Hey amores, tudo bem?

Hoje venho trazer a resenha de uma leitura que simplesmente amei e não consegui largar até concluir. O livro em questão é o "Ímã de Traste" da Fê Friederick Jhones, que é um chick lit simplesmente maravilhoso. Vamos a resenha?!


Ímã de Traste
Autora: Fê Friederick Jhones
Páginas: 265
Editora: Independente
Onde Comprar: Amazon
Nota: 💙💙💙💙💙
*Livro do acervo da blogueira
SINOPSE:Valerie é uma mulher que acredita no amor, o seu problema é que vive escolhendo o cara errado. Seus amigos lhe deram o apelido de Ímã de Traste, só que ela ainda não sabe. Quando seu último namorado, lhe dá um pé na bunda daqueles, Valerie vai precisar repensar suas escolhas. Uma história leve e divertida sobre uma mulher na busca pelo amor, com tropeços, biquínis e tubarões pelo caminho. Junte-se a ela nessa busca e descubra se você também é um ímã de trastes.

Valerie é uma mulher que sempre teve decepções amorosas, uma atrás da outra. Junto com seus 3 melhores amigos eles fazem o quarteto fantástico que além de Valerie é formado por Alice, uma loira estilista; Mônica, a mãe de todos; e Ricardo ou Rico, um pegador geral. Ricardo conheceu as meninas enquanto tinha um rolo com a Alice, e desde então ficaram inseparáveis. 

Após a sua última decepção, na qual seu namorado Alex nem se deu ao trabalho de terminar o namoro decentemente, Valerie voltou ao seu passado e todas as suas dores. Ela não sabe, mas entre seus amigos possui o apelido de "ímã de traste", pois nunca conseguiu arrumar alguém que preste, todos os seus exs são uns fdp.
"Não me lembrava de nenhum namorado bonzinho, que não tivesse detonado meu coração. Eu nunca terminei com nenhum deles. Sempre foram eles que pularam fora"
Ela trabalha em uma gravadora de músicas e está prestes a ganhar uma promoção, tornar-se uma produtora musical, o que sempre foi seu sonho. Mas, para conseguir essa promoção ela precisa montar uma espécie de plano de carreira para Banda Melous, uma banda que está despontando no Recife. Valerie agarra a oportunidade com todas as suas forças, pois ela sabe que não terá outra tão cedo. E já que o lado emocional está uma droga ela precisa se dedicar ao lado profissional.

Ao ir montando a identidade da banda, Valerie fica meio encantada com seu vocalista, Romeu. O olhar dele nas fotos é firme e decidido e além de tudo é um super gato. Ao montar o plano da banda, Valerie consegue ir muito bem e no primeiro contato que tem com Romeu, uma faísca surge. Ela sabe que não deve se envolver com ele, pois nunca dariam certo, mas ela deixa rolar.

O problema é que a Valerie sempre fez o tipo "mulher cega" e não consegue enxergar o que está na sua frente, ou melhor, quem está na sua frente. Rico não aguenta mais ver a amiga sofrer e sem perceber ele meio que acaba sentindo coisas que não devia por ela. A questão é que ele é um completo pegador e sabe que ela jamais iria querer nada, e o pior, ela nem o enxerga como um homem. Será que Valerie vai finalmente se livrar dos trastes? Será que ela vai perceber o que tem do lado? Rico, Romeu ou Alex, o que o futuro aguarda para essa mulher?
Primeiramente, tenho que dizer algo: EU AMEI O RICO. Que homem é esse Brasil? É fato que ele era um mulherengo da pior espécie, mas ele mudou, mudou pelo que sentia e pelo que nem sabia que sentia. Fiquei simplesmente encantada por ele e por suas ações. Tem algo que ele vai fazer no livro que me emocionou de uma forma absurda. Pela atitude dele é perceptível o homem incrível que ele é, o homem que toda mulher merecia ter ao seu lado. Então, acho que já consegui deixar claro o quanto esse homem me marcou. Quero um Rico na minha vida!

A Valerie é um amor de personagem. Meio louca, meio sofrida, completamente trouxa quando o assunto é o coração. Eu me encantei por ela, pelo jeito dela. Ela só deseja um cara que a ame, ela sempre entrou de cabeça em todos os relacionamentos que teve e este, talvez, tenha sido seu maior defeito. Ela é a típica mulher que não desiste de acreditar nos sentimentos e em sua força. Me identifiquei tanto com ela, com tudo que ela passou, pois assim como ela sou um ímã de traste, aquela que tem o dedo mais podre do universo para homem. 
"Uma relação não deve ser para se sentir completo, para salvar alguém ou ser salvo [...] Relações são para compartilhar, dividir, somar"
Alice foi uma personagem que me causou certa raiva. Ela tem a típica vida perfeita: loira, bem-sucedida, um namorado perfeito e mesmo assim teve alguns ataques com a Valerie. Mas, no fim, eu entendi o lado dela, que procurava apenas proteger a amiga. A Mônica é um amor de pessoa, aquela amiga que é a mais centrada do quarteto, a que sempre apazígua as brigas e esconde seus próprios problemas do mundo. 

O Romeu foi um cara que me fez suspirar, pois vou dizer que ele também é o cara que uma mulher merece ter do lado. Ele é gentil, e quando ama se joga de cabeça, querendo estar com a pessoa para sempre, um fofo. Já o Alex, ex-namorado da Valerie nem merece ser mencionado (mais estou mencionando) de tão babaca que ele, um escroto, resumindo (muito imparcial a resenhista, sqn).
O livro é simplesmente delicioso, daqueles que você não larga momento algum. Eu gargalhei muito com a Valerie, mas também chorei com tudo que ela passou. Ah, não posso esquecer de falar que tem um certo personagem que vai fazer muitas pessoas chorarem, pois é simplesmente impossível não o fazer. Não quero falar muito sobre ele, pois acho que a surpresa será melhor e tornará a leitura inesquecível, pelo menos foi assim comigo.

A Fê trouxe a todo momento muita leveza a escrita, parecia que eu estava conversando com a Valerie e ouvindo sua trajetória de vida. Como a narrativa é em primeira pessoa, ajuda ainda mais para essa percepção. É impossível você não gostar da escrita e não se envolver com os personagens, pois tudo foi muito bem fundamentado e escrito.
"Não espere perder o que você realmente quer, algumas vezes é impossível ter de volta"
Como a obra se passa em Recife (minha cidade), consegui captar todas as situações e lugares citados, o que apenas acrescentou em toda a minha percepção da obra. Mas, para quem não é da cidade, vai conseguir se situar do mesmo jeito, apenas não terá na mente as imagens completas que visualizei durante a leitura.

Muito mais do que um chick lit, o livro tem várias lições embutidas. Ele fala sobre escolhas, sobre futuro, sobre passado, sobre ter fé em situações que a primeira vista são vistas como quase impossíveis, sobre manter um sorriso quando a tristeza está assolando o coração. É um livro escrito para mexer com emoções, para despertar emoções e eu senti todas elas. 
O final não poderia ser mais maravilhoso, é um final que dar esperança. Mais não digo esperança apenas no lado romântico da coisa, te dar esperança para viver a vida, para sobreviver aos dias de cão que passamos algumas vezes.
"Eu não suporto te olhar e ver que você ainda perde tempo chorando porque um babaca resolveu voltar para te perturbar. Você tem noção do quanto seu sorriso é importante para mim?" 
Algumas vezes parece que somos azaradas na vida, pois só nos deparamos com trastes, trastes que pisam e dilaceram o nosso coração. Mais amar um traste não é sinal de fraqueza, é sinal de coragem, isso demonstra o quanto você se doa em suas relações o quanto você as vive intensamente, sem medo do futuro. Amar é isso, é você se jogar e apenas esperar que as coisas aconteçam da melhor forma. Amar é ser corajosa o suficiente para entregar seu coração e no fim sair com ele em cacos.
Valerie sempre se doou em seus relacionamentos, e ela sempre quebrou a cara. Ela já não acha que poderá encontrar alguém (pelo menos tenta pensar assim), mas o que ela não imagina é as surpresas que o destino pode revelar a ela. O amor está em pequenos gestos, o amor é feito de momentos. Quando você menos espera lá estará o cara certo e ele não virá de carruagem, longe disso, ele virá a pé mesmo haha Não se preocupe se o seu "príncipe" não apareceu, se deixe quebrar a cara, continue sendo um ímã de traste, pois só assim a pessoa certa irá surgir. Quem sabe ela já não surgiu, você apenas não a notou... No fim, ser um ímã de traste é sinal de coragem, de que você sabe viver a vida, com todas as alegrias e decepções que a mesma proporciona!

Beijos da Lice

34 Comentários

  1. Genteeeee.... Que resenha linda e completa!!! Como me emocionou! É sempre tão maravilhoso saber que o que eu escrevo consegue tocar as pessoas assim... Nem sei o que dizer. Obrigada pelo tempo dedicado ao meu livro e pelo espaço em seu blog! Beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelo livro, você arrasou na sua obra *-*

      Excluir
  2. Também quero amar Rico hehehehehe.
    Que apelido triste esse que deram para ela. Eu teria ficado muito irritada.
    Por outro lado, a história é uma delícia de acompanhar e me lembrou até esses filmes de sessão da tarde no qual acho bem divertido.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem muito essa vibe de sessão da tarde. Ele é simplesmente maravilhoso! Amei!

      Excluir
  3. Gostei da sinopse desse livro e fiquei curiosa para ler.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hey, tudo bem?
    Uma palavra defini sua resenha: Perfeição. Me identifiquei muito com Valerie, mas o importante é que o príncipe irá chegar de uma hora ou outra. Como você mencionou: o amor está em pequenos gestos. E realmente está.
    Parabéns pela linda resenha, sinceramente amei.
    Um grande abraço e muito sucesso.

    Folha de Pólen

    ResponderExcluir
  5. Olaa tudo bom?! Bem eu não havia ainda conhecido esse livro, mas adorei a sua resenha cotando sobre ele, o livro parece ser de comédia e eu amoo livros que me fazem rir, vou ver se o encontro em PDF.

    -Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Menina, tô chocada! Na vida eu sou a Valerie :/
    Acho que todo mundo que já quebrou a cara por se entregar ao amor deve se identificar com o enredo e eu já quero muito lê-lo!!!! Adorei a sua empolgação em contar essa história! Bjoooo

    www.blogpapelpapel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Gente, os amigos chamam ela de "ímã de traste" pelas costas? E são os amigos... É chick lit, mas este pode ser um candidato para eu me familiarizar. Bela resenha!

    ResponderExcluir
  8. Alice pelo mundo tem muitas Valerie que acredita no amor mas escolhe a pessoa errada. Também concordo com você algumas vezes somos azaradas mesmo, mas nunca devemos desistir de encontrar a pessoas certa, gostei muito da história e da Valerie espero que ela consiga ser feliz com um homem digno pra ela, bjs.

    ResponderExcluir
  9. Olá Alice, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas amei a resenha! Sou super fã de chick lit, e só por isso eu já leria. Mas após a sua resenha, percebi que a história é realmente boa, com personagens envolventes e com grandes lições de vida. Obrigada pela dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi Alice, tudo bem? Que delícia de resenha hein. Em cada parágrafo, cada linha, foi possível perceber o quanto a história é leve, envolvente e possui os personagens mais carismáticos. Gosto muito de histórias de amor, ainda mais quando elas fogem um pouco do clichê. As vezes temos mesmo o costume de atrair uns tipos bem estranhos, mas a melhor parte é que esses relacionamentos sempre têm algo a nos ensinar. Ótima resenha e indicação. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  11. oi
    Gostei da sinopse a historia parece ser bem interessante :D Eu adoro livros com essa temática ;) a resenha ficou otima.
    bjo

    ResponderExcluir
  12. Achei muito bom o post sobre o livro, fiquei morrendo de vontade de ler essa história. Como tenho ela no Kindle, vou tentar ler logo.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  13. Adoro vir a blogs de resenhas de livros mais que sejam assim como a sua, uma resenha bem feita que nos faz desejar ler o livro . parabéns

    ResponderExcluir
  14. Que legal estou ansiosa para ler parabéns sucesso

    ResponderExcluir
  15. Sua resenha está maravilhosa, quase que arrisco dizendo que supera o livro. Verdade!!! Sua escrita é limpa, cativante e muito cheia de amor, mais que a história amei a forma como você a descreveu... parabéns :)

    BeijinhoBom
    Paula Cardoso
    Magia nas Palavras ♥

    ResponderExcluir
  16. nossa que historia bacana eu tenho umas amigas parecida com a valeria vou mostrar sua resenha para elas kk é uma historia leve e gostosa de si ler gostei desse livro

    ResponderExcluir
  17. Olá
    Tenho muita vontade de ler um livro do gênero, esses chick lit parecem tão divertidos, e esse não foge muito a regra.

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Owmm gente que resenha linda, sem falar que a obra me atraiu muito.
    Adoro comédias românticas e pela sua resenha deu pra sentir que essa é bem divertia.
    Já to com pena da Valerie kkkkkkkkk será q ela encontra o homem certo no final?
    Dica super anotada
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Hmmm parece que alguém vai adicionar mais um chick-lit para a lista de desejados né.... rsrsrs
    Adorei sua resenha, esse livro já me encantou de cara!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Nossa hahahha, me identifiquei muito pelo livro quando vi o título e a capa hahahaha. Amei a resenha e já fiquei doida para ler esse livro!

    ResponderExcluir
  21. Amei essa resenha. Não costumo ler mtos livros, mas pelo que você nos contou já fiquei super curiosa para saber mais sobre essa história, vou procurar para ler. Bjs

    ResponderExcluir
  22. Gostei da capa acho que ilustra super a bem a história. Já tinha ouvido falar desse livro mas nunca havia lido nada sobre ele até agora e fiquei bem curiosa para ler o livro :) deve ser divertido também :)

    ResponderExcluir
  23. Não conhecia a obra, mas parece ser bastante interessante. Vou conferir. Abraços e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  24. Primeiro a capa ficou demais
    o titilo já é bem divertido
    morrendo de vontade de ler esse livro
    sua resenha ficou demais ,bjos

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Quando conheci esse livro, pela capa e título eu achava que ele pertencia ao gênero erótico, a Fê é parceira do meu Blog, mas não fui eu que leu o livro, todavia ele está na minha listinha de desejados e eu realmente pretendo ler, Vejo várias pessoas, assim como você, super bem indicando o livro, fico super curiosa. XD

    Beijo!

    ResponderExcluir
  26. Oie!!!
    Menina eu li Imã de Traste, e fiquei como você, apaixonada pelo Rico. A Alice é amiga, mas tem um humor ácido demais. Mon é uma fofa. Valerie é aquela mulher que não desiste nunca rsrs. Eu amo a escrita da Fê.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  27. Oie,
    Adorei sua resenha, você consegue passar bem o que o livro transmite, e sobre ser engraçado, só a capa já diz isso, kk fiquei curiosa sobre o personagem que vc disse q vai fazer todo mundo chorar kkk
    beijos <3

    ResponderExcluir
  28. Olá, a premissa do livro não me chamou muita atenção, mas por outro lado, amei sua resenha. Parabéns.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Heey Alice, tudo bom?
    Eu gostei bastante da sinopse e da sua resenha sobre o livro. Eu sempre quis ler um livro nesse estilo, chick lit, mas não tive uma chance até hoje.
    Abraços.
    https://diarioleitorblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. Olá!

    Amo um chick lit, preciso voltar a ler o gênero urgentemente, porque tem cada livro bom... Já li algumas resenhas desse, o que me dá cada vez mais vontade de ler. E sua resenha está sensacional, parabéns!

    ResponderExcluir
  31. Olá,
    tudo bem ?

    Nossa adorei sua resenha, e super curti a historia do livro. Dica anotada para as proximas leituras ainda desse ano..

    Sucesso!
    Beijos.

    ResponderExcluir