sua empresa, tentaram persuadi-la a cursar administração, mas esse nunca fora o desejo da garota. Eles criaram uma filha forte e determinada, diferente dos outros filhos, Marcelo e Bruno, que não possuam a menor vontade de comandar o negócio da família.
"Quando o amor acontece" não possui uma narrativa tão comum. O livro, basicamente, se inicia do meio para o começo. Calma, que já explico. O livro acontece com acontecimentos narrados depois de um certo tempo que Sophia e Lucas estão juntos.
Depois dessa primeira fase, o livro volta para o passado e começa narrando em um capítulo como os pais de Lucas se conheceram e como foi sua infância, adolescência e como se tornou um grande empresário. E logo depois já mostra como ele conheceu Sophia e como surgiu o romance.
Após essa fase do passado, o livro retorna de onde parou e continua com seu curso normalmente.

Com esta narrativa, o livro acaba criando algumas quebras na história. Porém, diferente de muitas obras onde as quebras são maléficas, neste caso elas foram empregadas maravilhosamente bem e combinaram com o contexto, ajudando a enxergar como aquele romance foi iniciado, além de surpreender o leitor, levando-o para um novo caminho.
"O que você precisa entender é que eu tive muitas mulheres, mas nenhuma delas me teve. Você foi a primeira, e única"
A escrita da Eliana é boa e consegue fazer a leitura fluir. Ela dosou corretamente as cenas de carinho, as cenas calientes e até as cenas de ciúmes de Lucas. A narração ocorre em terceira pessoa, o que permite uma visão estendida do conteúdo.
Quanto a edição do livro, eu realizei a leitura em e-book, então só posso analisá-la desta forma. Não encontrei graves erros e a capa combina muito bem com a história.

O único fator que não me fez dar nota máxima para o livro foi esse controle excessivo do Lucas, de certa forma isto acabou me incomodando. A autora conseguiu passar que este talvez seja uma característica marcante dos árabes, mas na minha opinião, esse ciúme pesou, me senti enclausurada pela personagem. Porém, não é algo que faça a obra ser ruim, longe disso, às vezes, esse ciúme dele até vai "ajudar".
"O amor de Lucas vinha acompanhado de um sentimento de posse e proteção de proporções tão exageradas que por vezes a assustava, mas então ela se lembrava de Valentina e via que era possível a mulher ter um papel mais participativo no relacionamento matrimonial e isso a tranquilizava"
O amor não tem hora marcada para chegar. O amor vai chegar de repente e quando chegar, vai quebrar todas as suas certezas e te fazer andar por outro caminho. O amor pode demorar, o amor pode ser rápido. O amor muda vidas, e acompanhando a vida de Sophia e Lucas você vai perceber o quanto o amor é transformador, o quanto o amor é felicidade... Quando o amor acontece, já era... Ele te pega e não te solta!

Beijos da Lice

13 comentários

  1. Nossa amei a sua resenha e o livro visto pelos seus olhos. Achei interessante por trechos pontuais do livro. Sucesso. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que delícia de resenha! Também achei incrível a disposição dos pequenos trechos intercalando com as lindas fotos. Essa adorável “distração” me fez relaxar enquanto absorvia a sua interpretação do meu romance. Amei!!!
    Super obrigada pelo carinho e pela sensibilidade com que analisou o enredo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante esta ida e volta ao passado e o comecp do meio alem do romance do belo casal.
    Ótima resenha

    ResponderExcluir
  4. Que resenha maravilhosa... estou doida pra conhecer a história da Sophia😍

    ResponderExcluir
  5. Ahh que leitura deliciosa, já quero ler! ❤

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu também amei o livro. A história é bem envolvente e me cativou do começo ao fim. O ciúme do Lucas também me incomodou um pouco mais em um certo momento eu consegui entender como é que ele pensava e acabou que não me incomodou mais Adorei saber a sua opinião
    A resenha Fficou maravilhosa.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. Ain amei sua resenha, e amei o livro também! Apesar de que eu não tenho o hábito de ler, preciso tornar isso uma rotina. :(

    ResponderExcluir
  8. Oi Alice, tudo bem? O amor é algo interessante. Pra uns chega mais rápido que para outros. Há pessoas que passam a vida dizendo que querem encontrar alguém para amar, já outros acreditam que podem ser felizes do jeito que levam a vida, sozinhas. Eu já penso que as pessoas devem seguir suas vidas da maneira que as fazem felizes, com ou sem relacionamento. Ficar ou casar com alguém apenas para não se sentir só é um motivo muito pequeno para se casar concorda? Muito melhor quando realmente amamos essa pessoa. Gostei muito do enredo do livro, dos personagens e da sua resenha. Ótima semana pra você. Beijos da corujinha, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tudo bom?
    Não conhecia o livro, me pareceu ser uma narrativa muito interessante, parece uma história linda. Parabéns pela resenha.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  10. Oi Alice!
    Não conhecia o livro, mas achei a narrativa interessante mesmo não gostando de histórias que vai lá no passado para explicar o presente!!
    Como sempre, ótima resenha!!
    Bjs
    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá! Não conhecia o livro nem a autora e admito que não faz muito meu estilo hehe porém parece ser bem envolvente. Ótima resenha, parabéns :)

    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Não tenho muita oportunidade de ler este tipo de narrativa que volta no tempo mas é sempre uma experiencia interessante, como é em ebook da para tentar dar uma chance para a historia ja que a sua resenha esta tão legal.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Por mais que a historia ao meu ver seja a mesma em vários outros livros, não consigo resistir a esse clichê rs, fiquei curiosa pra ver como a escritora iria desenvolver a historia.

    ResponderExcluir