[Resenha] Antes do Sucesso - Cinthia Basso

Olá gnomos, tudo bem?

Hoje não é dia de post, mas abri uma exceção e trago uma resenha para vocês, de um livro que acabou me surpreendendo. O livro em questão é o segundo da série Boston Globe, o primeiro foi "Meu Astro do Basquete" (Resenha aqui). Os livros podem ser lidos separadamente, pois contam histórias distintas. Sem mais delongas, vamos a resenha.

Antes do Sucesso
Série: Boston Globe, Livro 2
Autora: Cinthia Basso
Páginas: 384
Editora: Independente
Onde Comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Allan James é um dos jogadores mais famosos da NBA. Todos querem estar ao seu redor por causa do seu jeito humilde, e o adoram pelo seu bom humor. No entanto, o que ninguém percebe, é que debaixo de tudo isso, ele esconde suas mágoas e tristezas, tentando afastar memórias de alguém que um dia fora insubstituível.
Roselyn Stewart é uma pacata bibliotecária que não se preocupa ou se interessa por fama nem atenção, mas sua vida vira de pernas para o ar quando James, o famoso jogador, se infiltra no seu mundo tranquilo, sem ao menos pedir permissão. Com seu jeito brincalhão e irresistível, ele mexe com seus sentimentos e a deixa confusa, fazendo-a repensar tudo o que acreditava sobre os homens.
Ninguém sabe, mas o passado de ambos pode estar mais perto do que imaginam, e só eles poderão escolher os caminhos para o futuro.
Pode o presente ser mais importante que o passado?
E se o passado bater à sua porta, você o manda embora ou o convida a entrar?
Allan James é jogador do Boston Globe e tem uma amizade/irmandade com Josh e Silas, ambos jogadores também. Allan é um dos jogadores mais famosos e que sempre viveu entre a mídia, aproveitando muito a vida. No entanto, Allan guarda muitas coisas dentro de si, principalmente tristezas e mágoas de um passado que lhe destruiu.

Humilde, Allan veio de uma família pobre e o basquete foi sua forma de subir na vida, que na periferia não tinha nenhum vislumbre de crescimento. Desde a infância ele namorava Letícia, ela era a sua vida, o seu chão, porém a vida foi cruel com ele e acabou tirando o seu amor em um acidente de carro. Desde então, Allan não havia entregado seu coração para ninguém, ele se fechou, com medo do que o amor poderia causar em si.

Quando conheceu Rose, a melhor amiga da mulher de seu amigo, ele logo se encantou por ela. Rose era linda e aquilo não podia ser negado. Eles tinham uma "relação" não assumida, que se resumia à apenas ficar quando queriam, Allan não podia dar mais a ela, pois não se sentia preparado.
"A vontade de morrer era maior que tudo, e torcia para que isso acontecesse quando todos 'acabassem' comigo"
Porém, Roselyn Stewart também trazia consigo seus próprios traumas e eles eram gigantescos, impedindo que a jovem vivesse sua vida plenamente. Rose vivia com medo, principalmente da sua cidade natal, ela queria distância do local que lhe tinha destruído, que a tinha feito viver com vergonha de todos e de si mesma.

No dia do nascimento da filha de Josh e Bia, melhores amigos de Allan e Rose, também era véspera da morte de Letícia e nessa ocasião, James se fechava totalmente para o mundo a sua volta, ele apenas queria se esconder de tudo. Depois de recusar inúmeras ligações de Rose, Silas e Josh, ele decidiu que era melhor sair e foi levado direto ao hospital. Porém, ao chegar lá, o ciúme explodiu, Rose estava deitada no colo de Silas. Ao tentar entender aquilo, Allan acabou causando uma crise em Rose, que saiu desesperada.

Depois do acontecimento do hospital, Rose e Allan se manteram afastados, sem contato. Cinco dias depois, ele resolveu que estava na hora de ir encontrá-la, mas ao sair do seu apartamento, tudo mudou, pois na rua ele viu Letícia. Sim, a mulher do seu passado que tanto amou, estava a sua frente e parecia que ele tinha sido enganado a vida inteira.
"Ser taxado de 'sortudo' é algo comum no meio, mas pior é perceber que quanto mais eu me esforço, mais sorte as pessoas me atribuem"
Em paralelo a isso, Rose descobria através da sua prima que sua mãe estava muito mal, praticamente morrendo e que se ela quisesse se despedir, teria que ir para lá naquele momento. Assim, Rose tomou uma das decisões mais difíceis, voltar a sua cidade natal e aos seus fantasmas.

Parece que os fantasmas de Allan e de Rose voltaram com tudo. Ele vai ter que lidar com uma namorada não morta e ela com um trauma que lhe corrompe. Será que o destino ainda será capaz de juntar esses dois? O que o futuro aguarda para eles? Eles serão capaz de se abrir com o outro e contar o que aconteceu?
O que falar desse livro? Que eu amei? Amei muito, amei forte. A continuação da série continuou incrível e capaz de fazer qualquer leitor suspirar!

Rose é uma personagem forte e que passou por um grande sofrimento na sua vida. Em sua cidade natal ela passou por algo incompreensível e o trauma perpetuou por toda a sua vida. Depois de tal trauma, ela perdeu a vontade de lutar pelos seus sonhos e até parou de escrever, coisa que lhe dava muito prazer e que amava. De certa forma, ela se fechou em sua concha, não deixando ninguém entrar, o medo virou seu companheiro.

Já Allan parecia que vivia uma vida maravilhosa, que nada o atingia e que ele era muito feliz, mas aquilo era uma máscara de seus próprios sentimentos. Allan tinha vivido um trauma enorme em sua vida, a perca de um amor o havia machucado, ele não sabia se conseguiria ser feliz em outro relacionamento. 
Ele também tinha problemas com a família, sua mãe e irmão o viam apenas como alguém que lhe daria dinheiro, enxergando ele apenas como um astro.
"O mundo inteiro é tão hipócrita que vive pregando a paz mundial com a conta bancária cheia, enquanto alguns não tem dinheiro nem para comprar um grão de feijão"
Josh e Bia permanecem com o seu amor intacto, assim como no primeiro livro, o livro deles. Acho o amor deles tão leve e amo a personalidade da Bia, que sempre coloca o marido e até Allan e Silas em seus lugares (rainha né mores?!). Os filhos só fizeram Josh e Bia mais felizes, uma família grande e que só cresce muito amorosa.

Silas continua sendo um garoto bom. Sério, entre os três amigos, ele era o único que procurava o amor, que queria construir uma família, mas aparentemente isto não chegava para ele. Ele é um doce e vai se mostrar um grande amigo, tanto para Rose, quanto para Allan.
A parte cômica do livro fica por conta do maior colunista de fofoca, o Stephen Pharrell. Alguns capítulos iniciam com as opiniões dele e são hilários, eu amo esse homem e concordo com ele em relação a Jamesconda haha
A Cinthia abordou muitos assuntos importantes neste livro, como estupro. Acho o assunto tão importante e infelizmente não temos muitos livros nacionais que o abrangem. Uma pessoa que sofre estupro, ela acaba sofrendo não apenas uma violência física, mas uma violência psicológica violenta, que perpetua por muitos tempos. A Cinthia soube mostrar exatamente como uma pessoa que sofre tal trauma se sente, como isso acaba influenciando sua vida.

A namorada morta do Allan voltando aos mortos é um fato que me deixou muito confusa inicialmente, até porque a Letícia ainda vai trazer muitos outros segredos consigo. Essa personagem é digna de completo asco por parte do leitor, essa mulher não vale nada e terminei o livro querendo arrastar a cara dela no asfalto.
"Porque é muito mais fácil julgar sem se importar em saber... Muito mais fácil"
As relações de amizade entre os jogadores do Boston apenas se intensificaram neste livro, mas diferente do primeiro livro, aqui basicamente só vemos Josh, Allan e Silas. Eles são irmãos de alma e estão dispostos se protegerem para sempre. A amizade entre Rose e Bia também merece nosso respeito.

Os personagens secundários também merecem atenção, então nada de deixar eles de lado hein?! Certo personagem, assim como Letícia vai causar muito asco no leitor e por mim, a morte seria o melhor destino para ele.
Outra personagem é meio burra e acabou sendo enganada (se toca filha!!!).

A escrita da Cinthia mais uma vez nos fisga e nos leva em um passeio no livro, sendo sugado para a obra. 
Um ponto muito positivo é a diagramação do livro que está simplesmente espetacular, a autora arrasou neste ponto, sempre babo nas diagramações dela. 
"O inferno é o lugar onde seus pesadelos se tornam infinitos, então você fica revivendo sempre tudo o que mais te apavorou"
Rose e Allan são pessoas formadas de trauma. Cada um viveu coisas que não são capazes de explicar e de conversar com os demais, eles se fecharam em suas próprias vidas, em seus próprios mundos de dor.
Eles vão nos conquistar por seu amor que vai sendo construído aos poucos, pela força deles em quererem se livrar do passado. Certas coisas podem ser difíceis, certas coisas precisam ser superadas e esse casal vai mostrar o quanto o amor pode ser a única solução para eles. O amor vai mostra que não importa quem você seja, sua vida Antes do Sucesso sempre baterá a sua porta e você precisará lidar com todos os sentimentos repreendidos...

Beijos da Lice

12 comentários

  1. Oi Alice.

    A história que me ganhou quando você você comentou sobre a aparição da mulher que até então estava morta. Achei que ele estava tendo uma visão, até que você confirmou tudo. Tenso, viu! Imagine ser enganado um longo período da vida, sofrer tanto por uma mentira. Socorro!

    Espero que dê tudo certo para o encontro do casal assombrado por fantasmas.

    Bjão.

    Diego, Blog Vida & Letras
    .blogvidaeletras.blogspot.com
    Instagram: @vidaeletras

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia a autora, gostei de sua resenha, parece mesmo ser uma leitura bem dinâmica e de fazer suspirar.

    ResponderExcluir
  3. Oi alice, tudo bem? não conhecia esse livro nem a autora. Gostei muito da sua resenha. As fotos estão lindas.
    Que legal que vc tem um Kindle. Amo o meu.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  4. História muito comovente, é super interessante faz a pessoa se envolver cada vez mais. ameei

    ResponderExcluir
  5. Heey!!
    Parece ser um otimo livro, é verdade sobre ter poucos livros nacionais que falem sobre estrupo. Eu só li um que foi, Maria e Eu, recomendo muito a leitura.
    A B R A Ç O S.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, pela sinopse parece ser um bom livro, pe difícil ver livros nacionais com essa temática, sera que tem em ebook? JÁ QUERO

    ResponderExcluir
  7. Oi Alice! Fiquei com vontade de ler esse livro por dois motivos especiais. O primeiro é o tema que trata. Realmente precisamos de mais nacionais que falem disso. E digo mais, que falem disso sem romantizar, como já peguei em alguns por aí. E pela namorada que volta dos mortos. Quando chegou essa parte já tava odiando ela. O primeiro livro eu peguei numa promo que apareceu, depois que li sua resenha dele, só não li ainda. Vou aproveitar e ler logo e pegar o segundo.
    Adorei a resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Puts mas tu ficou brava mesmo com a tal Leticia. Adorei a sua resenha, também gosto de escritoras que tem coragem de falar de assuntos tabu com estupro, drogas entre outros. Depois de ler sua resenha da vontade de ler este livro. Beijoa

    ResponderExcluir
  9. Já preciso ler esse livro rs, sua resenha me deixou para lá de curiosa, parece intenso, tem assunto tabu e ao que tudo indica é uma leitura envolvente.
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Eu não conhecia essa série. Tentei clicar para ver a resenha do primeiro, mas não está com o link. :/
    Enfim...
    Gostei muito da sua resenha! Sempre muito bem escrita e detalhada.
    O livro parece ter uma história muito bacana. Irei adicionar na minha lista para comprinhas de 2018, pois fiquei bastante curiosa.

    Beijos,
    Narah - www.lerantesdedormir.com.br

    ResponderExcluir
  11. Bem bacana e com uma temática diferente, nunca li livros assim sobre NBL ou até mesmo NFL, fiquei curioso com sua resenha, ta ai, qro ler um livro nesse estilo!

    ResponderExcluir
  12. A resenha ficou muito boa, mas é um tipo de leitura que eu não leria. Personagem confuso que não sabe o que quer, não se abre ao amor...

    ResponderExcluir