Olá amores, tudo bem?

O post hoje é na seção "Café com a Lice", que é um espaço que dedico a fazer entrevistas com nossos amados autores nacionais. Fazia tempo que não realizava uma entrevista, mas resolvi trazer uma autora maravilhosa por aqui, a Déborah Felipe, autora de "A Casa das Hostesses". Vamos lá?!
Antes, vamos conhecer mais sobre a entrevistada?



Biografia
Déborah Felipe começou a escrever cedo, por grande influência dos escritores que lia, principalmente Pedro Bandeira, que foi a maior delas quando escreveu seu primeiro romance – “As Canetas Mágicas – O mistério do Xadrez” – aos doze anos. Apaixonada pela cultura japonesa, a maior parte de suas histórias giram em torno de personagens do outro lado do mundo, assim como o próprio A Casa das Hostesses. Algumas de suas histórias nasceram no site de fanfics Nyah! Fanfiction.



1- Oi Déborah, tudo bem? Primeiramente, obrigada por se disponibilizar a responder esta entrevista. Como surgiu a escrita na sua vida? 

Resposta: Eu estou muito feliz por poder estar aqui! É muito interessante pensar em como responder essa pergunta porque a escrita aconteceu na minha vida sem que eu me desse conta. Escrever pra mim sempre foi uma coisa natural, eu sei me expressar muito melhor do que quando eu estou falando. Quando estava na escola, eu costumava escrever muitas poesias que colocavam pra fora todo sentimento que eu não sabia mostrar e depois eu comecei a escrever fanfics, principalmente sobre bandas japonesas. Quando eu percebi, escrever era como respirar!


2- A Casa das Hostesses não é um livro comum e traz uma visão totalmente diferente das boates. De onde surgiu a ideia do livro? Você pesquisou muito sobre o assunto? 

Resposta: Eu pesquisei demais! Não é um ambiente que eu conheça pessoalmente, eu nunca trabalhei numa boate ou conheci alguém eu trabalhasse, então não é como um relato, eu busquei o máximo de informações que podia encontrar e li muito mesmo. Quando eu tive a ideia da Casa das Hostesses, ela era muito mais simples do que é hoje, era na verdade pra ser um único capítulo, um encontro entre um cliente e uma hostess e os dois se apaixonavam, mas eu sabia que tinha muito mais coisas que eu podia contar sobre esse lugar, então ele foi crescendo!


3- As relações do livro são forte e intensas, assim como a personalidade dos personagens. Qual personagem você considera mais parecido com você? E os personagens foram inspirados em alguém?

Resposta: Eu adoraria ser forte e intensa como a Selina ou ter o dom maravilhoso de interpretar os outros como a Marissa, mas a verdade é que eu queria ser todas elas! Eu adoro pensar nisso porque cada um deles tem um pouco de mim e um pouco do que eu gostaria de ser. É muito difícil de se livrar completamente das influências da nossa vida e do nosso cotidiano na hora de escrever, por mais que seja tudo obra da minha imaginação, as personagens acabam com um jeitinho ou outro de alguém que eu conheço de vez em quando.


4- Imagino que seja difícil escolher um personagem favorito. Mas, qual o seu? Haha 

Resposta: Pergunta preferida de escritor, né? Eu gosto muito de escrever as cenas da Marissa, são com certeza as minhas preferidas porque eu também tenho de pesquisar bastante pra saber o que falar sobre os drinks e sobre cada interpretação dela. Eu me divirto! Não sei se isso a qualificaria como minha personagem preferida, porque eu amo escrever as cenas de todos eles, mas eu gosto do desafio que a Marissa me proporciona sempre e cada vez mais!


5 - Publicar um livro no Brasil hoje é extremamente difícil. Como foi esse processo para você? Quais as principais dificuldades encontradas nesse caminho? Que dicas você daria para autores que estão pensando em publicar? 

Resposta: Eu tive muita sorte, na verdade! Quando eu entrei em contato com a Editora PenDragon, eu ainda não tinha sido recusada por muitas outras, mas a verdade é que poucas editoras aceitam apostar no escritor nacional, o mercado editorial brasileiro só quer o certo e o garantido e isso é basicamente importar e traduzir vários livros que já estão fazendo sucesso lá fora e que vão vender muito aqui também. Isso é muito triste porque nós temos um tesouro imenso literário sendo recusado porque falta coragem nessas editoras. 
O que eu tenho pra dizer para os autores que querem ser publicados é que eles precisam confiar muito na pessoa pra quem estão entregando seu livro e confiarem principalmente em si mesmos! Se você tem uma história e acredita nela, não vai ser a primeira porta fechada que vai te parar.


6- Quais autores foram a sua maior inspiração? 

Resposta: A minha maior inspiração foi o Pedro Bandeira. Eu conheci os livros dele quando ainda era criança e foi por causa dele que eu me apaixonei pela literatura e pelo poder que ela tem. A minha escrita não seguiu o infanto-juvenil da dele, mas ele é minha maior inspiração de escritor e de pessoa, ele é alguém incrível! Eu o conheci pessoalmente há dois anos e foi muito importante porque eu estava quase desistindo e ele me motivou de novo. 


7- O preconceito com dançarinas de boate é algo palpável. Isto de certa forma te motivou a escrever o livro com este tema? 

Resposta: Eu acredito que tudo que é visto com preconceito e que é mal interpretado por pessoas completamente alheias a realidade que se está falando merece ser sempre discutido e explorado. Mesmo tendo escolhido ambientar minha história no Japão, que é um país onde lugares como a Casa das Hostesses realmente existem, ao contrário do Brasil, onde o preconceito é muito grande e a profissão é facilmente confundida, as hostesses também são mal vistas pelas pessoas mais conservadoras lá e isso vai acontecer mais pra frente na história. 


8- A continuação de "A Casa das Hostesses" está chegando, o que podemos esperar dele? 

Resposta: “Guilty” tem uma tonalidade bem diferente do primeiro livro da Casa das Hostesses e o que eu mais gosto nele é que agora vocês vão se aprofundar muito mais nessas personagens e ver como eles ficaram depois que o primeiro livro acabou. Podem ficar ansiosos para os novos personagens também, eu gosto muito mesmo deles!


Bate e volta:
Amor? Inspiração. 
Comida? Adoraria ser uma pessoa saudável, mas eu amo pizza demais pra isso! 
Filme? Em Busca da Terra do Nunca. 
Livro? Sempre muda, mas no momento é o “Sobre a Escrita” do Stephen King. 
Deus? Meu porto seguro. 
Família? Quem eu sou, sou por eles. 
Uma frase? "Nenhuma história vive a não ser que alguém queira ouvi-la" - J.K Rowling 
Uma música? Baretta da minha banda japonesa preferida, o the GazettE. 
Muito obrigada por essa oportunidade, eu fiquei muito feliz de poder dividir um pouquinho dos meus pensamentos, de quem eu sou e do que eu escrevo com vocês.Muito obrigada mesmo!


Deixo aqui meus agradecimentos a Déborah por se disponibilizar a responder essas perguntas!
Quem ficou curioso em relação aos livros dela, pode comprar o primeiro "A casa das Hostesses", AQUI!
Já a continuação, "A Casa das Hostesses - Guilty" está em pré-venda AQUI!

Redes Sociais do Livro:
Instagram
Facebook
Degustação no Wattpad

Beijos da Lice

52 Comentários

  1. Adorei a entrevista. O bate volta tem respostas iguais às que eu iria responder. Confesso que não ah conhecia,mas já quero ler seu livro. Adorei, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que possa ler em breve, o livro é maravilhoso!

      Excluir
    2. Que bom que você gostou! Eu fico muito feliz que tenha se interessando! Espero que leia mesmo e seja muito bem vinda à Casa das Hostesses! <3

      Excluir
  2. Não a conhecia, mas bem bacana a entrevista.

    Bjo.

    ResponderExcluir
  3. Ótima entrevista, eu amo entrevistar nossos escritores nacionais!
    Parabéns por trazer mais uma escritora para o nosso mundo de leituras!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse escritora, muito bom você ter trazido essa entrevista ao blog! Fiquei curiosa pelo livro A Casa das Hostesses, vou dar uma olhada! Adorei o Bate Volta, muitas respostas parecidas com as que eu daria!! Abraços e sucesso para vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Ela é maravilhosa, super recomendo! Beijos!

      Excluir
    2. Que bom que você gostou! Eu fico muito feliz que tenha se interessado pelo meu livro <3 Espero que o leia mesmo e seja muito bem vinda à Casa das Hostesses!

      Excluir
  5. Ótima entrevista. Achei ela super simpática e isso de o Brasil não querer investir nps escritores daqui ee realmente terrivel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É decepcionante ver que os nossos escritores não possuem o reconhecimento que merecem :(

      Excluir
    2. Fico muito feliz que tenha gostado! É muito triste como os livros nacionais são tratados mesmo...

      Excluir
  6. Ótima entrevista. Achei ela super simpática e isso de o Brasil não querer investir nps escritores daqui ee realmente terrivel.

    ResponderExcluir
  7. Olá Alice!
    Não conhecia a autora, então amei a entrevista. Acho muito importante darmos apoio a literatura nacional né?! A entrevista ficou ótima, e pretendo conhecer as obras.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Esther! Beijos!

      Excluir
    2. Que bom que gostou! Fico muito feliz! Espero que conheça meus livros sim, seja muito bem vinda à Casa das Hostesses! <3

      Excluir
  8. Muito bacana a entrevista. Eu não conhecia a autora e é muito bom poder conhecer mais dos nossos autores. Eu adoro conhecer novos autores e seus livros.
    Parabéns pela entrevista!

    Beijos.

    http://www.adoroumlivro.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que possa conhecê-la, super recomendo!
      Bjs!

      Excluir
  9. Entrevista maravilhosa! Adoro conhecer novos autores, é sempre bom ter pessoas novas nesse meio que cresce a cada dia. Vejo que quando se tem o dom é de berço mesmo. Seu blog é incrível.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico tão feliz que goste do meu blog! bjs!

      Excluir
  10. Eu não conhecia ela e achei bem legal essa entrevista.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  11. Adorei a entrevista, conhecia a autora mas saber mais um pouquinho sobre ela foi muito legal.


    Bjs
    Suka
    http://www.suka-p.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Adorei conhecer um pouco mais da autora!
    muito linda e mto gente fina!
    Gostei ^^

    ResponderExcluir
  13. OI!!
    Gostei da entrevista :D não conhecia a autora.
    Vou ver se encontro algum livro dela para ler ;)
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super recomendo o livro dela! Procure mesmo. Bjs!

      Excluir
    2. Que bom que gosto! Muito obrigada mesmo! Espero que leia meus livros e seja muito bem vinda à Casa das Hostesses! <3

      Excluir
  14. Fiquei muito interessado em ler os livros da autora :) Parabéns pela entrevista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se interessou! Muito obrigada mesmo! Espero que leia e seja muito bem vindo à Casa das Hostesses! <3

      Excluir
  15. Adorei a entrevista fiquei muito interessada pelos livros dela amei beijos sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Espero que possa conhecê-la melhor!

      Excluir
    2. Que bom que gostou! Fico muito feliz que tenha se interessado! Muito obrigada mesmo! Espero que leia e seja muito bem vinda à Casa das Hostesses! <3

      Excluir
  16. Muito legal ler essa entrevista, ainda não li nada da autora, mas esse livro que foi citado me parece interessante. Muito sucesso para ela.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é maravilhoso, super recomendo! Bjs!

      Excluir
    2. Muito obrigada mesmo! Fico muito feliz que tenha gostado! <3

      Excluir
  17. Que entrevista bacana, não conhecia essa escritora mas gostei de saber um pouco mais sobre ela e seu trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! Fico muito feliz de verdade, muito obrigada! <3

      Excluir
  18. Que legal, eu não conhecia os livros dela e nem a própria autora. Mas pelas respostas me deixou curiosa para conhecer um pouco mais dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! Fico muito feliz por ter conseguido te deixar curiosa sobre meus livros! Muito obrigada! <3

      Excluir
  19. Ola amore, gostei muito da entrevista adorei poder conhecer ela não conhecia nem os livros da mesma, porem amei conhecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Fico muito feliz!! Muito obrigada mesmo! <3

      Excluir
  20. Olá.
    Não conhecia a autora, mas achei bacana a ideia da Casa das Hostesses,
    e o mais interessante é que a autora teve que ir a fundo nas pesquisas
    pra dar vida a uma boate convincente.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado! Eu tive de pesquisar de verdade, mas valeu muito à pena! Muito obrigada! <3

      Excluir
  21. Adorei esse seu projeto de entrevistas, é sempre bom quando lemos mais sobre os novos autores pq acabamos nos aproximando mais deles e até entendendo melhor suas publicações e fora que dar lugar para eles falarem é muito legal.

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia a autora, que bom conhecer novos autores!
    Essas entrevistas são bem legais e nos dão oportunidade de conhecer novos livros e novos autores.. parabéns pela iniciativa. Beijos

    ResponderExcluir
  23. Ótima entrevista. Ainda não a conhecia, mas foi interessante saber sobre ela, como pensa e trabalha. Abraços e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir