Olá amores, tudo bem?

Hoje trago uma resenha de uma das rainhas do meu coração, Ruth Arnaldo. Esse foi o último livro que li da Ruth, agora posso afirmar que já li tudo da autora e que sou completamente fascinada por sua escrita. A Ruth sempre consegue me surpreender, e neste caso não foi diferente, acabei a leitura suspirando e desejando mais.

Nas Cores do Amor
Autora: Ruth Arnaldo
Páginas: 176
Editora: Independente 
Nota: 💙💙💙💙💙 / Favoritado
*E-book do acervo da blogueira
SINOPSE:  Lis ama quatro coisas na vida, mais que tudo! Sua família, o jornalismo, cachorros e Johnny Depp.
Ela cursa jornalismo e trabalha no jornal da universidade, tudo que ela mais quer é provar seu valor, e, acha que o fato de ter dinheiro e uma beleza estonteante não a ajuda em nada, então, passa a esconder seus belos olhos azuis, atrás de um óculos sem grau e a vestir-se com suas malucas roupas coloridas.
Um belo dia, nossa engajada estudante de jornalismo se mete em confusão e precisa urgentemente de ajuda. Então, o destino coloca o sexy cabeludo Dimitri no seu caminho, ele não é só lindo e misterioso, é simplesmente a cara do Depp. Rapidamente Lis associa o marrento e misterioso Dimitri a Depp, o ator pelo qual ela é fascinada. E na longa lista de coisas que a Lis ama, Dimitri agora figura em primeiro lugar, e sua nova missão é provar para o calado e tatuado Dimitri que ela é tudo que faltava em sua vida. E quando Lis quer algo, ela costuma conseguir!
Dimitri não quer sua aproximação. Ele tem seus próprios problemas sombrios para lidar, e tudo que ele não pode é se deixar seduzir pela maluca garota cheia de vida que insiste em fazer aparições no seu caminho. Mas, como é duro se esquivar de sua personalidade vibrante, corpo tentador e sorriso perfeito.
Embarque nessa deliciosa história recheada de diversão, e prepare-se para nesta viagem se apaixonar por este casal adorável, inusitado e muito sensual.
Lis é uma garota de 19 anos completamente apaixonada pelas cores, o cinza ou o preto não lhe animam. Ela estuda Jornalismo, querendo entrar na linha investigativa e tem um grande amor por animais, inclusive, acabou de convencer o pai a ajudar financeiramente o seu projeto para recolher animais abandonados. 
Ela tem lindos olhos azuis, mas tenta de todas as formas escondê-los através de sua armação escura e antiga, não quer parecer uma barbie, quer ser respeitada por seu trabalho e não por sua beleza.

O plano dela sempre foi passar despercebida na faculdade e até o momento se saiu maravilhosamente bem. Para isso, além de aderir aos óculos "horríveis", ela também cortou o longo cabelo platinado e usa uma franja para deixá-la com ar de bobinha. 
Lis tem como melhor amigo, Júlio, um garoto que conheceu no Ensino Médio do colégio e que no primeiro instante ela odiou, até chegou a lhe dar um belo chute em seu saco. Eles são muito próximos, mas a relação nunca passou de amizade para a garota.
"Gostei de ser um arco-íris para você, eu adoro cores Depp e você é tão escuro, acho que vou colorir você"
Certo dia, quando decide contar para Júlio que convenceu o seu pai em relação ao investimento, ela parte para o departamento de Engenharia da faculdade onde ele estuda. No local, ela avista um garoto sentado próximo a uma árvore e se sente perdida. O garoto em questão tem cabelos pretos e lisos que caem sobre seus ombros e se veste como um rockeiro, ele lembrava-lhe Jhonny Depp, por quem ela era apaixonada desde os seus 15 anos. O primeiro "contato" dos dois é apenas daquele jeito, de longe. 

Naquele mesmo dia, quando está saindo da faculdade, indo em direção ao seu abacate (apelido do seu carro), Lis ver um homem arrastando uma criança de mais ou menos 10 anos e decide ir discutir com o brutamontes, exigindo que ele solte a criança. É claro que o homem não está a fim de fazer o que ela manda e ela não está nem um pouco disposta a deixá-lo continuar fazendo aquilo com a criança, então ela decide "brigar" com ele. As coisas não estão indo muito bem para o lado dela, até que "Depp" chega para lhe salvar.
"Crazy, maluca, pirada e faltando um parafuso, isso é tudo que você é, dona Lis"
Depois da confusão, o "Depp" acaba chamando Lis de "Arco-Íris" e ela simplesmente ama o apelido, pois acha que tem tudo a ver com ela. É claro que ele não entende nada quando ela o começa chamar de Depp, ele acha que ela é louca.
Lis, já decidiu que aquele homem será seu, foi com ele que ela sonhou a vida inteira, e é ele que ela quer para a sua vida e ela não vai desistir fácil.

Quando decide se aventurar para descobrir um furo de reportagem para o Jornal da faculdade, no qual Lis quer provar que um professor mantêm relações com alunas, ela quase é pega e seu salvador, está lá para limpar sua barra mais uma vez. "Depp" salva ela de ser pega pelo professor, mas é claro que antes ela conseguiu as fotos que precisava. Neste encontro, ela descobre que na verdade o nome dele é Dimitri, e como o professor saí para fora para averiguar o que aconteceu, Dimitri rapidamente beija Lis no calor da emoção. No meio do beijo, ele pega a câmera fotográfica dela, pois as fotos poderiam ser um grande problema para ele e para ela.
"Você quis ser minha garota, Lis, e, estou me tornando louco por você, então não me provoque, você ainda não sabe o quanto posso ser possessivo com o que me pertence"
Dimitri decide dar uma carona para a jovem, que estava sem seu carro e acaba levando-a para a casa de um amigo seu. Ele pede que ela aguarde do lado de fora, enquanto averígua se está tudo bem com seu amigo. Só tem um problema nos planos de Dimitri, Lis não consegue ficar parada e acaba sendo pega em uma armadilha de "índio". 
O amigo em questão de Dimitri é Joaquim, um homem que tem alguns transtornos psicológicos e às vezes, tem alguns pequenos surtos. Aos poucos, Lis vai percebendo que a vida de Dimitri é bem diferente da sua.

O que o futuro aguarda para esses dois? Seria Dimitri/Depp o homem da vida de Lis? Quais aventuras essa maluca ainda vai viver?
Primeiramente, preciso ressaltar algo. Tudo que narrei acima ocorre logo nos primeiros 20% do livro, então fiquem tranquilo que é apenas o começo e não soltei nenhum spoiler, na verdade, falei foi pouco, considerando que queria falar bem mais rs

Lis é uma completa maluca. Acho que não teria palavra melhor para definir o que essa personagem é. Ela é cheia de vida e transpira isso em cada ação sua. Ela quer ser reconhecida pelo seu trabalho e não por sua beleza ou algo do gênero, e isto é simplesmente fascinante, nos mostra a grande mulher que ela é. A paixão dela pelos animais também é algo que encanta o leitor. A Lis é determinada, alegre, sincera e louca, e todas essas características a tornam algo que todas mulheres deveriam ser, a começar pelo fato de acreditarem mais em si.
"Se ele sério é todo másculo e durão, ele rindo parece um anjo sedutor"
Já Dimitri, o Depp da nossa Lis, é o completo oposto da nossa maluquinha. Ele não teve uma infância fácil, longe disso, ele passou por inúmeros problemas e situações que ficaram marcadas em sua vida e isto acarretou cicatrizes que foram levadas ao longo dos anos.
No entanto, o Depp não é tão sombrio como se imagina. Ele tem sim um passado difícil e um presente complicado dentro das suas limitações, mas ele é um cara que tem um coração lindo e o cuidado dele com Joaquim já nos mostra isso.

Joaquim é uma pessoa do passado do Dimitri, alguém que ele conhece desde a sua infância. O leitor só vai entender e saber mais dessa relação no decorrer do livro e infelizmente não posso explanar aqui pois seria um spoiler. Posso afirmar apenas, que mesmo com seus problemas psicológicos, o Joaquim é um personagem leve, que consegue passar toda a sensibilidade que existe dentro dele.
"Seus dias sombrios acabaram Depp, eu agora vou colorir você"
Júlio é o amigão de Lis, aquela pessoa que a jovem sempre contou, desde os seus 16 anos de idade. Apesar de ser considerado muito bonito pela maioria das mulheres, Júlio nunca chamou a atenção da Lis em outros sentidos. 

A família de Lis é muito bem estruturada e cheia de amor. Seu pai, Pedro, é médico e sócio de uma clínica local. Já sua mãe, Alice, é uma psiquiatra que atende na mesma clínica. A jovem ainda tem uma irmã, Mel, uma adolescente de 14 anos, que também adora ajudar a irmã com os animais abandonados.  A família da Lis é uma daquelas que muitas pessoas desejariam ter, onde a confiança reina e as pessoas sempre são ouvidas.
O que falar desse livro pessoal? Uau! "Nas cores do amor" passeia muitas vezes pela comédia romântica. Como a Lis é uma personagem maluca, suas trapalhadas e cenas arrancam muitas gargalhadas dos leitores.
A "perseguição" dela com o Dimitri é algo que vai proporcionar altas cenas engraçadas e de fazer rachar o bico.

A diferença na personalidade de Lis e Dimitri é o ponto alto do livro e nos prova, como sempre, que as diferenças é que formam as relações. A Lis vai trazer cor a vida do Dimitri, ela vai mostrar que ele pode sim ser feliz e que pode recomeçar quando desejar. A Lis vai mostrar para ele, que o amor é maior agente transformador na vida de um ser humano e com suas maluquices, vai mostrar que ele só precisava de uma chocalhada.
"Eu sou quebrado, Lis! Essa é a parte legalzinha da minha história, você não quer saber o que já tive que fazer. Você é uma menina de alma pura, um arco-íris de cores vibrantes e não quero tirar isso de você... Eu não te mereço"
A escrita da Ruth continua maravilhosa como sempre. Ela consegue sugar o leitor para cada página escrita e trazer emoção em cada frase. Ela consegue fazer o leitor se sentir oras a Hope e oras o Dimitri.
A narração é em primeira pessoa, como foco na Lis, o que torna tudo mais engraçado. Este livro é um dos mais leves da Ruth, mesmo abordando alguns assuntos importantes. O que o torna leve, na verdade, é a forma como ela conduziu a personagem, com um misto de ingenuidade, força e perseverança. A Lis ver a bondade nas pessoas e no mundo.

Querendo ou não, em algum momento, ao falar desse livro eu sempre volto a focar na Lis. Isto ocorre, porque realmente acredito que a Lis seja a personagem mais real. Todas as mulheres deveriam ter um pouco da Lis e se aventurarem no mundo, no que desejam. Quando paramos para pensar muito, viramos seres que só pensam e agem com a razão, deixando de lado a emoção controlar as nossas vidas, e assim perdemos um pouco da essência de viver.
"Um homem marcado pela dor da perda pode amar uma garota cheia de cores, porque quando o amor acontece só enxergamos cores por toda parte"
As cenas finais dos livros são um tanto quanto eletrizantes, temos algumas surpresas que acabam sendo bem agradáveis para o leitor (não diria o mesmo para os personagens). Certos acontecimentos me deixaram angustiada, por saber que o final deles poderia ser trágico. Já outros me trouxeram uma felicidade imensa e através deles pude sentir o amor dos personagens.

O livro é leve, de uma leitura rápida e fácil. No entanto, isto não quer dizer que aborde problemas importantes ou sentimentos conflituantes. A relação da Lis e do Dimitri foi sendo construída na medida certa, da forma que tinha que ser. Os acontecimentos durante a trama se encaixam perfeitamente naquilo que se propõe. Tudo foi muito bem pensado e executado.
"Sei de todo seu passado, mas isso não me afasta só me atrai, ele merece uma vida diferente"
Todos os seres humanos são feito de dores. Algumas dessas dores fazem as pessoas se quebrarem, se partirem ao meio e não encontrar uma forma de se remendar. Dimitri é uma pessoa quebrada. O passado dele foi extremamente doloroso e deixou cicatrizes. Lis, por sua vez, é uma pessoa disposta a concertar o Dimitri. Com toda vida que existe dentro dela, ela deseja apenas expor isso ao mundo e remendar cada pedacinho do seu "Depp". Ela sabe o que Dimitri significa para ela, e ela está disposta a embarcar em situações apenas por causa do seu amor por ele. Dimitri vai ver as cores do mundo com Lis em sua vida. Pela primeira vez, Dimitri vai ter a comprovação que depois de uma chuva, surge um Arco-Íris, o mais lindo da sua vida...

Beijos da Lice

17 Comentários

  1. Olá, tudo bem? Já tinha visto este livro e, realmente, parece ser uma história muito boa... Fiquei interessada pra ler a obra e adorei tua resenha!

    Beijos,
    http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!!
    A resenha ficou otima, gostei da história é bem interessante 😀 JÁ coloquei na lista de leitura...
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. oque me pareceu é que deve ser uma leitura bem gostosa e leve otimo para ler nesses dias de frio que ta aqui aonde moro amei sua resenha como sempre
    BLOG♥ Coisas da bueno
    Fanpage♥ Coisas da bueno
    Instagram♥ Coisas da bueno

    ResponderExcluir
  4. Hahaha, ela parece muito louca! Primeiro por achar que ser bonita não influencia, rsrs. Segundo, por querer esconder os atributos quando deveria evidenciar, através da inteligência, que as bonitas também são capazes. E terceiro, por ser fã do Deep, haha.
    Já gostei! Quero ver o desenrolar dessa paixão com o Dimitri...

    Bjks!

    Blog da Sah | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  5. Gosto de romances e esse parece ser bem amorzinho! Este casal parece que vai ser bem bacana acompanhar suas aventuras!

    ResponderExcluir
  6. Amei a capa do livro, a história é bonita e maravilhosa, o livro traz uma reflexão de superação, de crescimento, mudanças. Amei a resenha o livro é encantador, super leve, é um livro pra não deixar de ler, gostei bastante dos personagens da história, bjs.

    ResponderExcluir
  7. Primeiro, amei sua resenha, fiquei bem envolvida e agora curiosa pra ler essa história de romance e superação..

    ResponderExcluir
  8. Gostei da trama, ainda mais com uma personagem tão fascinante ingenua e perseverante, como mencionou e pelo visto a leitura é fluída, uma vez que a resenha já nos prende. Dica anotada, não conhecia a autora, vou procurar mais sobre ela.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu não me lembro de ter lido algo da autora mas adorei demais esse livro que vc indicou, na verdade já anotei aqui na minha lista de leituras pq pelo jeito tem o lado humoristico e romantico

    ResponderExcluir
  10. Hey, Lice. Tudo bem?

    Eu tenho o livro no Kindle e pretendo fazer a leitura rapidamente.
    Adorei sua resenha e a forma que, sempre, você nos cativa através das suas palavras.

    Beijos
    Mari Barros
    Blog Diversamente

    ResponderExcluir
  11. Adorei sua resenha, não conhecia o livro mas me deixou morrendo de curiosidade para saber o desfecho da história. Já vou colocar na minha lista de leitura futura. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oeee,
    A história é super interessante rsrs e eu confesso que não conhecia esse livro ainda e como to fazendo uma listinha, já pode ter certeza que esse ta incluido eu gostei bastante, amo o gênero <3

    ResponderExcluir
  13. Oi Alice, tudo bem? Gente que enredo mais amorzinho. Primeiro já gostei da capa passa uma leveza tão grande. Apesar de Dimitri ser meio bad boy a capa nos passa a mensagem que ele está sim aberto ao amor mesmo que não se renda no primeiro momento rs Amo histórias de amor que acontecem nos colégios parece tão mais simples, tão mais romântico, tão mais possível. Amei a indicação, ótima resenha. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  14. Oi Alice! A capa está muito bonita quanto a história achei bem envolvente e cheia de mistérios rs, um romance com aventuras. Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bom?
    Acredita que eu nunca li um romance? Adorei a sua resenha e o fato de não ser clichê me chamou muito a atenção!

    ResponderExcluir
  16. Alice querida,que resenha mais linda! Como sempre você roubando meu coração com seu carinho e palavras incríveis. Fico tão emocionada que minha maluquinha adorável te conquistou, imensamente feliz. Obrigadaaa por tudo minha linda!❤

    ResponderExcluir
  17. Olá! Tudo bom?
    Nunca li o livro, para ser sincera foi a primeira vez que ouvi falar dele, mas me pareceu tratar-se de uma narrativa muito boa.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir