Olá jogadoras, tudo bem?

A resenha de hoje é de um livro que me surpreendeu bastante e que acabei em um dia. Faz um tempinho que o li (mês de setembro), mas como estava cheia de coisa com a dissertação só tive tempo de fazer a resenha agora. Preciso salientar, que amei essa obra e que o Josh conquistou meu coração #QueroUm PraMim !

Meu Astro do Basquete
Autora: Cinthia Basso
Páginas: 400
Editora: Independente 
Onde comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙
*E-book cedido pela autora
SINOPSE:Beatriz é uma bibliotecária simples e maluca, que sonha em ficar frente a frente com o lendário astro do basquete, Josh Currey. Quando uma reviravolta acontece e tudo se encaminha para um final desanimador, ela se surpreende em como o destino pode pregar peças e virar toda a nossa vida de cabeça para baixo.
Josh por outro lado, está aproveitando seu momento, tanto para se consagrar, como para ajudar as pessoas as quais tem a oportunidade de ajudar. É um homem decidido e que sabe a responsabilidade que carrega nas costas, adorando um bom jogo e aceitando todos os desafios à ele impostos.
Mas, será que ambos se encontrarão em meio a tantos empecilhos, dentre eles, a fama mundial do jogador?
E se o passado conter tudo o que procura para o futuro?
Nesse jogo da vida ambos descobrirão que um vencendo, os dois se tornam campeões!
Beatriz é uma jovem ruiva, bibliotecária, que mora com sua melhor amiga Roselyn, que também é sua chefe. Bia é totalmente apaixonada por basquete e nutre um sentimento de idolatração pelo melhor jogador da liga: Josh Currey. Já Rose, não gosta nada do esporte. Bia ainda é daquelas pessoas apaixonadas pelas histórias que ler e vive fantasiando com o dia que terá Josh para si, sim, ela é maluquinha.
O mais interessante é que o caminho de Beatriz e Josh já se cruzou alguns anos atrás, ele salvou a vida dela. Então, essa idolatração da Bia por ele, se deve em grande parte a esse fator.

Josh Currey por sua vez é o astro do basquete. Ele veio de uma origem muito simples e não teve apoio algum da mãe quando decidiu que queria ser um jogador, ela o expulsou de casa. Ele foi "criado" e incentivado pelo seu técnico, o sr. King. O homem adorava o Josh e cuidava dele como um verdadeiro filho, já a filha do homem, Jess, odiava Josh. Quando o sr. King morreu, Josh prometeu que cuidaria da filha dele e era isso que vinha fazendo até agora.
Ele conseguiu fama com seus esforços. Era um rapaz aplicado e que agora aproveitava o melhor da vida. A cada dia tinha uma mulher diferente em sua cama, estava longe de querer se prender a alguém. Josh, tem um fascínio por mulheres ruivas, mesmo não entendendo de onde isto surgiu.
Josh tem uma família no time que joga, o Boston Globe. Ele tem uma ligação mais profunda com Allan e Silas, seus melhores amigos.
"Um futuro glorioso jamais apagaria uma infância humilde"
Rose acabou de presentear Bia com um par de ingressos para o jogo de basquete do Boston Globe e a última está muito animada para ir. É neste jogo, que o caminho de Bia e Josh vai se cruzar. Ele arremessa uma bola que acaba batendo nela e derrubando refrigerante em sua roupa inteira. De longe, ele fica encantado pela jovem e manda o seu agente, Richard Brad pegar o telefone dela para ressarci-la do prejuízo. 

Assim, logo depois ele entra em contato com ela para lhe oferecer ingressos na frente para o próximo jogo, para ressarcir o que aconteceu no anterior. É claro que Bia aceita, tudo ainda parece um sonho para ela. Logo após o jogo, Josh vai até Bia e fica conversando. Seus amigos chamam para irem comemorar, mas ele afirma que a levará em casa. No entanto, Bia quer que ele vá se divertir e logo conquista todos do time. E assim, partem todos para a casa de Josh, para comemorar. Porém, a noite não tem um desfecho tão bom e ela é apenas o início de tudo...
"A pessoa pode ter tudo na vida, mas nunca estará satisfeito. Essa é a grande questão do ser humano"
Parece que a vida da pequena Beatriz está mudando completamente. Estariam as coisas tomando um novo rumo? O que Josh vai significar em sua vida? O que aquela ruiva vai fazer com Josh? O que o destino aguarda para os dois.
Devo começar dizendo que antes de tudo, o livro fala de amizade, de belas ligações que a vida fez questão de juntar. O time no qual Josh joga é realmente uma família onde todos se apoiam e se respeitam, prezando sempre o bem estar de todos. 

Josh é um homem maravilhoso e não falo isso apenas pela sua beleza. Ele é uma pessoa que sabe como é sair do nada e conquistar o tudo, e por isso mesmo sabe valorizar tudo que tem. Além de tudo isto, Josh ainda tem um coração enorme, estando sempre disposto a ajudar o próximo, da melhor forma que pode. É incrível acompanhar toda a grandeza existente dentro dele. Ele é um homão da porra principalmente por suas atitudes, a beleza fica em último plano.
"Furacão! Ele era isso na minha vida. Entrou, jogou tudo pro alto e causaria uma destruição com a sua partida, disso eu não duvidava nem um pouco"
Beatriz é uma personagem pura. Ela é uma mulher de bem com a vida, que está muito satisfeita com o trabalho que tem e que não se encanta pela riqueza. Ela gosta de aproveitar as coisas simples da vida e presa, acima de tudo, sua felicidade. Mesmo tendo que suportar o Hank, uma figura que sempre aparece na biblioteca que trabalha, Bia tem um sorriso para todos.

Rose é um personagem meio truculenta. Ela não é tão sonhadora como Bia, ela é bem pé no chão e prática. Mesmo assim, ela é uma amiga para todas as horas, daquelas que a apoia em todas as loucuras, um amor de pessoa.
Allan, um dos jogadores do Boston tem uma mistura de moleque com homem incrível. Ele tem um ar sexy e debochado, não possuindo papas na língua. Quando ele aparece traz toda sua personalidade consigo, sendo impossível não notá-lo.
"Ela tinha bagunçado a minha vida e eu não queria arrumá-la"
Silas é o mais doce dos jogadores. Um cara extremamente romântico, que sonha em encontrar uma mulher que vá ficar para sempre e que o aceite do jeito que é.
Jess é uma personagem que vai colocar fogo na trama, ela vai mexer com muitas estruturas e vai mostrar o quando o ressentimento que guarda dentro de si pode ser prejudicial.
Não tinha lido nenhum livro que tivesse como pano de fundo o basquete, normalmente é futebol ou futebol americano. Então, ter essa experiência com um esporte que gosto, foi muito bacana e me deixou bem feliz. Esse é o primeiro diferencial da obra e que já a diferenci-a de muitos clichês existentes na literatura. 

O romance da Bia e do Josh aconteceu rápido e neste caso eu gostei disso. A Bia já era apaixonada por ele (mesmo que fosse algo platônico), e o Josh se viu pela primeira vez deixando suas amarras de lado. O interessante aqui é que mesmo sendo fã do Josh, a Bia não é uma daquelas loucas que não sabe como agir perto do ídolo, ela simplesmente é ela em qualquer situação, com seu jeito cômico e suas frases maravilhosas.
"Mas quando encontramos alguém que realmente nos mostra que o mundo é mais, você quer agarrar a pessoa e não soltar nunca, porque isso, esse tipo de coisa não acontece duas vezes"
A obra é bem divertida e a Cinthia conseguiu trabalhar isto muito bem. Ela consegue divertir o leitor com as loucuras e personalidade da Bia, mas também traz o sexy na dose certa e emoções em algumas cenas. É claro que chorei com o livro, pois sou muito besta. Principalmente uma certa cena com um guri me afetou demais e me levou aos prantos por minutos.
A narração é dividida pela Beatriz e pelo Josh, outro fator que simplesmente amo, pois nos permite uma visão mais completa da obra.

O livro tem vários acontecimentos, o que impede de ser uma leitura linear e maçante. Você vai lendo e vai entrando fundo na escrita, sendo transportada para aqueles locais e aqueles acontecimentos. É claro que temos algumas cenas mais eletrizantes, que nos deixam preocupados com o possível desfecho. E que desfecho, devo salientar.
"E às vezes, a lembrança amarga era muito melhor que o esquecimento doce"
Algumas coisas do passado também voltam à tona, como o relacionamento do Josh com a sua mãe. Confesso que ele me encheu de muito orgulho nestas cenas, mas do que eu já tinha. Alguns personagens simplesmente você odeia, porque é assim que tem que ser. O pior é que o final do livro te deixa chorosa, mesmo você sabendo que não deveria chorar, bem contraditório.

É claro que já estou bem ansiosa para os próximos livros da série. Ouvi boatos que o próximo é do Allan e prevejo que me apaixonarei de quatro por esse homem. Também teremos livro do Silas? É claro que sim! Ansiedade a mil aqui. Pode lançar o quanto antes Cinthia que irei amar, já estou esperando por eles.
"Pode até ser idiota entregar seu coração assim tão rápido a alguém, mas quando se encontra a pessoa certa, tempo não é um modo de definir o certo e o errado"
O destino deles se cruzaram cedo, mas os rumos foram diferentes. Ela ficou com aquele guri na cabeça por muito tempo, até vê-lo na televisão sendo um grande astro. Seu sonho era conhecê-lo, ela conseguiu muito mais que isso. Duas pessoas que levam vidas tão diferentes, mas que possuem essências tão iguais. Uma garota divertida, feliz, simples. Um homem que já batalhou muito, bondoso e carinhoso. Duas pessoas que vão ter seu destino traçado por causa do basquete. Duas pessoas que já eram uma da outra mesmo antes de saberem. Josh é despojado. Beatriz é doce e atrapalhada. O amor pode mudar vidas, o deles estava ali no subconsciente desde sempre. Esse casal promete, assim como todo o time de basquete e pelo meu Santo Atônio da paçoca, o que você está esperando para lê-lo? Se permita embarcar nesse jogo com a Bia e o Josh...

Beijos da Lice

19 Comentários

  1. Hey
    Adorei sua resenha !
    Mas eu não curto esses livros de romances, pra mim eles são tão clichês !
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros que tem a narrativa dos dois protagonistas, principalmente dos masculinos. A principio o livro não me interessou, mas depois que li a resenha fiquei com vontade de ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eitaaa! Ameeei

    Já quero ler 🙋

    Essas capas que tiram o fôlego, né?

    http://www.cactusliterarios.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom?
    Gostei muito da resenha do livro! Ja quero ler tambem!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Tudo bem? Que livro é esse minha gente! Quando li a sinopse fiquei meio com o pé atrás, mas lendo a sua resenha já me apaixonei viu! Quero muito conhecer a Bia. Ela me pareceu ser uma personagem interessante!

    Parabéns pela resenha! Está linda!

    ResponderExcluir
  6. olá! Gostei da resenha, muito bem escrita e detalhada! o livro não faz muito meu gênero no momento, mas para ter lido 400 páginas em um dia o negócio parece ser bom mesmo!
    Ah, também achei bacana a temática do basquete, foge daquele clichê de futebol americano hahah

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lice. Tudo bem?
    Deu pra perceber que o livro realmente apaixonou vocÊ, rs. Que bom!
    Eu não gosto de NAs, acho que essas histórias trazem uma carga de mesmice personagens com suas belezas estereotipadas que não me agradam.

    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Como não ficar pulando de alegria com uma resenha dessa sobre meu livro? Que vontade de te apertar e não soltar nunca mais! Meu Deus, gata, você arrasou demais! E sim aina teremos muito dos nossos bofes! Hahahaha
    Obrigada pelo carinho!

    ResponderExcluir
  9. Adorei a proposta do livro, deu pra perceber que envolve temas fortes. É sempre bom nos surpreender com livros e esse eu ainda não tinha ouvido falar, mas fiquei bastante curiosa para conhecer o Josh!

    ResponderExcluir
  10. Parece ser muito legal, adorei a resenha, o tipico livro que leria umas 3 vezes pelo menos.

    ResponderExcluir
  11. Parece bem legal, não conhecia o livro. Acho que não me interessaria por ele logo de cara, mas depois da sua resenha me interessei.

    ResponderExcluir
  12. Eu vi essa capa na Amazon (tenho quase certeza haha) e acabei deixando passae batida. E caraca, depois dessa resenha maravilhoooosa, ja quero voltar atrás. Realmente é diferente ver basquete, já qu, geralmente, é futebol ou hóquei. Então já ganhou um ponto.
    Amei sua resenha. Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com

    ResponderExcluir
  13. parabéns pela resenha. Consegue passar muito bem a essência do livro, não é uma obra que faz tanto o meu estilo, mas pelo visto deve ser um bom livro, pois possui um diferencial em comparação com outras obras que tem um estilo parecido.

    ResponderExcluir
  14. Oi Alice, tudo bem? Que enredo mais amorzinho. Tinha visto a capa desse livro pelo facebook mas não parei pra ver qual era a história. Romances são sempre uma boa opção de leitura ainda mais quando trazem um plano de fundo diferente daqueles aos quais estamos acostumados, no caso basquete. Enquanto lia sua resenha tentei lembrar e conheço romances somente com futebol americano. Sabe do que lembrei? Do filme Como perder um homem em 10 dias (risos). A questão dos ingressos, de assistir os jogos da temporada, e os personagens serem fã de basquete. Gostei muito da resenha e da indicação. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  15. Nosa adorei a sua resenha, é meu tipo de livro. Especialmente pq o pano de fundo é basquete. APENAS AMO, além disso Josh parece ser meu tipo de cara hahahaha.
    Quero já ir num jogo e ter refri derrubado em mim ahuahaua xD
    Sendo sincera não sabia do livro, e agora preciso pra vida. Partiu procurar pra comprar!
    Obrigada

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Gente como assim eu não conhecia esse livro? Estou anotando a dica com toda certeza, porque sua resenha me deixou com muita vontade de ler. Vou procurar com certeza e colocar na lista de desejados e quando tiver a oportunidade, vou devorar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Parece ser tão mais do mesmo, não sei se leria esse livro, basquete não é meu esporte favorito.

    ResponderExcluir
  18. Fiquei apaixonada pela sinopse do livro, quero muito ler já vou fazer uma busca aqui para ver se encontro ele impresso pra eu ler.

    ResponderExcluir