Olá gnomos, tudo bem com vocês?

Hoje é dia de resenha, de um box de livros que roubou meu coração por inteiro. A Sinéia Rangel acabou de lançar esse livro e como ela é muito boa colocou os dois livros disponíveis em um box na Amazon. Eu fiz a leitura crítica da obra e simplesmente amei. Acho que a Sinéia não escreve nada ruim, não é possível rs Chega de conversa e vamos conferir o livro!!!
E o melhor de tudo, HOJE e AMANHÃ (29 e 30 de setembro) o livro estará gratuito na Amazon! Baixem e leiam. Rafani da mesma autora (um dos meus livros preferidos da vida), também está gratuito.

Contando Estrelas
Autora: Sinéia Rangel
Páginas: 529
Editora: Independente
Onde Comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙 / Favoritado
SINOPSE: Fera e Amber estavam ansiosas pelo nascimento do seu primeiro filho, mas de repente, os sorrisos foram substituídos por lágrimas, a ansiedade por apreensão, e aquele que seria o momento mais importante das suas vidas foi sufocado pela dor.
Hope e Liam não tinham planos de ter filhos, seus sonhos seguiam em vias opostas e quando uma gestação inesperada se coloca em seus caminhos, eles precisam improvisar.
Duas histórias entrelaçadas.
Dois bebês que vão transformar a vida desses casais.
Juntos eles vão aprender que dor e esperança podem caminhar juntas, e que você pode chegar ao fundo do poço, mas cabe a você se reerguer.
Fera & Amber

Fera fez faculdade junto com o Gustavo e os dois dividiam apartamento. Guga era todo metódico e organizado, Fera era o completo oposto. Deixava tudo para a última hora e vivia pegando todas as garotas do campus.
Amber era amiga do Guga, e foi apresentada para o Fera por ele na biblioteca. Fera logo ficou encantado pela jovem, ele a queria. Mas, ela não era tola, sabia da sua fama. Então, eles fizeram uma aposta: ele ficaria 3 meses sem sexo, e só depois poderia tê-la. Fera aceitou a aposta, por ela, seria capaz de fazer tudo.
"Ela é como brisa, suave e serena, transformando os meus dias em calmaria"
Depois de 12 anos, Fera e Amber vivem um "não relacionamento". Durante todo este tempo eles estiveram juntos, exclusivos um do outro, no entanto, não assumiram um relacionamento. Por Fera, essa relação já estaria assumida faz tempo, visto que eles dividiam os dias que dormiam no apartamento dela ou no dele.

Porém, Amber é complicada. Ela tem medo de assumir um relacionamento e se ver perdida, perder alguém. Agora, ela descobre que está grávida. Ela e Fera vão ter um fruto de seu relacionamento. Essa gravidez vai ser o início e o fim de tudo. O que era para ser apenas alegria, trouxe muitas lágrimas para a vida desse casal. O que fazer quando a alegria se transforma em dor? Como lidar com sentimentos sufocantes?
"É sempre assim, estar com ela é como velejar em um mar de águas calmas, sem revoadas, não há ressacas ou tempestades, ao lado dela o tempo é firme"
Hope & Liam

Hope é uma garota muito inteligente, e desde a infância já demonstrava isso. Aprendeu a ler cedo e desde sempre montava quebra-cabeças enormes. Aos 8 anos já estava decidida que queria ser cientista e trabalhar na NASA. Aos 10 anos, os seus professores já queriam que ela fosse para Universidade, pois ela era brilhante. Os pais dela, sempre postergaram isto ao máximo, pois não queriam que a filha fosse apenas um cérebro. Aos 13 anos, a escola continuou insistindo. Hope conversou com os pais e lhes disse que não gostaria de abandonar o colégio, mas que queria estudar meio turno na Universidade, pois assim poderia se preparar para o programa da NASA.

Nesse mesmo tempo, Logan, seu primo veio morar em sua casa. Ele tinha 16 anos e também estava avançado nos estudos, indo naquele ano também para a universidade. Assim como Hope, Logan tinha foco na NASA. Mas, enquanto a prima iria cursar astronomia, Logan iria cursar engenharia espacial.
"O amor é uma fonte inesgotável de esperança"
Os pais de Hope ficaram preocupados em terem um adolescente com todos os hormônios à flor da pele na mesma casa que sua filha prestes a completar 14 anos. No entanto, Logan era um garoto calmo e a relação dele com Hope era de pura irmandade. Os dois não se largavam e compartilhavam muitos momentos, ele era o único amigo da garota.

Com Logan em casa, ele acabou trazendo seu círculo de amigos para perto da Hope. Ele tinha como melhor amigo o Liam, um nerd fofo. Logan acabou descobrindo que Hope e Liam estavam ficando e explodiu. Ele ficar com sua prima era quebrar o código dos homens, isso não podia acontecer de forma alguma. A amizade dos dois ruiu por um tempo, mas Hope estava disposta a manter um relacionamento com Liam e seguir rumo ao seu sonho de alcançar o espaço.
"Eu a amo. Ela ama o universo e as estrelas"
Aos poucos, ela foi galgando seu espaço e conquistando seus sonhos. Depois de passar 1 ano confinada em um experimento de isolamento, Hope sai com muitas novidades. Toda sua família estava muito feliz em vê-la, principalmente Liam. No entanto, as novidades tragas por Hope não são muito boas, são coisas que vão destruir a própria... O que fazer quando parece que seus sonhos estão tão distantes? Como lidar com novidades que você não desejou?
Sinceramente, não sei por onde começar a narrar tudo que senti. Então, vou falar um pouco desses personagens.
O Fera é o mais doce dos Allencar. Como não se apaixonar por esse homem??? É claro que ele aproveitou muito a vida antes de encontrar a Amber, mas foi apenas vê-la, para saber que ela seria dele. Mesmo ele negando, ele é um romântico, daqueles capaz de fazer tudo pela pessoa que ama. Suspirei muito com este homem!

A Amber é uma mulher firme. Ela tem um passado regado de percas, então isto lhe ensinou a ser forte para a vida, mas também a fez evitar apegos e relacionamentos. A ideia de oficializar algo é muito torturante para ela, ela tem medo. Mas, com a gravidez, vamos enxergar outra Amber, aquela capaz de fazer tudo pelo seu bebê. Ela me causou muitas emoções. Ora me fez derramar lágrimas, ora me fez querer bater nela por sua teimosia.
"Eu deveria ter ficado sozinha com a minha dor, deixado você encontrar outra garota, uma que não fosse ímã de perdas"
Hope. A personagem mais conflitante do livro e a mais intensa. A Hope é notoriamente uma pessoa com um cérebro espetacular. Ela é bem determinada quando o assunto é a sua carreira, mas também tem muitos medos e anseios dentro de si. Ela vai passar por muitas fases durante a obra, nos emocionando e trazendo certas revoltas. Eu senti muita empatia pela dor da Hope, mas também a fiz querer enxergar o mundo de outra maneira. Ela mexeu comigo, e mostrou-me que até as pessoas mais decididas, podem ruir...

Logan conquistou meu coração. O que falar desse homem? Ele é maravilhoso! Sério mesmo, os Allencar são capazes de fazer qualquer mulher suspirar. Ele é um primo incrível para a Hope, disposto a protegê-la de tudo. Ele vai encontrar seu grande amor também e vai se mostrar um homem mais intenso nesta época. Confesso que shippei o Logan e a Hope, mas logo passou rs
"Hope é um arco-íris, irradiando luz e cores por onde passa. Sou monocromático"
Liam é o típico nerd gato. Um garoto com óculos, que é doce ao extremo. Ele se apaixonou pela Hope logo que a viu, mas tinha receios do que Logan iria pensar. Ele vai se mostrar um verdadeiro príncipe. Senti tanto orgulho do homem que ele foi se transformando. Me surpreendeu e por fim me conquistou.
Amie é a irmã de Liam e também vai chegar colocando um pouco de fogo no livro. Ela é empoderada, não liga para o que os outros pensam e é livre em seus pensamentos. Essa garota é demais!
Esse livro mexeu com as minhas estruturas, de todas as formas. Mais uma vez, a Sinéia trouxe a tona temas muito importantes. Aqui, ela aborda a depressão pós-parto (DPP). Eu, particularmente, não conhecia nada sobre o tema, então foi muito surpreendente perceber como uma mãe se comporta quando desenvolve este transtorno. Além disto, a autora também abordou a eclâmpsia, que provoca convulsões em gestantes; o aborto e o estupro, na sua versão dura e crua.

O livro tem um foco em gravidez e nos mostra como um bebê pode salvar uma família, em todos os sentidos. Os bebês aqui vão trazer luz onde parecia haver apenas escuridão. A relação com os pais vai ser intensa, profunda. Foi tão bonito ver como uma mãe e um pai vai nascendo aos poucos, percebendo que não existe algo mais valioso que seus filhos.
"Nós somos perfeitos juntos, sou vendaval, você é brisa. Eu baguncei a sua vida, você trouxe estabilidade à minha"
Fera e Amber me mostraram um amor puro, um amor livre. Os dois são completamente apaixonados um pelo outro, eles são únicos. Fera vai se mostrar um homem espetacular, ele sabe ser um marido dos sonhos e um pai também. Ele vai cuidar de todas as feridas da Amber, sejam elas físicas ou emocionais. A Amber já foi judiada pela vida e ver seu passado voltando, e se repetindo é como abrir mil feridas em seu peito. Essa mulher tem força, e junto com um homem como Fera para lhe apoiar vão longe. Esses dois me emocionaram e me arrancaram algumas lágrimas.

Hope e Liam. É difícil falar desses dois, pois durante um período do livro, conseguia enxergar o Liam apenas como um nerd bobão. Mas, aí esse homem veio e me surpreendeu. Ele me fez suspirar e mostrou o quanto a sua determinação, carinho e cuidados são capaz de salvar as pessoas delas mesmo. A Hope me proporcionou um turbilhão de emoções. Apesar de toda sua determinação, ela tem um fundo egoísta, esse egoísmo aparece principalmente quando falamos de sua profissão. A Hope é sensível, mesmo querendo negar. Com certeza, ela foi a responsável por fazer derramar mais lágrimas.
A relação dos dois foi sendo moldada com o tempo. O Liam sempre se entregou de cabeça, sempre foi o mais intenso. A Hope sempre se barrou, foi com freio. Quando os dois encontram sua sintonia, o espaço se tornou pouco para o amor deles.
"Eu estava a postos, meu coração seria demolido quantas vezes fosse necessárias, até que ela pudesse amar a nossa filha"
A escrita da Sinéia é fluída e gostosa. As 500 páginas passam voando, você não consegue largar esses personagens e a história. A narração é dividida (uma marca da autora). Temos capítulos narrados pelo Fera, pela Amber, pela Hope, pelo Liam, pelo Logan. E não posso deixar de falar do epílogo destruidor que esta mulher escreveu. Tu arrasa Sinéia!!!
Ah, o título tem tudo a ver com a obra. Mas, não posso falar dele, pois seria um mini spoiler.

Filhos são marcas que ficam para uma vida. Filhos são responsáveis por nos trazer a maior benção. Filhos são uma extensão do nosso ser. Qualquer mãe daria a vida por um filho. Qualquer pais amam seus filhos incondicionalmente.
O que fazer quando não se consegue amar seu filho e o culpa por tudo? O que fazer quando a sua vida e a do seu filho depende de suas ações?
Na vida, você tem o amor como o sentimento mais puro e honesto. O amor é a base de tudo e o amor pode nascer do improvável. O amor permanece mesmo quando todos acham impossível. O amor é capaz de curar o incurável. O amor é a mola propulsora para te tirar do buraco. O amor é o seu maior bem! Esses casais são feitos de amor e usaram esse amor para conquistarem o universo e catarem as estrelas de seus desejos...

Beijos da Lice

24 Comentários

  1. Amei as fotos! Esse livro é maravilhoso! Um dos poucos que me fizeram chorar. E realmente, a Sinéia não escreve nada ruim... Rsrs

    ResponderExcluir
  2. Será que um dia vou ser imune as suas resenhas? É inacreditável, tô lendo e a lágrima ameaçando cair,sempre assim, mas eu amo, porque você escreve com o coração. Obrigada, Lice!

    ResponderExcluir
  3. olá,
    Fiquei arrepiada de ler sua resenha, a história deve ser linda e emocionante.
    Como sempre arrasando nas quotes, essa foi minha preferida: "Ela é como brisa, suave e serena, transformando os meus dias em calmaria"
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. O livro tem uma história de derramar lágrimas a autora trouxe mais uma obra surpreendente. Hoje em dia tem muitos casos como o do Amber e a Fera um casal apaixonado e uma gravidez desejada mas veio também um momento de dor. Mas a autora soube conduzir muito bem a história dando um final feliz, a autora Sinéia está de parabéns pelo obra, bjs.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, como vai? Confesso que ainda nao conhecia o livro, mas ja fiquei encantada apenas com a snopse do livro, essa história que envolve bastante sofrimento com essa gravidez. mas com a sua resenha super completa fiquei super curiosa em ler cada detalhe desse livro. beijos

    ResponderExcluir
  6. Que livro incrível! Amo livros assim, que me fazem chorar! com certeza esse entrou na minha lista de livros para ler

    ResponderExcluir
  7. Eu ja li outras resenhas deste livro, mais com a sua, que cativa, nunca tinha lido. Eu estou louca pra ler, e já estou adquirindo por aqui.
    Blog Rainara Carolina

    ResponderExcluir
  8. Oi tudo bem?
    Menina por que eu ainda não conheço essa autora?Omg! Preciso urgente (pra chorar rs) Nunca li nenhum livro que abordasse depressão pós parto. Realemente fiquei interessada por essa premissa diferente !
    Bjs
    Ps: Amei a playlist também *-*

    ResponderExcluir
  9. Parece bem interessante, com esse tema vai ter bastantes emoções!
    Mulher que resenha maravilhosa!Super completa
    ja amei a capa!
    Bjúús

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Adorei a sensibilidade abordada pelas duas histórias, a maternidade e como cada um reage a isso. Fera e Amber esperavam muito o primeiro filho enquanto Hope e Liam são o contrário, mas um filho muda a vida de toda pessoa e eu acredito que deve ser para melhor, como você falou na resenha, trata-se de como um bebê pode salvar uma família.
    "Nós somos perfeitos juntos, sou vendaval, você é brisa. Eu baguncei a sua vida, você trouxe estabilidade à minha" Eu costumo falar algo similar para meu namorado, eu sempre falo que ele é a chuva e eu a tempestade. :v
    Amber tem medo de perder alguém importante é o meu maior medo, nesse aspecto me identifiquei com ela. Adorei a Hope, os sonhos dela, nisso também me identifiquei. E cada casal de cada livro eles são opostos um ao outro, mas são perfeitos um para o outro.
    Acredito que filhos são marcas para toda a vida também, não existe amor maior e mais supremo que o de pais e filhos. :) Como sempre, trazendo obras incríveis e fazendo a gente ter vontade de ler tudo, Alice. Parabéns! Ah, e essa playlist fecha a resenha com muito estilo, ouvindo as músicas agorinha.

    ResponderExcluir
  11. Estou acompanhando o trabalho da Sinéia graças ao blog e que pessoa mais incrível com as palavras hein? Vocês fazem um ótimo trabalho divulgando pois é tudo muito maravilhoso. Fiquei triste apenas que por um dia eu perdi a gratuidade na Amazon =( me encantei pela história e descrição dos quatro personagens, fiquei aqui babando e imaginando eles e como combinariam comigo haha essa é a parte que mais amo nas leituras. Sempre ela colocando em palavras momentos diferentes e temas tensos de forma incrível né? Conheço pouco de depressão pós parto, mas acho muito bom que seja abordado porque poucos conhecemos. Acho bem interessante usar da gravidez para abordar temas intensos, quero muito ler e entender um pouco mais de todos os sentimentos que rodeiam e podem rodear uma família, os pais e os filhos

    ResponderExcluir
  12. Oi tudo bem?
    Não conhecia essa duologia mas fiquei bastante curiosa afinal parece ser aqueles livros que a gente sente junto os sentimentos dos personagens e ficamos apaixonadas por eles.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oii,
    Nossa amo suas resenhas e essa não poderia ser diferente. Você nos conta a história de um maneira que nos prende ao livro. Saio daqui louca para comprar o livro logo. Estou encantada com essa história. Vou ler com certeza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. ola tudo bem ? Gostei bastante do livro pela autora ter abordado temas muito comuns no dias a dia como o estupro ,aborto depressão pós parto e eclapsia . Já quero ler a historia desses dois casais que de maneira diferente seus bebes chegam para mudar a vida deles. Super dica. Bjssss

    ResponderExcluir
  15. Oi tudo bem?gostei muito do livro e pelo tema abordado nele,com certeza um livro que eu indicaria pois ainda não tinha se quer ouvido falar,quero ler muito ele bjs sua resenha ficou perfeita.

    ResponderExcluir
  16. Oie tudo bem?
    Eu adorei a resenha, eu não li o livro mais só pelas suas palavras aqui na resenha fiquei curiosa com essa historia, que parece ser bem emocionante. Sucesso, beijos

    ResponderExcluir
  17. Que pena perdi a promoção na amazon, mas adorei a dica da duologia. As personagens são bastante interessantes e os temas bem fortes. Já vi um filme que dava destaque à depressão pós parto e é bem assustadora dependendo da forma que se mostra. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  18. Essa playlist com a Like A Stone, omg. Vamos a resenha que, como sempre, está impecável e nos deixando mordidos por não ter spoilers — continue assim, hahaha. Gente, um livro que aborde a Depressão Pós Parto? É isso mesmo? Necessito imediatamente, tenho uma amiga que enfrentou a DPP, ela quase perdeu a guarda da Maria Julie sabia? O pai da criança simplesmente ficou (desculpe a palavra a seguir) puto da vida com ela, vivia gritando falando que a coitada ia acabar matando a menina e que ia deixar a neném pra mãe dele cuidar mas gente, a DPP não escolhe a pessoa, pode acontecer com qualquer uma, ninguém está imune. Agora a Maria tem 6 aninhos e minha amiga está namorando outro cara já que separou do outro, mas poxa, quando ela mais precisou de apoio, o sujeito lá não forneceu. O ser humano me assusta, sabe? Então gostei muito de saber a existência desse livro, se tivesse livro físico iria presentear a best mas já passei o link dele na Amazon porque tenho certeza que ela vai se apaixonar. É isso que eu amo no teu blog, a diversidade de resenhas e sempre com uma mensagem para a vida. Beijão e manda mais que a gente gosta.

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    O livro tá no meu kindle, e assim como Rafani, ele pulou vários outros. Estou ainda mais ansiosa para ler.
    Suas resenha sempre sao cheias de sentimentos e acho isso lindo em você!
    Parabéns!

    Mari Barros, Blog Diversamente

    ResponderExcluir
  20. Quero parabenizar esta escritora Sinéia Rangel, o assunto abordado, que desperta o interesse da família, transformar a vida desses casais é uma verdade. O livro tem histórias tristes, a maternidade é um assunto difícil de ser tratado, você coloca seu texto muito convencido com a realidade.Eu quero ler esse livro fiquei muito interessada O texto é lindo, parabéns ao autor.

    ResponderExcluir
  21. Oie
    Tudo bom?
    Quando vi que estava grátis na Amazon, corri para baixar, mas vendo sua resenha eu tenho que ler para ontem, ainda mais que fiquei super curiosa sobre esse casal, não casal.
    Doida para ver como enfrentaram essa notícia bombástica da gravidez.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Pela sua resenha dá para perceber o quão intenso é esse livro! Fiquei com muita vontade de ler e descobrir o que esses casais passaram e como superaram! Uma coisa eu sei, amor que temos pelos nossos filhos é intenso e imortal! Abraços

    ResponderExcluir
  23. Bem posso dizer que adorei a critica e a sinopse, pois é um livro que eu iria ler com certeza, porque meu filho tem agora 5 meses e foi uma gravidez surpresa, e também não estava a contar, então acho que tem um pouco a ver.

    Beijinhoo

    ResponderExcluir
  24. Nossa que bacana sua resenha.
    Já quero ler, ja guardei o nome na minha listinha.
    Beijos

    ResponderExcluir