7 de fevereiro de 2018

[Resenha] Amor à Segunda Vista 2 - A. C. Nunes

Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de resenha e venho com a sequência da trilogia da A. C. Nunes, e confesso que a história apenas ficou boa. Suspirei bastante com o livro e tive inúmeras emoções despertadas, e senti muita raiva da Lívia. O Cretino Hauser é apaixonante!!!
Pode conter Spoiler do primeiro livro...

Amor à Segunda Vista 2
Autora: A. C. Nunes
Páginas: 804
Editora: Independente
Onde Comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙 / Favoritado
*E-book cedido pela autora
SINOPSE: Após uma grande reviravolta em sua vida, Alfredo Hauser decide erguer a cabeça e tocar a vida em frente, encontrando uma nova oportunidade para recomeçar e tentar ser feliz. Ele só não esperava que o destino lhe tirasse tudo tão bruscamente. Alfredo vai ao fundo do poço e se torna um homem frio e amargo. E somente Lívia, aquela que causou parte de suas feridas, poderá curá-lo por completo e aquecer seu coração outra vez, reacendendo, também nela, seu amor por ele.
Nessa nova etapa na vida de Lívia e Alfredo o amor mútuo arderá novamente, mas isso será suficiente para eles superarem as feridas, o ódio, o rancor e segredos que virão à tona?
Em Amor à Segunda Vista 2, Alfredo enfrentará a maior de suas dores. Ao seu lado, e embora isso custe seu relacionamento com Henrique, Lívia o ajudará a superar todos os seus traumas, sofrimentos e também limitações. E se o amor pela mesma mulher atiçou ainda mais o ódio nos irmãos Hauser, o amor por uma mesma criança é o que os unirá, no final das contas. Um romance não somente sobre perdas, sofrimentos e traumas, mas, sobretudo, sobre o amor e suas várias facetas.
Logo após o final do primeiro livro, onde Lívia tinha enganado Alfredo fingindo que estava apaixonada por ele e deixando-o arrasado, ele estava completamente sem chão. Lívia ainda decide ir morar com Henrique, o irmão de Alfredo, ela quer dar mais uma chance a sua "família".
Com a gravidez de Sophie, uma francesa que ele teve um rolo sem compromisso, ele decide que o melhor seja casar com ela, mesmo não amando-a. Alfredo quer casar, quer uma família, quer ter tudo que Lívia não pode lhe dar e tripudiou dele.

No dia do casamento dele com Sophie, ele estava atrasado e a mãe dele mandou Lívia ver o que estava acontecendo. Os dois sozinhos em um quarto não funcionou muito bem e eles acabaram transando ali mesmo, antes dele casar, foi como uma espécie de despedida. Alfredo amava Lívia, mas queria ser capaz de ter um casamento bom com Sophie, e teve enquanto pôde.

Quando a sua filha, Lauren, nasce, a vida de Alfredo parece ter finalmente um sentido, a pequena recebe todo o amor do pai. A relação com Sophie é calma, apesar de não amá-la e ter a certeza que talvez nunca a ame, Alfredo se esforça para ser o melhor marido do mundo, estando sempre disponível para as duas mulheres, agora, da sua vida.
"Você pode até me esquecer e não sofrer mais por mim, mas quando perceber ser incapaz de amar Sophie, ou qualquer outra mulher, como amou a mim, verá que a felicidade nunca vai existir pra você"
Porém, a vida é cruel com Alfredo e mais uma vez vai mostrar que o nosso Cretino não irá ser feliz tão facilmente. Um dia quando a família está saindo para almoçar, um acidente ocorre e nesse momento, o mundo de Alfredo ruí.

No acidente, Sophie e Lauren acabaram falecendo. Alfredo sobreviveu mais não sem sequelas, ele ficou paraplégico. Assim, além de ter que lidar com a perda da sua família e principalmente de sua pequena Lauren, Alfredo ainda tem que aprender a ser um homem que não pode andar, que precisará da ajuda das outras pessoas.

Com a tragédia de Alfredo, Lívia acaba se aproximando dele novamente. No período em que ele fica em coma, ela se revesa com a mãe dele para cuidar do Alfredo, passando longas noites no hospital. Esse fato acaba abalando o relacionamento de Lívia e Henrique, o último começa a ter um ciúme possessivo por Alfredo, e as brigas agora são constantes.
"Para mim não se cura um amor com outro. Se pode até tentar, mas o máximo que vai conseguir é uma cicatriz para te lembrar pelo resto da vida que você foi marcado"
Enquanto isso, Alfredo está arisco com todos a sua volta, tendo longos ataques e algumas vezes soltando impropérios para quem estiver em sua frente, e normalmente, esta pessoa é Lívia.

O que o destino ainda reserva para o Cretino? Será que ele vai conseguir voltar a andar? E sua relação com Lívia, como ficará? 
Enzo, filho da Lívia, também é filho de Alfredo, mas ninguém sabe disso. Ela e Henrique decidiram registrar o menino como filho deles e guardar este segredo. Com a morte da filha de Alfredo e seu sofrimento eminente, é claro que nos perguntamos se finalmente Lívia vai contar sobre a paternidade de Enzo para Alfredo e proporcionar alguma alegria a ele. Sobre isso, não posso falar, só vocês lendo para saberem rs

Confesso que Lívia nesse livro continuou me fazendo muita raiva e várias vezes quis dar uns bons tabefes na cara dela. É certo que ela melhorou muito em consideração ao final do primeiro livro, pois lá quis arrastar a cara dela no asfalto, aqui foi mais leve.
"Não, Lívia! Você não me odeia. Você odeia o fato de me amar"
Alfredo continuou sendo o meu xodó, impossível não se compadecer de toda a dor a que esse homem foi obrigado a passar. Eu chorei tanto com o Cretino nesse livro, que tive que ir conversar com a Amanda e perguntar o motivo dela amar fazer meu Alfredo sofrer tanto, parece que a vida dele nunca pode ter uma felicidade.

Henrique só me fez sentir repulsa e nunca tive tanta raiva de um personagem. Eu sabia que ele não era tão santo quanto se postava, ele vai se mostrar pior do que Alfredo foi um dia, pois Alfredo sempre foi sincero (depois de adulto) com as mulheres que cresceu, diferente de Henrique. Dificilmente conseguirei mudar minha opinião em relação a ele no terceiro livro, apesar de ter melhorado no final deste volume.
"Perco uma parte de mim, a parte mais vital de mim se foi, me deixando com um enorme e incurável buraco no coração"
Bernardo Dousseau é o sócio de Alfredo nas cafetarias espalhadas pela França e pelo Brasil que eles possuem. E, com tudo que está acontecendo com Alfredo ele vem da França para passar um período com o amigo, lhe ajudando e apoiando. O Bernardo é um cara que nos conquista, pois ele tem ótimo bom humor.

Enzo continua sendo um garoto muito esperto e capaz de perceber as coisas facilmente. A relação dele com Alfredo apenas vai se estreitar e quem ver de fora não entende bem como essa relação funciona. Enzo também me fez derramar algumas lágrimas (só lendo para saberem rs).
Eu tinha amado o primeiro livro da trilogia e o segundo conseguiu manter o mesmo padrão, conseguindo me prender do início ao fim. Devo confessar que estava receosa novamente em relação a quantidade de páginas do livro, mas a Amanda conduz tão bem a história que as páginas acabam passando em um piscar de olhos.

A paraplegia de Alfredo foi muito bem tratada pela autora. Acho que ela passou o que qualquer pessoa sentiria se estivesse nas condições dele, raiva. Alfredo em um primeiro momento chegou a desejar que tivesse morrido no acidente, era demais para ele ter perdido a filha. Ele não estava lidando bem com a sua nova situação, e os piores sentimentos foram a sua escolha para passar por esta fase.

O livro em momento algum é linear, tendo uma porrada de acontecimentos. Acontece tanta coisa, que em certos momentos me vi prendendo a respiração e esperando o que viria a seguir. É uma coisa mais surpreendente atrás da outra e quem é tão sensível, como eu, também pode se derramar em lágrimas tanto quanto eu.
"As lágrimas escorrem pelo meu rosto. Lágrimas de dor. Dor porque perdi minha esposa. Dor porque perdi minha filha. Dor porque perdi a única mulher que eu amei de verdade, mas, na real, nunca foram minha por completa"
Lívia e Alfredo são aquele casal que brigam, que se machucam, mas que possuem inúmeros sentimentos. Lívia é reticente por causa do passado que assolou os dois, então ela vai negar ao máximo qualquer sentimento que tenha pelo Cretino, ela não quer confessar.
Alfredo também vai causar certa raiva no leitor, mas tente compreender o lado dele, ele foi destruído, completamente.

A leitura flui rapidamente e ao acabar esse volume fiquei pensando em apenas uma coisa: Amanda eu quero mais! Amanda por que você é tão mal assim? Sério, o final do livro foi maravilhoso e cruel ao mesmo tempo, me fazendo derramar uma porrada de lágrimas. Sigo acreditando que não vamos ter um final feliz, pois é apenas sofrimento.

Os capítulos são compartilhados entre a Lívia e o Alfredo, assim podemos ter noção do que ambos sentem e como são afetados.
A escrita apenas cresceu em relação ao primeiro livro e mesmo algumas coisas sendo de certa forma "clichês" foram escritas de maneira inteligente e agradável.
Já a edição em e-book está muito boa, e permite que a leitura flua rápido.
"Eu pretendo continuar nessa loucura, porque prefiro a felicidade momentânea ao sofrimento constante"
Lívia e Alfredo já viveram muitas coisas. O Cretino a magoou muitos anos atrás. Lívia revidou 12 anos depois. Entre corações feridos e mágoas, eles vão ter outras pessoas em suas vidas. Alfredo vai sofrer perdas. Alfredo vai se revoltar com suas novas condições. Entre tantas tristezas e momentos perturbadores, eles vão ter que mostrar que o amor deles é capaz de superar tudo, que pode ser um amor à segunda vista pela terceira vez.

Beijos da Lice

20 comentários

  1. Que resenha maravilhosa essa sua do Cretino, Lice. Adorei tudo e de coração. <3

    ResponderExcluir
  2. Uau que suspense quero ler😍 vou tentar baixar pdf😘

    ResponderExcluir
  3. Estou com muita pena do Alfredo, parece que uma parte dele se perdeu para sempre. Apesar de tudo ficou a ferida aberta :/

    ResponderExcluir
  4. História é bastante emocionante, quando há amor as feridas precisam ser fechadas, torço para o casal ser feliz, maravilhosa a resenha gostei muito da história bjs.

    ResponderExcluir
  5. Só de ler a resenha e a sinopse já morri de pena do Alfredo, imagina lendo? Iria chorar horrores tb! A história é pura emoção.

    ResponderExcluir
  6. Eu amo livros com essa temática e principalmente que mexa com nossos sentimentos ao ponto de nos fazer chorar assim como vc!

    ResponderExcluir
  7. oi!
    Gostei da resenha :D já coloquei o nome do livro na minha lista de leitura.Eu não conheço a autora mas me parece uma ótima escritora :)
    bjo

    ResponderExcluir
  8. Nossa
    Ele não tem sorte ne?
    Fiquei com raiva dessa Lívia e espero que ela diga a verdade a ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Que resenha tão completa, sinto que levei demasiado spoiler, inclusive. Não estou familiarizada com a narrativa, mas depois que li sobre a sua filha e o "mundo ganhar sentido", fiquei emocionada. Imagine quando você revelou que ele a perde (e a mãe) num acidente. Estou destroçada. Perante o resto do livro, parece-me uma intriga demasiado longa, foram demasiados detalhes para eu reter e conseguir manter o fluxo, pois não estou propriamente a ter um livro. É um livro intrigante, talvez o leia no futuro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *ler o livro

      Não me interprete mal, gostei da sua resenha porque introduziu-me à malícia das personagens e todas as intrigas da narrativa! Fiquei curiosa para acompanhá-la de perto, claro!

      Excluir
  10. E só eu que to com pena do Alfredo? Não é possível gente. A história me deixou com vontade de ler, ler e ler cada vez mais. Ah é sobre e Lívia que pra mim nem é gente, acho bom ela ser sincera com ele, LOGO.

    Do mais, amei. Beijos

    ResponderExcluir
  11. A história mexeu com tuas emoções! Fizeste uma resenha cheia de paixão. Uma história cheia de reviravoltas e personagens bem construídos prendem mesmo a nossa atenção do início ao fim. Parabéns pela ótima resenha!

    ResponderExcluir
  12. a sinopse ja me deixou bem tensa para saber mais da historia de alfredo parece que ele tem passado e tanto achei muito bacana o autora deixar que Lívia e o Alfredo de seu lado da historia nos capitulos

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha! Muito bacana e faz aumentar a curiosidade sobre a obra, que não conheço. Abraços e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  14. Eu nem li o primeiro livro e já fiquei curiosa sobre o segundo kk. Adorei sua resenha. Esse romance parece ser muito bom!

    Beijinhos <3 Blog Tanamoda / CK Designs / Rede Natura

    ResponderExcluir
  15. Oi Alice, tudo bem? Você sempre traz ótimas resenhas e indicações. Durante muito tempo quis reatar com meu ex e pensei que seria diferente, que seria mais feliz, e que o tempo já tinha me ensinado o que precisava. Porém hoje mais madura percebo que ter terminado foi a coisa mais sensata a fazer pois com o tempo só iríamos nos magoar ainda mais. É por esse e outros motivos que não acredito muito em "dar tempo", ficar afastados pra pensar, etc. Quando um relacionamento termina foi por diversos motivos, traição, gênios diferentes, objetivos diferentes, etc. Então voltar e tentar de novo pode ser um erro. Nunca vi um relacionamento que teve idas e voltas dar certo de verdade. Mas é apenas minha opinião (risos). Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  16. Gostei muito da sua resenha, me deixou bastante curiosa pelo livro, obrigada pela indicação, é sempre bom poder conhecer novos autores. Amei a capa.

    ResponderExcluir
  17. Meu Deus que resenha maravilhosa, fiquei bastante curiosa pra ler, amei <3

    ResponderExcluir
  18. nossa que incrível essa resenha, me fez me interessar muito pelo livro. ameei o post

    ResponderExcluir
  19. A resenha ficou bem clara e completa!
    Mas para mim, é uma história muito confusa, esses triângulos e bláblá... rs Muito complicado!

    ResponderExcluir

Desenvolvido por: Adorável Design Editado por: RM Design

imagem-logo