[Resenha] Menina Veneno - Carina Rissi

Hey amores, tudo bem?

2018 já se iniciou com tudo e já realizei a minha primeira leitura e confesso que ela não foi tão maravilhosa como eu imaginava (faz parte né?!). No entanto, estamos falando da Carina né mores, então sempre podemos tirar algo de bom. Vamos conhecer Menina Veneno?!

Menina Veneno
Autora: Carina Rissi
Páginas: 192
Editora: Galera Record
Onde Comprar: Amazon / Saraiva
Nota: 💙💙💙💙
*Livro do acervo da autora
SINOPSE: Contada sob a perspectiva ferina e cheia de humor ácido de Malvina, a madrasta, essa história vai te surpreender. Da mesma autora da série best-seller Perdida Você conhece a história de uma certa princesa que sofreu inúmeras tentativas de assassinato por sua madrasta, uma delas com uma maçã envenenada. O bem contra o mal, a indefesa donzela ameaçada pela perversa Rainha... É bonito, não é mesmo? Francamente, me embrulha o estômago só de falar dessa história da carochinha. Eu não sou uma bruxa, não sou má e eu nunca planejei matar ninguém. Por anos, fui a maior modelo do planeta, o nome mais poderoso do mundo da moda... Até o dia em que a insossa da minha enteada, Bianca, roubou a minha maior campanha. Dá pra acreditar? Bianca é tão sonsa... e tem esse arzinho azedo e avoado que me dá vontade de voar no pescoço dela... Eu sei, parece mesmo que eu fiz tudo o que a imprensa me acusa de ter feito. Mas não foi bem assim. Senta aqui e me ouça até o fim. Depois me diga se acha mesmo que mereço o título de Rainha Má... Talvez só Rainha seja muito melhor.

Malvina Neves é a modelo brasileira mais famosa, que estampa várias campanhas, sendo a queridinhas dos fotógrafos e das marcas. Ela é conhecida como a Menina Veneno, pois ela deu o seu rosto ao famoso perfume e fez as vendas decolarem. Foi a fama do Menina Veneno que fez Malvina chegar ao patamar de modelo que ela é atualmente.

Ah, Malvina é viúva. Ela foi casada com Henrique Neves, um famoso piloto de Fórmula Indy que acabou falecendo em um acidente automobilístico. Henrique deixou para trás uma filha, Bianca, que ficou sob a tutela de Malvina até completar 18 anos, coisa que aconteceria daqui alguns meses.

A vida perfeita de Malvina veio abaixo quando ela descobriu que a sua enteada, a "sem sal", como ela costuma achar, pegou a campanha do Menina Veneno. Sim, Bianca também é modelo e ultimamente vinha disparando, e Malvina não sabia como aquilo era possível.
Perder a campanha da sua vida estava mexendo com Malvina, mas ela tentava transparecer que aquilo não lhe afetava tanto. No entanto, duas pessoas conseguiam ler a mulher: Sarina, sua secretária e Abel, seu motorista.
"A modelo deve estar ciente de que fome será uma palavra que a acompanhará até os confins do mundo e ainda assim haverá aquele estilista grotesco que dirá que ela está gorda demais"
A relação de Sarina, Abel e Malvina não começou por causa do âmbito trabalhista, já era bem mais longa. Os três se conheciam da infância, mas especificamente do abrigo em que moravam. Sim, todos eles eram órfãos e nunca tiveram uma família.
Então, o sucesso de Malvina era algo que a orgulhava e que ao mesmo tempo a fazia encher seu ego.

Quando Fernando surge na vida de Malvina, ela logo se interessa por ele. O jovem não parece saber quem é a grande modelo e aquilo a encanta, e também se torna um desafio. As coisas saem do controle quando Fernando acaba se encantando por Bianca. Parece que a enteada resolveu atrapalhar a vida da madrasta em todos os sentidos.

Mas, seria Malvina realmente má? Será que ela vai sucumbir e fazer algum mal a Bianca? Qual a sua aposta?
"Menina Veneno" é uma releitura de Branca de Neve, só que na sua versão atual e na visão da madrasta.

Malvina Neves é uma mulher com ego inflado, ela precisa se sentir a mulher mais bonita, a mais desejada e parece saber todas as técnicas possíveis de sedução. Malvina é tão "viciada" em sua beleza que utiliza um app que mede a beleza facial, e ela sempre se manteve no topo, como a mais bela de todas, fato da qual se orgulha.
Ela tem uma fascinação por fórmulas, inclusive, queria seguir essa vida de bioquímica. Malvina sempre está fazendo novas fórmulas para sua beleza e outras coisas.
"Você é o único responsável pela vida que leva. Somos nós quem criamos nossas oportunidades. E para ter sucesso, é preciso estar consciente de que cada um de nós é o único culpado por tudo de bom ou de ruim que nos acontece"
Bianca Neves, por sua vez, parece estar sempre com a mesma cara, aquela de uma jovem de 17 anos que não se importa muito com as coisas a sua volta. Ela não liga para o trabalho de modelo, para ela não é nada demais. Bianca também quebra todas as regras do mundo da moda e come todos os tipos de besteira, o que leva Malvina a loucura, pois ela não sabe como a menina não engorda. Bianca é doce, inclusive apelidou a madrasta de "fofadrasta".

Abel é o motorista de Malvina, e é um homem que faz tudo por ela. Ele é fiel, estando sempre disposto a lhe ajudar. Ele também consegue ler a patroa, ler as entrelinhas e decifrar quando ela está fingindo uma aparência, parecendo ser uma pedra de gelo.
Sarina é uma jovem que sonha em ter uma vida simples, em ser feliz. Ela é esforçada, apesar de ser estabanada e sempre acabar falando mais do que deve.

Fernando Floriano vai surgir e vai balançar a obra. Ele é músico da banda Catarse, mas não está ligado no mundo televisivo, não sabendo quem é Malvina. Ele é simples e parece ser um bom moço, com um bom coração.
O livro não é o melhor da Carina, longe disso. De todas as obras que li da autora (só não li Destinado), esse foi o que estava mais abaixo do padrão de qualidade tão conhecido pelos leitores.
A história não é de um todo ruim, longe disso, é uma obra que você devora rapidamente e gosta bastante, só que se tratando da Carina não supriu minhas expectativas.

O enredo foi bem trabalhado, mesmo eu achando que possui poucas páginas. As personagens foram bem construídas, eu conseguia visualizar a todo instante a cara de "sou a dona da porra toda" da Malvina e a cara sem expressão da Bianca, com tédio total.
"Sentimentos só servem para deixar uma pessoa fraca"
O único fato que me incomodou na leitura foi a narrativa. O livro é narrado em primeira pessoa pela Malvina, em uma espécie de conversa direta com o leitor, se assemelhando a um jornal, ou conversa, por exemplo.
Eu adoro este estilo de narrativa, só que nesse livro não funcionou para mim. O jeito da Malvina muitas vezes me irritava, pois ela sempre soltava "eu sei que você deve está me achando linda neste momento", eram frases muito supérfluas até mesmo para uma modelo que se acha o centro do universo.

No mais, achei tudo bem coerente e que vai remetendo ao conto infantil tão conhecido pelos leitores. Os fatos novos que foram inseridos ficaram muito bons e o desfecho da obra não é tão fechado, deixando a possibilidade de conhecermos mais dos personagens em um próximo livro, talvez.
"Por mais dolorosas que sejam, são essas lembranças que fazem alguém ser o que é. Esquecer tudo é como perder a alma. Foi assim que você acabou perdendo a sua"
A edição do livro também foi algo que me decepcionou. O livro é bem menor que o "padrão" Carina Rissi, e a Editora acabou fazendo o livro em um tamanho menor também. Ou seja, ele fica pequeno comparado aos demais da autora, o que causa um toque quando olhamos para a estante.
Por dentro, o livro está muito bem trabalhado, com um trabalho gráfico bonito. A capa me agradou bastante, mesmo fugindo do padrão das demais da autora.

Nem sempre, tudo que vemos ou ouvimos representa a verdade. Malvina é uma super modelo, que esbanja serenidade e sorrisos, mas ela quer se manter no topo. Bianca parece não se importar com a vida de modelo, parecendo entediada com este universo.
Madrasta e enteada parecem tão distintas. Uma parece ser má, a outra parece ser boa. Mas, seria a realidade tão fácil de distinguir? Malvina já foi machucada, não teve uma vida fácil e encontrou na riqueza a sua forma de não regredir, de ter algo no mundo.
A verdade pode ser bem mais profunda do que se imagina e a Menina Veneno pode usar uma maçã, para o fim do próximo ou o seu próprio...

Beijos da Lice

13 comentários

  1. É ruim quando um livro nos frustra, não é? Ainda mais quando, sobre ele, depositamos grandes expectativas. Algo que me chamou a atenção durante a resenha do livro (e sobre o qual eu jamais havia refletido) é como o "conto de fadas" da Branca de Neve é repleto do mito sexista da rivalidade feminina... Acho que me dei conta disso porque nessa história esse aspecto parece estar mais evidente.
    Bjos
    teofilotostes.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Eu me interessei pelo livro, tenho um gosto meio peculiar, talvez esse livro me agrade, vou procurar ele sabe!

    ResponderExcluir
  3. Sempre aprendemos algo com um livro, mesmo quando ele não satisfaz nosso gosto.

    ResponderExcluir
  4. Olá, menina ALice!
    Eu acho a capa desse livro linda, mas tem algo nele que não me deixa aproximar. Enquanto estava lendo sua resenha, fui conseguindo perceber as referências à Branca de Neve, até que tive a certeza quando você falou da releitura.

    Malvina é um nome bem sugestivo inclusive, né? rs.

    Não sei se leria, os livros da Rissi não tem me atraído tanto como antes.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bem? Eu estou começando a ler Carina Rissa agora e ainda não tive oportunidade de ler Menina veneno, mas sinceramente agora acho que esta leitura também não me agradaria muito. A Malvina me pareceu muito narcisista e mesmo que eu goste desse estilo de narrativa esse ponto não me agradaria muito também.
    ótima resenha, vou pensar se darei uma chance a estória um dia rs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Acho este livro bem fofo pela premissa a que se propõem, mas não entrou na minha lista de leituras urgentes, kkkk
    Acho que principalmente porque to meio enrolada na serie "Perdida" e o livro Destinado não esta sendo o que esperava.
    Mas tua resenha ta otima.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Esse era um livro que eu já andava curiosa para conhecer, e depois da sua resenha minha curiosidade permanece. Eu ainda não li outros livros da autora, mas como você comentou que ela tem outros melhores que esse já irei procurar para conhecer!

    ResponderExcluir
  8. Ai, eu quero muito ler esse livro da Carina, mesmo que todos que eu conheça e que já leram, falaram algo meio que parecido com o que você disse. Mas como descobri a autora um pouco "tarde" eu só irei comprar esse depois de ler os outros dela e ler comprar os que faltam. O livro da Valentina é o único que fura essa fila haha
    Mas gostei da sua resenha, achei fofíssimo o "fofodrasta" hahaha E amei suas fotos. Tão um arraso! Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, uma pena quando o livro nos decepciona, mas sua parte você fez, que foi ler e começar o ano com tudo. Pior que também sou assim, mesmo não gostando eu termino a leitura.
    Emerson Lemes.

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei a resenha e super me interessie pela historia. Com certeza vou colocar na listinha. Sobre o livro ser decepcionado, super te entendo. Quem nunca começou a ler um livro e a historia era tão ruim, mas não conseguimos parar por que tinhamos a esperança de ficar melhor, ou mesmo pela curiosidade de saber o que vai acontecer.

    ResponderExcluir
  11. Oi Lice, tudo bem? Gostei muito da sua resenha, como abordou os pontos e perspectivas de cada personagem. Confesso que fiquei surpreendida ao saber que a obra é uma releitura de A branca de neve e foi a única coisa que me chamou atenção. Eu não sei, ainda não li nada da Carina Rissi, mas acho que não irei começar por esse. Fiquei com a impressão de a madrasta, neste caso Malvina, ser mimada. Dá para acreditar nisso? Estou certa ou errada? hahahaa! Em todo o caso, conheço pessoas que assim como você gostaram da obra. É de cada um mesmo. A escrita da resenha está ótima, parabéns!

    Beijos,
    Blog Luna literária

    ResponderExcluir
  12. Obrigada por essa resenha maravilhosa!!!
    O livro parece super legal de ler e o título me lembrou a música "Menina Veneno" hahaha.

    Brincadeiras a parte, eu realmente adorei a resenha, tá de parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Que resenha maravilhosa,gostei muito dessas fotos tbm.

    ResponderExcluir