Olá amores, tudo bem?

Hoje é dia de resenha de um livro que mexeu com as minhas estruturas, em vários níveis. Um livro que me fez enxergar como o amor e o ódio andam de mãos dadas e como certas decisões afetam uma vida para sempre. Eu gargalhei, chorei e senti cada emoção dos personagens e espero conseguir transmitir isto na resenha! Vamos lá!

Amor à Segunda Vista
Autora: A. C. Nunes
Páginas: 484
Editora: Hope
Onde comprar: Autora / Editora / Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙 / Favoritado
*Livro cedido pela autora
SINOPSE: Alfredo Hauser é um cretino sem coração. Galanteador, ele usa sua beleza para atrair as mulheres por quem se interessa e depois de usá-las, as descarta. Numa dessas surpresas da vida, conhece Lívia Diniz e decide conquistá-la mesmo sabendo que ela é namorada do irmão mais velho. Como sempre, após a primeira noite de amor, ele tem de abandoná-la e a induz a descobrir a verdade. Sua atitude feriu Lívia profundamente e gerou conflitos intensos e constantes com o irmão. Na esperança de amenizar os ânimos e fazer com que o filho caçula se torne mais responsável, sua mãe vê como única saída mandá-lo para fora do país, afim de que o rapaz estude para assumir os negócios da família no futuro.
Alfredo volta, dez anos depois, e, de certo modo, totalmente mudado e irreconhecível, porém o mesmo canalha de sempre. Na sua primeira semana de volta ao Brasil , conhece uma mulher exuberante e sexy, com quem passa uma noite. Mas, no dia seguinte, ele acorda sozinho, experimentando do seu próprio veneno, sem saber o nome dela, sem número de telefone. Alfredo não é capaz de esquecê-la, nem o sexo que tiveram. Para sua surpresa maior, os dois se reencontram, e a misteriosa mulher é Lívia Diniz — a ex-namorada do passado.
Se vendo perdidamente apaixonado por alguém que tanto magoou, Alfredo quer reconquistar seu amor e confiança e provar que pode ser um novo homem. Mas como se não bastasse a indiferença de Lívia, ele terá de competir com o irmão mais velho, com quem ele nunca se deu muito bem, e com quem Lívia mantém uma relação aberta.
Amor à Segunda Vista é um romance protagonizado por dois irmãos que nunca se entenderam muito bem lutando pelo amor de uma mulher magoada o suficiente para não se render a um cretino outra vez e nem se apaixonar pelo príncipe encantado.
Alfredo Hauser é um homem que adora as melhores coisas da vida. Um bon vivat, gosta de beber e conquistar mulheres. Mas, não é qualquer mulher que lhe agrada, as melhores são aquelas que se mostram um desafio. E de um bom desafio, Alfredo não foge!

Ele vive em guerra com seu irmão mais velho, Henrique Hauser. Enquanto Alfredo quer apenas aproveitar a vida, Henrique é centrado e estudioso. O jovem está na faculdade de Direito e pretende romar conta da parte judicial da empresa da família. Alfredo deveria estudar Administração para comandar futuramente a empresa, mas ele trancou a faculdade, não pensa em ser um homem que veste ternos. Os irmãos tem uma relação conturbada e Henrique não consegue suportar a forma mimada com a qual Alfredo foi criado pela mãe deles.
"Minha vida boêmia é realmente uma vida? Uma existência baseada em se interessa, aproximar, enganar e abandonar. E o que eu tenho? Uma centena de mulheres que provavelmente me odeiam e desejam a minha morte. Elas me amaram por um minuto, e vão me odiar pela eternidade"
Certa noite, Alfredo decide ir ao cinema com a sua peguete "fixa", aquela que lhe dá uma boa foda de vez em quando. No cinema, ele tem um encontro inesperado com uma garota toda bagunçada que acaba derramando refrigerante nele. Ela lhe agrada instantaneamente, pois tem algo nela que brilha, que transcende. Eles conversam por um curto período de tempo e ele acaba descobrindo que a jovem de nome Lívia é a namorada do seu irmão. 
Pronto, o desafio está lançado! Alfredo quer conquistar a namorada do irmão e para isso mente seu nome, apresentando-se como: Enzo Bitencourt.

Aos poucos, Alfredo/Enzo vai aparecendo na vida de Lívia e plantando a discórdia de longe. Ele surge como um amigo, conquistando a confiança da jovem e nas entrelinhas vai tramando uma grande mentira. Depois de conseguir armar para o irmão e ainda se fazer de vítima, Afredo consegue separar Lívia do irmão. Logo após, se aproxima ainda mais dela como melhor amigo, tentando consolá-la. Ele faz a jovem se apaixonar e seu objetivo é levá-la para a cama. Depois da primeira vez dos dois, o plano é contar a verdade e largá-la, ele quer destruir seu irmão e de quebra despedaçar o coração de Lívia.
"Henrique faz isso tudo na vã esperança de um dia poder me reconquistar, ter de volta meu amor puro e ingênuo do passado"
Alfredo consegue o que tanto busca, levar Lívia para a cama. Logo após, revela toda a verdade, deixando a garota em frangalhos e o irmão bem enraivecido. A mãe do jovem finalmente toma uma atitude e é rígida com ele. Ela o manda para estudar fora, o destino, França. 
Agora, 10 anos depois, Alfredo está de volta ao Brasil para assumir a presidência da empresa da família e vai encontrar tudo diferente, muitas surpresas. Uma delas é que terá que trabalhar diretamente com Lívia, que inclusive tem um filho do seu irmão, mas não mantêm um relacionamento com Henrique.

Na primeira noite no Brasil, Alfredo sai para se divertir em uma boate e acaba trombando com uma linda mulher, que exala sexualidade em seus olhos. Ele está a fim de ir para cama e parece que ela também. Assim, ambos conseguem seus objetivos. O sexo com a mulher que disse ser apenas L, é incrível para Alfredo, que pode considerá-lo o melhor da sua vida. Ele não pensa em largá-la na manhã seguinte, ele quer mais dela. O problema é que ao acordar, ele percebe que foi largado, a mulher simplesmente foi embora.
"Ele tem algo certo, não duvidoso; algo contínuo, não passageiro; tem algo real, não ilusão. Meu irmão é feliz em sua vida perfeita e corriqueira, e por um instante eu o invejo"
Alfredo acaba descobrindo que a mulher que lhe deu uma foda sensacional é Lívia. Ela simplesmente mudou, não era mais a mesma pessoa ingênua que ele conheceu. E agora, pela primeira vez na vida, Alfredo se ver com sentimentos intensos e verdadeiros.
O que o destino reserva para Alfredo, Lívia e Henrique? Lívia mais uma vez será a discórdia? Como será a convivência dos três e do filho da Lívia?
Primeiramente, não se assustem achando que dei muita informação, pois tudo que narrei acontece em apenas 150 páginas do livro e o mesmo tem quase 500, então é só o começo.
Confesso que fiquei receosa de ver como a autora trabalharia o resto da trama, visto que em poucas páginas já tinha acontecido tanta coisa e fatos importantes. O desenvolvimento dos personagens também era outra curiosidade.

Alfredo Hauser é um personagem divergente. No começo do livro ele é quase um playboy sustentado pela mãe, que de certa forma "usa" a morte do pai para fazer tudo que lhe vem na teia e ser apoiado pela mãe. Alfredo tem prazer em ver corações partidos, é um legítimo conquistador.
O homem Alfredo que aparece depois da sua volta da França é encantador. Ele conseguiu me quebrar em vários pedacinhos e me fez suspirar por ele, um legítimo Cretino Hauser. Quando o amor chega na vida dele, ele se transforma, mostra que existe um cavaleiro dentro de si. Alfredo Hauser, eu te crusho!
"Porque o amor é como brasa, Lívia. Ele não se apaga totalmente, mas existem faíscas que, com o combustível certo, o fogo reacende"
Lívia. Essa mulher me causou uma confusão de sentimentos. A Lívia do começo é doce, determinada, sonha em terminar a faculdade e tem um coração enorme. Ao ter seu coração estraçalhado pelo Cretino, ela muda completamente. Passa a ser mais fria, mais desconfiada e vive um dia de cada vez, ela se torna mais corajosa também. Ela também vai se mostrar uma ótima mãe.

Henrique Hauser também é uma confusão. Eu amava esse homem, amava o jeito carinhoso dele, a forma como ele amava a Lívia e o amor que transbordava dele. Depois de toda cretinice do irmão, ele também muda da água para o vinho, passa a odiar o Alfredo ardentemente e o culpa por nunca mais conseguir ser o que era antes com Lívia. De certa forma, ele vai se tornar amargo, um homem sem o brilho que havia me encantado.
"Eu e ele apaixonados pela mesma mulher, lutando pelo amor dela. Se nossos laços familiares já eram um fio delicado a se romper, agora, com tudo isso, nossa relação será insuportável"
Enzo Hauser. O filho de Lívia e Henrique é uma fofura. Um menino hiperativo e super inteligente para a idade dele. Vai acabar se aproximando muito do tio Alfredo e balançando mais ainda as estruturas do Cretino.
Victória é a melhor amiga de Lívia. No passado, teve uma breve transa com Alfredo e foi ela quem apelidou-o de Cretino. As duas ainda são grandes amigas. Ela tem uma personalidade forte e desde sempre batalha pelo que quer.
Ufa! Já deu para perceber que essa história é intensa desde o seu contexto até os personagens né?!
A cada momento algo acontecia e me deixava de boca aberta e mais curiosa para chegar no fim da obra. Meus sentimentos viraram uma montanha russa e quem amei no começo, acabei odiando no final.

Alfredo me conquistou completamente, e mesmo suas cretinices não foram capazes de apagar seu lado fofo e gentil, sério, ele é maravilhoso. Já Lívia, posso considerar como minha maior decepção no livro inteiro. Sério que ela poderia ser mais babaca? Minha vontade foi chocalhar ela e lhe dar uns bons tabefes, eita guria para me deixar com raiva.
"Eu não quero consertar nenhum estrago feito pelo cretino do Alfredo. Quero ser aquele que vai despertar em você o amor de novo"
A escrita da Amanda é um prato cheio. Para começar, ela consegue colocar sentimentos nos personagens, eles são tão vivos, que em certos momentos os visualizamos nitidamente e passamos a sentir suas dores. O livro tem algumas cenas hots que apenas apimentam a obra e a deixam na medida, mas não é nada exagerado.
Já a narração, acontece de uma forma que amo, dividida entre os personagens. Assim, podemos conhecer mais de cada um.

Confesso que a quantidade de páginas me assustou no início, pensei que a autora não iria conseguir criar um enredo coeso e a partir de certo ponto iria "encher linguiça", me enganei totalmente, ainda bem. O livro tem uma história redondinha, que acontece na medida certa. Tudo se encaixa quando tem que se encaixar.
"Deposita um beijo sereno em minha testa e se vai, me deixando desestabilizada. Como sempre acontece quando Alfredo me deixa"
No livro, temos duas formas diferentes de amor que foram construídas. Lívia e Henrique é um amor tenro, suave e que muitas vezes beira mais a amizade. Já os sentimentos entre Lívia e Alfredo são intensos, avassaladores, destruidores. Diante duas formas de amor tão diferente, fica fácil escolher seu lado.

O final do livro foi um misto de emoções. Fiquei muito brava por algo que aconteceu e quis matar um personagem, mas depois gostei do rumo da história, tudo acabou como tinha que acabar. Foi um final plausível dentro do contexto, ainda mais se formos analisar que terá mais dois livros pela frente.
Inclusive, já comecei a ler o segundo livro, pois não aguentava esperar. Em breve, tem resenha!
"Queria tanto poder corresponder ao seu amor, porque em Henrique posso confiar sem medo, posso me entregar de corpo, alma e coração, pois ele nunca teria coragem de me magoar ou brincar com meus sentimentos, como fizera seu maldito irmão"
O amor pode muitas vezes ser nossa felicidade e nosso martírio. A vida é feita de escolhas, e Alfredo sempre fez as piores. Ele gostava de brincar com os corações das mulheres, mas isso muda quando ele ver que o seu está em jogo. Lívia entra na vida dos dois irmãos, para balançar as estruturas. Com Henrique é um carinho, com Alfredo é avassalador.
Entre esses dois, tem mais do que uma mulher, tem o amor por essa mulher. Henrique já o sente há anos, Alfredo acabou de descobrir. O amor para Henrique aconteceu à primeira vista. O amor para Alfredo foi à segunda vista. O que será que vai acontecer com esses três personagens tão distintos? Quando o amor entra em jogo, nenhuma aposta pode ser feita, tudo é inconsistente... Se preparem para amar, odiar, chorar e gargalhar. Com esse Cretino, as emoções são à flor da pele!

Beijos da Lice

24 Comentários

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH que resenha mais linda Liceee <3 Estou tão apaixonada <3 UAAAAAAAAU <3 Muito obrigada pelo carinho. E espero que goste do livro 2 <3 Beijocas <3 <3

    ResponderExcluir
  2. Olá! Gostei da sua resenha. Temas assim não me agradam muito em um livro, porém achei a história desse bem interessante, talvez eu leia!! :)

    ResponderExcluir
  3. Ameiiiii. Já quero ler com tia certeza ����❤

    ResponderExcluir
  4. Vou ser honesta é muita informação mesmo para as 150 primeiramente hehehehehehe
    Acho que Alfredo tem muita história para contar.
    Não sou grande de romance assim mais picante e sensual, mas de qualquer forma é uma história atraente
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Que resenha maravilhosa. De cara já vi que esse livro e muito bom e pelo visto deve ter um final surpreendente. Mas fiquei intrigada, será que o filho de Livia é de Alfredo? Curiosa para saber, o fim dessa história.. Abraços

    ResponderExcluir
  6. Oiii adorei sua resenha e a história parece ótima, porém não me pareceu ser muita novidade. Talvez eu dê uma chance a ele.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu vi esse livro aqui na minha cidade e só pela sinopse mega me interessei em ler. Agora depois dessa resenha maravilinda já estou indo comprar. Já estou achando que vou me apaixonar pelo cretino do Alfredo.

    ResponderExcluir
  8. Que legal esse livro, ainda não conhecia. Adorei a sinopse e fiquei curiosa para ler.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi!!
    Gostei da dica 😀 a resenha me deixou super curiosa. O livro parece ser muito bom,já coloquei na lista de leitura.
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Que demais essa sinopse! Acho top quando a autora é nacional! Gosto de histórias assim!

    ResponderExcluir
  11. Que talento, amei sua resenha, de verdade. Certamente irei ler o livro.

    ResponderExcluir
  12. UaU Realmente a história parece ser muito intensa, já quero ler o livro todo
    Beijos

    http://www.estiilocarol.com/

    ResponderExcluir
  13. Menina me deu uma vontade de ler! Que resenha!!!!!!!!!
    Quero saber como vai ficar e com quem vai Lívia
    Vou atrás do e book
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Ainda não conhecia esse livro, mas sem dúvidas é um ótimo romance cheio de reviravoltas.
    Fiquei bem curiosa com sua resenha para ler também, ainda mais com tantos sentimentos conflitantes que ele parece levar o leitor

    ResponderExcluir
  15. Gente do céu que livro é esse? Depois da história que tu contou ainda tem mais!??? Preciso ler urgente! Curti muito o enredo e fiquei até com raivinha do Alfredo. kkkk. Parece ser uma história muito intensa!

    Linda sua resenha!
    beijinhos!

    ResponderExcluir
  16. Parece ser uma história muito intensa e cheia de reviravoltas. Os personagens parecem ser bem determinados também.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  17. Ótima resenha!! Que máximo a autora ser brasileira, nao a conhecia. Eu adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá
    Já ouvi falar muito bem da autora porém ainda não li nada. Esse livro me interessou bastante, espero conseguir lê- lo.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  19. Esse livro parece ser interessante, pois é a segunda resenha bacana que vejo por aqui a respeito dessa obra. Abraços!

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha, daquelas que nos deixa com vontade de começar a ler o livro ontem rs Pelo jeito a história flui e claro que já fiquei curiosa até pq tenho visto várias pessoas falando desse livro

    ResponderExcluir
  21. Que história linda! Eu não costumo ler esse tipo de livro mas pela sua resenha dá para ver que vale mto a pena. Vou procurar para comprar. A capa é tão linda tbm.

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Apesar da capa clichê, gostei da premissa, é o tipo de livro que me surpreenderia logo de cara...

    ResponderExcluir
  23. Eu já li esse livro e foi bem emocionante, mas eu também senti muita raiva em alguns momentos kkkk

    ResponderExcluir