[Resenha] Ela colore meu mundo - Evilane Oliveira

9Olá meus amores, tudo bem?

Hoje a resenha é de um livro que fiz a leitura crítica antes do lançamento e que gostei bastante. "Ela colore meu mundo" é um livro que traz a história de Kieran e Gabrielle, personagens que conhecemos em "Atroz: Uma fuga inesquecível". Bora lá conhecer esse casal?

Ela colore meu mundo
Autora: Evilane Oliveira
Páginas: 268 
Onde Comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙  
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Kieran é alguém que não se deve brincar. Gabrielle soube disso assim que olhou em seus olhos. Ele era a definição de escuridão. O corpo dela tremeu e ela sabia que aquele homem não era alguém para se chegar perto. E o aviso sonoro voltou a apitar quando ela o pegou em um beco quase matando alguém por uma dívida.
No entanto, todos os fatos fizeram acontecer o contrário, os dois se aproximaram, se apaixonaram e o desejo fluiu. Gabby só não esperava que o encanto acabaria tão rápido.
Gabrielle coloriu a vida de Kieran a partir do momento em que seus olhos se prenderam um num outro. A escuridão que emanava dele sempre se reduzia quando ela estava perto. E é por isso que quando, finalmente, ele tem seu algodão doce preso a sua cama Kieran não quer mais deixá-la partir.
Só que as coisas podem se tornar difíceis. Principalmente se você for preso.
Dois anos depois de ficar trancafiado por seus erros, Kieran reencontra Gabrielle. Ao olhar para seus cabelos agora longe de serem rosa como algodão doce, ele percebe que alguma coisa dentro da pequena mulher quebrou, ele está mais que disposto a descobrir e juntar todos os seus cacos.
Ele a quer de volta.
Ela o deseja além da razão.
Mas o presente dos dois não tem nenhuma semelhança com o passado, além do amor que os unem.
Segredos podem te consumir, te fazer quebrar, então fica a questão;
Quem vai ruir primeiro?
Gabby ou Kieran?
Gabby e Kieran nos são apresentados em "Atroz: Uma fuga inesquecível", onde eles se conheceram em um racha. No primeiro livro, vemos eles se aproximando de fundo, mas não sabemos muito mais dos dois. 
Neste livro, começamos voltando ao passado, em cenas onde mostram a primeira vez dos dois, o apelido que Kieran deu para Gabby, "Algodão Doce" e a tatuagem que eles fizeram juntos. Gabrielle era uma jovem muito alegra e feliz, que tinha sonhos, muito deles.

Quando os pais de Gabby souberam de seu envolvimento com Kieran, mandaram ela se afastar completamente dele, pois caso contrário ele poderia sofrer (morrer), mesmo na cadeia.
E assim, Gabby o fez, ela não foi procurá-lo, pois tinha medo. As coisas pioraram quando ela descobriu que estava grávida e seus pais a levaram para fora do país, o motivo? Eles iriam fingir que o filho de Gabby era deles.
"Todos nós somos diferentes um do outro, mas existem pessoas que querem se esconder para que as diferenças não transpareçam. Eu deixo as minhas aparentes. Minha personalidade está em cada poro do meu corpo. Como me visto e tudo mais"
Dois anos presos, foi este tempo que Kieran ficou "fora do mundo" e agora que saiu ele não tira Gabby da sua mente.
Já Gabrielle vive em uma completa tristeza. Seu filho com Kieran, Nicolas foi criado com seu irmão e seus pais não a deixam demonstrar seu amor pelo bebê. Ela já não possui os cabelos coloridos, pintou-os e perdeu a alegria da vida. Atualmente trabalha na galeria com Alicia. Kieran por sua vez, depois que saiu da cadeia, está trabalhando na oficina do seu pai.

Lorena, a irmã de Gabby não aceita tudo que seus pais fazem com a irmã, para ela é incompreensível que pais peguem o filho de alguém. Lore ver o quanto Gabby se dedica ao Nico, mesmo não deixando isso transparecer na presença dos pais. Ela sempre foge a noite para ir amamentar a criança, sempre o leva ao médico, Mateus.
"Não quero me livrar da minha família. Eu quero que eles me deixem viver, e isso é diferente"
Ao reencontrar Kieran, Gabby fica em choque, o homem que sempre amou está de volta, o pai de seu filho. Porém, ela sabe que não pode contar a ele tudo que se passou, ela sabe que Kieran não aceitaria isto.

Será que Gabby vai contar para Kieran? Ela vai "recuperar" seu filho? Ainda existe um futuro para os dois?
Em "Ela colore meu mundo" vamos conhecer completamente Gabrielle e Kieran, assim como as suas famílias. 
A família de Gabby é rica e influente, mas não possui um pingo de amor entre pais e filhas. Os pais são totalmente grotescos, sendo bem rudes e deixando claro o quanto as meninas não os agradam por suas escolhas, nenhuma é um "exemplo" aos olhos deles.
Já a família de Kieran é um pouco diferente. Seu pai o ama completamente, assim como a sua irmã. O problema está na mãe deles, que sumiu ainda quando ele era pequeno. O que posso falar é que Kieran não gosta nenhum pouco da mãe e tem motivos para isso.

Gabrielle passou por algo muito difícil, ver seu filho sendo tirado de seus pais e você não podendo realizar seu papel de mãe deve ser doloroso e atordoante. 
É possível perceber nitidamente a mudança dela. Ela deixa todas as cores que a rondavam indo embora e ficando apenas o vazio, aquele "nada". Gabby perde a alegria de viver, perde o brilho e todas as noites ela sente tristeza em seu ser.
"A verdade machuca. Ela te faz se sentir a pior pessoa do mundo. Olhando Kieran bêbado e drogado, eu me pergunto se eu não preferia imaginar que ele era um cara bom. Que merecia eu e Nico"
O Kieran que conhecemos em Atroz é totalmente diferente do que Kieran que acompanhamos aqui e em grande parte isto se deve a Gabby. O amor foi sim capaz de mudar a vida dele, mas a amizade do Luca também ajudou muito neste processo. Foi o Luca que não o fez fugir da prisão e ficar esperando os 2 anos passarem para se ver livre.
Quando ele se ver liberto, Kieran quer apenas voltar a ter uma vida "normal", nos eixos. E, para isso, ele vai ter que se controlar bastante.

Uma grata surpresa neste livro foi Lorena. Em Atroz eu simplesmente odiei-a, pois ela queria de toda forma fisgar o Luca para ela e me irritava ela ser tão atirada. Aqui vemos outra Lorena, uma que sofre a dor da irmã e que está disposta a lhe ajudar.
Também iremos ver uma Lorena que vai em busca de seus sonhos e começa a acreditar mais em si, com certeza ela me conquistou nesse livro.
"E era por você Gabby. Eu queria ser melhor para você. Assim que eu te vi, eu te quis. Foi instantâneo, mas depois que conheci você, eu tinha certeza de que seria minha redenção. Você colore meu mundo, Algodão Doce"
Alicia e Luca continuam do mesmo jeito, conquistando todo o amor do leitor. Eles são um casal feliz que fazem tudo para se manterem assim.
Os pais de Gabby e Lorena merecem uma única coisa do leitor: desprezo e fiz questão de dar isso em dobro para eles. A mãe de Kieran não fica muito atrás e não gostei nada dela.
Sinceramente, não sei narrar minha relação com esse livro. Como fiz a leitura antes da publicação, confesso que tinha alguns pontos que me incomodaram, mas depois de reler com as mudanças, foi puro amor, ficou simplesmente mais fluído e as cenas que achei que não se encaixavam muito bem, ficaram perfeitas modificadas.

Uma cena em particular mostra como os seres humanos são seres sem escrúpulos e como podem não ter sentimentos algum, sendo ocos. Dois personagens me fizeram ter muita raiva ao longo do livro inteiro e juro que queria estrangulá-los com minhas próprias mãos.

O livro me surpreendeu em vários momentos, cenas que não pensei que seriam encaixadas e foram feitas com maestria. A Evilane não teve medo de arriscar e de trazer pontos que podem causar discórdia nos leitores. 
"Pensei que eu pudesse mudar por Gabrielle, mas não posso. Isso está dentro de mim, encravado na minha alma"
É claro que ao longo do livro alguns novos personagens vão surgir e gostei muito deles, principalmente da irmã de Kieran. O Nicolas também é um personagem que me cativou por sua simples presença.
Em alguns momentos da leitura, o leitor vai se sentir angustiado, pensando na próxima cena e em como tudo vai ocorrer.

A escrita da Evilane apenas evoluiu e "Ela colore meu mundo" conquistou meu coração mais forte do que Atroz, nem eu sei bem o motivo, talvez seja pela carga emocional contida. Algumas cenas ainda possuem desfechos muito rápidos, mas a cada obra, ela consegue melhorar esse contexto e fazer as cena mais amarradas.
Essa capa está fabulosa, nada menos que isso. Já a edição, mesmo em e-book é maravilhosa, gosto do cuidado dela nas obras.

Eu super indico esta leitura, pois sei que ela será capaz de conquistar o coração de muitos leitores. E Evilane, pode contar comigo para outras obras rs Escreve e manda, estou esperando hahaha
"Gabrielle é como um raio de sol em meio a minha escuridão. Tudo estava negro, sem vida e sem sentido. la chegou e tudo isso virou pó. A luz, a cor que ela colocou em minha vida não tem explicação. Gabrielle me mantem são. Essa é a definição"
Gabby e Kieran vão mostrar ao leitor o quanto um casal pode sim amadurecer com o tempo e se preparar para serem um do outro completamente, sem metade ou mentiras. Eles vão mostrar que para vivermos precisamos de cores, cores que tragam motivos para a nossa felicidade, que falem por si só e eles me fizeram sentir essas cores pulsando.
Eles vão passar por tempestades, vão passar por momentos pesados, vão passar por dúvidas e incertezas, mas terão o amor deles como a base sólida de suas vidas. Gabby e Kieran são a prova que depois de uma tempestade sempre surge um arco-íris, um daqueles com cor e sabor de algodão doce....

Beijos da Lice

13 comentários

  1. Sua resenha está ótima.
    Nossa, que história complicada! Mas eu gosto quando os protagonistas enfrentam tudo e ainda ficam juntos. É o amor de verdade!

    ResponderExcluir
  2. Tb achei a capa linda, é um atrativo que já faz simpatizar com o livro 😊 A história me parece muito bem amarrada,o desenrolar é interessante, dá vontade de saber mais. Gosto de tramas românticas com encontros e desencontros, geralmente têm muitas reviravoltas emocionantes. Acho que esse enredo até daria uma boa novela! Parabéns pela resenha Alice, está super bem explicada, me fez entrar no clima do livro 💜

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Bem interessante o livro. Achei legal a forma como você fez a resenha, e a imagem que mostra do livro, a sua opinião sobre os personagens; aqueles que agradaram e os que não.
    Acho que na vida real, assim como no livro, em um momento de reconstrução de nossas trajetórias, ainda iremos conviver com fantasmas do passado e que em alguns momentos irão nos testar, atormentar. Mas faz parte do processo, e se queremos a reconstrução, devemos superar tais momentos.

    refletindoweb.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!!
    Adorei a sua resenha! Gosto de livros que os personagens amadurecem e enfrentam os problemas para ficarem juntos! Gostei da sua opinião sobre os personagens e a capa é linda. Já dei uma olhada no site da Amazon e fiquei feliz em saber que está disponível no Kindle Unlimited. Vou baixar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Este é mais um livro daqueles que da vontade de ler do início ao fim..No decorrer da resenha rola um romance, uma paixão algo assim do tipo namoro...É muito bom.

    ResponderExcluir
  6. Oi Alice! Uau, que história. A capa já chamaria minha atenção, por ser tão linda. Mas conforme fui lendo sua resenha, senti vontade de pegar o livro e devorar. Quero saber se e como o casal irá se reunir, como ficará a situação do filho...
    E já to sentindo desprezo pelos pais dela. Que nojo de pessoas!
    Uma resenha incrível, Alice. Parabéns.
    Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Sempre amo suas resenhas, mas essa me tirou de órbita rsrs! Obrigada, Lice! Por betar o livro, me ajudar e por ser uma parceira tão legal.
    Parabéns! Adorei a resenha ♡

    ResponderExcluir
  8. Olá!Não conhecia o título e não chamou minha atenção,esses tipos de romance não são os que me prende.
    O tempo pode mudar tudo e todos as suas voltas.Que bom que gostou do livro.
    Ótima descrição.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi alice, tudl bem?

    Parabéns pela resenha, a capa do livro é linda, a história parece ser muito boa. Vou anotar aqui na minha lista. Obrigado pela indicação.

    ResponderExcluir
  10. Olá! É tão bacana ler um livro em que vamos a fundo nas vidas dos personagens e podemos ver o amadurecimento deles. A protagonista realmente sofreu neste enredo.. Que pais são esses gente (fiquei chocada ahaha) Parece ser uma ótima leitura, espero ter a oportunidade de ler!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  11. Oi Alice, tudo bem? No início do post estava achando a história interessante e me envolvendo, até que lembrei porque (risos). Lembrei da resenha do livro anterior. Quando estamos num relacionamento aprendemos muitas coisas, amadurecemos, e com o tempo acabamos mudando. Quem éramos no início deixa de existir e dá espaço a uma nova pessoa. Uma pena quando relacionamentos nos fazem sofrer, deixa marcas, e as vezes nos deixa amargos. Mas faz parte da vida não é mesmo? Fiquei bem curiosa pra ler. Beijos da corujinha, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  12. Oi, Alice.
    =)

    Menina quanta tensão numa história só. Essa pega fogo, viu. Fiquei curioso para ler. E achei o título bem lindinho (e poético demais <3). Para ler esse livro precisa necessariamente ter lido o outro?
    E que família tensa essa de Gabby... Me lembro das tramas de novelas, quando as mães agem tentando "proteger" o filho e na verdade não estão fazendo bem para eles, além de toda essa frieza, geralmente vindas de famílias ricas (nas tramas).

    Achei interessante, daria uma chance a leitura.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Gosto deste tipo de história que somos apresentados aos personagens em um livro e depois o conhecemos de verdade no livro deles. Amei a capa e acho que leria está história, sua resenha tem a habilidade de deixar a gente a fim de ler a história. Achei super diferente o nome do protagonista. Beijos

    ResponderExcluir