Olá amores, tudo bem?

A resenha de hoje é de um livro simples e delicado, capaz de tocar o coração do leitor em vários níveis. Eu o li para a Maratona 7 Livreiros. Simplesmente maravilhoso!!! Vamos lá conhecer essa história?!

Alice no País do Amor
Autora: Lucilla Guedes
Páginas: 228
Editora: Chiado
Onde Comprar: Chiado Editora
Nota: 💙💙💙
SINOPSE: 

Instruções: Siga a trilha do coelho branco e “caia de amores” por esta história em que conquista, paixão, personagens pirados de filmes, gurus do amor e anciãos malucos se misturam, trazendo situações engraçadas, revelações e muito, muito romance...
Alice é uma advogada beirando os trinta anos, que mora em Curitiba e sonha com o verdadeiro amor. O problema é que ela é apaixonada – desde menina – por Max (atual namorado de sua melhor amiga, Helen), nutrindo, por ele, uma paixão platônica.
Esse sentimento se reacende na época da faculdade quando o reencontra como professor do curso de Direito. Alice resolve não revelar que fora sua vizinha quando criança e inicia um flerte com Max, mas a história toma outro rumo quando ele conhece Helen e eles começam a namorar.
Sofrendo com essa paixão não correspondida, Alice conta sempre com o apoio de Alan, seu amigo e confidente, mas vê evaporarem suas últimas esperanças ao saber que Max pediu Helen em casamento. Abalada com a notícia, com a autoestima “no pé” e tentando “dar a volta por cima”, Alice decide ousar, com um vestido pra lá de provocante, justamente na festa de aniversário à fantasia de Helen (em que quase todos estão vestidos como as personagens de Alice no País das Maravilhas) e então desperta — novamente — o interesse de Max, que tenta seduzi-la.
Será que Alice conquistará o homem dos seus sonhos?

Alice é uma advogada de quase 30 anos que sempre viveu as sombras dos outros e de seus próprios sentimentos. Quando criança, seus pais viviam brigando e a menina de 6 anos já entendia tudo à sua volta, fugindo sempre para se esconder embaixo da cama de seu vizinho de 17 anos, Max.
O garoto era sempre gentil com a pequena Alice, lhe oferecendo sorvete para abarcar sua dor, a menina sem querer ou imaginar foi se apaixonando, tendo um amor platônico.

Ela é uma romântica incurável e sempre foi assim. Max acabou mudando-se, pois teve problemas com uma menina que engravidou dele. Alice pensou que nunca mais o veria, até se encontrar com ele novamente na faculdade, ele era seu professor.
É claro que Max não reconheceu Alice. Aos poucos eles foram se aproximando, cultivando uma amizade, e Alice se apaixonando, uma paixão platônica.

Tudo mudou quando Max conheceu a melhor amiga de Alice, Helen. Ele ficou encantado pela jovem espevitada, e logo engatou um namoro com ela. Enquanto isso, Alice nutria seu sentimento no coração e sofria cala com aquele romance.

Alice era melhor amiga de Helen e Alan, os três eram inseparáveis desde sempre e eram bem diferentes. Enquanto, Alice não tinha auto-estima não se achava sexy, Helen era o oposto, era espevitada, exalava sexualidade e tinha uma áurea de alegria ao seu redor. Já Alan era o equilíbrio entre as duas. Ele é um escritor, de certa forma famoso, que tem uma alma linda. Ele é extremamente lindo e tem muitas mulheres em sua cama.
Era para Alan que Alice sempre recorria quanto ao seu coração quebrado. Ele sempre estava lá, ao seu lado.

As coisas agora estão piores para Alice. Max acabou de pedir Helen em casamento, e ainda terá uma festa de aniversário de Helen a fantasia, a qual Alice está intimada a comparecer.
Alice, pela primeira vez, quer se sentir sexy e desejada, então investe em uma fantasia deslumbrante, que permite ser exatamente assim. Sua escolha: Alice, é óbvio. Só que para piorar, Helen está vestida de Rainha de Copas e Max de Chapeleiro Maluco.

Max fica encantado pela beleza de Alice, é como se a enxergasse pela primeira vez. Será que finalmente as coisas mudarão? Alice terá uma chance com Max? E Helen? O que o futuro aguarda para ela?
Alice é uma personagem que pode dividir a opinião do leitor. Ela já não sente mais amor pelo Direito, porém não tem coragem de abandonar a profissão e se arriscar naquilo que gosta de fazer: escrever, principalmente poesias. Ela também faz o estilo "cega", aquela que nunca enxergou o que estava a sua frente e resolveu se fechar na bolha da sua paixão platônica (está na hora de deixar de ser Alice, hein?!).

Helen é uma mulher fatal. Uma mulher que além de exuberante e que para o local onde chega, seja por exalar sexualidade ou por ser espontânea e de bem com a vida. Ela faz o estilo "amiga da Licinha", mas na verdade, não parece tão confiável. Ela foi tão cega que não percebeu que o amor da Alice pelo Max?

Alan, por sua vez, é um personagem cativante. Não sei se é o fato dele ser autor, mas ele possui algo que o faz brilhar e ver o quanto a vida pode ser bela. Ele é sábio em suas palavras e já passou por muitas fases. Foi o patinho feio na infância e adolescência, se transformando em um cisne logo depois. A determinação dele em não desistir daquilo que quer, é algo admirável. Me ganhou!

O Max. Como vemos esse personagem pelos olhos da Alice, uma apaixonada, nos vemos algumas vezes suspirando por ele também, pois ele parece maravilhoso.
O que posso dizer? Talvez, nem tudo seja o que pareça...
Preciso dizer que o livro é cativante, você devora as páginas em uma pouca fração de segundos e se ver presa àqueles personagens e sua história. É peculiar perceber a forma como o amor chega na vida da Alice, a forma como o sentimento vai ocupando a garota.
Muitas das vezes, ela vai se sentir confusa, não entender o que está sentindo. E isto, se chama amor, com toda sua intensidade e confusão.

O personagem que me cativou foi Alan, o típico amigo que toda garota quer em sua vida. Foi ele que limpou todas as lágrimas da Alice, que a ouviu divagar por horas sobre o Max, foi ele que esteve ao seu lado lhe apoiando #QueroUmAlanNaMinhaVida.

A forma como o universo da Alice, a nossa querida do País das Maravilhas foi inserido no livro, foi de forma lúdica, apenas um leve soar. Acho que serviu mais para fazer alusões a forma como nos dois mundo (o real e o fantasioso) existem fatos que vão nos marcar por uma vida e que nem sempre a fantasia vai ser o melhor caminho.

O livro é narrado em primeira pessoa pela Alice, então apenas conhecemos o seu universo, o seu mundinho. Isso limita o leitor, mas nos dar como prato cheio a cabeça efervescente de uma personagem nada convencional. O fato, é que algumas vezes a narrativa se tornou massante, pois tínhamos vontade de encher a Alice de tapas, para fazê-la acordar.

A escrita da autora, por sua vez, é bem gostosa. Ela consegue fazer misturas agradáveis ao leitor. Durante o livro, algumas pistas também são soltadas, então não ficamos as cegas, e sacamos logo tudo que acontece.
A capa é linda e condizente com a obra, acho que foi muito bem representada (preste atenção no coelho rs). A diagramação e edição da Chiado é simples, mas não encontrei erros de português.

O amor não é algo singular, é complicado em todos os sentidos. Muitas vezes vamos nos sentir como uma Alice, perdida em seu próprio mundo, cheia de confusão, criando realidades alternativas, fantasiando nossos próprios sentimentos.
Alice se deixou viver por muito tempo uma paixão platônica, se deixou viver naquele mundinho sem graça. Agora, o seu mundinho está balançado e ela precisa tomar certas atitudes que podem mudar tudo drasticamente. Ela vai se descobrir e com isso, descobrir o mundo a sua volta. O amor pode está ali, escondido em uma toca, esperando ser cutucado para florescer...

Beijos da Lice

23 Comentários

  1. Ola, tudo bom?
    Romance não é meu estilo favorito de leitura, mas achei esse tão cativante, me deixou muito curiosa para saber o que vai acontecer com ela. E gostei do fato de não se tratar de um romance adolescente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom e não tem nada de adolescente. Super recomendo!

      Excluir
  2. Que demais, esse livro é incrível!
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Eu adorei livro ❤ gosto de romances. A resenha ficou excelente, já coloquei na lista de leitura 😉
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro Alice no País do Amor, porém gostei muito da história a capa é linda. Os personagens são bastante desenvolvidos. O livor nos mostra uma reflexão que não podemos ficar na zona de conforto ali parada, e que precisamos mudar, tomar decisões,torço pra que Alice conquiste o homem dos seus sonhos, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não torço tanto quanto você rs. Talvez o homem dos sonhos seja aquele que você nem imagina haha Bjs!

      Excluir
  5. Parece ser interessante, não é o tipo de leitura que costumo fazer mas fiquei bem curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que possa realizar esta leitura, é muito boa!

      Excluir
  6. Oiii Alice

    Eu não conhecia esse livro mas pela resenha da pra notar o quanto a história te cativou. Confesso que ela capa e pela sinopse eu nem prestaria muita atenção, mas agora depoisd e ler sua opinião não descarto dar uma oportunidade à essa história futuramente, quando termine um pouco dos meus enormes pendentes.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero mesmo que possa dar uma chance, pois é lindo! Gosto da capa rs

      Excluir
  7. para tudo ja por esse titulo do livro eu adorei nao conhecia a autora mais a historia nos prende na leitura e deixa fluir bem leve gostei de conhecer esse livro
    BLOG♥ Coisas da bueno
    Fanpage♥ Coisas da bueno
    Instagram♥ Coisas da bueno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o título por si só já é maravilhoso e nos faz viajar. Beijos!

      Excluir
  8. Poxa me deixou curiosíssima! A resenha está perfeita, adoro romances e já quero o livro

    ResponderExcluir
  9. Que história mara! Eu amo romance então essa me cativou super! Já quero aderir o livro
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou apaixonada por romance, e este é na dose certa rs

      Excluir
  10. Omg, que resenha perfeita! Sou mto fã da Alice, fiquei apaixonada por essa história e já quero ler. A capa do livro é super linda, amei demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Apesar do meu nome ser Alice, nunca li os livros dela, mas tenho muita vontade rs

      Excluir
  11. Adorei a pegada do livro e principalmente por a história passar aqui no Brasil :) pelo que vc falou a leitura é fluida e rápida e claro que fiquei curiosa para saber como o Pais das Maravilhas entra no livro rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura é bem rápida, é possível concluir em algumas horas! E o País das Maravilhas não entra no livro, não de forma real, apenas de forma figurativa, fazendo analogias rs Bjs!

      Excluir
  12. Vou te dizer, essa história de gostar de um cara e esse cara ficar com a melhor amiga já ta me agoniando Li alguns livros com o tema e apesar de ter gostado, termino a história com uma coisa na goela...
    Poderia me mandar ns spoilers desse livro?

    Meu email: katherslynne@gmail.com
    Beijos

    ResponderExcluir